5 formas como os cães podem ajudar pessoas com depressão

Além de ajudar a manter uma rotina, a reduzir a ansiedade e a fazer com que seus tutores socializem mais, os cachorros são uma enorme fonte de amor

por Andrezza Oestreicher — publicado 17 jan 2018 - 18:41

A depressão é uma doença muito forte e que afeta muitas pessoas diferentes. Não importa idade, raça, classe social, todos estão sujeitos a esta doença, que é grave e pode até matar.

Além de ser um companheiro amoroso e muito fiel, ter um cachorro pode ajudar de inúmeras maneiras pessoas que estão sofrendo com a depressão, inclusive fazendo com que elas passem a se sentir bem novamente.

(Foto: Reprodução / Gary John Norman / Getty Images)

Veja algumas das formas como os cães podem ajudar aqueles que sofrem com a depressão:

1 – Manter a rotina

Os cães precisam e gostam de ter uma rotina e fazer tudo nos mesmos horários, como alimentação, brincadeiras e exercícios. Para os humanos também é muito importante ter uma rotina e manter uma boa rotina para o seu animal pode te ajudar a melhorar a sua própria. E manter uma rotina com afazeres pode ajudar a acelerar a recuperação de quem está com depressão.

2 – Exercícios

(Foto: Reprodução / Care2 Healthy Living)

Os cães precisam de exercícios diários para manterem sua saúde física e mental em dia. Levar o seu animal para fazer uma caminhada já é uma ótima forma de você também se exercitar, e em ótima companhia. Dê preferência para os exercícios ao ar livre e horário propício para pegar um sol, pois, além da atividade física em si, receber um pouco de Vitamina D todos os dias também trará efeitos positivos para a sua saúde.

3 – Reduzir a ansiedade

Já é comprovado que, além de ajudar a reduzir a pressão arterial, animais de estimação ajudam a reduzir os níveis de ansiedade nos humanos. Fazer carinho em um cão é uma coisa que relaxa a eles e também a nós. Além disso, conversar com eles, que nos escutam sem nos interromper ou criticar, também é uma ótima forma de desabafar e de distração.

(Foto: Reprodução / Rover / Daily Treat)

4 – Socialização

Ao levar seu cão para fazer caminhadas ou brincar no parque, a probabilidade de encontrar outros apaixonados por pets é sempre muito grande. Isso dá a oportunidade de conversar com as pessoas e até de conhecer gente e animais novos. Como as pessoas com depressão costumam se isolar, essa socialização é muito importante para a recuperação.

5 – Fonte de amor

(Foto: Reprodução / Sarcasm)

Além de tudo o que os cães podem fazer por todos nós, eles são uma incrível e maravilhosa fonte de amor e companheirismo. Eles nos dão muito amor incondicional e conseguem fazer todos os que vivem a sua volta se sentirem muito amados, o que é essencial para aqueles que estão com depressão. Solidão e depressão costumam andar bem próximas e ter um cachorrinho é uma ótima forma de combater a solidão, o que pode ajudar a melhorar os sintomas da depressão.

Fonte: I Heart Dogs

Artigos Relacionados

Projeto visa dedução de despesas veterinárias do Imposto de Renda

por Cristina Possamai — publicado 14 out 2019 - 9:45

dedução de despesas veterinárias do Imposto de Renda

Todo mundo que adere a adoção de um animal se compromete em dar carinho e zelar por sua integridade. Todavia, um projeto de lei pode dar uma ajudinha  aos tutores espalhados pelo território nacional. Quer saber essa história com todos os detalhes? Vamos lá!

Afinal, está pronto para ser votado na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) um projeto que engloba despesas com veterinários na lista de custos passiveis de dedução da base de cálculo do Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF).

 » Read more about: Projeto visa dedução de despesas veterinárias do Imposto de Renda  »

Nobreza canina? Conheça quadros de cães com trajes da realeza

por Cristina Possamai — publicado 14 out 2019 - 9:45

quadros de cães com trajes da realeza

Em muitos lares no Brasil e no mundo, os animais de estimação são os verdadeiros “soberanos”. Em diversos casos, os bichinhos contam com cuidados e mimos dignos de integrantes de verdadeiras famílias da nobreza. Pensando nisso, você já pensou na possibilidade de adquirir quadros de cães com trajes da realeza?

Com o intuito de tornar esse clima nobre e bem divertido dos pets em pura arte, um empreendimento resolveu apostar no desenvolvimento de retratos personalizados de pets.

 » Read more about: Nobreza canina? Conheça quadros de cães com trajes da realeza  »

Presença de pets com tutores em hospitais gaúchos pode virar realidade

por Cristina Possamai — publicado 14 out 2019 - 9:45

pets com tutores em hospitais gaúchos

Todo mundo está ciente que a companhia do bichinho de estimação é benéfica para o ser humano. Os especialistas já comprovaram que a ligação entre animal e tutor é altamente próxima. E, alguns estudos, já mostraram que essa sintonia pode até melhorar quadros clínicos. Por isso, a presença de pets com tutores em hospitais gaúchos pode se tornar lei.

O fato é que estar perto do seu amiguinho de quatro patas é um excelente aliado ao paciente.

 » Read more about: Presença de pets com tutores em hospitais gaúchos pode virar realidade  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Projeto visa dedução de despesas veterinárias do Imposto de Renda

por Cristina Possamai — publicado 14 out 2019 - 9:45

dedução de despesas veterinárias do Imposto de Renda

Todo mundo que adere a adoção de um animal se compromete em dar carinho e zelar por sua integridade. Todavia, um projeto de lei pode dar uma ajudinha  aos tutores espalhados pelo território nacional. Quer saber essa história com todos os detalhes? Vamos lá!

Afinal, está pronto para ser votado na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) um projeto que engloba despesas com veterinários na lista de custos passiveis de dedução da base de cálculo do Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF).

O projeto de lei (PL) 3.407/2019 é de autoria do senador Mecias de Jesus (PRB-RR). Em entrevista a Agencia Senado, o autor salientou que essa proposta tende a oportunizar que os tutores procurem atendimento apropriado aos seus bichinhos de estimação.

Isso porque esses cuidados podem representar valores altos referentes ao acompanhamento com médicos veterinários. Além dos exames, medicamentos e até internações em clínicas.

“De modo análogo à saúde humana, cujas despesas podem ser abatidas da base de cálculo do IRPF, a legislação deve possibilitar a dedução dos pagamentos efetuados com vistas aos cuidados médicos necessários aos animais domésticos”, justificou o senador à agencia de notícias do Senado Federal.

dedução de despesas veterinárias do Imposto de Renda

Foto: Freepik

Além disso, o projeto de dedução de despesas veterinárias do Imposto de Renda também determina que o Executivo tome outras providencias. Entre essas questões, está a criação de um cadastro nacional de tutores e seus respectivos animais domésticos. O registro oficial das informações impediria a utilização irregular deste benefício, de acordo com o senador Mecias de Jesus.

Rejeição inicial na Comissão do Senado

Apesar da apresentação de fatores relevantes por parte de Mecias, o relator na CAE, o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), indicou o voto pela rejeição do projeto. A proposta, conforme o relator, não estabelece um cálculo de impacto em cima da arrecadação e tampouco formas de compensação para a diminuição acarretada pela medida a nível nacional. Algo que proibido segundo a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO).

Ainda segundo o senador Bezerra: “a dedução pretendida fere a razoabilidade quando se sabe que os recursos que seriam renunciados para que os contribuintes beneficiados pudessem cuidar dos seus animais de estimação são fonte essencial de custeio, nos três níveis da Federação. E, para o já precário atendimento de saúde da população, sobretudo a mais necessitada”.

Saiba mais sobre a PL de dedução de despesas veterinárias do Imposto de Renda

Portanto, é importante frisar que a proposta tramita em caráter terminativo na CAE. E está desde o dia 11 de junho em condição para ser adicionada a pauta da Comissão de Assuntos Econômicos.

dedução de despesas veterinárias do Imposto de Renda

Foto: Freepik

A proposta ainda altera a Lei nº 9.250, de 26 de dezembro de 1995. Para prever a dedução do Imposto sobre a Renda das Pessoas Físicas de pagamentos efetuados, no ano-calendário. Refente a médicos veterinários, clínicas e hospitais veterinários destinados à cobertura de despesas com tratamento de animais domésticos. Inclusive as necessárias ao custeio de exames laboratoriais e serviços radiológicos.

Em consulta pública, a proposta foi aprovada por maioria com 41 votos a favor e apenas 2 contra no site oficial do Senado. Caso você queira acompanhar a tramitação do projeto, dedução de despesas veterinárias do Imposto de Renda, basta clicar aqui!

Nobreza canina? Conheça quadros de cães com trajes da realeza

por Cristina Possamai — publicado 14 out 2019 - 9:45

quadros de cães com trajes da realeza

Em muitos lares no Brasil e no mundo, os animais de estimação são os verdadeiros “soberanos”. Em diversos casos, os bichinhos contam com cuidados e mimos dignos de integrantes de verdadeiras famílias da nobreza. Pensando nisso, você já pensou na possibilidade de adquirir quadros de cães com trajes da realeza?

Com o intuito de tornar esse clima nobre e bem divertido dos pets em pura arte, um empreendimento resolveu apostar no desenvolvimento de retratos personalizados de pets. Mas, essas obras possuem um detalhe muito importante. Todos os animais retratados estão devidamente vestidos como os reis e rainhas, que são para os seus tutores.

De acordo com reportagem do portal Pequenas Empresas e Grandes Negócios, o empreendedor George Smith notou uma chance de negócio. Essa descoberta se sucedeu quando a sua mulher se encantou por um cão de um abrigo da região.

Ainda conforme a matéria, o cachorrinho era um labrador e que parecia ser muito corajoso. O intuito de Smith foi destacar essa coragem do animal e demonstrar o quão forte era aquele filhotinho. Sobretudo depois de encarar diversas turbulências na sua vida até ser adotado.

Processo de criação dos quadros de cães com trajes da realeza

Para mostrar a resiliência do novo integrante da família, ele fez uma pintura como um veterano do exército. Com o passar do tempo, o empreendedor compreendeu que a ideia poderia se converter em um negócio muito bem sucedido.

quadros de cães com trajes da realeza

Foto: @crownandpaw / Link: https://www.instagram.com/p/B2iPZuXI6PD/

Geralmente, os quadros de cães com trajes da realeza seguem esse padrão. No entanto, há produção com diversos animais de estimação. Tais como os gatos, as tartarugas, os porcos-espinhos e até algumas cobras. A meta sempre é fazer pinturas parecidas tanto com pessoas da realeza quanto com militares.

Segundo o empreendimento, os seus artistas responsáveis pelos retratos são capacitados para registrar as características faciais mais marcantes do animal. E, além de tentar capturar a personalidade na sua versão final. Nos dias de hoje, um quadro no estilo renascentista do seu bichinho de estimação está custando cerca de 50 dólares (200 reais na cotação atual).