A remela no olho do cachorro pode ser verme?

Sim, esse pode ser um dos sintomas que indicam a presença de parasitas no organismo do cachorro. Porém, as remelas no olho do cãozinho também podem indicar doenças e infecções que exigem cuidados especiais.

Assim sendo, é comum os olhos dos cães lacrimejarem e formarem uma secreção na região dos olhos do animal. Mas quando isso acontece em excesso e um tempo frequente, pode indicar que o pet necessita de ajuda.

Existem algumas raças de cães em que a secreção ocular é mais perceptiva. Isso ocorre em cães das raças Lhasa Apso, Poodle, Shih Tzu e Maltês.

No entanto, os cachorros de pelagem clara podem apresentar remelas visíveis e canto dos olhos escurecidos.

Falando em manchas na pelagem e ao redor dos olhos caninos, outro sintoma a observar é quando a remela possui uma coloração diferente. Afinal, isso pode indicar doenças e infecções oftalmológicas.

Assim sendo, além de saber se a remela no olho do cachorro pode ser verme, veja outras doenças e dicas de como evitar a secreção em excesso.

Continue lendo o artigo do Portal do Dog e saiba mais.

remela no olho do cachorro pode ser verme

Cãozinho sorridente – Foto: Freepik

Remela no olho do cachorro pode ser verme? Conheça esse e demais sintomas

A primeira coisa para detectar quando a remela no olho do cachorro pode ser verme é se o cãozinho ainda é filhote. Isto é, os parasitas são bem comuns nessa primeira fase da vida do pet.

O verme em cachorros é bem comum quando ele ainda é filhote. Principalmente quando ele ainda está mamando.

Por isso, é recomendado administrar o remédio de verme entre os 15 a 30 dias de vida do cachorro.

Assim sendo, saiba que as doses de vermífugos devem ser repetidas pelo menos três vezes. Mas com um intervalo de 15 dias conforme cada dosagem do remédio para o animal.

Além dos sintomas como remelas no olho do cachorro, outros sinais indicam a presença de parasitas no organismo canino, como: barriga inchada e grande, pelo seco e áspero, olhos sem brilho, cansaço em excesso e muita fome.

Assim sendo, saiba que esses sinais podem ser observados ao longo do crescimento do animal. Sendo que os exames para detectar parasitas podem ser realizados duas vezes ao ano.

O tutor poderá realizar o exame de vermes em casa. Isto é, basta observar as fezes do animal para ver se existe a presença de parasitas nos dejetos.

Porém, alguns parasitas não podem ser observados a olho nu. Mas um indício da presença desses parasitas é quando o cachorro esfrega o ânus no chão.

Portanto, observe as mudanças de comportamentos do cachorro. Também esteja em dia com os remédios para vermes, que são administrados com orientação veterinária conforme a estrutura e perfil do cachorro.

Remela no olho do cachorro pode indicar quais outras doenças?

Além da remela no olho do cachorro ser verme, a secreção ocular canina também indica outras infecções. Como por exemplo, a presença de remela verde no olho do cachorro.

Assim sendo, conheça infecções e doenças que têm sintomas como o excesso de remela no cachorro.

cão com a língua de fora

Cão com a língua de fora – Foto: Freepik

Alergias em cães

Um dos motivos de remela em excesso nos olhos do cãozinho é a indicação de alergias em cães. Assim sendo, ela pode ser derivada do clima, contato com sujeira, pólen de flores e até mesmo de um alimento.

Remela no olho do cachorro pode ser verme – Conjuntivite no cachorro

A conjuntivite no cachorro é uma infecção causada por vírus e bactérias contraídas no ambiente. Assim sendo, também pode ser causada por alergias e contato com plantas tóxicas, por exemplo.

Os sinais como remelas nos olhos do cachorro e vermelhidão são alguns dos sintomas da conjuntivite.

Veja mais sobre conjuntivite canina.

Desnutrição canina

A desnutrição canina também está atrelada a secreção em excesso nos olhos do cachorro. Por isso, será preciso verificar se o cãozinho está ingerindo a quantidade correta de nutrientes que seu organismo necessita.

Remela no olho do cachorro pode ser verme – Cão Gripado

O cão gripado pode apresentar sintomas como tosse, febre e também aumento da produção de secreção dos olhos. Por isso, analise outros sinais que possam indicar gripe no cachorro.

Glaucoma em cães

O glaucoma em cães é semelhante aos humanos. Isto é, começa com irritações, visão embaçada, vermelhidão e alta produção de remelas. Isso é causado pelo desregulamento de pressão ocular.

Assim sendo, é preciso tomar cuidado. Afinal, o Glaucoma também resulta em cegueira. Por isso, o acompanhamento veterinário é essencial para prevenção de casos mais graves.

Síndrome do olho seco

A Síndrome do olho seco causa bastante desconforto para o animal. Isto é, trazendo irritações que fazem com que o doguinho esfregue o olho com frequência.

Essa é uma doença causada por bactérias ou deficiência nas glândulas lacrimais. Assim sendo, acaba gerando muitas remelas e visão comprometida.

Remela no olho do cachorro pode ser verme – Úlcera de córneas

Um dos sintomas da úlcera de córneas em cães é a alta produção de remela transparente nos olhos do pet. Assim sendo, essa doença causa bastante dor e pode se agravar, levando o cachorro à cegueira.

Cinomose

Uma das doenças virais que acomete o sistema nervoso do cachorro é a cinomose, que é marcada pela presença de remelas em excesso nos olhos dos cães, falta de coordenação motora e secreções nasais.

Para prevenir a cinomose, mantenha o calendário de vacinação do seu cão em dia.

cachorro deitado

Cachorro com olhos fechados – Foto: Freepik

Dicas para evitar a remela no olho do cachorro

Como vimos, a remela no olho do cachorro pode ser verme. Além disso, outras infecções causadas por intoxicações e demais influências do ambiente.

Desta forma, algumas doenças não podem ser evitadas. Porém, todo cuidado é pouco quando o assunto é qualidade de vida do seu cão.

Para evitar exposições, veja algumas dicas evitar a remela no olho do seu cachorro. Confira abaixo:

  • Os ventos fortes e o clima mais seco podem favorecer a contaminação por bactérias nos olhos do cachorro. Por isso, tome cuidado ao passear com o doguinho em climas secos e durante o passeio de carro com a janela aberta.
  • Procure tosar ao redor dos olhos do cachorro, evitando que a pelagem fique muito comprida acumulando remelas que vão resultar em infecções no olho.
  • Durante os banhos em casa, evite usar o secador muito quente nos olhos do cachorro. Afinal, isso pode causar lesões na retina.
  • Os medicamentos devem ser evitados quando administrados sem orientação veterinária.
  • O local onde o doguinho dorme precisa ser limpo com frequência, eliminando todo tipo de sujeira que possa acometer a saúde do cachorro.
  • As vacinas precisam estar em dia. Afinal, isso evita que o organismo canino entre em contato com vírus e infecções que causam doenças. Como por exemplo, a cinomose e alergias em cães.

Lembre-se que a remela no olho do cachorro pode ser verme e demais doenças. Por isso, ao observar sinais como este, procure ajuda veterinária.

remela cachorro o que pode ser

Cão observando a foto – Foto: Freepik

Veja como limpar as remelas dos olhos do cachorro

Outra maneira de prevenir doenças e infecções é cuidando do bem-estar do seu animal. E isso inclui também ações de limpeza.

Asim sendo, veja como limpar as remelas dos olhos do cachorro e faça prevenção de possíveis infecções causadas pelo excesso de remela.

Uma das formas de limpar as remelas dos olhos do seu cachorro é usando produtos suaves que não agridem o animal. Isto é uma forma de atender a tratamentos oftalmos em cães.

A limpeza também é indicada em casos de prevenção. Assim sendo uma ação que concilia com tratamentos utilizando colírios para cães.

Uma dica de limpeza de remelas no olho do cachorro é usar um algodão limpo molhado em soro fisiológico. Depois é só aplicar suavemente na região a fim de remover as remelas e possíveis sujeiras.

Assim sendo, converse com um veterinário de sua confiança e tire suas dúvidas sobre esse sintoma. Afinal, a remela no olho do cachorro pode ser verme. Além de outros problemas que afetam a visão do seu pet.