Cães no verão: confira dicas para você ficar tranquilo

Dicas valiosas para você curtir os cães no verão com mais tranquilidade.

por Maluh Bastos — publicado 6 fev 2019 - 7:00

30°, 35°, 40°C… Não está fácil para ninguém. Todo mundo sofre com as altas temperaturas do verão e para os cães a realidade não é diferente. Porém, a grande desvantagem para todos os bichinhos é que eles não podem expressar o incômodo. Por isso, nesta época, a atenção dos donos deve ser redobrada e nós, do Portal do Dog, vamos te dar algumas dicas cães no verão e para que você fique atento no seu pet na estação mais quente do ano!

Pug representa cães no verão

Fique atento para as dicas para curtir o verão com responsabilidade

É importante ressaltar primeiro que existem raças que se dão melhor com o calor do que outras. Em contrapartida, existem raças nas quais a tosa no verão é recomendada, pois, a pelagem do cachorro pode começar a embaraçar demais e o aumento da frequência de dermatites e irritações na pele também é comum. Por isso que conhecer as características da raça do seu cão é fundamental e, em caso de dúvida, consulte o veterinário.

Dicas para cães no verão no dia a dia

01 ) Água, água e mais água

Essa dica vale pros pets e também poderia valer para os donos, não é? Mas, vamos focar neles, claro. O cachorro curte muito mais o verão hidratado! O consumo de água no verão aumenta, por isso, mantenha o pote com água fresca e renovada. Caso seu pet não tenha o costume de beber muita água, estimule-o com recipientes diferenciados – pode colocar água até em spray para borrifar na boca do cão com frequência.

Plus: Hoje, muitas empresas especializadas em comidinhas pet produzem picolés e sorvetes para cachorro. É uma ótima pedida para refrescar no verão! Os produtos costumam ser vendidos em pet shops.

02 ) Aumente a frequência do banho

Isso vai depender da raça e do tamanho do cachorro – e você vai precisar da orientação do seu veterinário também. Porém, você pode aumentar a frequência do banho do seu dog para que ele se refresque em intervalos menores. O calor intenso do verão não estimula o suor apenas nos seres humanos.

Filhote da raça shih tzu representa cães no verão

Aumentar a frequência de banhos pode ajudar a refrescar mais

A sujeira também se acumula nos cães no verão e pode provocar até irritação e inquietação nos cachorros. No caso dos mais peludos, os pelos podem ficar mais ressecados ou oleosos (dependendo da raça) e embolados, além de provocar dermatites.

03 ) Deixe sempre algo para fazer sombra

Se seu cachorro costuma ficar do lado de fora de casa, garanta que haverá alguma sombra para que ele se abrigue. O mesmo se aplica para quando for sair de casa. Leve sempre um guarda-sol para onde for. O sol quente pode castigar a pele dos cães no verão e, dependendo da raça (especialmente os cães de cores mais claras e pelos mais curtos), pode causar sérios problemas.

04 ) Cuidado onde pisa!

Esta é uma dica antiga, mas que sempre vale a pena lembrar! Antes de sair com seu cão para curtir o verão – ou, caso ele viva do lado de fora da casa – verifique a temperatura do chão com seu próprio pé. Fique descalço e pise no chão para sentir se está suportável pisar naquela superfície.

As ‘almofadinhas’ das patas dos cachorros também podem queimar em altas temperaturas e eles não tem como reclamar disso! Caso esteja muito quente, considere colocar proteção nas patinhas dele ou então pense em outro horário para sair. A saúde do seu cão agradece.

05 ) Tosa pode ajudar

Como já foi dito, depende da raça. Raspar tudo não será a solução em todas elas. Em algumas, o pelo é característico e tirá-los não irá fazer muita diferença – além de alterar completamente a proteção e a estética da raça. Como exemplo, temos os cães advindos de regiões de muito frio como os Huskys, Samoiedas, Malamutes, etc. Porém, outros podem ser tosados ou pelo menos “aparados” para garantir mais conforto na época do verão como os Poodles, Shih tzus, malteses, etc.

 

Filhote branco da raça Samoieda representa cães no verão

Raças advindas de regiões de frio nem sempre precisam de tosa

Dicas para cães no verão nos passeios

01 ) Nunca deixe seu cão no carro!

Em pouco tempo, a temperatura no carro pode mudar drasticamente! No calor, é possível detectar mudanças de 20°C para 29°C rapidamente. Por isso, planeje bem seus passeios para que não seja necessário deixar seu pet no carro esperando.

Cão da raça pitbull representa cães no verão

Cuidado ao deixar cães no carro no verão! Mesmo com as janelas abertas, as temperaturas são muito altas!

02 ) Leve água sempre

Existem diversos tipos de recipientes para carregar água hoje em dia. Nos pet shops, a variedade é imensa. Por isso, não deixe seu cão com sede! Leve sempre água fresca e, se possível, gelada para que ele possa tomar nos passeios.

Cão da raça Border Collie representa cães no verão

Deixe água sempre disponível nos passeios

03 ) Procure lugares frescos e com sombra

Não exponha seus cães no verão à fortes temperaturas embaixo do sol. Como já foi citado acima, o sol também queima a pele dos bichinhos. Por isso, atenção redobrada com ele.

Plus: Pode levar também o protetor solar para cães!

Hoje, já existem os protetores solares específicos para os dogs. Nem todas as raças precisam usar – só as mais sensíveis. Informe-se com o veterinário e, se necessário, adquira um para si.

04 ) Não leve petiscos e comida para os passeios

O ideal é não alimentar os cães durante os passeios em geral, porém, no verão em específico, é importante que o cachorro se alimente nos horários apropriados (de preferência, no fim do dia, com temperaturas mais amenas). A agitação do passeio e o calor do dia não fazem bem para a digestão e podem causar vômitos e desconforto.

Hipertermia

Porém, mesmo se com toda a cautela vier a acontecer do seu cachorro apresentar alguns dos sintomas abaixo, fique atento (a), porque podem ser sinais de hipertermia (excesso de calor ou a insolação dos pets):

Animal muito ofegante;

Vômito e diarreia;

Convulsões;

Salivação grossa e em abundância;

Olhar confuso e ‘vidrado’;

Língua e interno de orelhas bem vermelhas.

Se você detectar alguns destes sinais num dia de muito calor, pode ser um caso de hipertermia.

Nestes casos, se não for possível encaminhar diretamente ao veterinário, existem alguns procedimentos paliativos como: resfrie o cão com água fria e enrole-o com toalha úmida. Pode aplicar bolsas de gelo em lugares como axilas e na região da virilha assim como dar água, mas não muita para que não vomite. Acalme-o e o coloque em um ambiente fresco e ventilado.

Porém, encaminhe-o, assim que possível, ao veterinário.

No mais, curta o verão!

Com os cuidados corretos, a tendência é que o seu cachorro curta demais o verão. Os animais são fortes e resistentes, só precisam de um empurrãozinho nosso para aguentar o fervor dessa época tão quente. Por isso, aproveite o resto da temporada!

Golden Retriever representa cães no verão

Os cães são animais resistentes mas precisam da nossa ajuda!

Cachorro comeu chocolate: o que fazer?

por Camila Da Silva — publicado 15 jun 2019 - 9:45

Todo mundo sabe que chocolate faz mal para cachorro. Esta é uma guloseima feita para seres humanos que, se ingeridas pelos nossos cães, problemas sérios de saúde podem ocorrer. Entretanto, é importante entender que se o cachorro comeu chocolate, algumas medidas instantâneas podem ser tomadas por você para que o pior não aconteça. Acompanhe.
Cachorro comeu chocolate: o que fazer?

Se o cachorro comeu chocolate, certamente é um indicativo de que ele irá passar mal nas próximas horas ou minutos.

 » Read more about: Cachorro comeu chocolate: o que fazer?  »

Como fazer o cachorro gostar de mim?

por Camila Da Silva — publicado 15 jun 2019 - 9:45

Como fazer o cachorro gostar de mim? Esta é uma dúvida que permeia as pessoas que estão pensando em adotar um animal de estimação. O medo de ele não se acostumar é muito grande, visto que uma série de critérios precisam ser levados em consideração para que ele tenha uma vida plena e feliz. Por isso, acompanhe o texto para entender tudo sobre o assunto.
Como fazer o cachorro gostar de mim?

Para que você entenda como fazer o cachorro gostar de você,

 » Read more about: Como fazer o cachorro gostar de mim?  »

Por que é importante adotar cães?

por Camila Da Silva — publicado 14 jun 2019 - 9:45

Você sabe por que é importante adotar cães? Já parou para pensar nas consequências de apenas “adquirir” um novo animal de estimação? Se a sua resposta for não para qualquer um destes questionamentos, não deixe de acompanhar o nosso artigo de hoje. Pois nele iremos discutir alguns pontos importantes que precisam ser levados em consideração na hora de encontrar um novo melhor amigo para você.

A partir disso, você terá muito mais subsídios para tomar a melhor decisão,

 » Read more about: Por que é importante adotar cães?  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Cachorro comeu chocolate: o que fazer?

por Camila Da Silva — publicado 15 jun 2019 - 9:45

Todo mundo sabe que chocolate faz mal para cachorro. Esta é uma guloseima feita para seres humanos que, se ingeridas pelos nossos cães, problemas sérios de saúde podem ocorrer. Entretanto, é importante entender que se o cachorro comeu chocolate, algumas medidas instantâneas podem ser tomadas por você para que o pior não aconteça. Acompanhe.

Cachorro comeu chocolate: o que fazer?

Se o cachorro comeu chocolate, certamente é um indicativo de que ele irá passar mal nas próximas horas ou minutos. Dependendo da raça, as reações podem ser até instantâneas. E, em outras, pode sequer se manifestar. Pode acontecer do animal encontrar um pedaço no lixo ou em algum armário aberto e, por curiosidade, mastigar e engolir.

Desta forma, o melhor que você pode fazer assim que descobrir o que aconteceu, é levar o animal ao veterinário. A ajuda de um profissional especializado é altamente recomendável nestes casos, visto que alguns métodos devem ser seguidos. No entanto, veja o que você pode fazer em casa quando ver que o seu cão comeu chocolate.

Cachorro comeu chocolate: o que fazer?

Identificar os sintomas

Se o cachorro comeu chocolate, os sintomas são os mais clássicos possíveis. Caso você não tenha visto o que aconteceu e o cachorro começou a apresentar os sintomas abaixo, saiba que a ingestão do chocolate pode ter sido a causa provável:

  • Cão inquieto;
  • Diarreia;
  • Vômitos;
  • Muita sede (consumo de água exagerado);
  • O coração batendo de forma acelerada;
  • Urina descontrolada e exagerada;
  • Tremores pelo corpo;
  • Contrações musculares pelo corpo;

Caso algum destes sintomas seja detectado no animal, é sinal de que ele pode estar com alguma intoxicação alimentar causada por chocolate. Caso você não tenha presenciado a ingestão do alimento, o que você pode fazer é tentar identificar através dos sinais. Assim sendo, é recomendável que você não espere muito tempo. Se desconfiar do ocorrido (geralmente eles deixam pistas), leve o seu cachorro ao veterinário imediatamente.

Cachorro comeu chocolate: o que fazer?

Presenciar a ingestão de chocolate

Se você presenciar o seu cachorro comendo chocolate, o que você pode fazer na hora é tentar tirar da boca dele o máximo que conseguir. Entretanto, é importante tomar cuidado, pois se ele for um cão agressivo, poderá morder você caso tente remover o que ele está comendo.

Depois de tentar remover, leve o cão para uma área aberta e tente identificar a quantidade que ele ingeriu. Após isso, a ida ao veterinário é indispensável. O procedimento mais básico a ser seguido, é fazer com que o cão vomite o que comeu. Entretanto, isto só deve ser feito por pessoas com conhecimento técnico e profissional.

É importante você levar o máximo de informações possíveis ao veterinário, como a quantidade ingerida e a hora do acontecimento. Isto ajudará muito no tratamento mais adequado para o caso.

Cachorro comeu chocolate: o que fazer?

Tome os cuidados devidos para evitar acidentes

Se o seu cachorro comeu chocolate, muitas vezes pode ter sido por um descuido ou acidente. Desta forma, é importante entender que o melhor remédio é sempre a prevenção. Ou seja, cuidado onde você deixa suas guloseimas para que não fique acessível. Mantenha sempre guardado de forma segura e, quando for descartar, certifique-se de estar bem fechado.

Como fazer o cachorro gostar de mim?

por Camila Da Silva — publicado 15 jun 2019 - 9:45

Como fazer o cachorro gostar de mim? Esta é uma dúvida que permeia as pessoas que estão pensando em adotar um animal de estimação. O medo de ele não se acostumar é muito grande, visto que uma série de critérios precisam ser levados em consideração para que ele tenha uma vida plena e feliz. Por isso, acompanhe o texto para entender tudo sobre o assunto.

Como fazer o cachorro gostar de mim?

Para que você entenda como fazer o cachorro gostar de você, é importante entender que ele não é uma máquina e nem mesmo um ser humano. Por isso, você precisa tomar medidas que sejam viáveis para manter a vida dele saudável e feliz. Entretanto, estes critérios nem sempre são levados em consideração da forma certa.

Por exemplo, tudo que você faz com o cão precisa ser de forma equilibrada. Seja a alimentação, os passeios e até o carinho. Afinal, ter um cachorro feliz com você envolve a educação dele que, no longo prazo, fará muita diferença. Por isso, acompanhe algumas dicas para fazer o seu cachorro gostar de você.

Como fazer o cachorro gostar de mim: Dê atenção na medida certa

A primeira coisa que você precisa entender, é que seu cachorro é movido a sentimentos. Ele pode ficar triste como feliz em questão de minutos. Por isso, ele sempre vai querer a sua atenção, principalmente se ele for um filhote recém chegado na sua casa. É fundamental que você participe do dia-a-dia dele de forma equilibrada, para ele entender que você está presente.

Esta forma equilibra de atenção significa dizer que você não pode ficar nem tempo exagerado com o cão, nem tempo de menos. Se ficar tempo de menos, ele sentirá sua falta e as chances de ele não gostar de você são grandes. E se você ficar tempo demais dando atenção, ele irá se acostumar mal, achando que ele pode ter estes momentos a todo instante.

Um cão que é acostumado de forma incorreta desde o início da vida, pode se transformar facilmente em um cão dependente. E isso não é sinal de que ele gosta de você. É sinal de que ele não sabe os próprios limites e enxerga em você esta possibilidade de fazer o que quiser e quando quiser. Por isso, a atenção precisa ser na medida certa.

Como fazer o cachorro gostar de mim?

Ensine comandos para que ele obedeça

Outra forma extremamente eficiente de ter um cão que goste de você, é ensiná-lo comandos de obediência logo no início da vida dele. É por este motivo que é importante adestrar o cachorro, pois esta é uma forma de mostrar os limites e fazê-lo entender que existem momentos para tudo.

Por exemplo, ensinar o cão o que é “não” é uma das formas mais eficientes de fazer ele gostar de você. Pois com os métodos certos, ele saberá quando você está sendo imponente ou carinhoso. E isto é fundamental para a saúde mental do cão.

Use elogios quando ele se comportar bem

Ainda seguindo alguns conceitos de adestramento, temos que entender que o cachorro não entende a nossa língua. Ou seja, você precisa usar técnicas que façam ele entender o que é certo e o que é errado. Um bom exemplo disso, é usar elogios quando ele fizer algo que você queria que ele fizesse, como por exemplo, ir ao banheiro no lugar certo.

É muito mais usual elogiar o cão quando ele faz algo certo, do que criticá-lo ou usar tom de voz ameaçador quando ele fizer algo errado. Com o tempo, ele irá gostar do tom de voz que você usa quando ele faz algo certo. E ele irá repetir aquilo para ouvir os elogios. Ou seja, ele irá gostar de você e ainda estará fazendo o que é certo.

Como fazer o cachorro gostar de mim?

Como fazer o cachorro gostar de mim: Tom de voz

Como falamos anteriormente, cães são extremamente sentimentais. E o tom de voz importa muito quando você estiver falando com ele. Se você quiser que ele goste de você, é importante usar os tons de voz na medida certa em cada momento. Por exemplo, elogiando ou nos momentos de brincadeiras, você pode fazer uma voz mais receptiva e em tom de diversão.

Já em momentos de correção ou alinhamentos, um tom de voz mais grosso e imponente precisa ser usado. Esta é uma forma de fazer o cão respeitar você e, ao mesmo tempo, amar quando você usa um tom de voz carinhoso.

Brincadeiras são fundamentais

Brinque muito com o seu cachorro. Faça-o queimar as calorias necessárias e estimule o cérebro dele para que fique sempre ativo. Esta é uma prática saudável que aproxima o cachorro de você. É uma das formas mais assertivas de fazer o cachorro gostar do dono, principalmente quando ele for filhote.

As brincadeiras são extremamente saudáveis para estimular uma série de ações no organismo do cachorro. Muitas vezes eles esperam o dia inteiro por este momento, visto que eles sentem-se livres para ser feliz. E isto poderá ajudar e muito no processo de fazer o cachorro te amar.

Como fazer o cachorro gostar de mim?

O seu cachorro vai amar você

Como fazer o cachorro gostar de mim? Esta é uma pergunta que já vem praticamente respondida: ele já gosta de você. Cachorros são movidos a carinho e amor. E eles sabem que é o dono deles quem fornecerá isso de forma completa. Por isso, ame o seu cachorro, deixe-o ser feliz, ensine para ele algumas regras básicas de convívio e adestramento e certamente ele irá gostar de você.