O espinafre é considerado uma das folhas verdes mais ricas em nutrientes devido à sua variedade de vitaminas e minerais, antioxidantes e benefícios digestivos. Mas o cachorro pode comer espinafre?

Não é surpresa que alguns donos de animais estejam se perguntando se podem compartilhar os benefícios do espinafre para a saúde com seus amigos de quatro patas.

Mas, como muitos outros vegetais, a questão de oferecer espinafre aos cães pode ser um tanto controversa.

Como sabemos, os cães são carnívoros e uma dieta rica em proteínas (e guloseimas) é a melhor. No entanto, sabe-se que cães selvagens complementam sua dieta com vegetação quando as fontes de carne são escassas.

espinafre

Pote de Espinafre. Fonte: Freepik

Mas, uma vez que os cães não precisam comer vegetais como seus humanos, você deveria mesmo oferecer-lhes vegetais com folhas como o espinafre?

Cachorro pode comer espinafre?

A resposta curta é sim, os cães podem comer espinafre. É melhor oferecê-lo apenas em pequenas quantidades. Assim, deve-se preparar adequadamente para o seu amigo de quatro patas.

Embora seja considerado um “superalimento” para as pessoas, se o seu cão já está comendo ração de alta qualidade, provavelmente já está recebendo tudo o que precisa.

No entanto, tudo o que torna o espinafre tão bom para nós – vitaminas e minerais, antioxidantes e flavonoides – também pode ser transmitido aos nossos cães.

O espinafre é um renomado lutador contra o câncer e é rico em ferro e fibra alimentar, e seus nutrientes são benéficos para os cães, desde melhorar a digestão e a circulação até ossos fortes e pelo brilhante.

Perigos do espinafre para cães

espinafre

Massa com Espinafre. Fonte: Freepik

Embora o espinafre seja rico em várias vitaminas, incluindo A, B, C e K, ele também contém uma grande quantidade de algo chamado ácido oxálico, que pode interferir na capacidade do corpo de absorver cálcio.

Muito ácido oxálico pode danificar os rins de nossos amigos cães. Da mesma forma, o repolho contém compostos potencialmente nocivos de ocorrência natural; assim, associa-se a pedras nos rins e na bexiga e irritação do estômago devido ao seu conteúdo.

Os oxalatos solúveis contem ácido oxálico e se ligam ao magnésio e ao cálcio no sangue, limitando a disponibilidade desses eletrólitos.

Se seu cão está consumindo muito espinafre, pode ocorrer um desequilíbrio metabólico repentino devido a níveis baixos de cálcio no sangue.

E como o oxalato de cálcio é excretado pelos rins, grandes quantidades que deixam o corpo podem causar danos aos rins ou pior, insuficiência renal.

A boa notícia, entretanto, é que seu cão provavelmente terá que consumir grandes quantidades de espinafre para ser prejudicial. No entanto, você ainda não deve oferecer espinafre todos os dias.

Os pais dos animais de estimação também devem estar cientes de que o espinafre contém ferro, beta-caroteno, antioxidantes e fibras; que podem estimular o trato digestivo e, potencialmente, causar problemas estomacais quando consumidos em grandes quantidades.

Como cozinhar espinafre para cachorros

espinafre para cachorro

Espinafre para cachorro. Fonte: Freepik

Como acontece com a maioria dos alimentos “humanos”, quando se trata de espinafre, cozinhar é muito importante. É melhor servir espinafre cozido no vapor para o seu cão, pois o espinafre cru é difícil de digerir.

Em segundo lugar, você precisa se certificar de que o espinafre (ou qualquer outro vegetal com folhas) que irá alimentar seu cão seja bem lavado.

Além disso, certifique-se de não compartilhar sua salada de espinafre com seu cachorro. Molhos, outros ingredientes para saladas e conservantes também podem causar doenças (e ganho de peso) em nossos cães.

Mesmo que você sirva apenas espinafre cozido no vapor para seu animal de estimação, certifique-se de que ele não contenha especiarias, ervas, óleo, alho ou sal, muitos dos quais podem ser tóxicos para nossos amigos cães.

Também é uma boa ideia cortar o espinafre em pedaços menores, já que o trato digestivo de um cachorro não decompõe os vegetais tão rapidamente quanto um ser humano.