O olfato canino é, certamente, um poder surreal que os nossos tão amados doguinhos carregam. Afinal, o nariz deles é projetado justamente para ser uma verdadeira máquina de cheirar e identificar situações. Através do olfato conseguem reconhecer praticamente tudo ao seu redor. E o melhor: sem nenhum tipo de preconceito!

Ou seja, para os cachorros, não há um cheiro bom ou um cheiro ruim: há cheiros! E isto faz com que eles possam agir de maneiras iguais em todas as situações, sempre dependendo exclusivamente do seu comportamento e adestramento.

O olfato ajuda o animal a se sentir seguro, calmo, ajuda a resolver curiosidades, mas também pode gerar ansiedade e também estresse.

Este é o poder do olfato canino. E vamos entendê-lo de maneira mais aprofundada a partir de agora. Portanto, continue por aqui e leia o artigo até o fim. Você vai gostar!

Olfato Canino: Descubra os 5 fatos incríveis sobre o focinho dos cães

olfato canino

Cãozinho – Foto: Freepik

Assim como nós, humanos, os cães também têm diversas habilidades inconfundíveis. Enquanto nós somos excelentes pensadores, os cachorros são excelentes cheiradores!

Na verdade, este sentido faz com que eles desenvolvam, muitas vezes, uma inteligência canina acima da média, pois o olfato ajuda-os a identificar e interpretar situações de maneira muito ágil.

Algumas pessoas consideram o focinho do cachorro uma verdadeira máquina de cheirar, capaz de identificar e gerar diversos tipos de comportamentos ligados ao seu instinto.  Algumas das curiosidades mais legais sobre esta parte da anatomia canina, são estas:

  1. Para eles, não existe cheiro bom ou ruim – Existe cheiro;
  2. Os cães podem cheirar de maneira individual com suas narinas;
  3. Possuem um canal dedicado ao olfato e identificação de cheiros;
  4. Conseguem perceber nossas emoções apenas com o olfato;
  5. O olfato canino consegue identificar quando vai chover e quem está chegando;

Para que possamos nos aprofundar um pouco mais no tempo, continue lendo. A partir de agora, vamos falar sobre cada uma das incríveis habilidades olfativas do seu cãozinho.

Para eles, não existe cheiro bom ou ruim – Existe cheiro

olfato canino

Cão deitado – Foto: Freepik

Um cachorro com um olfato apurado (praticamente todos eles), não vai criar distinções entre o que é bom e o que é ruim. Para os cachorros, cheiro é cheiro. Tudo faz parte de um grande pacote de informações. Ou seja, para eles, tudo aquilo que oferecer algum tipo de possibilidade olfativa, vai ser interessante para analisar.

É claro que com algum tipo de condicionamento, os cães conseguem perceber alguns tipos de cheiros e julgá-los como bons. Por exemplo, quando vão ganhar ração ou quando vão passear. Muitas vezes, o sentido olfativo deles já está acostumado aos odores destas situações e, por isso, demonstram felicidade.

Só que de maneira geral, um cachorro não vai preferir cheirar uma coisa ou outra. Ele pode tranquilamente fiar por bons minutos cheirando o lixo, da mesma forma que pode ficar alguns bons minutos cheirando uma comida boa que você está preparando.

O que faz a gente pensar que o cão gosta mais de um cheiro ou outro, é a humanização do cão. Algo que pode ser bem nocivo ao animal, quando não feito com cautela.

Os cães podem cheirar de maneira individual com suas narinas

Outra curiosidade muito legal sobre o olfato dos cachorros, é que o seu focinho trabalha de maneira independente, como se cada narina fosse exclusiva e única. Ou seja, eles conseguem cheirar duas coisas ao mesmo tempo e receber as informações de ambas! Isso não é realmente fantástico?

Talvez este seja um dos motivos mais efetivos do porque um cachorro possui um olfato tão apurado. Afinal, se sentir algum cheiro já é algo fantástico, imagine conseguir sentir dois cheiros ao mesmo tempo e de maneira independente!

As narinas dos cães trabalham com canais separados e, por isso, conseguem facilmente transportar todas as informações do ambiente para a decodificação do cérebro, sem que elas entrem em conflito entre si.

Para entender isso melhor, podemos comparar com um fone de ouvido estragado. Se você já usou um fone de ouvido que funcionava só de um lado, sabe do que estamos falando. É assim que os cheiros entram na narina dos cães. Só que no caso deles, é algo positivo e extraordinário.

Possuem um canal dedicado ao olfato e identificação de cheiros

olfato canino

Cão espiando – Foto: Freepik

Existe uma diferença muito grande entre como o nosso olfato é formado e como o olfato canino é formado. Enquanto que nós possuímos duas narinas que servem para respirar e também sentir os cheiros, os cães possuem um canal exclusivo só para o olfato e outro só para a respiração!

Este tipo de configuração da anatomia canina já faz a gente entender melhor o porque um cachorro tem um poder tão grande em seu olfato, não é mesmo? Afinal, parte do seu corpo é destinado exclusivamente a identificação, interpretação e comportamento somente com base em cheiros.

O ar que respiramos pelo nariz, traz informações olfativas e vai para os pulmões. Enquanto que o ar que o cão respira é dividido entre oxigênio e olfato: cada um vai por um canal diferente e tem funções diferentes para a vida do cãozinho. Inclusive, os cães possuem milhões de células olfativas a mais do que nós.

  • Cães: 300 milhões de células olfativas;
  • Humanos: 5 milhões de células olfativas;

É uma diferença e tanto, não é mesmo?

Conseguem perceber nossas emoções apenas com o olfato

Mais uma curiosidade fantástica do olfato canino: eles conseguem, tranquilamente, perceber as nossas emoções somente pelos cheiros! Talvez você já tenha percebido que o seu cãozinho aparentou estar descontente junto com você ou mesmo hiper feliz em algumas situações específica, não é mesmo?

Isto acontece justamente pelo fato de que eles conseguem identificar o ambiente e o clima simplesmente absorvendo as informações olfativas que ali estão. A parte do olfato responsável por tamanha precisão, é o órgão Jacobson ou vomeronasal. Ele consegue identificar hormônios de maneira fantástica e, por isso, faz o cão entender o clima do ambiente.

O olfato canino consegue identificar quando vai chover e quem está chegando

E por fim, não podemos deixar de mencionar aquilo que é tão comum e básico entre os cães: a previsão do tempo ou a previsão da chegada de algum membro da família! Você talvez já tenha percebido que o cão vai se esconder antes de uma trovoada ou mesmo vai sentar na frente da porta em algum momento específico do dia, certo?

Isto acontece por diversos motivos: instinto, comportamento, condicionamentos e, claro, olfato. Através dos cheiros, o cão consegue extrair informações do ambiente antes que qualquer ser humano comum. Portanto, se você notar o seu cachorro escondido e, em poucos minutos, uma forte trovoada começar, já sabe o motivo daquilo!