Boerboel é uma raça sul-africana de grandes cães de trabalho, conhecida por sua resistência e instinto de guarda protetor desenvolvido.

Boerboel é um “lutador” atlético. Ele é capaz de repelir qualquer ataque surpresa em segundos, este fulvo brutal está sempre alerta e pronto para defender seu mestre 365 dias por ano.

Não é fácil conviver com o Boerboel: trata-se de uma personalidade canina que respeita o dono não pelos olhos bonitos, mas pela dignidade real. Mas se você conquistar o favor e a confiança dele, pode ter certeza, isso é para toda a vida.

Fatos rápidos

Boerboel

Boerboel – Foto: Freepik

  • Nome da raça: Boerboel
  • País de origem: África do Sul
  • Peso: masculino 65-80 kg, feminino 50-65 kg
  • Altura: machos 64-70 cm, fêmeas 59-65 cm
  • Vida útil: 10-12 anos

Curiosidades

  • A raça permanece não reconhecida por várias associações caninas, incluindo o FCI.
  • O desejo de dominar e desempenhar o papel de macho alfa no Boerboel é expresso de forma bastante clara, por isso o cão precisa de um dono experiente que não se permita ser manipulado.
  • O Boerboel sul-africano é confiável como uma rocha quando se trata da segurança da propriedade do proprietário. O animal não mostra seletividade e com o mesmo zelo protege tanto seu dono quanto seus familiares.
  • Com a socialização oportuna, os cães são capazes de extinguir suas próprias emoções, mas é muito fácil provocá-los à agressão.
  • Boerboels lê perfeitamente o humor e os sentimentos do proprietário pela expressão em seu rosto. Sendo assim, mostre que você não gosta de alguém que o animal vai odiar essa pessoa.
  • Um Boerboel bem educado é muito paciente com as crianças e facilmente perdoa os menores.
  • O cão trata com calma os gatos e outros animais de estimação, com os quais é obrigado a dividir o espaço vital, mas não tolera outra criatura latindo em seu território.
  • Boerboels sul-africanos amadurecem lentamente, permanecendo filhotes em pensamentos e hábitos até os dois anos de idade.
  • Em treinamento, os representantes desta raça demonstram ligeira lentidão. Mas você não deve esperar do Boerboel a perspicácia do Border Collie e a reação rápida do Pastor Alemão.
  • Boerboels mostra excelentes resultados no levantamento de peso. Desse modo, um cão adulto é capaz de mover plataformas de carga com peso total de até 450 kg.

História da raça Boerboel da África do Sul

Boerboels se estabeleceu na África no século 17, mas podemos traçar sua história.

Boerboel

Boerboel – Foto: Freepik

Acredita-se que os ancestrais desses cães foram molossianos europeus que emigraram para a parte sul do continente africano junto com colonos da Escandinávia. Com o passar do tempo, os animais cruzaram com raças aborígenes, bem como com outros cães que chegavam ao continente, o que se tornou um pré-requisito para o nascimento do clã Boerboel.

No início do século 19, o sangue de Bulldogs e Mastiffs ingleses foi misturado ao fenótipo da raça. Assim, os animais foram trazidos pelos britânicos, que correram para a Cidade do Cabo para defendê-la das invasões de Napoleão.

Mas os agricultores africanos também deram uma contribuição modesta para o desenvolvimento das qualidades de trabalho dos Boerboels, que selecionaram apenas os indivíduos mais assertivos e agressivos para proteger suas próprias fazendas.

Guarda-costa de primeira classe

Isso fez dos Boerboel vigilantes e guarda-costas de primeira classe, capazes de lutar sozinhos com todo um grupo de ladrões.

Mas o século 20 trouxe consigo a urbanização generalizada e, com ele, o esquecimento da raça. Assim, fazendas camponesas desabaram, seus proprietários mudaram-se com seus pertences para subúrbios apertados, de modo que a necessidade de grandes cães-guarda-costas desapareceu.

Excursão à procura de Boerboels

Principalmente deixados à própria sorte, os animais degeneraram lentamente, de modo que na década de 70 não haveria um casal de Boerboels de raça pura nas proximidades da Cidade do Cabo.

No entanto, em meados dos anos 80, um grupo de agricultores entusiastas assumiu a restauração da população animal, para a qual tiveram que equipar uma expedição e vasculhar o território da atual África do Sul.

Boerboel deitado

Boerboel deitado – Foto: Freepik

Durante a “excursão” improvisada, 250 Boerboels foram coletados, a maioria dos quais se revelou imprópria para reprodução por mestiços. No entanto, os criadores teimosamente não desistiram e, eventualmente, cerca de 70 animais foram capazes de obter registro e permissão para acasalar.

Boerboel Breeders Association – 2004

Em 1990, a Boerboel Breeders Association foi aberta na África e, em 2004, o WWB, a primeira organização internacional que trata da criação e popularização da raça, iniciou seus trabalhos na América.

Assim, na esperança de tornar a criação de animais mais lucrativa, os criadores começaram a criar cães com traços de caráter, como maldade e agressão.

Como resultado, nasceram linhas inteiras de cães com psique desequilibrada.

A Dinamarca foi a primeira a reagir a isso, proibindo completamente a criação da raça. Em muitos países, os Boerboels foram incluídos na lista de raças perigosas.

Personalidade do Boerboel

Comprar um Boerboel é uma grande loteria, pois devido à criação, o caráter e o temperamento dos animais sofreram mudanças significativas.

Se falamos de um Boerboel socializado, ele deve antes de tudo ser equilibrado e amigável com todos os membros da família, sem exceção.

Boerboel

Boerboel na grama – Foto: Freepik

Não espere que esta raça fique encantada com estranhos, mas ele também não deve rasgar suas calças em pedaços.

Cuidado! Pois um gesto ameaçador na direção do dono, o animal liga o modo de alerta total, atacando o intruso.

Se o cão não respeitar o dono, mais cedo ou mais tarde ela entrará em conflito aberto com ele.

Não considere o Boerboel um segurança rude, apto apenas para atividades oficiais. Sim, ele não é um gênio, mas é inteligente o suficiente para não criar problemas para você no dia a dia.

Além disso, não se esqueça que esta é uma raça cuja inteligência necessita ser constantemente desenvolvida.

Educação e treinamento

Deve-se treinar o Boerboel pelo menos para a segurança dos outros. Os representantes desta raça não gostam de treinamento, pelo que terão que se motivar com uma iguaria ou brinquedo preferido.

É necessário começar a trabalhar com o cão nas primeiras semanas do seu aparecimento na casa.

Menina fazendo carinho no cachorro

Menina fazendo carinho no cachorro – Foto: Freepik

Talvez o comando mais importante para o Boerboel e seu dono seja o “Venha!” Mostre a máxima paciência, não espere resultados rápidos e tenha cuidado com as punições. Se você ousar punir o Boerboel por muito tempo, corre o risco de perder sua confiança para sempre.

O filhote rapidamente traçará um paralelo entre o comando e a punição subsequente e simplesmente se recusará a segui-lo.

Em treinamento

Nunca, em nenhuma circunstância, incentive seu animal de estimação a ser mal-humorado.

O intelecto do Boerboel não é desenvolvido o suficiente para distinguir entre proibições estritas e não muito estritas.

Mesmo que o Boerboel tenha aprendido todos os comandos e demonstre milagres de engenhosidade e obediência, não descuide. Os representantes desta raça gostam de verificar periodicamente a força dos proprietários.

Manutenção e cuidados

Um Boerboel grande e enérgico não ficará muito confortável num apartamento na cidade.

Cuidado com os brinquedos. Os boerboels, é claro, precisam deles, mas por razões de segurança às vezes é melhor substituí-los por vegetais crus como beterraba, uma pequena cabeça de repolho ou uma maçã.

Cachorro com semblante triste

Cachorro com semblante triste – Foto: Freepik

Um cão com mandíbulas tão poderosas pode facilmente morder bolas de borracha comuns, arrancando e mastigando um pedaço de látex.

Higiene

Pode ser difícil encontrar uma linguagem comum com um Boerboel, mas é relativamente fácil cuidar dele.

Os representantes desta raça não precisam de escovas diárias e banhos semanais.Para animais de estimação, shampoo normal para cães é o suficiente.

Para o Boerboel só permite-se banho na estação quente e não mais do que uma vez a cada dois meses. No inverno, é melhor recusar o banho.

No entanto, a cada 3 dias, você deve enxaguar os olhos do cachorro com chá de camomila. Os especialistas recomendam limpar as orelhas do Boerboel uma vez por mês.

As garras devem ser aparadas. Os dentes do animal de estimação, embora raramente, ainda devem ser limpos.

Quanto tempo devo caminhada com o Boerboel?

Caminhar com um Boerboel não deve ser uma caminhada comum, mas uma maratona dinâmica. Para uma saúde normal, o cão deve caminhar 5 ou mais quilômetros por dia.

Deve-se passear com os cachorros em locais pouco movimentados, mudando gradualmente a linha do percurso e olhando para as avenidas movimentadas.

Sobretudo, o Boerboel deve sair do apartamento estritamente com trela, e no futuro o filhote deverá aprender duas técnicas de movimentação: com trela curta e longa.

Certifique-se de brincar com o Boerboel ou inventar um trabalho interessante para ele. A reserva de força da raça é colossal e precisa ser colocada em algum lugar.

Alimentação

De todos os tipos de carne, a mais adequada para o boerboel é a carne bovina. Deve ser cerca de metade da dieta diária.

Com a carne de frango, tome cuidado. Dê ocasionalmente e apenas a cachorros com 3 meses de idade.

Não superestime as necessidades alimentares de seu Boerboel: em relação ao tamanho do corpo, esses cães sobrevivem com surpreendentemente pouca comida (desde que a comida contenha todas as vitaminas e nutrientes importantes em pequenas quantidades).

Saúde e doença de Boerboel

O ponto mais fraco da raça é o musculo e, especialmente, as articulações. As doenças mais comuns são:

  • Bursite,
  • Artrite,
  • Displasia do quadril e do cotovelo.

Além disso, deve-se evitar o estresse excessivo, como subir escadas, especialmente quando o cachorro é filhote. Deve-se combater o crescimento prematuro do cão com ração especial para filhotes. Além das doenças articulares mencionadas, o Boerboel é considerado um cão robusto que atinge em média a idade de 10 a 12 anos.

Um parceiro para toda a vida

Como acontece com todos os cães: nenhum cão nasce um cão de luta, ele só é transformado por nós, humanos.

Em resumo, um Boerboel é um amigo de quatro patas decididamente amante da paz e equilibrado, e não é mais agressivo ou briguento do que um Golden Retriever.

Com uma educação consistente, com paciência, amor e confiança e carga de trabalho física e mental suficiente de acordo com suas necessidades, o Boerboel tem a garantia de se tornar um companheiro leal e dedicado.

Um verdadeiro Boerboel reconhece (como quase nenhum outro cão) o estado de espírito do seu povo e fará de tudo para garantir que estejam bem.