Após o resgate dos 135 cachorros feitos pelo Instituto Luisa Mell, outro grande resgate é feito por ONGs de proteção animal aqui no Brasil. 71 cãezinhos foram resgatados de uma só vez em uma feira ilegal em Duque de Caxias, no Rio de Janeiro.

Duas ONGs do Rio, a Paraíso dos Focinhos e Pata Amiga, em uma parceria com a Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA), foram até uma feira clandestina, onde encontraram diversos filhotes de cachorros em situação imprópria, muitos deles sem água e nem comida.

71 filhotes foram resgatados de feira ilegal. (Foto: Reprodução / G1)

71 cãezinhos de raça foram resgatados durante a operação, que contou ainda com a ajuda de dois cuidadores autônomos de animais abandonados. Muitos dos animais estavam doentes e ainda não tinham recebido as devidas vacinas.

Entre os filhotes estavam animais de apenas um mês de vida, idade em que ainda deveriam estar mamando e não se distanciar de suas mamães. Além disso, os pequenos cães estavam expostos a um forte sol e sem a proteção adequada. Alguns bebês chegaram a desmaiar e precisaram receber cuidados de emergência.

Após o resgate, os animais foram distribuídos entre algumas ONGs do Rio de Janeiro, onde estão recebendo todos os cuidados médicos que precisam e vão aguardar decisão judicial sobre seu futuro. Sendo assim, eles ainda não estão disponíveis para adoção.

Muitos dos animais estavam sem vacinação e até bem doentes. (Foto: Reprodução / G1)

Agora as ONGs estão precisando de doações para cobrirem as despesas médicas dos cãezinhos e para fornecer alimentação para todos estes animais. Para ajudar você pode clicar aqui e ir para a página criada para doações via internet.

Os donos dos filhotes, que também disseram ser os organizadores da feira, não apresentaram nenhum tipo de documentação dos cachorros, nem mesmo carteiras de vacinação, e foram encaminhados para prestar depoimento.

Fonte: G1