Se você quer aprender como ensinar o cachorro sentar, está no lugar certo. No artigo de hoje, você vai ter algumas boas ideias de como fazer isso e, em poucos dias, o animal estará condicionado ao comando. Só que, já adiantamos: não crie expectativas exageradas para esta ocasião. Afinal, isto é maléfico para você e também para o dog.

Ensinar qualquer comando básico ou truque divertido para o cão, precisa ser um exercício de paciência e disciplina. Caso contrário, o cachorro pode ficar ansioso, estressado e, claro, o comando não dará certo. Por isso, acompanhe o artigo e saiba tudo sobre o tema!

Ensinar o cachorro sentar – Como fazer isso de maneira natural?

como ensinar o cachorro sentar

Cão sentado – Foto: Freepik

Estes são os 4 simples passos para você ensinar o cachorro sentar:

  1. Chame o cão a um ambiente silencioso e calmo;
  2. Coloque alguns petiscos na sua mão e deixe o cão ficar em pé para pegar;
  3. Somente dê o petisco quando o cachorro sentar – Nunca em outro momento!;
  4. Depois que você repetiu este processo bastante, introduza uma palavra para o cão aprender;

Ensinar o cachorro sentar é um trabalho simples. No entanto, isto não significa dizer que é fácil. Afinal, cada cão é único e vai responder aos seus ensinamentos de uma forma diferente. Este truque serve principalmente para cachorros filhotes – mas que já estão maiorzinhos. Pois um cão com manias pode demorar um pouco mais para pegar o comando.

Inclusive, uma das melhores decisões que você pode tomar para cuidar direitinho do seu cão, é adestrá-lo desde cedo. Ou seja, quando ele ainda é filhote. Isto faz com que você consiga ter um cão muito mais calmo, saudável e equilibrado na fase adulta, de modo que o cão entenda limites e saiba quem é o líder do ambiente.

Pode parecer algo desnecessário em algumas situações, mas ensinar o cachorro a sentar é muito mais importante do que a gente imagina. O resultado de ele sentar após um comando não é apenas algo curioso e interessante. É, também, uma maneira de se conectar com o cachorro para que vocês possam viver em sintonia no ambiente.

Vamos detalhar cada um dos passos a partir de agora. Por isso, continue a sua leitura e saiba tudo sobre o tema!

Chame o cão a um ambiente silencioso e calmo

como ensinar o cachorro sentar

Cão sentado – Foto: Freepik

O primeiro passo para começar a adestrar o cãozinho, ou o passo número zero, é chamá-lo para um ambiente calmo e tranquilo. Ou seja, você não pode começar qualquer tipo de atividade onde não há o mínimo de silêncio e calma, pois os ruídos vão desconcentrar o animal e, assim, nada vai dar certo.

Então, separe um cantinho da sua casa em que não haja qualquer outro tipo de interferência que possa chamar atenção do cachorro. Lembre-se que a audição canina é altamente apurada. Logo, qualquer situação que esteja fora do controle do cachorro, vai chamar atenção dele de forma demasiada.

Alguns tutores preferem, inclusive, ensinar o cão a noite. Pois desta forma, ruídos de trânsito e pessoas acabam não interferindo no processo e o cão estará muito mais conectado com você.

Coloque alguns petiscos na sua mão e deixe o cão ficar em pé para pegar

Depois que você encontrou um lugar bem tranquilo e calmo para realizar as atividades de adestramento, é hora de começar a colocar a mão na massa. Ou melhor, a mão no petisco! Afinal, é isto que você vai precisar fazer para começar o processo de adestramento para ensinar o cachorro sentar.

Escolha um bom petisco para adestramento em uma loja de pet-shop e, com os petiscos na mão, você vai fazer movimentos para que o cão tente pegá-los. No entanto, você vai precisar dificultar o processo para que o animal fique em pé e, posteriormente, se sente.

Faça movimentos como se você fosse colocar o petisco atrás do animal, para que ele, de pé, dê alguns passos atrás e acabe sentando “sem querer”. Assim que ele sentar, dê o petisco. Você não pode perder o momento, pois é muito importante que o cão comece a condicionar a sua posição ao recebimento do petisco.

Você vai notar que em poucas tentativas, o cão já vai sentar. Muitas vezes isto é, até mesmo, um movimento natural do animal. E você vai aproveitar o momento para ensiná-lo um comando!

Somente dê o petisco quando o cachorro sentar – Nunca em outro momento!

como ensinar o cachorro sentar

Cão sentado – Foto: Freepik

As primeiras tentativas de adestrar o animal e ensiná-lo a sentar, podem ser frustradas. Ou seja, pode ser que a primeira sessão não resulte em nenhum avanço prático, pois o cachorro pode simplesmente não querer sentar. No entanto, você é racional e sabe que isto é normal e, por isso, não vai desistir.

Não queira oferecer o petisco ao cachorro por pena ou por excesso de fofura, ok? Se o cão ficar pedindo o petisco mas não sentar, não dê! Se você recompensar o cachorro após uma atitude negativa ou até mesmo após uma atitude neutra, o animal não vai entender o truque.

O adestramento por reforço positivo é bem o que o nome sugere: você reforça positivamente uma atitude do animal, com um presentinho. Por isso, da mesma forma que você não deve oferecer o presentinho quando o cão não se comporta corretamente, você também não pode perder o momento exato de recompensá-lo!

Assim que ele sentar, dê o petisco. Quando ele levantar, não dê mais. Repita o processo para o cão ficar em pé e ir para trás e, quando ele sentar, dê outro petisco.

Depois que você repetiu este processo bastante, introduza uma palavra para o cão aprender

Você reparou que, até aqui, tudo que você tem que fazer é estimular o cão a sentar e recompensá-lo com um biscoito? Estas são as fases iniciais do processo de ensiná-lo a sentar. Porém, depois que você repetiu bastante o processo, é importante introduzir uma palavra-chave para condicionar o cão definitivamente ao truque.

O ideal é que você utilize apenas uma palavra para o cão aprender a sentar. No caso, use a palavra “senta”. Não queira aperfeiçoar e personalizar demais o comando, com palavras ou frases longas, pois isto simplesmente não funciona com cachorros. Eles são animais e entendem apenas alguns sons. Por isso, quanto mais simples for o som do comando “senta”, melhor!

Para introduzir a palavra, repita os mesmos movimentos anteriores. Só que agora, com a presença da palavra. Então, levante sua mão com um petisco, simule que vai jogar atrás do cão e diga “senta” em alto e bom tom. Sempre com a mesma entonação. Não faça variações de entonação, pois isto confunde o animal.

E, assim, toda vez que ele sentar, recompense-o!