O que fazer quando o cachorro comeu papel? Esta é uma das dúvidas mais comuns de tutores. Afinal, nós sabemos: o cachorro é extremamente curioso o pode querer se divertir mesmo com aquilo que poderá lhe fazer mal, como insetos, animais e um simples e humilde papel no chão. Sim, o papel pode ser muito danoso para a saúde do seu cãozinho.

E hoje, vamos entender melhor o que você pode fazer para evitar com que o seu cachorro sofra caso ele engula papel. Na verdade, não existe receita mágica ou um passo a passo do que fazer. O que existe, é procedimento de segurança para evitar que aconteça e, se acontecer, buscar um veterinário o quanto antes. Estas são as recomendações mais básicas. Mas, vamos entendê-las de forma mais completa a partir de agora. Acompanhe!

cachorro comeu papel

Cão comendo papel – Foto: Freepik

Cachorro comeu papel – E agora?

Nós sabemos: Os cães adoram rasgar papel e brincar com bolinhas ou mesmo rolos de papel higiênico. Esta é uma prática extremamente comum e muitas vezes até “gostamos” que eles encontrem as próprias brincadeiras. Seja em um momento de trabalho ou mesmo de outra atividade, acaba sendo “confortável” deixar o animal fazer o que ele quer. Mas, aqui vai o alerta: isto pode ser muito perigoso para a saúde e a qualidade de vida do bicho.

Simplesmente pelo fato de deixar o cão livre, ele poderá não só desenvolver comportamentos negativos no longo prazo, como ele poderá se meter em apuros. Então, esteja sempre atento ao que o animal está fazendo e, de alguma forma, tenha controle sobre isso. Se o cachorro comeu papel, por exemplo, ele poderá sofrer com a digestão ou até mesmo ter complicações. Veja a seguir.

O material pode ser eliminado pelo próprio corpo

Antes de mais nada, precisamos entender que o próprio corpo possui um sistema digestivo eficiente. Ou seja, é muito provável que a ingestão de papel em baixas quantidades pode facilmente ser digerido pelo sistema digestivo do cão. Neste caso, você não precisaria se preocupar, pois há um processo de eliminação de corpos estranhos. Mas, claro, antes de isto acontecer, o cachorro pode sofrer.

Da mesma forma que alguns cães possuem alergias para alguns alimentos, a maioria deles também vai estranhar o consumo de corpos estranhos de natureza flexível e leve, como o papel. No caso de outros tipos de corpos estranhos, o corpo poderá ter uma rejeição ainda maior. No caso de papel, pode haver a digestão natural e, talvez, você nem mesmo fique sabendo que o cachorro comeu papel.

Mas claro, isto não significa que você pode simplesmente negligenciar o dia a dia do seu pet, ok? Esteja no controle do que o animal interage e consome. É o seu dever como tutor.

cachorro comeu papel

Cãozinho posando para foto – Foto: Freepik

Sintomas e problemas comuns de cães que comem papel

Como a maioria dos problemas avisam de alguma forma que estão presentes, o consumo de papel também pode avisar. Então, fique atento caso seu cãozinho demonstre alguns destes sintomas do dia para a noite. Certamente, eles querem indicar alguma atividade desconhecida no organismo e você precisa dar atenção.

Azia

A azia é difícil de ser identificada. O cachorro pode latir, vomitar, sentir-se ansioso e uma série de outras situações. Mas, ela é um dos principais indicadores de uma possível ingestão de papel. Afinal, o estômago começa a produzir gases para conter este corpo estranho de forma descontrolada. E isto pode ser sentido pelo animal.

Prisão de ventre

A prisão de ventre também estará presente no dia a dia do que cão que comer papel. Então, fique de olho. Se você desconfiar que o animal possa ter comido papel, é importante reparar na frequência que ele vai ao banheiro e se de fato está tudo normalizado.

cachorro comeu papel

Cão comendo papel – Foto: Freepik

Vomitos

Se o cachorro estiver vomitando, é sinal de que algo está errado. E se estes vômitos ocorrerem com frequência ou mesmo com a presença de sangue ou outros compostos orgânicos, é fundamental a procura de um veterinário.

Falta de apetite

A falta de apetite é um dos sinais mais clássicos e claros de que algo está errado. Se o cachorro comeu papel, certamente ele se sentirá estranho, principalmente se a quantidade for significante. Esta sensação de estranheza, então, tirará o apetite do animal.

Dificuldade para ir ao banheiro

Este fato está também ligado a prisão de ventre. A dificuldade para ir ao banheiro, mesmo que para fazer xixi, pode estar relacionada com a insegurança ou sensação de incômodo que o cão está sentindo, mesmo que não tenha ligação com o sistema urinário.

Dor abdominal

Dores abdominais estão presentes no dia a dia de cachorros que comem papel em excesso. E este último sintoma é reflexo de todos os outros. Quando soma-se azia, prisão de ventre, vômitos em excesso e tantas outras coisas, as dores abdominais tendem a aparecer com mais frequência.

Veja aqui como identificar dores em cães.

cão no veterinário

Cão no veterinário – Foto: Freepik

Papéis com tinta podem ser tóxicos para o organismo

Se o cachorro comeu papel, uma série de problemas podem aparecer até o intestino digerir e o próprio corpo eliminar, conforme mencionamos anteriormente. Porém, há um agravante nesta situação: se o cão ingerir papel com impressão ou tinta de caneta, o problema pode ser maior. Afinal, há substâncias químicas e extremamente tóxicas na tinta. E isto faz com que todos estes sintomas possam aparecer de forma potencializada.

Então, esteja sempre no controle e na liderança do seu cãozinho. É importante ter todos estes fundamentos devidamente entendidos para que o cachorro não sofra.

Evite acidentes – Não deixe papel ao alcance do animal

E por fim, para evitar este tipo de complicação no dia a dia, evite que o cão coma papel. Como? Deixando o papel longe do alcance deles. Então, feche portas de banheiros, não deixe folhas em cima da mesa de forma acessível e mantenha lixos e materiais descartados em recipientes fechados. Evitar acidentes domésticos com cães é a melhor forma de fazer com que seu cachorro sinta-se mais feliz e tenha qualidade de vida no dia a dia.

Cuide do seu pet!