Aprender como fortalecer os ossos do cachorro é, sem dúvida nenhuma, uma das melhores alternativas para quem busca cuidar do cachorro da forma certa. Afinal, esta é uma daquelas situações “escondidas” e que dificilmente é enxergada antes de dar algum problema. E por isso é tão importante a construção do diálogo e o consumo de informações sobre a saúde do seu dog.

No artigo de hoje, vamos esclarecer um pouco mais este assunto, para que você possa ter um cachorro saudável e ativo durante toda, ou boa parte, da vida dele. Continue a leitura.

Como fortalecer os ossos do cachorro? Veja algumas dicas legais

Como fortalecer os ossos do cachorro

Cachorro correndo – Foto: Freepik

Existem muitas formas de como fortalecer os ossos do cachorro. Porém, de maneira disparada, podemos afirmar: a melhor forma de fazer isso é com a prevenção. Ou seja, fazendo com o que seu dog possa ter uma vida saudável, de maneira que estes problemas ósseos não sejam efetivamente um problema no futuro.

É claro que existem excessões. Afinal, um cachorro idoso, por exemplo, pode sim desenvolver algumas complicações relacionadas a estrutura óssea. Isto é bem comum, principalmente, naqueles animais que não receberam um tratamento adequado de saúde enquanto eram jovens. Ou, ainda, pode ser que o animal já tenha alguma pré-disposição de problema ósseo.

No entanto, como a prevenção é o melhor remédio, vejamos algumas boas dicas para aumentar a resistência e a flexibilidade dos ossinhos dos nossos melhores amigos.

  • A alimentação é fator primário para a qualidade de vida dos cães;
  • Vitaminas são excelentes suplementos para fortalecer os ossos do cachorro;
  • Exercícios físicos e movimentos ajudam a criar resistência óssea;
  • Procure ajuda e tratamento veterinário para cães com pré-disposições a problemas ósseos;

Falaremos especificamente sobre cada um destes itens acima, a partir de agora, de forma mais detalhada. Então, continue lendo para se aprofundar no tema e conseguir, de uma vez por todas, entender como fortalecer os ossos do cachorro.

A alimentação é fator primário para a qualidade de vida dos cães

Tudo começa pela alimentação. Você certamente já ouviu aquela expressão, que diz: “a gente é o que a gente come”, certo? Pois bem, isto é válido também para nossos melhores amigos caninos. Afinal, a alimentação é o que dará o ritmo para todo o desenvolvimento do corpo do animal: células, órgãos e articulações precisam de nutrientes suficientes para se manterem ativos.

Então, procure por um profissional de alimentação animal para ajudar neste processo, de modo que você possa oferecer uma dieta balanceada ao seu cão desde muito jovem.

Mas, não se desespere: uma alimentação balanceada não significa, necessariamente, que você precisará cozinhar todos os dias para o cão. Às vezes uma ração completa e nutritiva pode ser o suficiente para aquela fase da vida do cão.

Alimentos ricos em cálcio, por exemplo, vão constituir uma estrutura óssea muito resistente para os cães no médio e longo prazo. O que é algo que certamente vai ajudar o animal a não ter nenhum problema nas articulações, como a artrose canina.

Vitaminas são excelentes suplementos para fortalecer os ossos do cachorro

Como fortalecer os ossos do cachorro

Cão deitado – Foto: Freepik

Se você já tem um cão mais velhinho ou mesmo um jovem-adulto, talvez seja uma boa ideia começar a pensar em alguma suplementação de vitaminas para o animal.

No entanto, é bom que fique claro: este tipo de conduta deve ser aprovada por um veterinário. Ou seja, você não pode simplesmente comprar qualquer vitamina e dar ao dog. Isto pode ser bem grave para a saúde dele, ok?

Veja algumas exemplificações do que cada vitamina pode ajudar no corpo e organismo do cachorro:

  • Vitamina A: É antioxidante. Ajuda a combater radicais livres e também ajuda a reduzir os problemas que eles causam. É uma excelente fonte de prevenção para que o cão não perca sua mobilidade e não tenha problemas articulares.
  • Vitamina C: A cartilagem é um importante componente presente nas articulações do cachorro. E por isso, ela precisa receber a manutenção correta para que nunca falte. E a vitamina C ajuda justamente nisso.
  • Vitamina D: E por fim, talvez a mais importante de todas elas, pois a vitamina D é fundamental para que o cálcio seja corretamente absorvido pelo corpo do cachorro.

Exercícios físicos e movimentos ajudam a criar resistência óssea

Como fortalecer os ossos do cachorro

Cãozinho com seu ossinho – Foto: Freepik

Outra dica bem importante para que você aprenda como fortalecer os ossos do cachorro, é fazendo muitos exercícios físicos com o animal. Isso mesmo, os exercícios físicos são excelentes fontes de nutrientes e fortalecimento dos ossos, uma vez que sem isso, os cães podem facilmente perder a mobilidade e a flexibilidade quando em idade mais idosa.

Portanto, crie uma rotina bem interessante e atraente para você e para o cachorro. Nada de criar um cão sedentário, ok? Pequenas atividades durante o dia, todos os dias, já podem ser suficientes para que a saúde do animal (e a sua) fiquem em dia. Brincar de bolinha, sair para passear, correr ou andar de bicicleta são algumas alternativas divertidas.

Importante: se você tem um cão que já tem problemas ósseos, esta dica não pode ser levada em consideração, ok? Afinal, esta é uma dica de prevenção. Se o seu cachorro tem problemas ósseos ele precisa de um tratamento especializado. Não force atividades físicas, pois isso pode prejudicar ainda mais o cachorro.

Leia também: Ortopedista para cachorro: quando procurar?

Procure ajuda e tratamento veterinário para cães com pré-disposições a problemas ósseos

E por fim, atente-se para situações em que o cachorro já pode desenvolver algum problema ósseo. O conhecimento e as informações, neste caso, podem salvá-lo de algum problema mais grave no futuro.

Afinal, como você sabe, alguns cães tem, sim, predisposições para algumas doenças nas articulações. E para te ajudar, fizemos um guia com algumas situações que devem ser observadas de perto:

  • Se o cachorro sofreu algum traumatismo, leve ele para uma consulta;
  • Cachorros idosos podem ter problemas ósseos;
  • Cachorros obesos precisam de uma atenção especial;
  • Cães de grande porte tendem a sofrer com sua estrutura óssea;
  • Animais esportistas precisam de um acompanhamento de perto;

Cuide de seu dog!