Se você e seu dog estão em isolamento devido ao coronavírus, essas dicas irão ajudar seu cão para não ficar entediado dentro das quatro paredes! Antes de seu amigo de quatro patas devastar seu apartamento, você pode usar o tempo em casa para fortalecer seu vínculo. Confira 6 boas dicas para manter o cachorro ocupado em casa. Confira!

6  Maneiras de como manter o cachorro ocupado em dias de isolamento social

Brinque com seus companheiros! Se você trabalha em casa, faça pausas para abraçar e brincar com seu animal de estimação.

1. Jogo de esconde-esconde

Cachorro brincando em casa – Foto: Freepik

Brinque de esconde-esconde na versão canina: esconda um  objeto ou você mesmo pode se esconder. Assim, você mantém seu amigo de quatro patas em movimento e o esforço permanece relativamente baixo.

Tudo o que você precisa fazer é brincar ou simplesmente se esconder no apartamento ou na casa. Em seguida, você envia seu amigo de quatro patas na busca.

2. É hora de farejar

Você pode criar vários jogos de busca, rastreamento ou estratégia. Você pode colocar ração em alguns lugares da casa. Seu cão só precisa encontrar!

Mas você também pode criar facilmente muitos jogos com o que você já tem em casa. Por exemplo, montando várias xícaras ou canecas invertidas, colocando uma guloseima embaixo de uma delas e deixando seu cão farejar a xícara certa.

Mas não exagere muito. Os jogos de busca são bastante cansativos para os cães. Uma pequena rodada de cinco minutos é suficiente no início.

3. É hora de se mover

Mulher brincando com cachorro – Foto: Freepik

Essa dica de como manter o cachorro ocupado e que funciona fora ou durante o treinamento de agilidade, também funciona com alguns truques: mover, exercitar-se e promover a destreza. Por exemplo, você pode fazer um obstáculo com dois baldes e uma vassoura que seu cão possa pular.

Você também pode colocar facilmente pequenos obstáculos. Por exemplo, você coloca garrafas de água para que seu cão possa passear por elas.

4. Como manter o cachorro ocupado com jogo de mastigar e lamber

Ao dar ao cachorro algo para mastigar ou lamber, você promove seu instinto natural. Mastigar brinquedos ou guloseimas na água são bons exemplos.

5. É hora da limpeza

Quem cria o caos precisa limpá-lo! Ensinamos isso a nossos filhos, por que não aos nossos cães também? Use o tempo em casa para treinar seu cão na limpeza. Por exemplo, o cachorro pode guardar seus brinquedos, de preferência em uma caixa.

6. Como manter o cachorro ocupado ensinando comandos

Donos brincando com cachorro – Foto: Freepik

O seu cão domina os comandos básicos “sentar”, “rolar”, “deitar” ? Agora é uma boa hora para praticar. Se os comandos básicos já estiverem cansativos, você pode ousar fazer exercícios mais avançados. Por exemplo, ensine ao seu cão os nomes dos seus brinquedos. Você pode pedir ao seu amigo de quatro patas para buscar especificamente a bola ou o ursinho. Você também pode ensiná-lo a pegar seus chinelos ou fechar as gavetas.

Principais dicas para passar por esse momento ao lado do seu cãozinho

Compartilhamos algumas dicas relacionadas ao bem-estar, boa saúde e segurança de nossos cães e gatos durante esta situação sem precedentes:

  • Não faça seus animais usarem máscaras: elas podem causar dificuldades respiratórias.
  • Não coloque seus animais em uma gaiola ou sala separada. Deixe-os circular pela sua casa como de costume.
  • As pessoas que estão doentes ou sob vigilância médica por causa do vírus devem evitar o contato com seus animais, tanto quanto possível. Isso evita a propagação do vírus que pode ser depositado no pelo do animal (como é o caso de uma roupa compartilhada ou maçaneta da porta), mesmo que o próprio animal não possa ser infectado e transmitir o vírus.
  • Não faça grandes estoques (para eles e para você), pois isso pode levar à escassez. No entanto, planeje as necessidades do seu animal com antecedência e verifique se você tem comida suficiente para seus animais por cerca de duas a três semanas.
  • Certifique-se de ter alguém ao seu redor pronto para cuidar de seu animal de estimação, caso você fique doente.
  • Ofereça ajuda a vizinhos que não podem comprar ou levar comida para seus animais de estimação.
  • Doe alimentos para animais
  • Seus cães podem e sempre devem passear. Mesmo que seja apenas para caminhadas curtas e dentro do perímetro de sua casa, deixe seu companheiro canino respirar um pouco de ar fresco e dê a ele a oportunidade de esticar as pernas várias vezes ao dia, respeitando os regulamentos diretrizes do Ministério da Saúde e Secretaria Estadual de Saúde.
  • Você também pode criar outros “jogos” simples para entretê-los quando estiver ocupado.

Nossos cães e gatos dependem de nós para cuidar deles, independentemente da situação, e especialmente em tempos de crise. Vamos garantir que eles recebam comida saudável, muito exercício e todo o amor e atenção que merecem!