Quais vacinas para o cachorro são importantes? Aprenda aqui quais ele deve tomar para deixar o doguinho imunizado, livre de doenças e zoonoses que possam transmitir para os seus tutores.

Tudo que o cachorro precisa é de uma alimentação saudável, beber água fresquinha, um bom local para dormir e cuidados essenciais com a saúde física e mental. Por isso, as vacinações são de grande importância para preservar a saúde do cão, servindo como agentes imunizantes do organismo canino. Sendo assim, se você quer saber quais são as vacinas mais importantes para o cachorro, preparamos uma lista das essenciais.

Então, continue lendo.

Vacinas para o cachorro – Conheça quais são as principais

Quando falamos de vacinas para o cachorro, temos que levar em consideração que assim como as crianças, eles precisam criar anticorpos para defender seu organismo. Dessa maneira, muitos estudos apresentam a eficácia das vacinas para o cachorro, onde campanhas de vacinação podem ajudar a erradicar doenças do planeta terra.

Se o seu cãozinho ainda é filhote, levá-lo para tomar vacina traz todo uma segurança, preservando a saúde e bem estar do seu animalzinho de estimação. Conheça agora quais são as principais vacinas que devem ser dadas ao cachorro de acordo com sua fase da vida, idade e os reforços de doses necessárias.

Vacinas para o cachorro

Cachorro sendo vacinado – Foto: Freepik

Vacina V8 e V10 (Múltipla ou Polivalente)

A vacina múltipla ou polivalente (V8 e V10) são as principais imunizações para seu filhote, podendo ser feitas a partir da 6ª ou 8ª semana de vida do animal. Geralmente, essas duas vacinas apresentam um intervalo entre as imunizações, sendo a primeira dose com três a quatro semanas de diferença de cada primeira aplicação.

Depois da primeira dose de cada uma das vacinas de cachorro, será necessário realizar um reforço anual de dose única. Contudo, as vacinas V8 e V10 imunizam o cachorro de doenças bacterianas como adenovirose, cinomose, coronavirose, hepatite infecciosa, parvovirose, parainfluenza e tipos de leptospirose.

Imunização contra giardíase

A giardíase é uma zoonose que afeta o sistema digestivo do cachorro, entre os principais sintomas está a diarreia canina, vômitos, náuseas, fezes com sangue, gases e dores abdominais. É causada por um protozoário e microrganismos presentes no corpo que podem manifestar doenças como a giardíase, que pelos altos níveis de desidratação, pode levar à morte o animal.

Desse modo, a vacina é bem importante, mesmo que não previna 100% da doença, ela reduz a incidência e a gravidade de quadros. Por isso, a primeira dose da vacina de giardíase pode ser feita a partir das 8 semanas do cachorro, começando com duas doses com intervalos entre elas.

Depois disso, é só acompanhar o calendário de vacinação do doguinho e repetir a dose única, a partir do reforço anual da vacina.

Vacinas para o Cachorro – Vacina contra gripe canina

A gripe canina é de origem viral ou bacteriana, também é conhecida como Traqueobronquite infecciosa canina (TIC) ou “Tosse canis”. Os principais sintomas da doença envolvem tosse, espirro, febre, coriza e perda de apetite, bem semelhantes aos sintomas clínicos de uma gripe canina.

Contudo, se esta doença não for tratada adequadamente, pode evoluir para um quadro grave de pneumonia canina. A vacinação contra a gripe canina é administrada pelo médico veterinário, que deverá orientar quando deverá ser feita a primeira dose e as aplicações anuais.

Vacinas para o cachorro

Cachorro sendo vacinado – Foto: Freepik

Vacinas para o Cachorro – Imunização contra Leishmaniose

A leishmaniose é transmitida pelo mosquito da palha, onde ao picar o cachorro a doença pode afetar o sistema imunológico canino. Entre os principais sintomas estão as lesões, descamações da pele, nódulos pelo corpo e problemas oculares no cachorro.

Por atacar células fagocitárias, a leishmaniose nos cães pode atingir órgãos bem importantes, sendo indispensável sua imunização. De acordo com o veterinário, a primeira dose pode ser realizada nos primeiros quatro meses de vida do cãozinho, sendo preciso reforços anuais da vacina.

Vacinas para o Cachorro – Vacina Antirrábica

A raiva é uma doença considerada uma zoonose, por isso, se torna uma das principais imunizações com vacinas para o cachorro. Ela ataca o sistema nervoso central canino, trazendo sintomas como falta de coordenação motora, agressividade e salivação excessiva.

É considerada uma doença fatal para cães e humanos, por isso a vacina antirrábica precisa ser administrada nas 12 semanas de vida do cachorro. No entanto, será preciso salientar que é uma vacinação obrigatória para seu pet, inclusive os reforços anuais devem ser respeitados.

Portanto, para deixar seu doguinho imunizado, as vacinas para o cachorro são de extrema importância. Fique de olho no calendário e mantenha seu amigo sempre protegido. Lembre-se que as vacinas não são apenas um imunizante para o seu doguinho. São, também fundamentais para que não haja uma epidemia de alguma doença canina, onde o organismo do dog serve como hospedagem para algum vírus ou parasita.

Vacinar é um ato de responsabilidade e de amor, visto que esta atitude pode salvar vidas e oferecer uma vida mais digna e tranquila para todos os cães. Cuide do seu dog hoje e sempre.