Primeiro Staffordshire Bull Terrier a se tornar um farejador da polícia.

 

Kos se tornou o primeiro cão farejador da raça Staffordshire Bull Terrier a trabalhar para a polícia britânica, quebrando paradigmas e desafiando os preconceitos com a raça.

Com passado difícil, Kos vivia em um abrigo e foi doado para a polícia há 18 meses atrás pela RSPCA. Desde então, começou seu treinamento com o adestrador PC Lee Webb, e hoje, o cão policial trabalha detectando drogas, armas e dinheiro. Em seu primeiro dia de trabalho ele já começou muito bem, conseguindo achar um pacote contendo heroína.

Geralmente, leva-se em torno de 6 semanas para completar o treinamento, e então espera-se que os cães trabalhem de 6 a 8 anos. Kos levou alguns meses para ser treinado, não por aprender devagar, mas porque PC Webb só podia dedicar seu tempo livre para o treinamento.

Para ser um cão farejador, é preciso ter uma habilidade acima da média para procurar e grande determinação para brincar de fetch.

 

PC Webb e Kos.

 

Segundo declaração de PC Webb para o Daily Mail:

 

Como muitas raças, os Staffies podem ser manchados com uma reputação ruim, o que é injusto. Kos é  o cachorro mais gentil de todos. Ele sempre é brincalhão e absolutamente ama o jogo da busca.

 

Os Springer Spaniels ou Weimaraners são escolhas mais comuns, levando em consideração o temperamento que é ideal para o nível extremo de controle necessário para se tornar um farejador.

Pc explica como se dá o treinamento:

 

Nós começamos com brinquedos para trabalhar os odores, então associamos o trabalho a uma brincadeira.

 

Hoje, Kos vive com PC Webb e seus outros 2 cães, Spaniels, que estão em treinamento para se tornarem farejadores de drogas.

 

Se ele não tivesse sido realojado, ele poderia ter sido eutanasiado, já que os Staffies possuem má reputação. Há outros cachorros por aí com o potencial e que poderiam ser usados e é uma pena que as pessoas não os dêem uma chance.