Pensar sobre com que idade o Chihuahua para de crescer é bem comum entre quem tem ou pensa em ter um cão dessa raça.

Isso acontece principalmente porque esse cão tem uma fraqueza típica no crânio, que permanece presente durante os primeiros meses de vida do pet.

Mas existem muitos outros detalhes em relação ao tempo de crescimento e desenvolvimento desses cães.

Existe muito o que se falar sobre este que é um dos menores cães do mundo, sendo o menor dentro do seu grupo.

E neste texto falaremos sobre o que há de mais importante sobre o desenvolvimento desse animalzinho.

Então, acompanhe para saber com que idade um cachorro Chihuahua para de crescer.

Com que idade o Chihuahua para de crescer? Características da raça

o temperamento do chihuahua

chihuahuas em várias idades Foto: Freepik

O Chihuahua é um cachorrinho que tem um corpinho pequeno, grandes olhos e as orelhas enormes perto do restante do corpo.

Em contrapartida, as pernas são curtas em relação ao resto. E a vida desses pequeninos chega a durar até 20 anos.

A personalidade desse pet também é incrível, o que torna a raça única e, faz com que esses animais sejam tão queridos.

Mas não se deixe enganar porque ao mesmo tempo em que os animais da raça são super carinhosos e amigos das pessoas, também sabem como ser corajosos e desafiar os perigos.

Mesmo pequeninos, esses cães têm uma grandeza interior e são ótimos em vários aspectos.

Características da pelagem

dog com a língua de fora

Chihuahua no parque – Foto: Freepik

Existem basicamente dois tipos de Chihuahua, sendo os de pelagem curta e, aqueles que possuem a pelagem longa.

Os cães de pelo curto são os originais do México e, por isso são também os mais populares atualmente em todos os lugares do mundo.

No que diz respeito à coloração, esses animais possuem várias tonalidades e intensidades. Além disso, existem animais que possuem linhas e manchinhas ao longo do corpinho.

Mas é bem provável que você pense logo em um cão dourado quando se fala em um Chihuahua, visto que essa é mesmo a cor mais comum.

Peso ideal em chihuahuas

Características do Chihuahua

Chihuahua gordinho – Foto: Freepik

Os Chihuahuas são conhecidos por serem cães pequeninos e frágeis. Isso é ainda mais óbvio nos primeiros períodos da sua vida.

Justamente por este motivo que não se deve criar esses animais filhotes tão próximos de crianças pequenas e de outros animais maiores.

Caso isso aconteça, é preciso manter uma supervisão constante para evitar maiores problemas. Isso também vale com os adultos, que também devem ter bastante cuidado com esses pequeninos.

A região mais delicada do corpinho do cão nesse período é a fontanela, um ponto amolecido que existe no crânio do pet e, que leva alguns meses para se fechar.

Isso é bem parecido com a moleira dos bebês humanos e, é uma região bastante sensível. Isso porque nessa área o encéfalo fica desprotegido e, é fundamental ter a máxima atenção a isso.

Falando sobre o tamanho do Chihuahua, quando adulto o animalzinho chega a mais ou menos 3 quilos, mas alguns exemplares menores podem pesar 1,5 quilos apenas.

De acordo com o American Kennel Club, o peso do animal adulto não deve ultrapassar os 2,7 quilos.

O peso do animal adulto tem uma relação direta com o tipo de alimento a que o pet tem acesso durante os seus primeiros estágios de desenvolvimento.

A altura, por sua vez, deve ficar entre os 12 e 25 centímetros na cernelha, ou seja, eles devem ter entre 5” e 10” polegadas.

Com que idade o Chihuahua para de crescer?

chá para cachorro

chihuahuas ao lado de potes de comida Foto: Pixabay

Antes demais nada, deve-se dizer que o crescimento de um ser vivo não é nada simples e, por isso depende de uma série de questões.

No caso dos cães, assim como outros seres vivos, o crescimento depende da interação com muitos fatores genéticos, nutricionais e ambientais.

O crescimento dos cães depende principalmente da herança genética individual. Se os pais forem bem pequenos, por exemplo, é provável que os filhotes também sejam.

O ideal é observar a herança até os avós para ter uma maior garantia sobre as características do filhote.

A alimentação também é algo bastante importante, sobretudo durante os primeiros meses de vida.

Por isso, se deve oferecer um alimento de qualidade, que supra todas as necessidades nutricionais do pet.

O ambiente também tem uma influencia sobre o crescimento dos indivíduos. Mas de maneira geral, os cachorros possuem crescimento rápido durante os primeiros meses de vida.

Nesse período, o animalzinho chega a ter uma necessidade do dobro de energia para conseguir atingir o tamanho adequado.

Toda essa energia é destinada ao crescimento muscular e ósseo do animalzinho. Depois que o cão chega ao seu tamanho máximo, essa necessidade nutricional diminui bastante.

Nos cães de porte pequeno e miniatura, como é o caso do Chihuahua, o crescimento começa a diminuir de velocidade e intensidade já após os seis meses de vida.

No entanto, é em torno dos 12 meses de vida que o cãozinho vai parar de crescer definitivamente.

Por volta dos oito meses de vida, o cão chega praticamente ao seu tamanho original e, depois disso eles passam a ganhar massa muscular.

Deve-se observar que os machos possuem um maior acúmulo de massa muscular no tronco, ao passo que nas fêmeas essa maior deposição ocorre nos quadris.

Principais estágios de crescimento do Chihuahua

dicas de nome para chihuahua

chihuahuas dormindo Foto Pixabay

Agora que você já sabe com que idade o cachorro Chihuahua para de crescer, está na hora de aprender mais sobre esse processo.

Basicamente, existem três principais etapas que compõem o crescimento dos filhotinhos dessa raça.

A seguir falaremos sobre cada um e os seus principais aspectos.

Do nascimento até os três meses de vida

câncer de mama em cães

Filhotes de cachorro se alimentando – Foto: Freepik

Inicialmente, o cão nasce e, é completamente dependente dos cuidados da sua mãe, uma vez que ele é imaturo e não consegue fazer nada sozinho ainda.

Particularmente, falando-se no Chihuahua, este é um cão que nasce muito sensível e pequeno. A maioria dos recém nascidos tem somente de 130 a 145 gramas.

Isso é bem pouco, mas com o passar dos dias o animal ganha peso e se desenvolve bem rapidamente.

Nesse período, o leite materno é fundamental para que o pequenino receba todos os nutrientes de que necessita para o seu desenvolvimento e crescimento.

O ideal é que o cãozinho tome apenas o leite da fêmea durante mais ou menos 60 dias. E após esse período, o desmame deve ocorrer lentamente.

A transição do leite para a ração deve ocorrer aos poucos, evitando assim problemas gastrointestinais no pet.

Caso o animal tenha diarreia ou vomito quando é muito pequeno, pode facilmente ficar desidratado.

Para que o cachorrinho se desenvolva muito bem, é preciso que ele tenha uma alimentação completa e balanceada, recebendo os nutrientes de que mais precisa.

Nesse caso, uma ração super premium desde o início da vida do cãozinho é a melhor escolha para o seu bom desenvolvimento.

Desenvolvimento entre os 3 e 9 meses de vida

Cachorro com medo

Filhote de chihuahua deitado Foto: Pixabay

Passados os três primeiros meses da vida do cãozinho, o crescimento começa a diminuir em velocidade e intensidade.

Mas mesmo que mais lentamente, o cãozinho ainda cresce bastante. E quando chega aos seis meses já está bem próximo do tamanho que vai ter quando adulto.

Entre os seis e os nove meses, ocorre a puberdade do cãozinho. Ou seja, começa a ocorrer a maturidade sexual e, algumas fêmeas podem entrar no cio nesse período.

Por volta dos oito meses de vida o pequenino começa a ganhar um pouco de peso, de modo que um pouco de gordura começa a se depositar no seu corpinho.

9 meses e um ano: a idade em que o Chihuahua para de crescer

língua

chihuahua filhote Foto: Freepik

Como você já viu antes, entre 9 e 12 meses de vida, é a idade em que o Chihuahua para de crescer.

Nesse período o animal começa a ganhar massa muscular, tornando-se assim bem mais robusto. Além de ganhar massa muscular, o cão também começa a engordar um pouco, ganhando alguns depósitos de gordura.

Mesmo que o Chihuahua seja um cãozinho com pouca tendência a engordar, ainda assim existem partes do seu corpo que possuem mais gordura do que outras.

A dentição do animal também estará concluída nesse período. E aqui o cão já é considerado adulto.

Vale a pena salientar que no caso de alguns animaizinhos, essa fase em que o animal é considerado filhote, pode se estender até os 18 meses de vida do pet.

A nutrição ao longo das fases de desenvolvimento do cão

chihuahua ao lado de pote de ração

chihuahua ao lado de pote de ração – Foto: Freepik

É importantíssimo ter em mente que ao longo de todo o desenvolvimento do cão, é preciso fazer adequações na sua alimentação.

Isso é muito importante para que o pet tenha acesso a todos os nutrientes de que necessita em cada etapa.

Sendo assim, ele deve receber a ração que seja adequada para cada etapa. Durante os dois primeiros meses de vida, o filhotinho praticamente só vai mamar.

Mas a partir disso deve começar a se alimentar de uma ração super premium que seja específica para filhotinhos.

É importante que a ração se já de filhote, pois assim o cão vai ter a quantidade de calorias, proteínas e de vitaminas e minerais que necessita para se desenvolver.

O alimento para filhote pode ser mantido até ao 12 ou 18 meses de vida do cachorrinho, dependendo da orientação do veterinário.

Após esse período, o cachorro chihuahua para de crescer e, então não precisa mais de um aporte nutricional tão intenso.

Sendo assim, ele deve mudar para uma ração de qualidade que seja desenvolvida para animais adultos.

O alimento para cães adultos é completo e balanceado para a manutenção das funções vitais e, do metabolismo do pet.

Da mesma forma que nos primeiros meses de vida, após os sete anos de idade, o cão entra em um processo mais intenso e acelerado de envelhecimento.

Com isso, começa a ter outras demandas nutricionais específicas relativas à manutenção do seu organismo saudável por mais tempo.

Então, a ração deve ser capaz de suprir as perdas nutricionais peças quais o cão passa nesse período da sua vida.

Fora isso, a musculatura e as articulações também demandam cuidados especiais para evitar que o animal comece a perder mobilidade intensamente.

Saiba como descobrir se o seu cão tem problema de crescimento

Agora que você já sabe com que idade um cachorro Chihuahua para de crescer, já está apto a perceber caso exista algum problema com o pet.

Para isso, conhecer cada fase do seu crescimento é algo fundamental. Quando um animal possui problemas de desenvolvimento, isso se torna obvio por meio de mudanças comportamentais ou alterações corporais.

Sendo assim, conforme o seu animalzinho for crescendo, você precisa se manter bem atento a qualquer anormalidade que venha a surgir na sua anatomia.

É comum que animais com problemas de crescimento tenha sinais típicos, como:

  • Alterações na pelagem e na pele;
  • Problemas de apetite;
  • Vômito;
  • Diarreia;
  • Dificuldade de locomoção;
  • Dor e incomodo em geral.

Geralmente, além desses sinais, os animais também apresentam variados tipos de alterações esqueléticas e fisiológicas.

Redução do crescimento e o excesso de peso também podem surgir dependendo do quadro.

Em casos de deficiência de hormônio do crescimento, por exemplo, aos seis meses de idade o animal pode ainda apresentar retenção da pelagem típica de filhote e, dos dentes de leite.

Nanismo e a fontanela aberta ainda nesse período também é algo que se observa nos animais com esse tipo de deficiência hormonal.

Juntamente a tudo isso, observam-se mudanças fisiológicas importantes. E se você desconfiar de que o seu animalzinho possa estar com um problema desse tipo, então precisa leva-lo para uma consulta com um especialista.

A confirmação só é possível por meio de exames detalhados, ainda mais que o Chihuahua é um cachorro muito pequeno.

Conclusão

Nos primeiros períodos da vida, o crescimento dos cães dessa raça é bastante acelerado. E é entre os 8 e os 12 meses que o cachorro Chihuahua para de crescer.

Nesse período o cão passa a ser considerado adulto e, é importante observar tudo isso para se atentar às necessidades nutricionais dos pets nessas fases.

Além disso, conhecer o desenvolvimento da raça do seu cãozinho é importante para perceber caso ele tenha algum problema metabólico e de desenvolvimento em geral.