Uma cena gravada por câmeras de segurança de um posto de gasolina chocou a população de São José do Rio Preto, em São Paulo. As imagens gravadas na madrugada do dia 12 de novembro e mostram um cachorrinho sendo arremessado pelo portão do posto.

O cão foi jogado a uma altura de pouco mais de dois metros e, apesar do impacto, conseguiu se levantar sozinho e sair andando. Um homem, que prefere não se identificar, viu toda a cena e ajudou o cão. Ele contou ainda que só percebeu que se tratava de um animal depois que escutou o grito do bichinho ao cair no chão.

Cachorrinho foi jogado por cima de um portão de pouco mais de dois metros de altura. (Foto: Reprodução / G1 / TV TEM)

Antes de ajudar o cachorro, a testemunha conseguiu anotar a placa do carro que o responsável pelo crime estava dirigindo. Com essa pista e as filmagens, o homem que assistiu tudo fez um boletim de ocorrência na Polícia Ambiental. Com isso, a polícia conseguiu identificar o criminoso, que vai ser multado em R$ 3 mil e também vai responder por maus-tratos a animais.

Apesar do susto, o cãozinho não sofreu ferimentos graves e três dias depois de ser jogado teve a grande felicidade de ser adotado por uma família que se sensibilizou com a história do cachorro.

Os novos tutores deram ao cão o nome de Logan e decidiram adotar o cachorrinho ao perceberem que ele precisava de muito amor depois daquilo que tinha passado. “Lá em casa eu tinha certeza que ele teria muito carinho… O nome Logan foi escolhido porque ele é um pequeno guerreiro”, explicou a tutora, Luciana Vianna Tavares, que disse ainda que o cachorro logo se acostumou na nova casa.

Felizmente, o cãozinho foi rapidamente adotado por uma família que se sensibilizou com o seu caso e vai lhe dar muito amor. (Foto: Reprodução / G1 / Luciana Vianna Tavares)

Esperamos que o cãozinho Logan seja muito feliz com sua nova família e que o responsável pelo crime pague de forma justa pelos maus-tratos contra o animal.

Fonte: G1