Comer cocô nem sempre significa problema, pode ser um hábito adquirido. Ao observá-la limpando o chão, seu cachorro pode querer ”ajudá-la” ingerindo as próprias fezes. Às vezes, o cocô pode conter odores parecidos com os alimentos que ele consome, levando-o a ter esse comportamento.

Em ambos os casos, por pior que seja, tenha paciência! Evite retirar as fezes na frente do seu cão e dê recompensas apetitosas (como bifinhos para cães) quando ele fizer suas necessidades no lugar sem comê-las. Introduza sementes de mamão em sua dieta – elas deixam o cocô amargo. Se isso continuar por vários dias, procure um veterinário.

Fonte