Oscar

Tutor(a): Mônica Sousa

OI, meu nome é Oscar, sou uma fofura. Cheguei na casa da minha mamãe com pouco mais de um mês, ela me escolheu por que eu era o mais quetinho dos meus irmãos, estava no cantinho, na minha e ela me pegou, na primeira noite, chorei muito, sentia falta da minha mamãe, minha tia Rayane que cuidou de mim, por que na verdade eu era dela. Só que os dias foi passando e quem mais cuidada de mim era minha mamãe, ela se preocupava comigo, me dava comida e me ensinava as coisas. Com menos de três meses de vida peguei virose, quase morri, tio veterinário disse que eu era um guerreiro, eu sofri muito mas sobrevive. Essa época malinei muito, comi todos os tapetes da vovó, acabei os sapatos e sandálias da minha mãe. Eu puxava tudo, saia quebrando, destruindo tudo mas mesmo assim recebia amor, carinho e principalmente, proteção. Com pouco mais de um ano, num dia qualquer, estava na calçada com minha mãe, veio um pitbull e me tomou dos braços dela, me judiou muito, fiquei todo machucado, passei por uma cirurgia muito delicada mas graças a Deus e a minha força de vontade, com o amor de minha família, eu sobrevive, fiquei bom e sem sequelas. Sempre fui mimado e por conta disso sou muito possessivo com minha mamãe, só abro mão dela apenas por comida. Eu como muito e nunca me farto. Como desde frutas, verduras, cereais, petiscos, ração e pão, eu amo pão, sou desesperado por pão. Amo pão dormido, pão fresco, pão de dois dias, eu como qualquer pão. E eu peço, grito, choro, falto estourar os ouvidos da minha mãe pedindo pão. a vovó diz que sou um menino bom de boca, que nunca irei passar fome, até milho e carvão eu quero comer mas minha mamãe controla muito minha dieta, apesar de o doutor disse que estou obeso. Ano passado peguei a doença do carrapato, fiquei mal, quase morri de infecção mas o tio me medicou e me fez um tratamento e fiquei bom, só que em muita dessas consultas, descobrimos que estou com uma hérnia onde operei uma vez, daí ele disse que preciso operar. E quero que orem por mim, minha mãe está muito ansiosa e preocupada comigo, por que eu num sossego e ela morre de medo de eu quebrar os pontos ou fazer outras coisas que possam prejudicar minha saúde. Eu sou um menino muito sortudo, minha mamãe estava desempregada e conseguiu um emprego, ai tudo que está ganhando é pra minha operação. Ela sempre me dar tudo que quero, eu sou o reizinho da casa. Sou extremamente feliz por ter minha família, por ser amado e por dar amor e felicidades a toda a minha família. Todos me mimam, me cuidam e me tratam bem. Tinha meu primo que quando era bebê igual eu queria me bater e vivia derramando minha ração na água mas ele cresceu e agora sempre me leva pra passear. Minha mãe num me deixa sair pra rua sozinha de jeito nenhum, só saio acompanhado de um parente humano. Sou um cãozinho muito esperto e zangado, acima de tudo sou feliz por ter tudo que tenho, sei que cheguei na vida da mamãe na hora que ela mais precisava, quando ela estava sozinha, abandonada, eu cheguei e cuidei dela, amei e estou do lado dela até hoje. Fazemos uma troca, ela cuida de mim e eu cuido dela. Espero que meus irmãozinhos tenham a mesma sorte que eu tive, por quê está com pessoas que me amam, que cuidam de mim, que se preocupam realmente , está difícil. Nunca machuque ou abandone seu animo, um dia acontecerá o mesmo com você. Faça como minha mãe fez comigo. Apenas me amou e demostrou, demostra todo dia esse imenso amor que sente por mim. E como? me cuidando, me tratando, me dando tudo que ela pode e fazendo meus dias mais felizes. Lambeijos a todos.

Veja outros Você no PdD:

Bolinha

Tutor(a): lindaci silva

Charlot

Tutor(a): Livian Pessoa

Pucca

Tutor(a): Patricia Model

Cid

Tutor(a): Patricia Model

Bond

Tutor(a): Lilian Ribeiro

Nina Rosa

Tutor(a): Watsonia Sales

Thor

Tutor(a): Daiane Machado

Nala Beatriz

Tutor(a): Emanuelle Moreira

Duque

Tutor(a): Emily Soares

Lili

Tutor(a): Lourdes Augusto

Marrye

Tutor(a): Palloma Sthéfanie Ramos

Thor

Tutor(a): Isabela Leal de Assis