cadela prenha é sempre muito fofa e todo mundo adora ver a sua barriguinha de grávida. No entanto, saber que a cadela está grávida é o primeiro passo para garantir conforto, segurança e saúde para a pet.

Pensando nisso, elaboramos este guia completo com todas as informações que você precisa ter em mente quando desconfiar que a sua cadela está prenha. Assim, será possível basear-se em subsídios adequados para ela ter mais qualidade de vida. Acompanhe e saiba mais!

mulher e cadela

Cadela fofa no colo da tutora. Foto: Freepik

Como saber se a cadela está prenha? Sintomas cadela prenha

Se você notou mudanças comportamentais em sua cadela, é preciso se atentar para o todo. Como tem sido a alimentação? A disposição? O sono e as necessidades da cachorra? Atente-se para todos os detalhes, pois eles podem ajudar a saber se a cadela está prenha. Enquanto você observar, você deverá levar em conta os sintomas abaixo:

  • Cansaço repentino, fazendo com que a cachorra não queira mais brincar tanto como costumava. Vale destacar que esse cansaço não pode estar associado com nenhum tipo de doença, mudança de rotina ou mudança na alimentação.
  • Procura ambientes quentes e discretos, e quando você se dá conta, ela está deitadinha, descansando e escondida. Esse tipo de atitude acontece para que a pet encontre um lugar para aninhar os seus filhotes, depois do parto.
  • Alterações nos mamilos também são bem aparentes. Eles podem ficar maiores, mais inchados e até mesmo a coloração pode alterar. Isso acontece porque o corpo da cadela prenha está se preparando para amamentar os filhotes.
  • Aumento da circunferência da barriga é bem evidente, logo no começo. E, embora a alimentação não necessariamente tenha aumentado, a cachorra engorda o suficiente para percebermos que algo mudou no meio do caminho.
  • Diminuição no apetite, quando a cadela prenha demonstra não querer mais se alimentar como antes, dando sinais de que alguma coisa no seu organismo está diferente.
cadela prenha

Cadela sendo atendida pela veterinária. Foto: Freepik

É claro que não devemos esperar a junção de todos os sintomas para levarmos a cadela prenha no veterinário. Muito pelo contrário! Ao perceber uma ou duas alterações expressivas no dia a dia da cachorra, procure imediatamente o seu veterinário de confiança.

Afinal, esses sintomas também podem aparecer de forma solta ou associados a outros problemas de saúde, e por isso devem ser investigados. Além disso, a própria gestação merece receber atenção especial com indicações de passeios, alimentos e descanso. Tudo isso sempre considerando a saúde e o bem estar da cachorra.

Quando começa a aparecer a barriga da cadela?

A partir dos 40 dias de gestação a barriga da cadela prenha começa a aparecer mais. Porém, é importante frisarmos que não é toda cadela que terá a barriguinha maior e mais inchadinha. Isso depende da quantidade de filhotes que a cadela está gerando, portanto, é possível que algumas raças sequer apresentem uma barriguinha maior, embora o inchaço (que deixa a barriga mais durinha ao toque), tende a ser bem comum.

Veja também: 4 erros que você não deve cometer com o seu novo filhote de cachorro

De qualquer forma, esse é outro fator que faz com que a ida ao veterinário seja essencial. Não dá para simplesmente deduzir que a cadela prenha, de fato, está grávida, pois caso isso seja um alarme falso ou um sintoma de outra doença, os cuidados necessários podem ser negligenciados. Lembre-se disso.

Cadela prenha na veterinária. Foto: Freepik

Quanto tempo a cadela fica prenha?

Independente da raça e do porte da cadela prenha, a sua gestação é expressivamente mais curta que a de humanos. Enquanto nós precisamos de 9 meses de gestação, a cadela prenha terá entre 59 e 68 dias de gravidez. Esse é o período adequado para que os seus filhotinhos se desenvolvam adequadamente e possam nascer saudáveis.

Vale salientar que caso haja o nascimento prematuro é preciso ficar de olho e levar a cadela ao veterinário. Se o trabalho de parto começar muito antes da data prevista, é preciso atenção para que a gravidez não venha prejudicar a saúde da cachorra. Além de que, filhotes prematuros tendem a ser muito mais frágeis e vulneráveis, necessitando de acompanhamento especializado para terem saúde e crescerem fortes.

Quanto tempo uma cadela leva para parir todos os filhotes?

O trabalho de parto de uma cadela prenha pode ser mais rápido ou mais demorado, dependendo das questões genéticas, do contexto e da saúde da futura pet mamãe. Sendo assim, o parto pode sofrer uma variação entre 3 e 12 horas.

Cadela brincando com os seus filhotes. Foto: Freepik

Durante esse período, recomenda-se a observação da cadela para que ela consiga parir todos os filhotes e saiba higienizá-los adequadamente. Lembre-se que ela pode rejeitar os filhos e, por isso, é importante ficar atento.

Se a cadela prenha se sentir desconfortável depois do parto, ela pode não apenas rejeitar os filhotes, como também pode comê-los. E assim, se você desejava ter uma linda ninhada na sua casa, ficará difícil se não acompanhar cada etapa do nascimento dos filhotinhos. Novamente reiteramos que é fundamental contar com um veterinário para que tudo sempre corra bem.

Como cuidar de uma cadela prenha?

Apesar de todas as mudanças comportamentais e de apetite, não podemos negligenciar os cuidados fundamentais com a nossa cadela prenha. Lembre-se de sempre considerar os fatores primordiais: nutrição, descanso, exercícios adequados e carinho. Para isso, você deve:

  • Investir em alimentos e rações que sejam de qualidade e adequadas ao porte e à raça da cadela;
  • Passear com a cadela sem ser para muito longe, respeitando pausas e hidratação;
  • Evitar expor a cadela prenha à ambientes que tenham muito barulho ou que possam, de alguma forma, serem mais estressantes;

Mulher abraçando a sua cadela. Foto: Freepik

  • Cuidar na hora de deixar uma criança brincar com a cadela, pois se a criança apertar a barriga da pet, os resultados podem ser bem ruins;
  • Criar um cantinho aconchegante para que a cadela se sinta segura e, quanto mais próximo do parto, saiba que ali ela pode ficar;
  • Dentre outras recomendações dadas pelo veterinário.

Lembre-se que, nessa fase, todo cuidado é importante. Trate a sua cachorra com carinho, dê atenção e alimente-a bem, para assim ela atravessar a gestação da melhor maneira possível. 😉

Veja agora: Cio da cadela: Quanto tempo dura?