Manter o peso do pet é um fator determinante para que possamos oferecer uma melhor qualidade de vida ao animal. Não há como negar que o excesso de peso é um dos fatores mais predominantes no que diz respeito a doenças ou problemas de saúde. Afinal, um cachorro obeso tem muito mais chances de desenvolver doenças, do que um cão no peso ideal. Em termos de probabilidades, a gordura no organismo é uma forte aliada no desenvolvimento de várias doenças.

E justamente por isso, é mais do que importante que você, tutor, faça de tudo para manter o seu cachorro sempre no peso ideal. E isto pode ser feito de inúmeras formas. Mas nenhuma destas formas pode ser colocada em prática se algo importantíssimo não estiver em primeiro plano: conhecimento e informações. Portanto, no artigo de hoje, vamos abordar 5 passos práticos para que você possa ajudar o seu cãozinho a ficar sempre no peso ideal.

Acompanhe!

Manter o peso do pet

Cachorro filhote em fase de crescimento – Foto: Freepik

Manter o peso do pet – Veja 5 dicas que vão fazer toda diferença para manter seu pet saudável

Para manter o peso do pet sempre em dia, é muito importante que você tome atitudes bastante disciplinadas e regulares. E, talvez, estas duas palavras sejam as palavras-chaves mais importantes para que o processo de manutenção do peso do seu cãozinho: disciplina e regularidade. Afinal, é muito melhor que uma coisa positiva aconteça sempre e aos poucos, do que de uma vez só e nunca mais se repita. Por exemplo, vale mais uma caminhada curta com seu cão todos os dias, do que uma caminhada longuíssima e poucas vezes no mês.

É a partir deste conceito que elaboramos 5 dicas práticas que vão te ajudar a deixar a o seu cão sempre no peso ideal, de forma que ele possa ser um cão muito mais saudável no longo prazo e não contraia as tão temidas doenças, como a diabetes canina ou outras enfermidades causadas pela alimentação desregulada e obesidade canina. Veja:

  1. Nunca deixe seu cão passar fome – Cortar alimentos não é uma boa alternativa para mantê-lo no peso;
  2. A saúde mental do cãozinho é fundamental para que ele mantenha o peso ideal;
  3. A regularidade nas brincadeiras e caminhadas é melhor do que os excessos;
  4. Pode ser contraditório, mas dormir é uma atividade fundamental para manter o peso do pet;
  5. Leve o pet frequentemente ao veterinário para identificar e evitar doenças que podem trazer excesso de peso;

Se você não entendeu muito bem cada um dos tópicos acima, não se preocupe. Vamos entendê-los de maneira mais detalhada a partir de agora, para que você possa tirar todas as dúvidas e conseguir, de uma vez por todas, oferecer uma rotina mais saudável para que seu pet viva longos e incríveis anos ao seu lado. Acompanhe.

Nunca deixe seu cão passar fome – Cortar alimentos não é uma boa alternativa para mantê-lo no peso

Muitos tutores imaginam que para um cão perder peso ou mesmo manter a saúde em dia, é preciso cortar alimentos como forma de fazê-los emagrecer. Isto até é verdade. Afinal, continuar com a mesma rotina e esperar por resultados diferentes é algo bastante contraditório e que não faz sentido. No entanto, é muito comum que hajam erros graves do ponto de vista de balanço nutricional a partir do momento que você só corta os alimentos do animal, reduzindo porções e quantidades.

A alimentação do pet, seja uma alimentação natural ou mesmo uma alimentação baseada em rações premium, é o que dá energia ao animal. E ela não pode, de maneira nenhuma, ser cortada. Ou seja, se você está querendo que seu cão emagreça, saiba que ele precisará passar por diversos outros tipos de atividades, que não seja o simples ato de cortar a alimentação.

Manter o peso do pet é um desafio bastante grande, quando não há um acompanhamento nutricional correto. Afinal, se deixar, o cão vai comer o tempo inteiro. Ainda mais se a alimentação for gostosa e apetitosa. Eles não vão negar um prato cheio de comida. E para aqueles tutores mais apaixonados pela fofura que isso proporciona, o excesso de alimentação para os pets pode acontecer sem que haja a percepção disso.

Portanto, procure sempre um especialista em nutrição canina, para que você possa balancear a alimentação do seu pet de forma adequada, oferecendo a energia que ele precisa para o dia e sem pecar pelos excessos (falta ou exagero). Fazer o cão comer certo e com os alimentos adequados é muito mais vantajoso para o longo prazo, do que simplesmente cortar a alimentação e achar que é isso que vai fazer o animal se manter no peso ideal. Pense nisso!

Manter o peso do pet

Cachorro na praia – Foto: Freepik

A saúde mental do cãozinho é fundamental para que ele mantenha o peso ideal

Você sabia que os cachorros também precisam ter a saúde mental em dia? Nós já escrevemos sobre isso aqui no site e vale a pena dar uma lida para entender o quanto a saúde mental impacta na vida do animal, veja: Saúde mental dos cães – O que considerar?

De maneira geral, a saúde mental está diretamente relacionada com a saúde física do seu cachorro. E isto, claro, faz todo sentido para os comportamentos alimentares. Um cachorro muito estressado ou ansioso, por exemplo, vai ter uma tendência muito maior de comer o tempo inteiro. Enquanto houver comida na tigela, ele vai comer. Esta é uma forma que ele encontra para “escapar” das sensações ruins de ansiedade e estresse.

E o contrário também é válido. Ou seja, um cão pode sim deixar de comer certo e perder peso de maneira repentina, caso sua saúde mental esteja comprometida de alguma maneira. Um exemplo disso, é a síndrome da ansiedade da separação. Esta síndrome faz com que o cãozinho não faça absolutamente nada e fique o dia inteiro a espera de seu tutor, que saiu para estudar ou trabalhar. A condição de ansiedade, aqui, tem o efeito contrário, fazendo com que o cachorro não coma e, assim, tenha uma deterioração na sua saúde física.

Portanto, você precisa trabalhar incessantemente para que a saúde mental do seu cachorro esteja sempre em dia, como forma de manter alinhadas as outras variantes da vida de uma maneira geral. Uma boa forma de melhorar a saúde mental do cachorro, é treinando-o. Sim, fazer um adestramento canino é uma excelente dica para o cão ser mais equilibrado e, assim, manter o peso sempre em dia, sem nenhum tipo de variação positiva ou negativa.

A regularidade nas brincadeiras e caminhadas é melhor do que os excessos

Esta é, talvez, uma das dicas mais importantes para manter o peso do pet. Afinal, manter o peso é muito mais difícil do que chegar ao peso ideal, seja em um processo de engorde ou emagrecimento. O que muita gente acaba esquecendo, é que a manutenção do peso precisa acontecer todos os dias para que o resultado, de fato, apareça. Sem isso, fica muito difícil ter qualquer expectativa de qualidade de vida no médio e longo prazo.

A regularidade nas brincadeiras e caminhadas é muito melhor do que os excessos repentinos, gerando picos de energia e cansaço. Por exemplo, vale muito mais a pena você brincar ou caminhar com seu cão um pouco todos os dias, do que muito poucos dias. A disciplina de fazer sempre é mais importante do que a energia de fazer muito, só que somente as vezes.

Então, nossa dica é: pense em uma rotina que caiba no seu dia a dia para focar somente na interação com seu dog. Elabora uma rotina de brincadeiras ou de exercícios e atividades que façam sentido para o comportamento e características da raça e, assim, você estará plantando boas sementinhas de saúde para o médio e longo prazo.

Veja aqui: Brincadeiras para Cachorro: Veja algumas aqui

Manter o peso do pet

Cachorros deitados – Foto: Freepik

Pode ser contraditório, mas dormir é uma atividade fundamental para manter o peso do pet

Muitas pessoas consideram a produtividade e os excessos de atividades como sendo uma maneira excelente de chegar aos resultados. Só que isso somente terá um resultado positivo, se houver um equilíbrio com outras questões do dia a dia. E dormir é uma das atividades mais importantes não só para nós, mas também, para os dogs. Dormir é fundamental para revitalizar e reativar as baterias de uma maneira natural, sem que precise de alguma intervenção medicinal para isso.

É claro que dormir bem é completamente diferente do que dormir muito e de maneira preguiçosa. Ou seja, se o seu cão é muito preguiçoso e dorme o tempo inteiro, saiba que isto significa que algo está errado: pode ser um desequilíbrio na saúde mental ou pode ser alguma doença física que esteja tirando a energia do cachorro. Fique atento e saiba diferenciar isso, ok?

De maneira geral, o sono é uma das formas mais saudáveis de ajudar a manter o peso do pet. Pois é durante o sono que muitos processos metabólicos acontecem, fazendo com que o corpo seja responsável por organizar e transportar vitaminas, nutrientes e demais elementos que são cruciais para a vida saudável do pet. É como se esta fosse a oportunidade única que o corpo tem de dedicar todas as energias somente em uma função, que é cuidar do organismo, sem interrupções por outras atividades do cão.

Veja também: Dormir com cachorro faz mal? Veja aqui o que você precisa saber sobre o assunto

tutor brincando com o cão

Tutor brincando com seu cão – Foto: Freepik

Leve o pet frequentemente ao veterinário para identificar e evitar doenças que podem trazer excesso de peso

E por fim, não podemos deixar de mencionar algo fundamental para manter o peso do pet: procure sempre um veterinário que possa ajudar no processo de engorde ou emagrecimento. Nunca tente fazer este tipo de atividade sem um conhecimento técnico e rígido sobre a saúde e o comportamento do seu cãozinho. Lembre-se: ele é único e tem, também, necessidades únicas.

Toda e qualquer dieta ou balanceamento alimentar, precisa acontecer com base nas informações individuais do seu cachorro, e não com foco no objetivo geral daquela rotina. Ou seja, você não pode simplesmente pegar uma receita ou uma dieta qualquer que encontrar na internet e oferecê-la, assim, para seu dog. É preciso considerar muitos outros aspectos antes de decidir o que de fato será a melhor alternativa para o cachorro.

Além disso, é preciso entender se há outras enfermidades que possam estar causando algum tipo de descontrole de peso no cãozinho e, assim, tratar estes problemas individualmente. E isto somente pode ser feito com um acompanhamento profissional e adequado, de forma que você possa ajudar o seu cão a manter o peso ideal sem que haja desequilíbrios causados pela falta ou excesso de alimentos. Cuide do seu pet e ofereça a ele sempre uma ótima qualidade de vida, de maneira que vocês possam viver juntos por muito tempo.