Será que ter um convênio para cachorro vale a pena, ou é apenas um dinheiro que poderia ser investido no cãozinho de outra maneira?

Bom, pra responder isso, precisamos fazer um panorama geral sobre o quanto é importante cuidar da saúde do seu pet e como isso vai fazê-lo ter uma vida mais feliz e longeva.

Ou seja, tudo que você puder fazer para aumentar a expectativa de vida do seu cãozinho, faça. Não há investimento melhor do que esse. E um plano de saúde ou convênio para cachorro, claro, se encaixam perfeitamente nisso.

Afinal, estamos falando de cuidados veterinários em geral, o que é fundamental para manter a qualidade de vida do pet.

Porém, ainda assim, é preciso pensar: será que realmente vale a pena, ou será que seria melhor guardar esse dinheiro para pagar tudo de maneira particular? Para entender, continue lendo. O Portal do Dog preparou um artigo completo, a partir de agora, sobre o tema.

Convênio para cachorro vale a pena?

convênio para cachorro

Veterinária com o cão – Foto: Freepik

Um convênio para cachorro pode ser uma excelente alternativa para quem quer cuidar do seu cãozinho de maneira exemplar.

Afinal, convenhamos: um plano de saúde é uma das melhores formas de viver mais tranquilo e ter a sensação de que estará protegido no médio e longo prazo, em caso de algum problema de saúde, certo? Certíssimo.

Porém, ainda assim, precisamos fazer ponderações. Afinal, contratar um convênio para cachorro de maneira aleatória, pode ser muito mais problemático do que uma ida ao veterinário particular.

Você precisa tomar cuidado para não contratar qualquer plano e, depois na hora de usar, se frustrar por não haver cobertura.

Para resolver isso, nossa primeira dica, é: leia o contrato e não deixe de perguntar tudo que você tiver dúvidas. Quanto mais adaptado for o plano de saúde para o seu doguinho, melhor.

Lembre-se que plano de saúde para cachorro é também um produto e, por isso, você não deve aceitar qualquer produto. Mas sim, aquele que realmente vai resolver um problema pra você, certo?

Por isso, em resumo, vale a pena contratar um convênio para cachorro. Desde que ele seja o convênio certo e que atenda muito bem todas as suas necessidades.

Para um comparativo mais justo, continue lendo. Abaixo, vamos entender um pouco mais sobre os custos para cuidar bem de um cachorro e como isso pode impactar no seu orçamento mensal.

convênio para cachorro

Veterinário com o cão – Foto: Freepik

Custos para cuidar bem de um cachorro

Os custos para cuidar bem de um cachorro podem ser bastante flutuantes. Afinal, tudo vai depender da raça que você escolheu, dos potenciais problemas que o cão pode vir a ter e por aí vai.

Muitos tutores não abrem mão de investir o quanto for para manter a qualidade de vida do doguinho sempre em dia. E isso é fantástico. Afinal, eles são os nossos melhores amigos.

No entanto, na hora de  contratar um convênio veterinário, essas contas precisam ser colocadas na mesa. A partir disso, você poderá ter uma melhor base para tomar suas decisões.

Veja abaixo alguns custos básicos que você poderá ter mensalmente para cuidar de um cãozinho (e depois, leia as ponderações para esses custos):

  • Consultas regulares: R$150.
  • Vacinas: R$100 cada.
  • Remédios/vermífugos em geral: R$50 por mês.

Esses são apenas alguns custos básicos e nem todos eles são mensais (como os vermífugos). Porém, você pode pegar a média que gastaria em um ano e dividir o valor pelo número de meses. Assim, você terá uma aproximação do quanto custa por mês para manter um doguinho.

Detalhe: esses custos são apenas veterinários. Há ainda todo o resto que envolve cuidados, bem-estar, alimentação e por aí vai. É por isso que é importante calcular tudo para, depois, comparar com um plano de saúde e verificar a viabilidade do mesmo.

Qual a diferença de fazer um convênio para cachorro ou guardar o dinheiro

Não adianta fugir ou fazer de conta que não existem: os custos veterinários vão existir e você precisa colocá-los dentro do seu orçamento mensal. Isso vai garantir que não haja surpresas desagradáveis ao decorrer da vida do cãozinho, uma vez que ele pode adoecer e precisar de amparo o quanto antes.

Por isso, além do convênio para cachorro, você ainda pode adotar uma outra alternativa viável: guardar um dinheiro mensalmente para situações de urgência veterinária.

Essa é uma ótima maneira de conseguir ter um respiro financeiro para quando seu cão precisar, mesmo que ele não tenha um plano de saúde.

A principal diferença entre guardar o dinheiro mensalmente ou pagar um plano de saúde, é que pagando o plano de saúde, você assume mais disciplina. Enquanto que guardar por conta própria, vai exigir muita responsabilidade, pois não é um “boleto” que você precisa pagar e ponto final.

Porém, claro, ter um convênio para cachorro também garante que o cãozinho tenha direito a vários procedimentos sem que você precise se preocupar com nada. O que também é ótimo, pois a saúde mental do tutor, nesse momento, precisa de equilíbrio e tranquilidade.

Dica: Faça uma cotação com alguma empresa de plano de saúde, verifique toda a cobertura e anote os valores. Depois, pegue essa mesma cobertura e consulte os valores de maneira particular em uma clínica veterinária.

Compare os valores e veja o que vale mais a pena pra você do ponto de vista financeiro: guardar o dinheiro ou contratar o plano.

convênio para cachorro

Cão na veterinária – Foto: Freepik

Vantagens de ter um convênio para cachorro

Existem muitas vantagens ao contratar um plano de saúde para o seu cachorro. E para te ajudar, separamos algumas das principais delas. Veja:

  • Menos preocupação no dia a dia.
  • Garantia de atendimento.
  • Qualidade de vida e longevidade para o pet.
  • Evita filas.

Entenda cada situação na prática, a partir de agora. Continue lendo.

Menos preocupação no dia a dia

Não há nada mais desconfortável do que ficar se preocupando todos os dias com a saúde do nosso cãozinho, não é mesmo? A gente quer que ele fique bem, porém, não há como prever o futuro para ter certeza disso. Só que essa ansiedade pode ser minimamente controlada com uma ferramenta bem interessante: o convênio para cachorro.

Sim, ao contratar um convênio para o seu cão, você ainda vai se preocupar com a saúde dele. Porém, de uma maneira mais tranquila, pois sabe que, se ele precisar de alguma coisa, há o plano de saúde para auxiliar. Isso gera tranquilidade.

No entanto, você precisa contratar um plano que realmente faça sentido para o seu cão. Considerar raça, idade, potenciais problemas de saúde e demais situações, antes mesmo de contratar o plano, é bem importante. Afinal, ter um plano que não cobre nada, pode gerar muita frustração quando o cãozinho de fato precisar.

Garantia de atendimento

Ao contratar um convênio para o cão, você terá garantia de atendimento para quando o cãozinho mais precisar. Ou seja, você não ficará “refém” do limite do seu cartão de crédito ou saldo na conta bancária. Afinal, o plano está sendo pago e deveria cobrir aquilo que o cão está precisando.

Essa simples sensação de que há garantia de atendimento, é bem importante para o cão receber o atendimento que precisa e, claro, para o tutor ficar mais tranquilo no dia a dia.

cão no colo

Segurando o cão – Foto: Freepik

Qualidade de vida e longevidade para o pet

Um bom plano de saúde para o cachorro vai garantir a ele mais qualidade de vida e longevidade. E não só porque ele poderá ser atendido com procedimentos garantidos.

Mas também, porque o tutor não vai adiar ou pular idas ao veterinário por motivos financeiros. Ou seja, é um estímulo bem importante para que o tutor cuide bem do seu cãozinho.

Como você sabe, os cães vivem muito menos do que nós, humanos. Por isso, quanto mais recursos colocarmos na saúde e bem-estar deles, mais longevidade os nossos melhores amigos terão. E essa longevidade será com saúde, o que é o mais importante.

Evita filas

E por fim, algumas clínicas veterinárias oferecem exclusividade para determinados planos de saúde. O que é ótimo, principalmente, para situações de emergência, em que o cão precisa de um atendimento extremamente rápido e ágil.

Esse tipo de situação é imprevisível e, justamente por isso, precisa de um amparo conveniente no momento.

Porém, claro, isso não significa dizer que a clínica veterinária não vai atender o seu pet emergencialmente mesmo se ele não tiver um plano de saúde, ok? O que acontece é que alguns planos tem atendimento exclusivo em determinadas clínicas.

Desvantagens de ter um convênio para cachorro

Agora que já entendemos as vantagens de ter um convênio para cachorro, precisamos entender também as desvantagens. Afinal, elas também existem e você precisa colocá-las na ponta do lápis para que tudo dê certo e o seu cãozinho possa, enfim, ter mais qualidade de vida.

Veja algumas desvantagens:

  • Alto custo em caso de vários cães.
  • Mensalidade que você paga (usando ou não).
  • As vezes o plano não vai cobrir tudo.

Continue lendo para entender em detalhes cada uma dessas situações.

a veterinária com o dog

Abraçando o cão – Foto: Freepik

Alto custo em caso de vários cães

Se você tem vários cães, talvez, não valha a pena ter um plano de saúde para eles. Afinal, você terá que pagar um plano para cada um deles e isso torna o valor, muitas vezes, inviável.

Muito embora haja a possibilidade de negociar uma melhor alternativa junto a operadora do plano de saúde, ainda assim, o valor pode ficar alto e não cobrir tudo aquilo que os cães realmente precisam.

Portanto, vale a pena ponderar e colocar na ponta do lápis todos os custos e todas as coberturas.

Mensalidade que você paga (usando ou não)

Outro fator importantíssimo que você precisa considerar ao contratar um convênio para cachorros, é o valor da mensalidade. Afinal, usando ou não usando o plano, você precisa pagar. E nem sempre o plano estará disponível logo após a contratação. Muitas vezes, há o período de carência para que você possa, de fato, usar o convênio.

Esse dinheiro da mensalidade, muitas vezes, poderia ser usado para um fundo de emergência exclusivo para o seu cãozinho. Vale a pena fazer contas para ver o que fica mais viável pra você.

Porém, cuidado: ao optar por guardar o dinheiro, você precisa bancar essa responsabilidade mensalmente, ok? Não pode guardar um mês sim, dois meses não. Regularidade é importante para garantir, de fato, que haja dinheiro quando o cão precisar.

As vezes o plano não vai cobrir tudo

E por fim, outra desvantagem importante que precisa ser considerada, é a cobertura do plano. Muitas vezes, um plano não vai cobrir tudo o que o cão precisa.

E nesse caso, você teria que pagar a parte determinados tratamentos e procedimentos. E isso, muitas vezes, inviabiliza ter o plano, pois você terá que pagar a mensalidade e ainda guardar dinheiro para potenciais emergências não cobertas.

Faças as contas do que você precisa e cuide bem do seu dog!