Um cachorro agitado a noite pode ser sinônimo de um cão enérgico e cheio de vontade de brincar. Porém, claro, a hora de dormir nem sempre é o melhor momento para o tutor interagir e brincar com seu cão.

O ideal é que a interação aconteça durante o dia.

Por isso, o que fazer se você tem um cachorro agitado a noite? Neste artigo, o Portal do Dog vai te ajudar a entender um pouco mais sobre esse assunto e o que você pode fazer para seu cão ter mais qualidade de vida neste sentido.

Portanto, continue lendo!

Cachorro agitado a noite – O que fazer?

cachorro agitado a noite

Cão dormindo – Foto: Freepik

Um cachorro agitado a noite é reflexo de uma rotina desequilibrada. Afinal, o tutor espera que, a noite, o seu cão durma junto, ou passe a noite em silêncio e tranquilo. Um cachorro latindo a noite pode ser muito maléfico para todos: para o cão, para o tutor e, claro, para os vizinhos.

Porém, os cães são seres vivos. Eles têm necessidades e o tutor precisa entendê-las. Não adianta pensar que o cão é um robô e simplesmente vai agir de maneira robótica. O animal vai expressar o que ele quer e precisa e o tutor precisa se atentar a isso.

Como resolver? Bom, há inúmeras formas de lidar com um cachorro agitado a noite. E todas elas estão diretamente ligadas a rotina e o que você faz durante o dia com o cão. Quando o animal está agitado a noite, ele já está agitado. Não adianta brigar, colocar o animal “de castigo” ou coisa do tipo.

E o melhor que você pode fazer, é prevenir que o cachorro fique agitado a noite. Como? Com estas dicas aqui:

  • Adestramentos sempre vão ajudar o animal;
  • Brinquedos criativos com enriquecimento ambiental;
  • Faça brincadeiras e desafios com o cão dentro de casa;
  • Tenha um momento do dia para sair e brincar com seu cachorro;
  • Contrate um dog walker, caso você não possa passear com o animal;
  • Não brigue ou xingue seu cachorro quando ele estiver agitado a noite;

Tudo isso está relacionado ao que você faz no dia a dia com o cachorro, e não o que fazer naquele exato momento em que o animal está agitado no meio da madrugada. Este é um artigo que vai te ajudar a prevenir essa agitação, e não remediá-la, ok?

Portanto, continue lendo e veja detalhes de cada uma das dicas anteriores!

Veja também como educar um cachorro bagunceiro.

Cachorro agitado a noite – Adestramentos sempre vão ajudar o animal

Uma das coisas mais importantes e saudáveis para todos os cachorros, é o adestramento. Todos os cães passam a ter uma vida muito mais tranquila e saudável do ponto de vista físico e mental, após boas sessões de treinamento com adestramento positivo. Ou seja, aquele adestramento que recompensa o cachorro quando ele acerta algo.

O adestramento do cachorro faz com que ele entenda o que ele pode e o que ele não pode, além de colocar nas mãos do tutor um certo “poder” de conduta, de forma que o cão entenda comandos e tons de voz. O cão não vai entender o que é “sim” ou “não”. Porém, ele vai entender o que você quer, caso haja reforço positivo no dia a dia.

Além do fator educacional, o adestramento do cachorro é uma excelente forma de gastar energia física e mental do animal. Afinal, é isso que o cachorro precisa: gastar energia. Treinamentos diários de dez, quinze ou vinte minutos, são mais do que suficientes para o animal cansar bastante.

E isso vai refletir diretamente nas noites.

Exagerar no tempo de treinamento, não vai ajudar o cão a se cansar mais. Eles têm um certo “limite” para gastar energia em adestramento. Passando esse tempo, eles simplesmente cansam e as coisas já não são mais as mesmas.

cachorro agitado a noite

Tutora dormindo com seus cães – Foto: Freepik

Brinquedos criativos com enriquecimento ambiental

Outro fator que vai ajudar um cachorro agitado a noite, é a interação com brinquedos criativos e diferentes.

Ou seja, você, tutor, pode criar brinquedos diferentes e criativos para que seu cão interaja a brinque durante o dia, de forma que ele saia da “mesmice” e gaste ainda mais energia.

O enriquecimento ambiental, neste caso, é fundamental para fazer com que o cachorro encontre diversão dentro da própria casa, sem necessariamente a presença do tutor.

Inclusive, você poderá fazê-lo brincar com brinquedos que são desafios, de forma que ele tenha que encontrar uma “solução” para conseguir a ração, ou coisa do tipo.

Existem brinquedos que você poderá, por exemplo, colocar ração dentro, de forma que o cão gaste energia para tentar capturar essa ração. Busque sempre brinquedos seguros e que não tragam nenhum tipo de periculosidade para o cão brincar enquanto está sozinho, ok?

Teste os brinquedos antes de simplesmente deixar o cão sozinho com ele.

Cachorro agitado a noite – Faça brincadeiras e desafios com o cão dentro de casa

Outro fator que poderá ajudar o cachorro agitado a noite, é o gasto de energia com brincadeiras entre cão e tutor. Afinal, o que o cachorro mais ama em toda sua vida, é ficar ao lado do tutor e interagir com ele. O momento que o tutor chega em casa do trabalho, por exemplo, simboliza bem isso.

Portanto, interaja com o seu cachorro dentro de casa.

Faça brincadeiras diferentes e ajude ele a gastar energia para que a noite ele não fique “pilhado” para brincar e interagir. Brincadeiras interativas e criativas ajudam, tipo esconder a ração ou colocar desafios para ele buscar o petisco.

Brinque de esconder a ração pelos ambientes: em baixo do sofá, atrás da cortina, atrás de um vaso de flor, em baixo de um pano, etc. Isso faz o animal gastar uma energia bem grande do ponto de vista de “caçador” e “farejador”, e ele ficará muito mais suscetível a dormir e descansar a noite, junto com você.

cão deitado

Cão deitado – Foto: Freepik

Tenha um momento do dia para sair e brincar com seu cachorro

Aqui no blog, já mencionamos diversas vezes que, ao adotar um cachorro, a sua vida vai mudar. Você não pode mais preencher a sua agenda com absolutamente todos os horários do dia, em prol de você mesmo. Precisará dedicar um espacinho do dia, todos os dias, para brincar e passear com o seu cachorro.

Esse tipo de interação é fundamental para o cachorro gastar energia, se aproximar e se conectar com seu tutor e, claro, não ser um cachorro agitado a noite. O cão precisa sair para passear. Isso ajuda no desenvolvimento físico e mental, pois a rua faz o cão aflorar muitos instintos naturais, como o faro.

Além disso, as saídas para passear são fundamentais para manter o cão no peso ideal, sem que ele vire um cão obeso ou contraia doenças, tipo a diabetes canina. Não deixe de sair para passear com seu cachorro todos os dias, mesmo que o cão tenha um quintal bem grande em casa, ok?

Contrate um dog walker, caso você não possa passear com o animal

A gente entende que, muitas vezes, o dia pode ser corrido e encontrar um espacinho para interação e saídas com o cachorro, pode ser complicado. No entanto, neste caso, o ideal é que você contrate uma pessoa especializada em saídas e passeios com cachorros.

Este é o chamado “dog walker“, que é um passeador profissional para atender as necessidades do seu cão.

Esse tipo de conduta é fundamental para que o seu cachorro gaste energia suficiente para que as noites não sejam um pesadelo pra você, pra ele e para os vizinhos. Um cachorro agitado a noite passa muito pelo fator “acúmulo de energia”. E não só energia física. Mas também, energia mental.

Respirar um ar diferente, sentir cheiros, ter outros estímulos, ver coisas e socializar, são elementos fundamentais para a saúde do seu cachorro de maneira geral. E para ele ter uma boa noite de sono, claro, tudo isso é importantíssimo.

cão dormindo a noite

Cão deitado – Foto: Freepik

Não brigue ou xingue seu cachorro quando ele estiver agitado a noite

E por fim, algo muito importante para todos os tutores que têm um cachorro agitado a noite: não brigue, xingue e, muito menos, haja com violência física contra seu cão.

Pode ser bastante cansativo ter um cão chorando e agitado a noite. Porém, agir de forma irracional, não vai resolver o problema. Vai apenas piorá-lo e o cão vai se sentir ainda mais incomodado.

Cuide bem do seu dog!