3 jul 2016 - 12:43

Spike

Tutor(a): Juliana Caravante

Oi gente, me chamo Spike. Fui dado de presente pra mamãe quando ela tinha 6 anos, desde então, somos inseparáveis. Hoje tenho 12 anos e ela 18, já sou velhinho, e ela cuida de mim com todo o amor do mundo. Nós sempre dormimos juntos, mas esse ano, por causa da idade, comecei desenvolver vários probleminhas, tive uma crise tão grande e tão forte, que minha tia Giovanna achou que eu fosse morrer, ligou correndo pra mamãe que largou o trabalho e foi embora voando de táxi pra me socorrer. Chegando em casa, diferente dos outros dias que eu recebia ela com o rabinho abanando, eu nem levantei, não me mexi. Ela chorou muito e correu pro veterinário, era tarde, e eu não fui pra minha médica de sempre, eles cuidaram de mim e me mandaram pra casa. Essa noite, a mamãe não dormiu, ficava me olhando, vendo se eu estava respirando, colocou o celular pra despertar de meia em meia hora pra garantir que não pegasse no sono e me deixasse sozinho. No outro dia, fui na minha médica, fui diagnosticado com problema na coluna. Hoje, não posso mais subir e descer escadas ou sofás, ganhei uma caminha nova, ela é grande e confortável, a mamãe até tirou os pezinhos pra que eu não precise me esforçar pra subir, tomo remédio todos os dias e faço acupuntura uma vez por semana. Fazem 6 meses que não tenho crise. Mamãe mudou a rotina, minha alimentação e das minha irmazinhas, cuida de mim com todas as forças, tenho consultas de rotina pra garantir que nada aconteça, ela tem uns cuidados especiais agora, não deixa mais os tios me buscarem pra ir no pet, só me leva de segunda que é o seu dia de folga. As vezes ela chega cansada, eu sei, mas mesmo assim, dedica seu tempo à mim. A nossa família é grande, e todos vivem em minha função e das minhas irmãs. Recebemos muito amor e carinho e assim será até o fim dos meus dias, e tenho certeza que quando eu partir, lá no céu dos cães, eu contarei que tive uma vida de rei.

Dizem por ai, que sou a cara da mamãe…. Será? Rs

Lambeijos a todo.