O deficiente visual Albert Rizzi passou por uma situação constrangedora e absurda nessa semana: ele e seu cão-guia Doxy foram expulsos de um voo nos Estados Unidos.

Uma comissário de bordo da companhia aérea US Airways não permitiu que o avião decolasse porque o cão-guia não estava completamente embaixo do assento. Mas o cachorro estava cansado porque o avião estava esperando há uma hora e meia para decolar.

Após Albert e Doxy serem retirados do avião, houve uma revolta de outros passageiros que se recusaram a voar. Com a confusão o voo foi cancelado e os passageiros fizeram a viagem da Filadélfia para Long Island de ônibus.

Segundo o Daily Mail, a companhia US Airways afirmou que Albert foi ofendido verbalmente e que vai investigar o caso.

 

Albert Rizzi e seu cão-guia Doxy (Foto: Reprodução / Daily Mail)