Cão de corrida resgatado se apaixona por cordeirinho órfão

Animais se encontraram por acaso em lar temporário e se tornaram amigos inseparáveis

por Andrezza Oestreicher — publicado 14 set 2016 - 20:36

Algumas pessoas entram nas nossas vidas por uma razão, para nos ensinar algo ou até mesmo nos ajudar a superar um momento difícil. E foi justamente isso o que aconteceu entre o cão de corrida resgatado Peejay e um cordeirinho órfão chamado Snowy.

Os dois animais tiveram um começo de vida bem difícil e não poderiam ter se encontrado em melhor momento.

Snowy tinha apenas alguns dias de idade quando foi encontrado sozinho na beira de uma estrada no sul da Austrália. Uma família até tentou cuidar dele, mas o cordeiro se recusava a se alimentar e foi ficando fraco e desidratado.

O cão e o cordeiro se conheceram por acaso e se apaixonaram logo que se viram. (Foto: Reprodução / Emily Foster)

O cão e o cordeiro se conheceram por acaso e se apaixonaram logo que se viram. (Foto: Reprodução / Emily Foster)

Já Peejay foi criado para a indústria australiana de corridas de Galgos e era forçado a correr. Até que um dia ele sofreu uma lesão nos ligamentos. Os cães da raça Galgo que são criados com este fim acabam sendo sacrificados quando deixam de ser rentáveis. Porém, Peejay teve a sorte de ser entregue ao grupo de resgate SA Greyhound Adoption.

Peejay e Snowy poderiam nunca ter se conhecido, caso não tivessem sido levados para a casa de Emily Foster, uma voluntária que dá abrigo temporário para animais no sul da Austrália.

De acordo com Emily, o cordeiro seria levado para um abrigo, mas os donos do lugar estavam viajando, então se lembraram de que ela também já tinha cuidado de muitos outros cordeiros e decidiram deixar Snowy com Emily.

Os animais se tornaram inseparáveis. (Foto: Reprodução / Emily Foster)

Os animais se tornaram inseparáveis. (Foto: Reprodução / Emily Foster)

O cordeiro chegou em seu novo lar desidratado, molinho e sem conseguir se alimentar.

Três dias depois, foi a vez de Peejay chegar a casa de Emily. Ela já tinha dois cães da raça Galgo e sabia que eles se davam bem com cordeiros, mas não sabia como Peejay era e nem como ele iria se relacionar com Snowy.

Quando chegou, Snowy ficou isolado em uma área especial, como que uma “unidade de terapia intensiva” preparada por Emily. Peejay, que chegou depois, ficou bastante curioso em relação ao animal que estava separado e corria até onde o cordeiro estava, tentando vê-lo de alguma forma.

O cão era tão paciente com o cordeiro que nem se incomodava quando Snowy tentava comer sua comida. (Foto: Reprodução / Emily Foster)

O cão era tão paciente com o cordeiro que nem se incomodava quando Snowy tentava comer sua comida. (Foto: Reprodução / Emily Foster)

Quando Snowy melhorou, Emily decidiu apresentar os animais. Eles se conheceram através de uma grade, onde o cão pôde cheirar o cordeiro e se acostumar com os barulhos altos que Snowy fazia. Peejay logo ficou fascinando pelo cordeiro.

Em seguida os animais puderam ficar juntos sem a grade, mas por questões de segurança o cão usava uma focinheira. Porém, Emily logo percebeu que não tinha motivos para se preocupar, pois Peejay já estava completamente apaixonado pelo cordeiro.

Como consequência, os dois animais logo se tornaram melhores amigos e Snowy encontrou em Peejay um guia e o conforto que ele tanto precisava.

Os dois amigos brincavam muito juntos, mas o que eles mais gostavam de fazer era cochilar do ladinho um do outro. (Foto: Reprodução / Emily Foster)

Os dois amigos brincavam muito juntos, mas o que eles mais gostavam de fazer era cochilar do ladinho um do outro. (Foto: Reprodução / Emily Foster)

Os animais ficaram inseparáveis e faziam tudo juntos, desde comer juntos, até brincar e dormir juntos. Peejay não se importava quando Snowy mordiscava suas orelhas, saltava sobre sua cabeça ou tentava comer sua comida.

Peejay é tão gentil e tolerante, ele tem uma personalidade especial e é cheio de bondade. Parecia que ele sabia que Snowy era apenas um bebê e a amizade entre dois ajudou ambos os animais.

A amizade entre os animais fez muito bem para os dois. Snowy hoje vive em um santuário e Peejay encontrou uma família. (Foto: Reprodução / Freedom Hill Sanctuary)

A amizade entre os animais fez muito bem para os dois. Snowy hoje vive em um santuário e Peejay encontrou uma família. (Foto: Reprodução / Freedom Hill Sanctuary)

Algumas semana depois, porém, tanto Peejay quando Snowy tiveram que se despedir de Emily, dando espaço em sua casa para que ela pudesse cuidar de outros animais que também estavam precisando.

Hoje, os animais estão muito bem, saudáveis e felizes. Snowy vive no santuário Freedom Hill Sanctuary, na Austrália, e Peejay foi finalmente adotado por uma família amorosa.

Cachorro comeu chocolate: o que fazer?

por Camila Da Silva — publicado 15 jun 2019 - 9:45

Todo mundo sabe que chocolate faz mal para cachorro. Esta é uma guloseima feita para seres humanos que, se ingeridas pelos nossos cães, problemas sérios de saúde podem ocorrer. Entretanto, é importante entender que se o cachorro comeu chocolate, algumas medidas instantâneas podem ser tomadas por você para que o pior não aconteça. Acompanhe.
Cachorro comeu chocolate: o que fazer?

Se o cachorro comeu chocolate, certamente é um indicativo de que ele irá passar mal nas próximas horas ou minutos.

 » Read more about: Cachorro comeu chocolate: o que fazer?  »

Como fazer o cachorro gostar de mim?

por Camila Da Silva — publicado 15 jun 2019 - 9:45

Como fazer o cachorro gostar de mim? Esta é uma dúvida que permeia as pessoas que estão pensando em adotar um animal de estimação. O medo de ele não se acostumar é muito grande, visto que uma série de critérios precisam ser levados em consideração para que ele tenha uma vida plena e feliz. Por isso, acompanhe o texto para entender tudo sobre o assunto.
Como fazer o cachorro gostar de mim?

Para que você entenda como fazer o cachorro gostar de você,

 » Read more about: Como fazer o cachorro gostar de mim?  »

Por que é importante adotar cães?

por Camila Da Silva — publicado 14 jun 2019 - 9:45

Você sabe por que é importante adotar cães? Já parou para pensar nas consequências de apenas “adquirir” um novo animal de estimação? Se a sua resposta for não para qualquer um destes questionamentos, não deixe de acompanhar o nosso artigo de hoje. Pois nele iremos discutir alguns pontos importantes que precisam ser levados em consideração na hora de encontrar um novo melhor amigo para você.

A partir disso, você terá muito mais subsídios para tomar a melhor decisão,

 » Read more about: Por que é importante adotar cães?  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Cachorro comeu chocolate: o que fazer?

por Camila Da Silva — publicado 15 jun 2019 - 9:45

Todo mundo sabe que chocolate faz mal para cachorro. Esta é uma guloseima feita para seres humanos que, se ingeridas pelos nossos cães, problemas sérios de saúde podem ocorrer. Entretanto, é importante entender que se o cachorro comeu chocolate, algumas medidas instantâneas podem ser tomadas por você para que o pior não aconteça. Acompanhe.

Cachorro comeu chocolate: o que fazer?

Se o cachorro comeu chocolate, certamente é um indicativo de que ele irá passar mal nas próximas horas ou minutos. Dependendo da raça, as reações podem ser até instantâneas. E, em outras, pode sequer se manifestar. Pode acontecer do animal encontrar um pedaço no lixo ou em algum armário aberto e, por curiosidade, mastigar e engolir.

Desta forma, o melhor que você pode fazer assim que descobrir o que aconteceu, é levar o animal ao veterinário. A ajuda de um profissional especializado é altamente recomendável nestes casos, visto que alguns métodos devem ser seguidos. No entanto, veja o que você pode fazer em casa quando ver que o seu cão comeu chocolate.

Cachorro comeu chocolate: o que fazer?

Identificar os sintomas

Se o cachorro comeu chocolate, os sintomas são os mais clássicos possíveis. Caso você não tenha visto o que aconteceu e o cachorro começou a apresentar os sintomas abaixo, saiba que a ingestão do chocolate pode ter sido a causa provável:

  • Cão inquieto;
  • Diarreia;
  • Vômitos;
  • Muita sede (consumo de água exagerado);
  • O coração batendo de forma acelerada;
  • Urina descontrolada e exagerada;
  • Tremores pelo corpo;
  • Contrações musculares pelo corpo;

Caso algum destes sintomas seja detectado no animal, é sinal de que ele pode estar com alguma intoxicação alimentar causada por chocolate. Caso você não tenha presenciado a ingestão do alimento, o que você pode fazer é tentar identificar através dos sinais. Assim sendo, é recomendável que você não espere muito tempo. Se desconfiar do ocorrido (geralmente eles deixam pistas), leve o seu cachorro ao veterinário imediatamente.

Cachorro comeu chocolate: o que fazer?

Presenciar a ingestão de chocolate

Se você presenciar o seu cachorro comendo chocolate, o que você pode fazer na hora é tentar tirar da boca dele o máximo que conseguir. Entretanto, é importante tomar cuidado, pois se ele for um cão agressivo, poderá morder você caso tente remover o que ele está comendo.

Depois de tentar remover, leve o cão para uma área aberta e tente identificar a quantidade que ele ingeriu. Após isso, a ida ao veterinário é indispensável. O procedimento mais básico a ser seguido, é fazer com que o cão vomite o que comeu. Entretanto, isto só deve ser feito por pessoas com conhecimento técnico e profissional.

É importante você levar o máximo de informações possíveis ao veterinário, como a quantidade ingerida e a hora do acontecimento. Isto ajudará muito no tratamento mais adequado para o caso.

Cachorro comeu chocolate: o que fazer?

Tome os cuidados devidos para evitar acidentes

Se o seu cachorro comeu chocolate, muitas vezes pode ter sido por um descuido ou acidente. Desta forma, é importante entender que o melhor remédio é sempre a prevenção. Ou seja, cuidado onde você deixa suas guloseimas para que não fique acessível. Mantenha sempre guardado de forma segura e, quando for descartar, certifique-se de estar bem fechado.

Como fazer o cachorro gostar de mim?

por Camila Da Silva — publicado 15 jun 2019 - 9:45

Como fazer o cachorro gostar de mim? Esta é uma dúvida que permeia as pessoas que estão pensando em adotar um animal de estimação. O medo de ele não se acostumar é muito grande, visto que uma série de critérios precisam ser levados em consideração para que ele tenha uma vida plena e feliz. Por isso, acompanhe o texto para entender tudo sobre o assunto.

Como fazer o cachorro gostar de mim?

Para que você entenda como fazer o cachorro gostar de você, é importante entender que ele não é uma máquina e nem mesmo um ser humano. Por isso, você precisa tomar medidas que sejam viáveis para manter a vida dele saudável e feliz. Entretanto, estes critérios nem sempre são levados em consideração da forma certa.

Por exemplo, tudo que você faz com o cão precisa ser de forma equilibrada. Seja a alimentação, os passeios e até o carinho. Afinal, ter um cachorro feliz com você envolve a educação dele que, no longo prazo, fará muita diferença. Por isso, acompanhe algumas dicas para fazer o seu cachorro gostar de você.

Como fazer o cachorro gostar de mim: Dê atenção na medida certa

A primeira coisa que você precisa entender, é que seu cachorro é movido a sentimentos. Ele pode ficar triste como feliz em questão de minutos. Por isso, ele sempre vai querer a sua atenção, principalmente se ele for um filhote recém chegado na sua casa. É fundamental que você participe do dia-a-dia dele de forma equilibrada, para ele entender que você está presente.

Esta forma equilibra de atenção significa dizer que você não pode ficar nem tempo exagerado com o cão, nem tempo de menos. Se ficar tempo de menos, ele sentirá sua falta e as chances de ele não gostar de você são grandes. E se você ficar tempo demais dando atenção, ele irá se acostumar mal, achando que ele pode ter estes momentos a todo instante.

Um cão que é acostumado de forma incorreta desde o início da vida, pode se transformar facilmente em um cão dependente. E isso não é sinal de que ele gosta de você. É sinal de que ele não sabe os próprios limites e enxerga em você esta possibilidade de fazer o que quiser e quando quiser. Por isso, a atenção precisa ser na medida certa.

Como fazer o cachorro gostar de mim?

Ensine comandos para que ele obedeça

Outra forma extremamente eficiente de ter um cão que goste de você, é ensiná-lo comandos de obediência logo no início da vida dele. É por este motivo que é importante adestrar o cachorro, pois esta é uma forma de mostrar os limites e fazê-lo entender que existem momentos para tudo.

Por exemplo, ensinar o cão o que é “não” é uma das formas mais eficientes de fazer ele gostar de você. Pois com os métodos certos, ele saberá quando você está sendo imponente ou carinhoso. E isto é fundamental para a saúde mental do cão.

Use elogios quando ele se comportar bem

Ainda seguindo alguns conceitos de adestramento, temos que entender que o cachorro não entende a nossa língua. Ou seja, você precisa usar técnicas que façam ele entender o que é certo e o que é errado. Um bom exemplo disso, é usar elogios quando ele fizer algo que você queria que ele fizesse, como por exemplo, ir ao banheiro no lugar certo.

É muito mais usual elogiar o cão quando ele faz algo certo, do que criticá-lo ou usar tom de voz ameaçador quando ele fizer algo errado. Com o tempo, ele irá gostar do tom de voz que você usa quando ele faz algo certo. E ele irá repetir aquilo para ouvir os elogios. Ou seja, ele irá gostar de você e ainda estará fazendo o que é certo.

Como fazer o cachorro gostar de mim?

Como fazer o cachorro gostar de mim: Tom de voz

Como falamos anteriormente, cães são extremamente sentimentais. E o tom de voz importa muito quando você estiver falando com ele. Se você quiser que ele goste de você, é importante usar os tons de voz na medida certa em cada momento. Por exemplo, elogiando ou nos momentos de brincadeiras, você pode fazer uma voz mais receptiva e em tom de diversão.

Já em momentos de correção ou alinhamentos, um tom de voz mais grosso e imponente precisa ser usado. Esta é uma forma de fazer o cão respeitar você e, ao mesmo tempo, amar quando você usa um tom de voz carinhoso.

Brincadeiras são fundamentais

Brinque muito com o seu cachorro. Faça-o queimar as calorias necessárias e estimule o cérebro dele para que fique sempre ativo. Esta é uma prática saudável que aproxima o cachorro de você. É uma das formas mais assertivas de fazer o cachorro gostar do dono, principalmente quando ele for filhote.

As brincadeiras são extremamente saudáveis para estimular uma série de ações no organismo do cachorro. Muitas vezes eles esperam o dia inteiro por este momento, visto que eles sentem-se livres para ser feliz. E isto poderá ajudar e muito no processo de fazer o cachorro te amar.

Como fazer o cachorro gostar de mim?

O seu cachorro vai amar você

Como fazer o cachorro gostar de mim? Esta é uma pergunta que já vem praticamente respondida: ele já gosta de você. Cachorros são movidos a carinho e amor. E eles sabem que é o dono deles quem fornecerá isso de forma completa. Por isso, ame o seu cachorro, deixe-o ser feliz, ensine para ele algumas regras básicas de convívio e adestramento e certamente ele irá gostar de você.