O incrível olfato dos cães. Saiba tudo sobre esse super poder canino

O olfato do cão é tão poderoso, que é difícil para nós imaginar o que é "ver" o mundo através do nariz

por Samantha Kelly — publicado 10 fev 2015 - 11:32

O ser humano tem como principal sentido a visão. Percebemos o mundo através de cores e formas e assimilamos significados desses elementos que se desenham diante de nossos olhos.

Apesar de ser o nosso mais importante sentido, nossa visão nem é tão apurada assim, em comparação com outros animais, como a águia e o tubarão.

Como é de se esperar, por conhecermos apenas nossa maneira de ver o mundo, não conseguimos imaginar o que é percebê-lo de maneira diferente. No caso dos nossos amados cães, é fácil esquecer que, apesar de estarmos em completa sintonia de convivência, vivenciamos as mesmas coisas de formas bem distintas.

O cachorro, como muitos sabem, possui um super poder: O olfato. O olfato do cão é tão poderoso que é difícil para nós imaginarmos certos odores que eles conseguem detectar. Imagine você conseguir sentir o odor de uma folha caindo, dos insetos que residem dentro de uma árvore ou de uma gota de sangue em uma piscina. Sentir e detectar a composição de uma borrifada de perfume dada dentro de um estádio de futebol fechado.

É simplesmente impossível, o que os torna não só animais extremamente especiais, como nossos alidados, emprestando-nos seus narizes na busca de pessoas, substâncias, doenças, explosivos, e tantos outros.

Para adentrarmos um pouco mais nesse fascinante universo paralelo que é o mundo percebido pelo olfato canino, Alexandra Horowitz, autora do livro Inside of a dog (Dentro de um cachorro, tradução livre) e professora de psicologia, comportamento animal e cognição canina na Columbia University, narra através de uma animação especial para o TEDEd uma verdadeira aula sobre o olfato canino.

Confira abaixo algumas curiosidades incríveis sobre o olfato dos nosso cães e fique maravilhado com esses super animais que convivem conosco:

 

– O nariz esponjoso e molhado faz com que o cão capture mais fácil os odores que a brisa traz;

– Os cães possuem a habilidade de cheirar separadamente com cada narina, ajudando a determinar a direção de onde o cheiro vem. Ou seja, rapidamente, o cão fica ciente do que esta cheirando e sua origem;

– Com a entrada do ar no nariz, um tecido o separa em dois compartimentos diferentes. Um só para respirar, e o outro só para sentir o cheiro;

– O segundo fluxo de ar entra em uma região com milhões de células receptoras olfativas extremamente especializadas. Para ser mais específico, 300 milhões, comparadas com as nossas 5 milhões;

– Os cães exalam através de uma abertura localizada ao lado do nariz, criando redemoinhos de ar que ajudam a trazer novas moléculas de odor e que uma concentração de odor se forme após várias inspirações;

– Para processar a quantidade de informações que o nariz caputra, o sistema olfativo canino possui uma área relativa cerebral muito maior do que a de um humano, equivalente a 40% a mais para ser mais exato;

– Toda essa estrutura permite que o cachorro identifique e lembre de um número imenso de odores, em concentrações que chegam a até 100 milhões de vezes menores do que o nosso nariz humano pode detectar;

– O cachorro possui um sistema olfativo separado, chamado órgão vomeronasal, localizado acima do céu da boca, detectando os hormônios que todos os animais naturalmente liberam. É por ele que os cães conseguem identificar parceiros em potencial, distinguir entre animais amigáveis e hostis, assim como os alerta sobre nossos vários estados emocionais;

– Por que o olfato é mais primário que os outros sentidos, ao passar pelo tálamo e conectar diretamente com a estutura cerebral, envolvendo emoção e instinto, é possível afirmar que a reação de um cão é ainda mais imediata e visceral que a nossa;

– Outra característica impressionante é o fato do cachorro captar e identificar , através de sinais olfatórios que todos nós vamos deixando por onde passamos, onde estivemos ou o que fizemos.

 

 

Fontes para o artigo: TEDEd e PBS

8 Fatos Selvagens Sobre Cão Lobo

por Handreza Hayran — publicado 22 maio 2019 - 9:45

husky

Da literatura clássica para Game of Thrones e famosos animais do Instagram, parece que o cão lobo está em toda parte hoje em dia, e por uma boa razão! Esse cachorro um pouco selvagem não é apenas bonito, mas é super intrigante e misterioso também.

Beleza e mistério à parte, há muita controvérsia em torno dos cães lobos e debate sobre se eles são ou não animais de estimação seguros para as famílias. Se você está pensando em adquirir um cão lobo,

 » Read more about: 8 Fatos Selvagens Sobre Cão Lobo  »

Técnico apóia campanha “vai ter cachorro na praia em Santos”

por Cristina Possamai — publicado 21 maio 2019 - 9:45

vai ter cachorro na praia em Santos

O treinador do Santos, o argentino Jorge Sampaoli surpreendeu ao colocar uma camisa diferente a frente do seu microfone em entrevista coletiva. O técnico aproveitou a presença de rádios, jornais, canais de televisão e portais de notícias para apoiar uma causa nobre. A camisa fazia referência ao movimento Vai ter cachorro na praia em Santos.

O apoio a causa dos cães na Baixada Santista ocorreu depois de uma vitória pelo Campeonato Brasileiro. A ação foi apresentada por dois integrantes do movimento ao treinador na praia de Santos.

 » Read more about: Técnico apóia campanha “vai ter cachorro na praia em Santos”  »

9 em cada 10 profissionais deseja cachorro no local de trabalho

por Cristina Possamai — publicado 20 maio 2019 - 9:45

cachorro no local de trabalho

O que falta para lhe deixar ainda mais motivado no espaço dedicado ao seu serviço? Ficar pertinho de um animal de estimação é o desejo de muita gente nos dias de hoje. De acordo com uma pesquisa realizada pela DogHero, 90% dos profissionais adoraria ter um cachorro no local de trabalho.

O estudo apontou que um espaço amigável aos bichinhos ou que permita a presença do  pet seria o melhor dos mundos.

 » Read more about: 9 em cada 10 profissionais deseja cachorro no local de trabalho  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

8 Fatos Selvagens Sobre Cão Lobo

por Handreza Hayran — publicado 22 maio 2019 - 9:45

husky

Da literatura clássica para Game of Thrones e famosos animais do Instagram, parece que o cão lobo está em toda parte hoje em dia, e por uma boa razão! Esse cachorro um pouco selvagem não é apenas bonito, mas é super intrigante e misterioso também.

Beleza e mistério à parte, há muita controvérsia em torno dos cães lobos e debate sobre se eles são ou não animais de estimação seguros para as famílias. Se você está pensando em adquirir um cão lobo, leia sobre alguns fatos vitais e seus comportamentos.

1. Cão lobo: definição

cão lobo

O que, exatamente, é um cão lobo? Como o nome indica, um cão lobo é um híbrido de um lobo e um cão domesticado: o Husky siberiano, os malamutes e os pastores alemães são as raças domesticadas mais comumente cruzadas.

Tanto os lobos quanto os cachorros domesticados são “interferentes”, o que significa que são geneticamente similares o suficiente para se reproduzirem, mas esses cães híbridos raramente ocorrem na natureza porque os lobos são super agressivos e territoriais.

E, sim, é verdade que todos os cães têm algum lobo em seus ancestrais, mas um animal só pode ser considerado um verdadeiro cão lobo se eles tiverem um ancestral lobo puro nas últimas cinco gerações.

2. Os primeiros cães lobos eram parte Zwergspitz

husky

Acredite ou não, os primeiros cães lobos eram na verdade híbridos entre lobos selvagens e pomeranos. Os pomeranos do século 18, no entanto, não eram os “cães de bolsa” que são conhecidos hoje . Em vez disso, eram cães de trabalho grandes e musculosos que eram usados ​​para reunir animais e puxar trenós por terrenos difíceis e nevados.

3. Cães lobos são um pouco controversos

husky

Como muitos outros cães que são considerados “perigosos”, há alguma controvérsia em torno dos cães lobos e se eles são bons animais de estimação.

Enquanto alguns dizem que são animais leais, amorosos e totalmente treináveis, outros afirmam que são muito selvagens, agressivos e imprevisíveis. A verdade é que não há um cão lobo “típico” e não há como prever como será.

Consequentemente, há muito mais variedade de comportamento e temperamento do que, digamos, um Golden Retriever, o que pode ser difícil para os pais de estimação que não estão dispostos a dedicar tempo e paciência para criar um cão lobo.

4. Filhotes de lobos podem se comportar totalmente diferentes do resto da ninhada

Embora muitas ninhadas de cachorrinhos domesticados compartilhem vários traços físicos e comportamentais, os filhotes de cães lobos podem parecer e agir de maneira diferente de qualquer um de seus irmãos e irmãs. Por quê?

Alguns filhotes podem ter mais características do cão domesticado, enquanto outros podem ter mais características do lobo selvagem. Como dissemos, não há maneira verdadeira de prever o grau de lobo do seu cão lobo.

5. Seu cachorro lobo vai tentar lamber seus dentes

Sim, você leu certo: se o seu cão lobo tenta lamber os dentes, você deve permitir. Por quê? Ele sinaliza que eles reconhecem você como um membro da sua equipe.

Assim como os lobos na natureza, os cães lobos mostram seu amor e apreço lambendo os dentes uns dos outros. Se você tentar se afastar enquanto seu cão lobo está realizando este ritual, eles se sentirão rejeitados da matilha e segurarão seu rosto na boca deles até completar a saudação, lambendo os dentes de volta.

6. Cães lobos precisam de muito espaço

Cães lobo são geralmente recomendado para pessoas que vivem no deserto ou floresta porque eles precisam de uma tonelada de espaço para permanecer feliz, saudável e exercitado.

7. Cães lobos precisam de uma dieta especial

Não, o ração padrão que você alimenta seus outros cães não vai servir para um cão lobo. Eles precisam de dois a quatro quilos de carne crua por dia. Alimentar o seu cão lobo com comida de cachorro regular não irá fornecer-lhe os nutrientes que ele realmente precisa.

8. Eles uivam muito

Existem inúmeras razões pelas quais os cães lobos uivam, comunicando-se com outro cão lobo (ou lobo!). Dizendo a outro cão para ficar longe de seu território, ouvindo uma sirene ao longe. Se você trouxer um cão lobo para casa, esteja preparado para muitos uivos.

Técnico apóia campanha “vai ter cachorro na praia em Santos”

por Cristina Possamai — publicado 21 maio 2019 - 9:45

vai ter cachorro na praia em Santos

O treinador do Santos, o argentino Jorge Sampaoli surpreendeu ao colocar uma camisa diferente a frente do seu microfone em entrevista coletiva. O técnico aproveitou a presença de rádios, jornais, canais de televisão e portais de notícias para apoiar uma causa nobre. A camisa fazia referência ao movimento Vai ter cachorro na praia em Santos.

O apoio a causa dos cães na Baixada Santista ocorreu depois de uma vitória pelo Campeonato Brasileiro. A ação foi apresentada por dois integrantes do movimento ao treinador na praia de Santos. E o argentino afirmou que ajudaria a anunciar a campanha para todo o Brasil.

Na entrevista, Sampaoli declarou que este foi um pedido da torcida que fala sobre os cachorros  a fim de permitir que eles possam pisar na areia de Santos. Além disso, o comandante do Peixe revelou que possui quatro companheiros de quatro patas e adoraria ter essa oportunidade.

Para fechar o seu discurso a favor do movimento Vai ter cachorro na praia em Santos, Sampaoli reforçou que os pets também devem ser liberados para desfrutar da praia.

Vale salientar que o treinador argentino tem feito sucesso dentro e fora de campo desde a sua chegada ao Santos no começo do ano. Isso porque Sampaoli tem se mostrado cada vez mais adaptado ao dia a dia da cidade.

Além do suporte a campanha pela liberação de cachorro na praia em Santos, o treinador também costuma liberar a entrada de crianças nos treinos do Peixe, se locomover preferencialmente de bicicleta e jogar muito futevôlei na praia. O próprio contato de Sampaoli com a campanha ocorreu em função de suas visitas constantes à beira-mar.

As companheiras de quatro patas de Sampaoli

O treinador possui quatro border collies, animais de porte médio. Todas são fêmeas, sendo que a mais jovem tem cinco anos e a mais velha possui sete anos.  

vai ter cachorro na praia em Santos

A raça conta com pelos brancos e manchas de tonalidades variadas. Lola tem pelagem cinza, Satia de pelagem preta, Nala com pelagem marrom e Bucha se destaca pela cor caramelo.

Jorge Sampaoli no Santos

Com um estilo de jogo bastante ágil e ofensivo, Jorge Sampaoli tem conquistado cada vez mais admiradores no Brasil. Ele levou a equipe até a semifinal do Campeonato Paulista e segue naCopa do Brasil, Campeonato Brasileiro e Copa Sul-Americana.