Neste artigo, você vai conhecer as raças de cachorros calmos para ter em casa. Seja se você mora em apartamento ou casa térrea com pátio, alguma dessas raças poderá fazer parte do seu dia a dia de maneira muito serena.

No entanto, é importante entender também que essas não são a únicas raças calmas. Na verdade, todas as raças podem ser calmas do ponto de vista de energia e adestramento. Algumas mais, outras menos. Mas todas podem ser equilibradas. E depende do tutor.

Por isso, ao fim do artigo, veja também algumas dicas práticas de como deixar o seu cachorro mais calmo. E assim, oferecer ainda mais saúde e qualidade de vida a ele.

Acompanhe!

Conheça essas raças de cachorros calmos

As raças de cachorros calmos que você pode ter em casa são inúmeras. Desde cães de maior porte, como o Golden Retriever, até cães menores, como o Pequinês.

Veja a nossa lista (que não necessariamente vai do mais calmo para o menos calmo):

  • Mastiff.
  • Maltês.
  • Basset Hound.
  • Bulldog inglês.
  • Cavalier King Charles Spaniel.
  • Pequinês.
  • Dogue Alemão.
  • Golden Retriever.

Quer conhecer mais de perto cada uma dessas raças? Então você não pode deixar se ler mais sobre as características delas. Abaixo, saiba mais sobre cada uma das raças de cachorros calmos da lista acima.

Raças de cachorros calmos  – Mastiff

O Mastiff é um cão de médio/grande porte e que pode impor respeito aos desavisados. Afinal, ele é imponente e muito forte. Características que podem assustar em determinadas situações.

No entanto, suas características físicas não representam necessariamente o seu temperamento. Afinal, o Mastiff é um cão muito calmo, tranquilo e bem-humorado. É ótimo para quem quer um cão descontraído e alegre. É uma das raças de cachorros calmos que com certeza você quer ter em casa.

Além disso, é um cão muito educado e que gosta de ouvir o seu tutor. Mas pra isso, ele precisa de um ambiente grande o suficiente. Caso contrário, o Mastiff poderá se sentir preso e, assim, não vai gastar a energia do jeito que deveria gastar.

O Mastiff até é muito calmo, tranquilo e alegre. No entanto, ele não é um cão muito afetivo. Ou seja, ele não vai ficar pedindo carinho a toda hora. Ele fica mais na dele, em posição de guarda, sempre para proteger a família.

Maltês

raças de cachorros calmos

Cão Maltês – Foto: Freepik

Se você busca um cachorro de colo e calmo, o Maltês pode ser uma ótima opção. Ele é muito tranquilo quando está com a energia dosada e, por isso, os tutores que buscam raças calmas certamente farão uma ótima escolha.

No entanto, o Maltês, embora pareça “frágil” por ser de colo, é um cão que tem uma energia muito grande para agir de maneira instintiva. Ou seja, de maneira selvagem. Ele adora correr e brincar e, por isso, você precisa suprir essa necessidade para que ele seja calmo em outros momentos.

Se o Maltês não for socializado, ele pode ser muito rabugento com outros cães e pessoas estranhas. Inclusive, latir muito é uma de suas características, quando se sente incomodado.

Caso você queira ter um Maltês, saiba que ele precisa ter um ambiente enriquecido para não ser um cão desequilibrado.

Raças de cachorros calmos – Basset Hound

basset hound

Basset Hound – Foto: Freepik

Se tem um cão que pode definir bem o conceito de “calmo”, é o Basset Hound. Ele é muito tranquilo, não tem muita energia pra correr por aí e também não é muito chegado em brincadeiras.

Inclusive, essa calmaria toda precisa ser dosada para não cair na área do sedentarismo. O que pode ser bem prejudicial para o dog, visto que o sedentarismo ajuda a trazer doenças em geral.

Ele é muito humorado e amável com outros animais. No dia a dia não é difícil notar a lentidão que o Basset Hound leva a vida. Ele gosta de farejar, mas faz isso no tempo dele. Inclusive, se você deixar, ele vai farejar até onde puder. Portanto, ter um portão bem fechado é importante.

O Basset Hound é lindo será muito fácil de conviver no dia a dia.

Bulldog Inglês

bulldog inglês

Bulldog Inglês – Foto: Freepik

O Bulldog Inglês é mais um daqueles cães que conseguem impor respeito só pela sua postura. Afinal, ele tem uma postura muito forte e imponente, o que deixa um desavisado com medo.

No entanto, o Bulldog Inglês é muito amável. Você passará boas horas rindo das coisas que ele faz, pois é um cão que quer sempre agradar o tutor.

Para lidar bem com seu Bulldog Inglês, você precisa entender que ele é um cão teimoso. Caso contrário, você vai interpretar determinadas situações como desrespeito ou um cão difícil. Portanto, saber lidar com a teimosia é muito importante.

Apesar de calmo, o Bulldog Inglês não gosta muito de outros cães e pessoas estranhas. Ele até pode conviver, mas precisará de bastante socialização para entender que está tudo bem.

Se você quer ter um Bulldog Inglês, prepare-se para boas horas de adestramento.

Cavalier King Charles Spaniel

cavalier

Cavalier – Foto: Freepik

Muito fofo e tranquilo, o Cavalier é um cão feito para os tutores que buscam raças de cachorros calmos. Se você quer um cachorro que ama a presença do tutor, o Cavalier certamente é uma ótima opção. Ele vai querer passar horas no seu colo, se você deixar.

Em ambientes ao ar livre, o Cavalier pode reagir de maneiras inesperadas. Afinal, eles adoram correr e brincar, pois está no seu instinto de caçador e explorador.

No entanto, por mais que o Cavalier seja extremamente calmo, ainda assim, você precisa gastar bem a energia dele. Se não fizer isso, o seu cão poderá ser sedentário, o que não é bom.

Raças de cachorros calmos – Pequinês

pequinês

Pequinês- Foto: Freepik

O Pequinês, como seu nome sugere, é realmente pequeno. No entanto, tamanho não é documento se você quiser um cão de guarda e muito astuto. O Pequinês é esse cão.

É um cachorro muito brincalhão, mas que precisa de adestramento e socialização, assim como todas as raças. Ele não gosta muito de carinho e não vai fazer questão de passar horas no seu colo, como outros cães dessa lista.

Por ser pequeno, muitas pessoas podem pensar que o Pequinês é inofensivo. Mas quando ele se vê em apuros, pode apostar: ele vai se defender ou defender o tutor.

Tudo isso pode ser dosado e equilibrado quando você oferece um ambiente enriquecido e com bons estímulos no dia a dia.

Dogue Alemão

raças de cachorros calmos

Dog Alemão – Foto: Freepik

É um cão de grande porte que você quer? Então, o Dogue Alemão pode ser uma das raças de cachorros calmos que com certeza vai te conquistar.

Ele está na posição 48 do ranking de inteligência canina e é muito apegado ao tutor. Seu porte físico imponente e musculoso tende a afastar pessoas desavisadas. E por isso, ele também é um bom cão de guarda.

No entanto, é muito gentil e carinhoso. É um cachorro de grande porte que vai buscar sempre pela descontração do tutor. Além disso, é também tranquilo com outros cães, desde que socializado para isso.

Se você quer um cão fácil de treinar, o Dogue Alemão certamente será uma boa alternativa. Você vai adorá-lo tê-lo em sua família.

Raças de cachorros calmos – Golden Retriever

raças de cachorros calmos

Golden Retriever – Foto: Freepik

E por fim, temos o Golden Retriever como uma ótima opção de cachorro calmo e tranquilo para ter em casa. Ele é extremamente inteligente (posição 4 do ranking) e é o amigão de todos. Ele não abre mão (ou pata) de ser amigável. É muito companheiro.

No entanto, é muito importante que a raça tenha acesso a exercícios físicos todos os dias. Caso contrário, o cão não terá um gasto de energia adequado e, portanto, poderá ter comportamentos ruins.

A saúde mental também precisa ser considerada, visto que o Golden Retriever é muito inteligente e precisa de desafios e brincadeiras interativas.

Você vai se apaixonar pelo Golden Retriever como uma das raças de cachorros calmos!

Dicas para deixar um cachorro calmo (independente da raça)

Todos os cães podem ser calmos e tranquilos. Algumas raças, claro, vão ser mais agitadas do que as outras. Entender sobre a raça que você tem em casa é fundamental.

No entanto, todas as raças podem ser calmas, desde que socializadas, adestradas e com exercícios em dia. Como fazer isso? Veja algumas dicas:

Gasto de energia constante

Gastar energia constantemente é fundamental para todos os cães. É isso que vai ajudá-los a ter os estímulos instintivos que precisam e, assim, descansarem nos momentos propícios.

Alimentação adequada

Se você oferecer uma alimentação desequilibrada ao seu cão, isso será refletido na saúde e na energia. Excesso de calorias tendem a deixar o cão, além de obeso, agitado demais. Faça um controle nutricional adequado.

Socialização desde filhote

Socializar o cachorro é importantíssimo para que ele se sinta bem em vários ambientes. Apresentá-lo a outros cachorros e pessoas é fundamental para a saúde mental e física do pet. E consequentemente, ele terá uma tendência a ser mais calmo.

Adestramento e comandos básicos

Ensinar comandos básicos e adestrar o cachorro também precisa estar na sua rotina e na rotina do dog. Leia mais sobre o assunto: Como adestrar filhotes – Com ou sem punição?

Rotina

E por fim, rotina: cães amam rotina. Estabeleça uma rotina bem definida de passeios, alimentação, brincadeiras e soneca. Isso vai deixar seu pet mais calmo e tranquilo.