Lista com os 12 melhores produtos da Interzoo 2014

O Portal do Dog fez uma super lista com os produtos que mais se destacaram na Interzoo 2014

por Samantha Kelly — publicado 12 jun 2014 - 10:25

Interzoo, a maior feira pet do mundo, que acontece a cada 2 anos em Nuremberg, esteve recheada de novidades e produtos inovadores no mercado pet.

O Portal do Dog foi o único veículo de comunicação da América Latina presente e só aqui você confere o que teve de melhor, mais bonito e provavelmente diferente do que você já viu nas prateleiras no Brasil.

O nosso intuito desde o começo vou trazer as novidades, com exclusividade para os leitores do Portal.

Para quem ama cachorro e animais no geral, é sempre interessante ver como o mercado pet cresce com criatividade.

Confira abaixo uma lista com os melhores produtos da Interzoo, edição 2014!

 

1. Guarda-chuvas coloridos da “The San Francisco Umbrella Company”

Fundada em 2012, a empresa The San Francisco Umbrella Company tem como principal foco proteger da chuva os amantes de animais da maneira mais divertida, com guarda-chuvas super coloridos com silhuetas de várias espécies, principalmente de cães.

Os cães de fato dominam a coleção, com as seguintes raças ganhando versões próprias: Poodle, Labrador Retriever, Schnauzer, Pug, Terrier Escocês, Corgi, Greyhound, Golden Retriever, West Highland White Terrier, Shih Tzu, Yorkshire Terrier, Soberman, Pastor Alemão, Buldogue Inglês, Boxer, Boster Terrier, Beagle, Border Collie, Cocker Spaniel, Buldogue Francês… E a lista continua!

O melhor dos guarda-chuvas é a qualidade do material escolhido.

Para mais informações: www.sfumbrella.com

 

Lindos guarda-chuvas. Fotos: Fabio Sakita/Portal do Dog

Lindos guarda-chuvas. Fotos: Fabio Sakita/Portal do Dog

 

2. Coleção marítima da Happy Puppy

Ao nosso ver, a coleçao marítima para pets da Happy Puppy se destacou dentre as diversas opções de roupas e caminhas. Todos os produtos seguindo uma identidade e cada um extremamente fofo, não resistimos e incluímos na nossa lista dos melhores.

Para mais informações: www.happiestpet.com

 

Coleção marítma da Happy Puppy. Fotos: Fabio Sakita/Portal do Dog

Coleção marítma da Happy Puppy. Fotos: Fabio Sakita/Portal do Dog

 

3. Camas e Casinhas

Resolvemos dar um destaque coletivo para a coleção de caminhas e casinhas de algumas marcas presentes na feira que se destacaram.

(1) A coleção de caminhas da belga 51 Degress North teve inspiração vintage em algumas peças e minimalista de colorida em outras. (2) Adoramos a patinha com impressão digital com sensação de safari da Nayeco. (3) A casinha em formato de uma cabeça canina da marca italiana Ferribiella é divertida e única. (4) Coleção com inspiração em um All Star, para os loucos pelo tênis.

 

Casinhas e caminhas em destaque. Fotos: Fabio Sakita/Portal do Dog

Casinhas e caminhas em destaque. Fotos: Fabio Sakita/Portal do Dog

 

4. Brinquedos Dogzilla

Dogzilla, uma marca da Pet Mate, tem uma série de brinquedos de borracha que têm gosto, cheiro e formato perfeito para o seu cão. Tanto brinquedos de morder quanto outros que auxiliam na interação de tutor e cão, a temática do monstrinho tornou a coleção muito fofa.

Para mais informações: www.petmate.com/dogzilla-rubber-toys

 

Dogzilla é uma marca da Pet Mate. Fotos: Fabio Sakita/Portal do Dog

Dogzilla é uma marca da Pet Mate. Fotos: Fabio Sakita/Portal do Dog

 

 

5. Transporte para cachorros pequenos da “4 Lazy Legs”

Para cães de porte pequeno, essa é uma maneira de transportar seu Pet mais juntinho. Diferente do que o nome sugere, o 4 Lazy Lges (Para pernas preguiçosas, tradução livre) é também para cães que têm medo de multidão, com algum tipo de deficiência física ou idosos que não conseguem mais se locomover com tanta facilidade.

Gostamos da proximidade que o produto possibilita entre tutor e cão.

Para mais informações: www.4lazylegs.com

 

Transporte do 4 Lazy Legs. Fotos: Fabio Sakita/Portal do Dog

Transporte do 4 Lazy Legs. Fotos: Fabio Sakita/Portal do Dog

 

6. Máquinas de tags personalizáveis da “My Family – Tags of love”

A empresa italiana My Family oferece duas máquinas, a Tag e a Automática, que por si só são uma oportunidade de negócio. As duas possibilitam que os petshops disponibilizem para seus clientes tags totalmente parsonalizáveis, com diversas opções para todos os gostos e finalizadas na hora, já que no fim do processo, a máquina com uma ponteira de diamente grava perfeitamente as informações na tag.

Os clientes podem escolher o conteúdo a sere inserido (nome, telefone, endereço), a tipografia, a coleção e o formato.

As coleções disponíveis incluem: Charms, Chic, Basic, Classic, Basic Handmade, Shine-reflective e Friends.

Para mais informações: www.myfamily.it

 

My Family Tag. Fotos: Fabio Sakita/Portal do Dog

My Family Tag. Fotos: Fabio Sakita/Portal do Dog

 

7. Repelente sonoro para carrapatos e pulgas da Olan Tech

Desenvolvido para cachorros e gatos, o Skudo Pet (Dog and Cat) é um pingente eletrônico específico para espantar carrapatos e pulgas que deve ser acoplado na coleira do animal.

O pingente emite impulsos ultrasônicos que criam uma sensação desagradável nos parasitas, descorajando-os a se aproximar do pet. A frenquência sonora não é percebida por cães, gatos ou seres humanos.

A bateria do aparelho dura em média 8 meses, emitindo os sons 24 horas por dia durante esse período.

O produto já está no mercado há 10 anos e foi testado e aprovado pela Universitá degli Studi di Milano.

Para mais informações: www.olantech.com

 

Repelente sonoro contra carrapatos e pulgas. Fotos: Fabio Sakita/Portal do Dog

Repelente sonoro contra carrapatos e pulgas. Fotos: Fabio Sakita/Portal do Dog

 

8. Comedouro inteligente da Eyenimal

São as ideias aparentemente simples, que suprem uma necessidade de todos têm, que facilitam a vida dos consumidores e se tornam sensação.

No caso do comedouro inteligente da Eyenimal, uma empresa francesa, é sucesso total, vendendo mais de 30 mil peças em 3 meses e já ganhando prêmios de inovação.

O produto patenteado é uma combinação de um comedouro pet com balança digital, podendo assim, facilmente, enquanto coloca a refeição do animal, regular corretamente a quantidade de alimento a ser oferecida.

Disponível nas cores preta e branca e em dois tamanhos.

Para mais informações: www.eyenimal.com

 

Comedouro e balança digital da Eyenimal. Fotos: Fabio Sakita/Portal do Dog

Comedouro e balança digital da Eyenimal. Fotos: Fabio Sakita/Portal do Dog

 

9. Câmeras para pet da Motorola

A Motorola está lançando 3 câmeras especiais para que os tutores possam conferir e monitorar o que seus pets estão fazendo em casa, permitindo através de um sinal Wi-Fi que você se comunique com seu cão.

Dentre os recursos que mais nos chamaram atenção estão: Possibilidade de dar zoom e movimentar o aparelho, filmagem HD, visão noturna, comunicação de duas vivas, resistência ao tempo externo (presente exclusivamente na SCOUT33), filmagem acionada por detector de movimento, alerta de movimento monitoramento de temperatura.

As câmeras possuem o aplicativo Hubblle, desenvolvido para iOS e Android, permitindo streaming ao vivo das imagens e notificações atualizadas.

Para mais informações: www.motorola.com

 

Câmeras para pets da Motorola. Fotos: Fabio Sakita/Portal do Dog

Câmeras para pets da Motorola. Fotos: Fabio Sakita/Portal do Dog

 

10. Dog Mat e Screen- Protetor de carro

Depois de precisar vender o carro, e se deparar com pelos de cachorro por todos os cantos do automóvel, o criador do Dog Mat escutou da esposa que ele teria que inventar algum produto para esse problema. Claro que ela não falou aleatoriamente, o responsável pelo produto é um inventor profissional há 50 anos.

Depois de muito estudo, ele criou o Dog Mat e Screen, um protetor de carros que não deixa que o pelo se espalhe pelo carro.

O tapete emborrachado fica sobre o porta malas, podendo também ser extendido para proteger o carro quando o cachorro subir. Nas laterais e topo, o porta-mala é envolto por uma tela, 100 reutilizável, desenvolvida pela Bosch. Uma vez que a tela estiver suja, basta trocar por outra, por um preço acessível.

Proteção total do veículo, evitanto que o pelo espalhe pelo carro, sem obstruir a visão do motorista ou a circulação de ar do cachorro, super resistente, se adaptando a todos os tamanhos de veículo.

Levando a consideração a relação que os alemães têm por seus carros e o cuidado e qualidade em todos os seus produtos, o produto sem dúvida leva esse profissionalismo.

Mais informações: http://dogscreen.de/

 

Dog Mat e Screen protegem o carro dos pelos caninos. Fotos: Fabio Sakita/Portal do Dog

Dog Mat e Screen protegem o carro dos pelos caninos. Fotos: Fabio Sakita/Portal do Dog

 

11. Coleira Led da Leuchtie

Com onze anos no mercado, a coleira alemã com LED da Leuchtie vem em 3 tamanhos e em diversas cores, é 100% resistente à água e sujeira, funciona a base de pilha (podendo durar até 100 horas devido ao controle eletrônico) e ainda é possível trocar qualquer parte que tenha dado problema, sem precisar ter que o produto inteiro novamente.

Para ligar a luz da coleira, ao colocá-la no cachorro, basta virar a parte da bateria para baixo e ela ilumina automaticamente. Para desligar, é só guardar a coleira com a bateria virada para cima e ela desliga sozinha.

Muito simples de limpar, basta passar água para tirar a sujeira e pronto.

Nós entramos em uma área escura e vimos as coleiras em ação. Eles são de fato muito brilhantes.

Com toda a produção na Alemanha, o material usado é de primeira qualidade e ela é super resistente.

Para mais informações: www.leuchtie.de

 

Coleira led. Fotos: Fabio Sakita/Portal do Dog

Coleira led. Fotos: Fabio Sakita/Portal do Dog

 

12. Coleção para aquários da Lego (BÔNUS)

O bonus da lista é um infiltrado. Apesar do Portal do Dog, bem, ser basicamente um site de cachorros e amantes desses animais incríveis, a coleção para aquário da Lego é tão incrível que levou nosso prêmio bônus e como prêmio tem sua presença garantida na lista dos melhores produtos da Interzoo 2014.

Com uma pegada geek maravilhosa, as cores vivas dos bloquinhos do Lego formam algas, plantas, peixinhos e pedras.

Nós queremos o Lego trabalhando com algo canino para ontem!

 

Coleção incrível da Lego para aquários. Fotos: Fabio Sakita/Portal do Dog

Coleção incrível da Lego para aquários. Fotos: Fabio Sakita/Portal do Dog

Meu cachorro não quer comer! O que fazer?

por Handreza Hayran — publicado 12 ago 2019 - 9:45

cuidar do cachorro

Meu cachorro não quer comer. E agora? Essa é uma pergunta muito comum pra quem tem um cachorrinho em casa. Mas fique tranquilo se acaso esse comportamento acontecer apenas de forma eventual. Contudo, se o seu cachorro não estiver querendo comer há alguns dias, ligue o sinal de alerta. A falta de apetite, no entanto, pode indicar alguma doença.

De fato, a falta de apetite do seu cão pode apresentar uma série de causas.

 » Read more about: Meu cachorro não quer comer! O que fazer?  »

O que se deve saber sobre o banho e tosa?

por Handreza Hayran — publicado 12 ago 2019 - 9:45

banho do cachorro

O banho e tosa são essenciais. Se acaso você tem um animalzinho de estimação e deseja saber mais sobre o assunto, então acompanhe esse artigo e saiba mais sobre a prática, tão importante para o seu pet.

O banho e tosa é muito útil e importante. Isso porque todo o pet precisa de uma boa higiene para manter-se sempre limpo. Mas, é claro que nem sempre os donos têm tempo de fazê-lo em casa.

 » Read more about: O que se deve saber sobre o banho e tosa?  »

Cachorros fofos: Conheça os mais famosos

por Handreza Hayran — publicado 11 ago 2019 - 9:45

Filhote branco da raça Samoieda representa cães no verão

Quem gosta de animais de estimação certamente sabe que é difícil resistir a um cãozinho fofo. Aliás, eles não são apenas cachorros fofos, eles ajudam os humanos em diversas tarefas.

Hoje em dia podemos encontrar cães que participam de operações policiais, sobretudo em resgates, tratamentos e muito mais. Aliás, temos os cães guias, que fazem um trabalho muito importante. Que tal conhecer os cachorros fofos mais amados do mundo?

Raças de cachorros fofos

Antes de mais nada,

 » Read more about: Cachorros fofos: Conheça os mais famosos  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Meu cachorro não quer comer! O que fazer?

por Handreza Hayran — publicado 12 ago 2019 - 9:45

cuidar do cachorro

Meu cachorro não quer comer. E agora? Essa é uma pergunta muito comum pra quem tem um cachorrinho em casa. Mas fique tranquilo se acaso esse comportamento acontecer apenas de forma eventual. Contudo, se o seu cachorro não estiver querendo comer há alguns dias, ligue o sinal de alerta. A falta de apetite, no entanto, pode indicar alguma doença.

De fato, a falta de apetite do seu cão pode apresentar uma série de causas. Pode ser que ele apenas não goste da ração em questão ou então esteja ruim do estômago. No entanto, ela deixa de ser normal quando ultrapassa 2 dias de duração.

1. Por que meu cachorro não quer comer?

O que responde a sua pergunta “por que o meu cachorro não quer comer” são diversas hipóteses. Algumas delas são:

Seu cãozinho pode estar enjoado da mesma ração

ração

Foto: Freepik

Assim como nós, os cães também enjoam de comer a mesma comida de sempre. Portanto, para solucionar esse problema, experimente trocar a ração por outra semelhante e alimente-o, também, com petiscos, legumes e frutas.

Mas, atenção: não é porque o seu bichinho está enjoado da ração que você deve dar comidas que não são indicadas para ele. Todavia, chocolate e comidas com muito sal e tempero não são nada indicadas, certo? Lembre-se que elas prejudicam a saúde do seu animal.

Houve algum tipo de mudança na rotina do seu cão

cachorro não quer comer

Foto: Freepik

Os cães são muito influenciados, sobretudo, pelo que acontece ao seu redor. Por isso, mudanças na rotina, como a mudança de residência, a estadia em uma casa diferente ou um hotel, ficar longe dos donos e muitas outras podem interferir no apetite do cão.

Aliás, perder alguém querido, humano ou animal, também faz com que o apetite do seu cão seja perdido. Isso porque, assim como nós, os animais sofrem. Com isso, apresentam mudanças, assim como qualquer outro ser com sentimentos.

Outra coisa que influencia é a mudança da temperatura. Oscilações de temperatura, ou seja, momentos de calor ou frio em excesso, fazem com que o cachorro perca o apetite. Avalie, então, se essas não são as respostas para a pergunta: “por que meu cachorro não quer comer?”. Nesses casos, não se preocupe que a falta de apetite do seu cãozinho durará no máximo 1 dia.

No entanto, se durar mais, procure um veterinário. Especialmente se essa falta de apetite vier depois de uma perda. Desse modo, seu cão pode desenvolver depressão.

Quando o cachorro não quer comer ele pode tá com problema de saúde

cachorrinho

Foto: Freepik

A falta de apetite do seu cão também pode ser em virtude de alguma doença. Surpreendentemente, há uma série de problemas de saúde que apresentam esse como um dos sintomas. No entanto, não se preocupe, se essa for a causa, o seu cachorro irá negar todo e qualquer tipo de comida.

Além disso, dores de dente também podem afetar o seu cãozinho. E não é só nos humanos que esse tipo de dor é um verdadeiro incomodo, viu? Uma dor de dente canina pode fazer com que seu bichinho tenha dificuldades na mastigação e, em consequência disso, não conseguir comer.

Nesses casos, a melhor escolha é, sem dúvida, levar o seu animalzinho a um médico veterinário para ser examinado. Somente um veterinário poderá passar a medicação e os cuidados corretos, independentemente do problema de saúde do seu animal.

2. Os cães de porte pequeno não devem ficar muito tempo sem comer

Não apenas os cachorros de raças toy, como o pinscher ou o chihuahua, como também os filhotes, apresentam pouca reserva de gordura no corpo. Por isso, no caso de ficarem mais de 12 horas sem ingerir algum alimento, eles têm mais facilidade e probabilidade de sofrer hipoglicemia.

3. O que eu faço quando o meu cachorro não quer comer?

cachorro

Foto: Freepik

Quando o seu cachorro não quiser comer, experimente oferecer a ele pedaços magros de carne de frango ou carne. A partir disso, você poderá perceber, de fato, se é apenas insatisfação com os alimentos ou algo a mais.

No entanto, se caso o seu cão estiver com dores de dente ou dificuldades de mastigação, ofereça a ele papinha de bebê que tenham a carne em sua composição. Se você não tiver a papinha a sua disposição, adicione caldo de frango ou água morna nos alimentos secos, como a ração.

Tente oferecer a comida na mão. Alguns só ingerem algum alimento quando estão doentes desta maneira. Aliás, tente alimentos que tenham um bom cheiro ou aqueles produtos enlatados que são feitos especialmente para cães.

4. Dicas para manter o seu cachorro com uma boa alimentação

ansiedade de separação

Foto: Freepik

Se caso você não esteja se perguntando “meu cachorro não quer comer, o que fazer?”, mas deseja manter o apetite do seu cão e prevenir algum tipo de problema, certifique-se de que a saúde do seu pet está em dia.

Além disso, veja se ele não sofre de ansiedade. Pois, cães com ansiedade também podem sofrer com problemas de apetite. Esses problemas de ansiedade podem acontecer, sobretudo, quando o cachorro fica sozinho em casa por um longo período.

A ansiedade é desenvolvida quando eles ficam esperando por um dos donos chegar de forma quase que obsessiva, chorando e latindo para tentar chamar a atenção de alguém e, em consequência, você volte por isso. É necessário, também, que cuide desse tipo de atitude.

Dica para amenizar a ansiedade do seu cão

Caso o seu cachorrinho apresente sintomas de ansiedade, tente dar a ele brinquedos em que haja a interação. Ursinhos e roupas que tenham o seu cheiro também são ótimas pedidas para aqueles longos períodos longe do seu pet.

5. Cuide do seu cãozinho

Esteja atento quando o seu cãozinho apresentar algum problema com relação a alimentação.

Por fim, lembre-se que você é o tutor dele e é o seu dever cuidá-lo e protegê-lo. O seu cão vê em você um porto seguro. Não deixe de cumprir esse papel.

Além disso, o amor que eles nos oferecem recompensa todo e qualquer tipo de cuidado que tenhamos que ter com eles. Não esqueça que o seu bichinho estará com você nas horas boas e nas ruins. Não é à toa que o cachorro é visto como o melhor amigo do homem!

O que se deve saber sobre o banho e tosa?

por Handreza Hayran — publicado 12 ago 2019 - 9:45

banho do cachorro

O banho e tosa são essenciais. Se acaso você tem um animalzinho de estimação e deseja saber mais sobre o assunto, então acompanhe esse artigo e saiba mais sobre a prática, tão importante para o seu pet.

O banho e tosa é muito útil e importante. Isso porque todo o pet precisa de uma boa higiene para manter-se sempre limpo. Mas, é claro que nem sempre os donos têm tempo de fazê-lo em casa. Ou então, o animal apresenta uma quantia tão grande de pelos que fazer esse trabalho em casa pode ser algo difícil.

Aliás, esse trabalho não é tão simples quanto se pensa. Os profissionais que trabalham com esse tipo de serviço necessitam de capacitação. Por isso, não se engane em pensar que é apenas um banho e um simples aparo nos pelos.

O que se deve saber sobre o banho e tosa?

Para que você se sinta mais seguro, é extremamente importante que você saiba mais sobre o assunto. Assim, você não terá muitas preocupações sobre o assunto.

1. A frequência do banho e tosa de um cão é diferente ao de outro

filhote

Isso porque tudo depende da raça, do tipo de pelagem do seu cão e outros fatores. Por isso, não leve em consideração a frequência do banho e tosa de outro cachorro.

Além disso, apesar da higiene ser muito importante, ainda assim não dever ser feita demasiadamente. Se a higiene for feita de forma excessiva, o banho e tosa podem trazer problemas de saúde para o seu cãozinho, algo que você com certeza não quer.

Outro fator a ser levado em consideração é de que esse momento pode ser estressante ao seu animalzinho. Isso em razão de ele estar em um ambiente desconhecido e longe do seu amado dono. Este é outro motivo para que o banho e tosa não seja feito com muita frequência.

2. Não faça os serviços de banho e tosa em seu pet se você não souber como fazer

Lembre-se de que seus animais não são suas cobaias. E que, além disso, as pessoas responsáveis pelos banho e tosa em um estabelecimento específico pra isso possuem formação.

Aliás, um banho inadequado pode fazer mal a saúde do seu bichinho. Alguns animais apresentam alergias à certos produtos utilizados em banhos e tosas. O seu pode ser um desses, então todo o cuidado é pouco. Como dito anteriormente, um estabelecimento de banho e tosa tem um médico veterinário responsável, ele poderá ajudar o seu pet.

3. Os filhotes demandam mais cuidados quando se trata de banho e tosa

banho

Os primeiros banhos do seu animalzinho devem ser feitos em casa. Isso porque os filhotes têm mais medo e ficam mais estressados em um local diferente e estranho do que os adultos. Não é necessário sujeita-lo a isso em um primeiro momento.

Aliás, não comece a dar banhos em seu bichinho muito cedo. Espere que ele tenha, no mínimo, 2 meses completos. Assim, intoxicação ou alergia aos produtos usados serão menos graves caso ocorram.

Vale lembrar, inclusive, que para que ocorra o primeiro banho e tosa do seu filhote em um estabelecimento é inegavelmente necessário que ele esteja com as vacinas e o vermífugo em dia. Isso porque ele estará em contato com outros cães que, talvez, tenham algum tipo de doença.

4. Há uma série de cuidados a serem tomados pelo profissional responsável

Esses profissionais, que geralmente são chamados de auxiliar de veterinário ou de técnico veterinário, devem tomar uma serie de cuidados ao realizarem banhos em todos os animais. Usar luvas e mascaras, por exemplo, são cuidados essenciais e não devem ser esquecidos.

Além disso, ele não deve, em hipótese alguma, deixar um animal desassistido. Aliás, o local de banho e tosa deve estar devidamente limpo, bem como a gaiola em que o animal ficar.

E por falar em gaiola, não se deve colocar animais de famílias diferentes em uma mesma gaiola, nem mesmo deixar que o animal se seque nela. Para a secagem do animal o secador deve ser usado, mas com o cuidado adequado com a distância e o tempo adequados também.

5. Como procurar o banho e tosa ideal para os meus animais de estimação?

banho e tosa

  • Procure perguntar aos seus amigos e conhecidos sobre indicações de banho e tosa. Ou, se caso não for possível, pesquise na internet e veja o que as pessoas falam sobre os estabelecimentos. Um local mal falado na internet não deve ser opção em nenhum momento.
  • Procure fazer uma boa pesquisa a fim de saber sobre o lugar. Mesmo que seja possível fazer pelo celular, procure visitar o lugar com a desculpa de perguntar o preço. Desta forma, é possível que você conheça o estabelecimento e forme uma primeira impressão sobre o local.
  • Não se esqueça que é de extrema importância que você conheça e confie no local onde seus animais de estimação terão os serviços de banho e tosa. Afinal, não e trata apenas de um banho, mas sim de um cuidado de saúde.

Além disso, se caso você perceber que o banho e tosa em questão não respeitam as normas, procure a vigilância sanitária. Assim, você estará fazendo a sua parte e alertando, de forma indireta, aqueles donos desavisados que levam os animais lá.

6. Quantas vezes meu cachorro deve tomar banho?

cachorrionho

  • Tomar banho uma vez por mês funciona para a maioria dos cães.
  • Cães com uma pelagem oleosa, como Basset Hounds, podem precisar de banho com a frequência de 1 vez por semana.
  • Muitas raças de pelo curto com pelagem lisa, como Beagle e Weimaraners, se dão bem com banhos menos frequentes.
  • Raças com pelos repelentes de água , como Golden Retrievers e Great Pyrenees , devem ser banhadas com menos frequência, de modo a preservar seus óleos naturais.
  • Cães com pelos grossos e duplos, como o Samoiedas, Malamutes e outras raças, se dão melhor com menos banhos e muita escovação extra, que se livra de pelos soltos e mortos e ajuda a distribuir óleos naturais.

O cuidado com o animal de estimação é essencial

cachorro

No momento em que você decide ter um animal de estimação, você está, portanto, assumindo compromissos. Os animais são como crianças. Eles merecem atenção, cuidado, banho e todo amor.

Não adote um animal se você, de fato, não estiver pronto para isso. E se caso estiver, tenha em mente que haverá gastos com os cuidados a serem feitos. Mas, saiba que esses gastos e cuidados são recompensados com o amor que eles têm a oferecer.