Se você está se perguntando quantas vezes a cadela tem que cruzar para ficar prenha, saiba que não há vergonha nenhuma em entender melhor sobre este assunto.

Afinal de contas, não é porque a cadela está no cio que ela vai engravidar. E da mesma forma, somente uma saída ou outra na rua pode não ser o suficiente para que ela engravide.

No artigo de hoje, vamos entender tudo sobre o assunto e você vai descobrir quantas vezes a cadela tem que cruzar para ficar prenha. Acompanhe!

Quantas vezes a cadela tem que cruzar para ficar prenha?

Quantas vezes a cadela tem que cruzar para ficar prenha

Cães juntos – Foto: Freepik

De maneira geral, a cadela precisa cruzar apenas uma vez para ficar prenha. Só que isto não pode ser considerado como uma regra geral, pois muitas cadelas não ficam prenhes com apenas um cruzamento. Ou seja, há muito mais que você precisa entender para saber quantas vezes a cadela tem que cruzar para ficar prenha. Vamos entender tudo a partir de agora.

É comum que o período do cio da cadela seja aquele em que ela mais procure um parceiro para acasalar. Inclusive, os machos também vão preferir acasalar com cadelas que estejam no estado de cio, pois é neste momento em que há uma grande liberação de hormônios que criam o desejo do acasalamento.

No período do cio, inclusive, é quando a cadela se prepara para ter filhotes. Só que não é em qualquer momento: para que a fecundação aconteça, o ideal é que a fêmea acasale pelo oitavo ou nono dia de cio, que é onde o organismo está mais propenso a receber os espermatozóides.

Mas além disso, há outro fator que limita um pouco a gravidez da cadela, que é a ejaculação do cachorro. Esta processo acontece em três fases diferentes e, enquanto as três fases não forem concluídas, será muito difícil precisar que a cadela engravidou.

Você já deve ter visto ouvido falar que ao fim do processo de acasalamento, o cão fica grudado na fêmea, certo? Pois bem, esta é a fase final do cruzamento, onde há uma maior liberação de espermatozóides. E é nesta fase que a maioria das fêmeas engravidam.

Ou seja: tudo precisa ser bem calculado e feito da maneira certa. Caso contrário, a fêmea terá que acasalar mais de uma vez para engravidar. Então, toda vez que você se perguntar quantas vezes a cadela tem que cruzar para ficar prenha, saiba que nem sempre a resposta será “apenas uma vez”.

Muito embora que, quando os espermatozóides conseguem fecundar a fêmea, ela ficará grávida. E a partir deste momento, precisamos entender quais são os sinais que, de fato, indicam a gravidez na cadela. Entenderemos mais sobre isso a partir de agora. Continue lendo!

Sinais de que a cadela cruzou e está grávida

Quantas vezes a cadela tem que cruzar para ficar prenha

Cães brincando – Foto: Freepik

Os sinais de que a cadela está grávida após o cruzamento são inúmeros. No entanto, os sinais de que a cadela cruzou, podem não ser tão evidentes assim. Uma das melhores formas de comprovar isso, é observar o seu comportamento. Se ela está no cio e conseguiu dar uma “escapada” para a rua, as chances de ela ter cruzado são bem grandes.

Outra forma de tentar identificar que a cadela cruzou, é verificando se há alguns odores diferentes. De modo geral, o cio da cadela já apresentará um odor bem acentuado. Só que após a cruza, este cheiro pode ser muito mais evidente e, portanto, poderá servir de constatação para saber se a cadela cruzou ou não.

Só que, como já entendemos, entre cruzar e engravidar, há bastante diferença. Já sabemos quantas vezes a cadela tem que cruzar para ficar prenha e entendemos, também, que o processo tem que ser completo para isso. E uma das formas de saber se ela está mesmo grávida, é verificando os sinais, que vão aparecer logo depois.

São eles:

  • Perda de apetite;
  • Aumento dos mamilos;
  • Excesso de cansaço e desânimo;
  • Prefere ficar em locais quentinhos;

Vamos explicar um a um a partir de agora. Continue lendo e saiba se sua cadela está prenha!

Quantas vezes a cadela tem que cruzar para ficar prenha

Cães observando – Foto: Freepik

Quantas vezes a cadela tem que cruzar para ficar prenha – Perda de apetite

O primeiro aspecto bastante evidente de que a cadela está grávida, é a perda de apetite. Isto acontecerá logo nos primeiros dias pois, na verdade, a cadela vai se sentir estranha e a perda de apetite será um reflexo disso. Portanto, saiba exatamente como é o comportamento do animal com relação a comida para que possa saber se há alguma diferença.

Tente identificar esta perda de apetite com o período do cio da cadela. Se ela ainda está ou acabou de sair do cio e, logo depois, parou de comer, pode ser que ela esteja esperando alguns filhotinhos! Saiba mais sobre cachorros sem apetite.

Quantas vezes a cadela tem que cruzar para ficar prenha – Aumento dos mamilos

O aumento dos mamilos é algo bastante comum em cadelas grávidas. Você poderá notar isso logo após a cadela engravidar. Nos primeiros dias, os mamilos vão começar a ficar mais evidentes, grandes e até mais escurecidos. Isto é um sinal claro de que a cadela está começando a produzir leite – algo que só acontece se ela estiver grávida.

Excesso de cansaço e desânimo

Outra forma de tentar identificar se a sua cadelinha está grávida, é verificando o comportamento dela no dia-a-dia. É muito comum que uma cadela prenhe tenha dias bastante exaustivos e, portanto, fique muito tempo deitada e desanimada. Isto é normal em cadelas grávidas, pois seu nível de energia cai muito em decorrência da formação de novos cães em sua barriga.

Prefere ficar em locais quentinhos

E por fim, se você notar que sua cadela prefere ficar deitada em cantinhos quentinhos e mais escondidos, saiba que isto também pode ser um sinal de gravidez. Inclusive, tente observar todos estes sintomas juntos. Pode ser que haja uma combinação exata de tudo isso.

Independentemente de a cadela estar grávida ou não, leve-a para um veterinário. Assim, a confirmação pode vir e você poderá começar a preparar tudo para o momento. Leia mais sobre os principais sintomas do trabalho de parto em cadelas.