Ponte da Escócia é conhecida por suicídio canino

A ponte de Overtoun ganhou atenção da mídia pelo número de cachorros que pulavam e se suicidavam. Estudos mostram que desde 1950/1960, pelo menos um cachorro se joga dessa ponte todo mês. A ponte tem uma altura de aproximadamente 15 metros e cachoeiras abaixo. A maioria morre e os poucos que sobrevivem, voltam e se jogam de novo.

Alguma consistência foi encontrada nesse fenômeno. Os cachorros que pulam têm tendência a terem o focinho maior e pularem de um mesmo lado da ponte em dias sem nuvens. Um expert investigando o fenômeno, depois de examinar a visão, cheiro e som, passou a se concentrar mais no cheiro. Ele descobriu que ratos eram achados escondidos no lado onde os cachorros pulavam. Depois de experimentação, ele sugeriu que o odor da urina dos ratos chamavam os cachorros.

 

Fonte