Aprender como se comunicar com o cachorro é, sem sombra de dúvidas, algo fundamental para uma melhor convivência.

Não é possível que você consiga manter um bom relacionamento com seu pet, se não houver comunicação. Mesmo que ela seja visual – para o caso de cães com deficiência auditiva.

A comunicação ajuda a criar laços, ela faz o cão se sentir bem, confortável e “alocado” no ambiente. O que é ótimo para a saúde dele no médio e longo prazo.

Por isso, neste artigo, o Portal do Dog vai te ajudar a entender tudo sobre o assunto. Continue lendo e saiba mais sobre como se comunicar com o cachorro.

Como se comunicar com o cachorro – O cachorro nos entende?

Como se comunicar com o cachorro

Um belo Rottweiler – Foto: Freepik

Sim, o cachorro nos entende. Por isso é muito importante aprender como se comunicar com o cachorro. Afinal, esse é um meio de conexão muito importante para mantermos uma amizade longeva e saudável com o nosso melhor amigo.

No entanto, como é possível que os cães entendam o que a gente quer dizer? É possível que eles entendam exatamente o conceito da palavra?

Não. Não é tão profundo assim. Mas mesmo assim, eles têm a capacidade de condicionar o som de uma palavra a uma ação no dia a dia.

Veja algumas dicas de como se comunicar com o cachorro:

  • Comunique-se com palavras curtas.
  • Muito reforço positivo.
  • Evite brigar com o cachorro.
  • Fale fofo com o pet.
  • Seja consistente no longo prazo.

A seguir, aprenda tudo sobre cada uma das dicas acima.

Comunique-se com palavras curtas

Antes de mais nada, você precisa se comunicar de maneira certa com o cachorro. Ou seja, dirigindo-se a ele com palavras adequadas e que sejam fáceis de ele compreender.

Por exemplo, palavras curtas, como o “sim” ou o “não”, tendem a entrar muito mais facilmente no cérebro do cachorro. Ele não fica confuso, são palavras rápidas e quando bem reforçadas podem ser boas opções para a educação do pet.

O cachorro não entende o que a gente quer dizer com uma frase inteira ou com um desabafo. Mas eles conseguem perceber a nossa energia e também o tom das palavras.

Entenderemos mais sobre isso ainda neste artigo. Continue lendo.

Como se comunicar com o cachorro – Muito reforço positivo

Você já ouviu falar sobre o reforço positivo, certo? Pois bem, essa é uma das melhores condições de ensino para o seu cão. O reforço positivo é justamente uma maneira inteligente de fazer o animal entender o que fazer.

Treinar o cachorro com as palavras certas, fica mais fácil quando você reforça positivamente uma situação. Ou seja, ensinar o que é “não” para o pet, fica fácil quando ele é recompensado pelo acerto.

Aos poucos, com o tempo, ele vai entender o que é “não” e passará a respeitar esse comando. Ele não sabe o que o “não” quer dizer. Mas ele sabe que, a partir do “não”, ele ganhará algo bom – petisco ou elogio.

tutor e seu cão

Tutor e o cachorro – Foto: Freepik

Evite brigar com o cachorro

Evite brigar com o cachorro. As brigas são realmente muito ruins para o psicológico do animal e elas não ajudam em nada. Pelo contrário: só atrapalham qualquer tipo de desenvolvimento cognitivo.

Assim que o cachorro faz algo errado e você, claro, não gosta, é preciso manter a calma. Brigar, xingar ou criticar o pet, com um tom de voz alterado e as vezes até com grosseira, é bastante ruim.

Com o tempo, o cachorro vai condicionar isso ao medo. Então toda vez que ele fizer algo de errado e ver você, ele vai fazer aquela carinha de culpado – pois ele está com medo do que você pode fazer/falar.

Nunca use violência verbal para lidar com seu pet.

Como se comunicar com o cachorro – Fale fofo com o pet

Uma dica muito interessante que você sempre pode considerar para conversar com seu dog, é isso aqui: fale fofo com ele. Eles adoram perceber que você está agindo de maneira carinhosa e educada. Eles se conectam e ficam muito felizes.

Falar fofo com o cachorro gera confiança e também muita proximidade do animal com o tutor. Eles sentem que estão sendo acariciados verbalmente e isso, claro, é ótimo.

No entanto, se você quer adestrar o seu cachorro e fazê-lo entender outras palavras, o “falar fofo” precisa ficar um pouco de lado.

Nesse caso, você precisa focar os treinos nas palavras que você quer ensinar, de maneira consistente e sem muitas outras emoções.

Seja consistente no longo prazo

E por fim, não podemos esquecer disso aqui: consistência. Essa é a palavra-chave que leva o seu cão a entender tudo o que você quer dizer, de maneira saudável e sempre no longo prazo.

A consistência é um fator importantíssimo para que o cão saiba o que você realmente quer. O cão sabe o que esperar e sabe onde você quer chegar. Ele sabe o que vai acontecer “depois”.

Por isso, ao ensinar o que é “sim” ou “não”, isso é algo pra vida inteira. Uma coisa não pode ser “sim” hoje e “não” amanhã. Consistência sempre!

Como o cachorro entende o que estamos dizendo

Como se comunicar com o cachorro

Cachorro no parque – Foto: Freepik

Agora que você já sabe como se comunicar com o cachorro, é importante entender, também, como ele entende tudo o que você quer dizer. Ou seja, de onde vem o entendimento sobre determinadas palavras.

Bom, tudo isso acontece de forma natural – desde que haja um adestramento com reforço positivo. Ou seja, o cachorro precisa condicionar determinadas palavras para entender o que elas realmente querem dizer.

Veja como o cachorro entende o que estamos dizendo:

  • Palavras curtas e sonoras.
  • Condicionamento para determinado assunto.
  • Longo prazo e consistência.

A seguir, veja essas questões na prática.

Como se comunicar com o cachorro – Palavras curtas e sonoras

As palavras curtas e sonoras são as mais importantes para ensinar o cão algum comando ou movimento. São as palavras curtas e sonoras que garantem que o pet possa, finalmente, compreender uma palavra.

Ele não entende o significado. Mas ele entende o condicionamento. Poderia ser qualquer palavra ou qualquer ruído. Se ele for condicionado e tiver reforço positivo, vai entender o que você quer dizer com aquilo.

Portanto, frases longas e as vezes um discurso inteiro, não são compreendidos pelo dog. Mas saiba que ele consegue, sim, “sentir” a sua energia e, portanto, ele sente o clima do que você está querendo dizer.

Condicionamento para determinado assunto

Se você quer que o seu cachorro pare de fazer xixi fora do lugar ou pare de morder os chinelos, você pode condicioná-lo a isso. Como? Basicamente, com palavras que ajudem ele a entender o que você quer dizer.

Crie algum comando, como o “não”, e condicione o animal a entender. Toda vez que ele se prepara fazer fazer xixi fora do lugar, diga “não” de maneira bem sonora. E se ele respeitar, dê um petisco imediatamente.

Assim, com o tempo, ele sabe que não pode fazer xixi naquele lugar. Mas ao mesmo tempo, você precisa ensiná-lo onde é o banheiro. Caso contrário, ele vai fazer mesmo assim – afinal, é a natureza chamando.

Longo prazo e consistência

O longo prazo e a consistência é o mais importante nessa jornada toda. Ou seja, você precisa entender que o cão não vai entender algo da noite para o dia. É sempre no longo prazo.

Portanto, para aprender como se comunicar com o cachorro, você precisa entender como o pet entende as coisas e usar isso a favor do processo.

Mantenha-se no ritmo de adestramento e não desvirtue. O “sim” de hoje, não pode ser o “não” de amanhã. Isso cria confusão e o cachorro passa a ficar estressado e ansioso no processo de aprendizagem.

Como se comunicar com o cachorro

Veterinária e o cachorro – Foto: Freepik

O cachorro entende exatamente o que a palavra quer dizer?

Não. O cachorro não entende o significado exato de uma palavra. No entanto, no processo de ensiná-lo a aprender palavras, você pode condicionar o som (palavra) para algum movimento/ação.

Ou seja, o pet não entende o que é “não”. Mas o conjunto sonoro dessa palavra, associado a um biscoito, fará ele entender que algumas situações não devem ser repetidas.

Ele deixa de fazer algo a partir do “não” e recebe um petisco.

Como os cachorros aprendem o nome

Os cachorros aprendem o nome da mesma forma que aprendem outros comandos: repetição e reforço positivo.

Ou seja, toda vez que você repete a palavra (nome) do cachorro e ele vem, ele recebe algo: um carinho, um biscoito, atenção, etc.

Isso é motivo o suficiente para o pet entender que vale a pena dar atenção ao comando (nome).

No longo prazo, parece que ele reconhece que esse é o nome dele. Mas na verdade, ele apenas está condicionado a esse som, pois sabe que algo bom vai vir depois.

Como os cachorros aprendem comandos básicos

Os comandos básicos são ensinados ao cão com reforço positivo: toda vez que você repete uma palavra (tipo “senta) e o animal senta, ao ganhar um petisco, ele irá repetir essa ação toda vez que ouvir o “senta”.

Reforço positivo, repetição, consistência e palavras curtas: é assim que o cão nos entende e é assim que podemos nos comunicar com eles.