Cachorro pode comer osso cozido? Essa pergunta é feita por tutores que apostam em uma dieta com alimentos naturais para o seu pet. Por isso, não deixe de conferir algumas informações importantes aqui neste artigo.

As dietas caseiras fazem parte da rotina de muitos cães, mas na maioria dos casos, são baseadas em orientações veterinárias e nutricionista para pet. Para começar uma dieta com alimentos naturais, o cachorro precisa passar por uma avaliação, sendo esta uma forma mais segura de introduzir este tipo de alimentação.

E o osso cozido, claro, é um alimento natural. Só que alguns cuidados precisam ser levados em consideração. Portanto, acompanhe o artigo e saiba tudo sobre o assunto.

Cachorro pode comer osso cozido?

Cachorro pode comer osso cozido

Cão roendo o osso – Foto: Freepik

O cachorro não pode comer osso cozido, eles são prejudiciais para a saúde do pet, pois através do processo de cozimento eles ficam mais frágeis, podendo se quebrar com mais facilidade. Quando o cachorro é alimentado com ossos cozidos, ele pode sofrer alguns acidentes, como ficar engasgado, danificar a parede do estômago e até sofrer uma perfuração no intestino.

Outros perigos como ruptura dos dentes, lesões na gengiva e na língua também podem ser observados ao dar osso cozinho para o cachorro. Além de colocar a saúde do cachorro em risco,  quando cozinhamos os ossos eles perdem os nutrientes e se tornam um alimento de má qualidade para uma dieta saudável.

Oferecer ossos crus é melhor para o cachorro?

Sem dúvidas, a melhor forma de oferecer ossos para o cachorro é em estado cru, pois se fizesse mal os antepassados do doguinho não consumiriam este tipo de alimento. Os ossinhos crus são fontes de nutrientes como cálcio, fósforo e diversos minerais que combinam perfeitamente com uma dieta saudável.

Além disso, os cães adoram comer osso, eles são saborosos e podem se tornar formas de manter o pet entretido, mastigando e roendo um alimento natural.

Tipos de ossos para dar ao cachorro

O modo de preparo do osso para o cachorro é bem simples, você só precisa tomar cuidado com a quantidade e a forma de oferecer o alimento. Sendo assim, o consumo recomendado de osso cru para o cachorro é de no máximo uma vez por semana, escolhendo os melhores tipos e formas mais saudáveis de prepará-lo.

Confira os tipos de ossos que podem fazer parte da dieta saudável do seu cão:

  • Asinha picada de galinha;
  • Pé de galinha;
  • Pescoço de galinha;
  • Carcaça de galinha;
  • Cartilagem de peito de frango;
  • Pescoço de peru;
  • Pescoço de cordeiro;
  • Joelho de vaca ou boi;
  • Costelas inteiras de boi;
  • Mocotó de boi.

Não se esqueça, tome os devidos cuidados para prevenir acidentes com o osso, proporcionando uma alimentação nutritiva e segura.

Cuidados ao oferecer osso para o cachorro

Cachorro pode comer osso cozido

Cão esperando o osso – Foto: Freepik

Agora que você já conhece quais são os tipos de ossos recomendados para dar ao cão, conheça quais os cuidados necessários ao investir nessa dieta.

Cachorro pode comer osso cozido – Evite contaminações de parasitas

Para evitar contaminações por parasitas e bactérias, congele o osso com a carne por 72 horas pelo menos, depois sirva para o animal. Na hora de servir o alimento para o cão, descongele e não raspe o osso, deixe ele inteiro ou triture no moedor de carne.

Cachorro pode comer osso cozido – Supervisione o cachorro durante a alimentação

Durante a alimentação o cachorro precisa ser supervisionado, observando se ele não reage inadequadamente durante o consumo. Os riscos de se engasgar também acontecem nesses casos, mesmo com o consumo de osso cru, pois o cãozinho pode não ter experiência com o alimento.

Contudo, no caso de inexperiência no consumo de osso cru, prefira triturá-lo antes de servir ao cachorro, optando também por peças mais molinhas. Os ossos como o pescoço de galinha são mais seguros que a carcaça de peito de frango, por exemplo, além de ser mais fácil de ser moído.

Por isso, você pode usar um mixer, martelo de carne ou até o liquidificador para moer os ossos crus antes de oferecer ao cachorro.

Esperamos que estas dicas tenham sido úteis para que você possa oferecer sempre os melhores cuidados para o seu cãozinho. Por mais que os ossos sejam alimentos tradicionais para os cães, é sempre importante tomar cuidado para que os dogs não se machuquem comendo. Lembre-se disso!

Cuide do seu dog!