Ter um cachorro triste não faz parte dos planos de ninguém. Entretanto, esta condição muitas vezes pode acontecer sem aviso prévio. E, quando você menos esperar, notará uma cara de cansaço e mágoa no seu animal.

Para que isto não aconteça, você deve seguir as nossas dicas. E, se mesmo assim não funcionar, buscar uma ajuda especializada é mais do que importante. Acompanhe para entender.

Cachorro triste: o que pode ser?

Um cachorro triste é motivo de preocupação para o dono. Mas saiba que há maneiras de reverter esta situação. E, acima de tudo, evitar. Afinal, evitar um problema é muito mais recomendável do que corrigi-lo, não é mesmo?

Assim sendo, acompanhe uma série de dicas que preparamos para você descobrir como evitar e o que poderia estar deixando seu cachorro triste.

A tristeza no nosso animal de estimação pode ser percebida através de uma série de situações. A principal delas, é o comportamento canino. Um cachorro triste demonstra no olhar e na forma de agir que ele não está passando por bons dias. Se o seu cachorro estiver deitado por muito tempo, sem ânimo para brincar e, até mesmo comer, saiba que uma ação é necessária.

Entretanto, muitas vezes não temos esta real percepção do que está acontecendo com nosso melhor amigo. E, através de algumas análises, teremos uma noção mais completa da situação. Acompanhe o texto para entender melhor.

cachorro triste

Falta de brincadeiras

Cachorros são animais extremamente brincalhões. Quando estamos falando de tristeza por parte deles, um dos primeiros critérios que podemos observar é se estamos brincando com eles do jeito certo. Eles tentarão deixar claro da melhor forma possível esta situação. E, quando você perceber que está brincando pouco com o cachorro, é sinal de que algo pode estar errado com ele.

Portanto, a partir do momento que você deixar de brincar com o cachorro, ele sentirá que você está se afastando. Afinal, as brincadeiras entre cão e dono são uma das formas mais práticas de manter a amizade e o carinho. Assim sendo, cachorro pode até não falar, mas ele sentirá muito a sua falta quando você parar de brincar com ele.

Muitas vezes isso pode acontecer até mesmo de forma automática, sem nem mesmo você notar. Seja por uma semana corrida de trabalho ou por problemas pessoais. Pode acontecer. Entretanto, nunca deixe o seu cachorro em segundo plano. Muitas vezes em um dia cansativo e triste para você, é justamente ele quem poderá lhe fazer feliz. O carinho sempre será recíproco e isto é muito importante.

Falta de carinho

Um cachorro triste muitas vezes se condiciona a esta situação pela falta de carinho dos donos. Os cachorros são movidos a amor e carinho. E quando isso não está bem resolvido, certamente eles ficarão depressivos. Eles não são humanos, mas são muito parecidos: quanto menos carinho e amor, mais problemas e sentimentos ruins.

Quando você sentir que está dando pouca atenção para o seu melhor amigo, é hora de repensar a sua rotina. Seja por falta de tempo ou correria no trabalho, nunca deixe de demonstrar o quanto o cão é importante para você. Ainda mais se ele passa o dia inteiro dentro de casa, sozinho. Afinal, você é a pessoa mais importante para ele. E, quando ele perceber que a pessoa mais importante na vida dele deixa a desejar, a tristeza é inevitável.

cachorro triste

Broncas em excesso e exageradas

Brigar não é maléfico para o cão. Afinal, sabemos que um adestramento canino é importante e para isso, muitas vezes é preciso impor limites com palavras fortes e curtas. No entanto, broncas em excesso e exageradas são extremamente maléficas para a saúde do cão. Esta é uma das portas de entrada da tristeza canina. E muitas vezes é também o caminho para que o cão torne-se agressivo.

O cachorro entende quando você está elogiando ele. E ao mesmo tempo, entende quando você está brigando. E, se você está brigando, é sinal de que ele fez algo que você não gostou. E esta não é a intenção dele. Muito pelo contrário, a intenção do cachorro é sempre demonstrar felicidade e fazer o bem. Entretanto, muitas vezes o instinto e outros desequilíbrios comportamentais poderá fazer com que ele saia da linha. Neste caso, você deve ensiná-lo. Mas nunca deixá-lo excessivamente envergonhado e sem graça.

Tédio durante o dia

Se você trabalha durante o dia todo e seu cachorro fica em casa sozinho, uma das possibilidades da tristeza dele é o tédio. Antes mesmo de adotar um cachorro, você deve saber que alguns critérios devem ser adotados para que o bem-estar do cachorro esteja garantido. Lembre-se que ele tem uma vida igual a sua, pois possui necessidades básicas, fisiológicas e mentais.

Assim sendo, é de suma importância que você garanta um dia mais prazeroso para o cachorro, enquanto você estiver trabalho. E isto se aplica para situações em que ele fica sozinho em casa. Crie métodos para deixar seu cachorro entretido. Uma das formas é cansá-lo durante a noite para que ele fique cansado durante o dia. Ou, condicioná-lo a boas expectativas quando você chegar em casa.

Além do mais, você pode optar por ter uma pessoa para passear e brincar com seu cachorro durante o dia. Por mais que tenha um custo, é uma forma extremamente viável de deixar o seu cão feliz por mais tempo.

cachorro triste

Poucos brinquedos espalhados pela casa

O cachorro gosta de brincar. Se ele estiver sozinho em casa, como falamos anteriormente, outra alternativa para mantê-lo feliz é ter brinquedos espalhados pela casa. Não se preocupe com a bagunça. Ter um cachorro é assim. Afinal, ele precisa viver e não sobreviver, não é mesmo? Desta forma, deixe os brinquedos que ele mais gosta em cantos diferentes. Assim, quando ele enjoar de um e estiver caminhando, poderá encontrar outro.

Para a saúde mental do cachorro, esta ação é muito importante. Pode parecer simples, mas o cachorro se entretém facilmente com alguma novidade. Imagine que ele está na cozinha e enjoa deste local. E então, vai para a sala. Se na sala ele tiver algum brinquedo diferente, o tempo passará voando. E quando ele menos esperar, você já estará em casa para deixá-lo ainda mais animado.

Poucas saídas para passear

O seu cachorro precisa passear. Esta é uma prática que garante não só a felicidade dele, mas também o bem-estar e a saúde. Assim como em nós, humanos, o sedentarismo é um problema sério para os cães. Eles podem facilmente engordar, ficarem obesos e terem pré disposições para doenças cardíacas, respiratórias e demais disfunções.

cachorro triste

Se mesmo depois de todos os critérios comentados acima o seu cachorro ainda estiver triste, o problema pode ser este. Por isto, leve o seu cachorro para passear com frequência. Ele respirará ar puro, gastará energia, dormirá melhor, conhecerá a vizinhança e, automaticamente, terá mais qualidade de vida.

Restrição de ambientes em excesso

O adestramento de cães, principalmente quando são filhotes, requer algumas medidas como esta. Restringir ambientes é uma forma de ensinar o cachorro o que ele pode e não pode. Impor limites faz parte e isto é saudável para o cão. Entretanto, esta é uma linha muito tênue. Afinal, o cachorro gosta de correr e brincar. E, se ele não tiver espaço para isso, a tristeza será certeira.

A restrição dos ambientes pode deixar o dog triste. Por isso, se ele demonstrar qualquer sensação de cansaço ou falta de disposição, experimente liberar outros cantos da casa. Se você morar em apartamento, esta situação é ainda mais favorável. Pois assim, o cachorro conhecerá novos lugares e terá uma atividade cerebral mais ativa.

cachorro triste

Equilíbrio é tudo

Depois de uma série de situações, é importante entender: equilíbrio é tudo. Um cachorro triste é resultado de uma série de combinações. Não existe receita mágica para tirá-lo desta situação, mas existe método e processo. Entretanto, faça tudo de forma moderada, sem condicioná-lo a situações extremas e de alta carga emocional. Boa sorte!