O Pitbull é uma das raças mais conhecidas por possuir uma fama de mau, mas será que esse rótulo faz jus à raça Pitbull? Mesmo com uma aparência intimidadora, o Pitbull filhote é uma raça que vai impressionar por ter um comportamento dócil e companheiro com o tutor.  

Para mostrar que essa raça é uma ótima escolha para quem está à procura de um pet, selecionamos 7 motivos que fazem o Pitbull filhote ser uma ótima opção para adoção. 

1. O Pitbull filhote é muito fofo 

filhotes de pitbull

Filhotes são sempre fofos, o que não é diferente com esse cão. O Pitbull filhote vai encantar todos com seu jeito brincalhão. Vai ser quase impossível se desgrudar de um pequenino que é pura meiguice. Esse filhotinho é bastante dedicado à família e vai querer fazer de tudo para agradá-la.  

2. É possível encontrá-lo em diversas cores 

Algumas raças não possuem uma grande variação de cores, mas o Pitbull é uma daquelas com muitas possibilidades de coloração. Pelo padrão, a raça pode apresentar praticamente todos os tipos de cores, com exceção do merle e albina. As principais cores de um Pitbull filhote são: branca, preta, fulvo, chocolate, vermelho, tigrado e cinzento.  

O focinho também pode apresentar todas as cores, sendo o mais clássico o vermelho, o conhecido como Pitbull Red Nose.  

3. Pitbull filhote: uma ótima opção para quem procure um cão forte 

filhotes de pitbull

Ele pode ser pequenininho ainda filhote, mas logo esse fofinho vai se tornar um fofão todo musculoso. 

O físico do Pitbull é uma de suas características físicas que mais chamam atenção. Sua resistência e força são incríveis e podem até acabar causando medo em quem não tem costume de conviver com cães dessa raça. 

4. O Pitbull filhote convive bem com crianças 

Se em sua casa tem crianças e você fica receoso em adotar um Pitbull por conta de sua reputação de agressividade, saiba que esse cãozinho pode conviver bem com os pequenos. 

É importante saber que a forma como o cachorro é criado reflete em seu temperamento, então com uma criação respeitosa e uma socialização responsável esse cachorro vai se sair muito bem morando com famílias com crianças.  

Para se ter ideia, o Pitbull é conhecido como cão babá, pois cuida e sente a responsabilidade de manter a criança segura.  

5. É um cachorro silencioso 

Pitbull olhando para camêra: Foto: Freepik

Alguns cachorros são conhecidos por seus incessáveis latidos, o que não é o caso do Pitbull. 

Essa raça é conhecida por ser silenciosa, então nada de latidos a toda hora, mas somente quando ele sente algum tipo de ameaça.  

6. O Pitbull filhote vai fazer você sair do sedentarismo 

Antes de adotar um Pitbull é importante saber que esse cão vai fazer o tutor suar a camisa. O Pitbull é uma raça de alta performance e vai exigir uma rotina de exercícios bem intensa. Uma opção é aproveitar esse tempo para praticar uma atividade física com o seu amigão de quatro patas.  

7. Ele é um cão fiel e companheiro 

Pitbull deitado – Foto: Freepik

O Pitbull é muito relacionado à agressividade, o que faz com que muitas pessoas tenham preconceito e até medo de cachorros dessa raça. 

Isso acaba sendo algo triste, já que o Pitbull é um cão que pode sim ser muito carinhoso, dócil e amigável, e o que vai definir como o pet vai se comportar é a criação do animal. 

Um Pitbull que vive em um lar tranquilo, com familiares amorosos e que o respeitam vão desfrutar de todas essas boas qualidades que o cão oferece. Mas infelizmente, muitas pessoas sem responsabilidade criaram o cachorro para ter esses comportamentos agressivos.  

Mas quando o cão é criado de forma correta, ele corresponde com um comportamento tranquilo, com grande afeto aos tutores e com grande fidelidade.  

O que saber antes de adotar um Pitbull filhote 

O Pitbull filhote é em pet ideal para quem procura um cão forte, mas com um coração enorme, mas antes de decidir adotar um Pitbull, ou qualquer outro animal, você deve ter certeza que está preparado para tamanha responsabilidade.  

Cuidar de um animal é mais do que só alimentar e passear, mas exige um comprometimento para manter o bem-estar do cachorro. 

Um Pitbull é uma raça que precisa de um tutor que possa disponibilizar um tempo para trabalhar sua condição física, como é um cão com alto nível de energia, criar um Pitbull vai exigir uma rotina diária de exercícios.  

Outra coisa que você precisa saber sobre adotar um Pitbull é que caso não encontre o cachorro para adoção e decida comprar, procure sempre por criadores responsáveis e que prezam pelo bem-estar do animal. Muitas vezes, esse tipo de mercado de venda de animais é somente visando o lucro, sem ter os cuidados necessários com os filhotes e a cadela.  

Cuidados com o Pitbull filhote 

pitbull farejando- Foto: Freepik

Um Pitbull filhote exige certos cuidados, que devem ser seguidos para que o pet tenha uma vida boa e longa. 

O filhote de Pitbull precisa de uma socialização cedo para evitar problemas de comportamento, também deve ser bem adestrado para aprender como administrar a força, como é um cão muito forte ele pode acabar usando essa intensidade durante brincadeiras, mas com o adestramento correto esse tipo de problema é controlado.  

Como qualquer filhote, o Pitbull deve ser acompanhado por um veterinário ao menos duas vezes ao ano, esse acompanhamento é importante para saber se a saúde anda bem, se o pet está com o peso e o tamanho certo de acordo com a idade e para garantir que o cachorro receba todas as vacinas indicadas.  

O filhote de Pitbull também precisa de cuidados relacionados à alimentação. Ele precisa de uma dieta baseada em proteína animal. 

Uma forma de garantir que o pet tenha uma alimentação com toda nutrição necessária é escolhendo uma ração de qualidade indicada para o tipo de raça do cachorro. 

Os cuidados de higiene não devem ser negligenciados, os banhos devem ser de duas vezes por semana, sempre com shampoo de qualidade. 

Mesmo com uma pelagem curta, as escovações devem ser semanalmente, isso ajuda na remoção dos pelos mortos. 

Os dentes devem ser limpos com produtos próprios para o uso, as unhas precisam ser aparadas para um tamanho adequado.