O cachorro pulando nas pessoas é algo realmente complicado. Afinal, é uma sensação de desconforto, mesmo que o cachorro faça isso apenas para brincar e buscar atenção.

Principalmente os cachorros de grande porte, podem passar uma sensação muito grande de insegurança – até mesmo para o tutor. Afinal, imagine um cachorro de 50kg pulando desenfreadamente na altura do peito de alguém. Pode ser bastante assustador!

Neste artigo, o Portal do Dog vai te ajudar a entender como evitar que o cachorro pule nas pessoas. Mas além disso, aprenda também o motivo que leva os cães a pularem dessa forma.

Continue lendo.

cão em pé

Cão em pé – Foto: Freepik

Cachorro pulando nas pessoas – Como fazê-lo parar?

Um cachorro pulando nas pessoas pode ser desagradável tanto para o tutor, como para a pessoa que está sendo “atacada”. Afinal, em determinadas situações isso é realmente embaraçoso: o cachorro pode estar sujo, molhado, etc.

Fazer o cachorro parar com isso não é uma tarefa muito simples, principalmente se ele já tem essa mania canina há muito tempo. No entanto, não se preocupe: é plenamente possível fazer com que seu cão entenda que ele não pode (ou não deve) pular nas pessoas.

Como? Veja algumas dicas abaixo:

  • Mantenha a calma e não empurre o cachorro.
  • Bloqueie a passagem do cachorro.
  • Não brigue ou puna o cãozinho.
  • Quando o cão abaixar, interaja com ele.
  • Evite dar atenção ao cão (é isso que ele quer).
  • Adestramento desde cedo é fundamental.
  • Ensine comandos básicos para o dog.
  • Institua reforço positivo no convívio (e nunca punitivo).

A seguir, entenda mais sobre cada uma dessas questões para que você possa colocar em prática e, assim, ajudar seu cão parar de pular nas pessoas.

Acompanhe.

Cachorro pulando nas pessoas – Mantenha a calma e não empurre o cachorro

Um cachorro pulando nas pessoas não é uma situação que deveria ser normal – embora aconteça frequentemente em muitos lares de cães por aí. Afinal, se o cão está pulando, é sinal de que ele quer alguma coisa. Mas em algumas situações, pode até ser agressividade canina.

Uma das principais coisas que você precisa fazer, é manter a calma e não empurrar o cachorro pra baixo.

Ou seja, se ele pulou em você ou em alguma visita, simplesmente empurrá-lo pra baixo não vai resolver por um simples motivo: o cão vai achar que isso é uma brincadeira. Logo, ele vai gostar.

Se o cachorro gostar da sua interação com ele (empurrando pra baixo), pode ser que ele continue repetindo os pulos só para que você interaja com ele.

cão pulando

Cão chamando atenção – Foto: Freepik

Bloqueie a passagem do cachorro

Se o cachorro pulando nas pessoas está passando dos limites, é importante fazer algum tipo de bloqueio para que ele não consiga o que ele quer. Ou seja, você deve bloquear a passagem do dog para que ele não consiga encostar as patas na cintura ou peito da pessoa.

Esse bloqueio deve acontecer de maneira natural e sem muita interação. Apenas coloque a perna na frente (na posição em que o cachorro vai para pular) e não deixe que o cão atinja o objetivo de “abraçar” a pessoa.

Ao colocar a perna na frente, você faz um bloqueio estratégico e o seu cão sente que não conseguiu cumprir o objetivo. Logo, com o tempo, ele vai deixar de fazer esse movimento, pois sabe que não tem sucesso com ele.

Não use as mãos e nem faça movimentos muito bruscos. Quanto menos interação com o cão nesse momento, melhor, ok?

Não brigue ou puna o cãozinho

Se tem uma coisa que os tutores gostam de fazer quando o cachorro está pulando, é brigar. Porém, isso não é indicado e pode fazer com que seu cachorro fique muito estressado e ansioso.

Afinal, para o cão, os pulos são diversão. E se a diversão é correspondida com uma atitude extrema do tutor, ele poderá ficar confuso e assim ter comportamentos ainda piores.

Brigar com o seu cãozinho é uma das piores coisas que você pode fazer para educá-lo.

Além de não ajudar, acaba atrapalhando o desenvolvimento de um comportamento adequado. Afinal, as brigas tendem a deixar o cão muito incomodado e ele poderá fazer coisas ainda piores com o decorrer do tempo.

Inclusive, aqui no Portal do Dog já escrevemos sobre o assunto. Você poderá entender um pouco mais sobre punição, aqui: Como educar um cachorro – Punir ou recompensar?

Cachorro pulando nas pessoas – Quando o cão abaixar, interaja com ele

Uma das atitudes mais promissoras que você pode fazer quando seu cão estiver pulando nas pessoas, é estimular ele a não fazer mais isso. Só que esse estímulo deve vir a partir de outros estímulos – e não com punição ou reforço punitivo.

Por exemplo, quando o cão estiver pulando em você ou em alguma pessoa, o ideal é que você interaja com o cão somente quando ele estiver com as quatro patas no chão. Assim que ele abaixar, dê um petisco ou faça um elogio.

A partir do momento que você cria esse tipo de interação, o cachorro passa a entender que ele ganha coisas boas quando está com as quatro patas no chão.

Cuidado para não perder o timing no momento do pulo. Não force o cachorro a abaixar (empurrando ele) e nem brigue com o animal. Estimule ele a descer para ganhar um petisco. Dê apenas quando ele estiver na posição que você quer, nunca antes!

cachorro pulando nas pessoas

Dog de pé – Foto: Freepik

Evite dar atenção ao cão (é isso que ele quer)

Quando um cachorro está pulando nas pessoas, é sinal de que ele quer atenção e interação.

Os pulos, quando não são agressivos, são carinhosos e em tom de brincadeira. E por isso, todas as vezes que o cachorro se sentir confortável e feliz aos pulos, ele vai condicionar a ação e vai repetir todas as vezes.

Portanto, quando o cão estiver pulando, não dê atenção a ele. Não interaja com nenhum tipo de ação ou palavras. Mesmo quando você interage de maneira punitiva, ainda assim, o cão entende como interação. Para o cão, ele conseguiu o que queria: sua atenção.

Cachorro pulando nas pessoas – Adestramento desde cedo é fundamental

Se tem uma coisa que é importante para a vida de um cãozinho, é o adestramento.

Adestrá-lo desde cedo ajuda muito na hora de criar comportamentos adequados e condicionamentos positivos. Ainda quando filhote, o cão tende a aprender as coisas mais facilmente, pois ainda não tem manias caninas e, por isso, é mais fácil ir “direto ao ponto”.

Portanto, se você está pensando em adotar um filhote ou mesmo se o seu filhote já está pulando nas pessoas, é importante intervir de maneira racional. Faça reforço positivo, estimule o cão a ficar nas quatro patas e não brigue com o cão pelas atitudes dele.

Ensine comandos básicos para o dog

Quando você ensina comandos básicos ao cachorro, ele tende a ser um cãozinho muito menos estressado e ansioso. Afinal, você sempre poderá estar no controle das situações e, assim, o cão não precisa se preocupar com isso.

Os comandos básicos como “senta”, “fica” e outros, tendem a ser muito importantes no longo prazo. Pois você poderá, com esses comandos, controlar algumas situações no dia a dia do cão.

Ou seja, quando ele estiver pulando, por exemplo, você pode intervir com o comando “senta”. Assim, o cão vai parar na hora para fazer o que você está pedindo.

Inclusive, leia mais sobre isso: Truque para ensinar o seu cachorro a sentar.

cachorro pulando nas pessoas

Cão chamando atenção – Foto: Freepik

Institua reforço positivo no convívio (e nunca punitivo)

E por fim, claro, nunca institua o reforço punitivo em momentos de desobediência do seu cão.

Se o cachorro pulando nas pessoas está agindo de maneira errada, isso precisa mudar a partir de reforço positivo – e não punitivo. Caso contrário, além de continuar pulando, o dog vai também ficar ansioso, estressado e com medo de você.

Reforçar uma atitude positivamente vai ajudar o seu cão a entender o que ele pode e não pode. Ou seja, através de recompensas, o cão passa a agir de maneira controlada, visto que ele sabe que vai ganhar algo bom quando fizer isso ou aquilo.

Pular é uma atitude ruim para o tutor. Mas para o cão, é algo bom. O reforço positivo para um cão continuar pulando é a interação do tutor. Para ele parar de pular, você deve parar de interagir e recompensá-lo somente com outras atitudes.

Por que os cachorros pulam nas pessoas?

Os cachorros pulam nas pessoas, basicamente, para receber algum tipo de carinho ou interação em troca. Ou seja, eles pulam para chamar atenção. E assim que eles conseguem a atenção, são condicionados a continuar pulando, pois sabem que essa atitude traz algo de bom pra eles.

Por isso, para conter um cachorro pulando nas pessoas, siga as nossas dicas anteriores.

E se o cachorro não entender o comando?

No início, pode ser que o cachorro não entenda o que ele pode ou não fazer. Afinal, ele ainda estará em fase de condicionamento e isso pode levar algum tempo até que traga resultados.

O mais importante é ter paciência com seu melhor amigo. Aos poucos, ele entenderá!