Cachorros atrapalhados

Esses cães aprontaram e acabaram ficando "presos".

por Karina Sakita — publicado 14 mar 2016 - 17:08

É difícil encontrar um cachorro que nunca tenha feito alguma travessura, não é? Mas alguns cães se atrapalham um pouco e acabam ficando “presos” após aprontarem!

Veja uma galeria de fotos de cachorros que não conseguiram esconder o que fizeram!

 

(Foto: Reprodução / Bark Post)

(Foto: Reprodução / Bark Post)

 

(Foto: Reprodução / Bark Post)

(Foto: Reprodução / Bark Post)

 

(Foto: Reprodução / Bark Post)

(Foto: Reprodução / Bark Post)

 

(Foto: Reprodução / Bark Post)

(Foto: Reprodução / Bark Post)

 

(Foto: Reprodução / Bark Post)

(Foto: Reprodução / Bark Post)

 

(Foto: Reprodução / Bark Post)

(Foto: Reprodução / Bark Post)

 

(Foto: Reprodução / Bark Post)(Foto: Reprodução / Bark Post)

(Foto: Reprodução / Bark Post)(Foto: Reprodução / Bark Post)

 

cachorro-preso-08

 

(Foto: Reprodução / Bark Post)

(Foto: Reprodução / Bark Post)

 

(Foto: Reprodução / Bark Post)

(Foto: Reprodução / Bark Post)

 

(Foto: Reprodução / Bark Post)

(Foto: Reprodução / Bark Post)

 

(Foto: Reprodução / Bark Post)

(Foto: Reprodução / Bark Post)

 

Cane Corso: Cão de guarda, cão de guerra e caçador hábil

por Handreza Hayran — publicado 15 jul 2019 - 9:45

O Cane Corso, cujo nome, traduzido da palavra latina “cohors”, significa “guardião” ou “protetor”, é um ancestral do antigo cão Molossus, que também é o ancestral da raça mastim.

Cane Corso são cães poderosos que podem parecer intimidantes para alguns. Esses cães destemidos e vigilantes não são adequados para todos. No entanto, eles são muitas vezes incompreendidos e podem realmente ser excelentes companheiros. Para quem gosta da ideia de um cão muito grande que é protetor e atlético,

 » Read more about: Cane Corso: Cão de guarda, cão de guerra e caçador hábil  »

Higiene do cão: como fazer da forma certa?

por Camila Da Silva — publicado 15 jul 2019 - 9:45

higiene em cães

A higiene do cão é algo extremamente fundamental para manter uma condição saudável junto do seu melhor amigo. Entretanto, muita gente acaba deixando de lado alguns aspectos fundamentais relacionados ao assunto. Desta forma, acompanhe o texto e veja como você pode construir uma cultura de higiene ao redor de seu cão.
Higiene do cão

Preservar a saúde do cão é uma das formas mais eficazes de evitar a contração de doenças. Aquele ditado é sempre válido: prevenir é melhor do que remediar.

 » Read more about: Higiene do cão: como fazer da forma certa?  »

Cães de guarda: Conheça os 10 melhores e suas principais características

por Handreza Hayran — publicado 14 jul 2019 - 9:45

Você está procurando o cachorro certo para proteger você, sua família ou sua propriedade? Se você está pensando em conseguir um cão de guarda, há muitos cães de guarda por aí que estão prontos para o trabalho. É importante ser seletivo ao escolher seu próximo cão. Encontre um cão que se torne seu companheiro e protetor.

Muitos cães têm a capacidade natural de atuar como cães de guarda. Um cão de guarda ideal é grande,

 » Read more about: Cães de guarda: Conheça os 10 melhores e suas principais características  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Cane Corso: Cão de guarda, cão de guerra e caçador hábil

por Handreza Hayran — publicado 15 jul 2019 - 9:45

O Cane Corso, cujo nome, traduzido da palavra latina “cohors”, significa “guardião” ou “protetor”, é um ancestral do antigo cão Molossus, que também é o ancestral da raça mastim.

Cane Corso são cães poderosos que podem parecer intimidantes para alguns. Esses cães destemidos e vigilantes não são adequados para todos. No entanto, eles são muitas vezes incompreendidos e podem realmente ser excelentes companheiros. Para quem gosta da ideia de um cão muito grande que é protetor e atlético, a raça é uma a considerar.

História do Cane Corso

cane-corso

O Cane Corso originou-se na Itália e pode ser rastreado até os tempos antigos. Ao longo de sua história inicial, o cachorro agiu como um cão de guarda, cão de guerra e caçador hábil de vários jogos. Seu nome é derivado da palavra italiana “cão” e o termo latino cohors , que significa “protetor” ou “guardião”.

Um declínio significativo da raça foi causado pelas Guerras Mundiais, mas um pequeno número de cães ainda existe. Durante a década de 1970, os entusiastas do Cane Corso provocaram um renascimento da raça.

Cuidados com Cane Corso

cane-corso

As necessidades de higiene são muito básicas: escovar e banhar-se ocasionalmente, conforme necessário. Como outros cães grandes, o Cane Corso pode ter unhas que se desgastam naturalmente. Verifique o comprimento das unhas do seu cão regularmente para que ele possa permanecer confortável e móvel.

As orelhas do Cane Corso são muitas vezes em um triângulo equilátero, mas isso não é um requisito de acordo com o padrão da raça. A cauda é tipicamente ancorada na quarta vértebra.

Uma verdadeira raça de trabalho, o Cane Corso é ativo. O exercício diário o ajudará a manter-se bem fisicamente e mentalmente. Caminhada rápida ou corrida é um bom começo. Se você tem uma fazenda, o cachorro pode rebanhar o gado. Mas se você é um dono de casa mais típico, ensine truques de habilidades e obediência.

Treinamento

Um Cane Corso é melhor adotado por uma pessoa que está familiarizada com o treinamento do cão, em vez de um dono de primeira viagem. Treinamento adequado e socialização são essenciais para todos os corsos. Com uma aversão natural a estranhos e uma tendência a ser territorial, você deve ser diligente e consistente durante o treinamento. O cachorro é inteligente e trabalhador, então não é difícil para esta raça aprender.

Apesar de sua aparência, que alguns podem achar intimidante, o Cane Corso pode realmente ser carinhoso e gentil. Esta raça se unirá profundamente à sua família e atuará como um protetor. Com tratamento e socialização adequados, ele pode se dar bem com as crianças, chegando a formar um vínculo estreito. No entanto, as crianças também devem ser ensinadas a se comportar em torno de cães e nunca devem ser deixadas sem supervisão.

O Cane Corso precisa de uma cerca alta e resistente quando for para o ar livre. A raça é propensa a perseguir e matar pequenos animais, como gatos e outros cães.

Problemas comuns de saúde

Criadores responsáveis ​​se esforçam para manter os mais altos padrões de raça, conforme estabelecido por clubes de cães. Cães criados por esses padrões são menos propensos a herdar condições de saúde. No entanto, alguns problemas de saúde hereditários podem ocorrer na raça. Esteja ciente das seguintes condições:

  • Displasia da anca: Esta é uma condição hereditária que pode levar à claudicação e artrite.
  • Dilatação gástrica : Inchaço depois de comer e beber muito rápido é possível. Se o estômago se contorcer, pode cortar o suprimento de sangue e criar uma emergência médica.
  • Ectrópio: Uma condição comum na qual as pálpebras inferiores se inclinam ou rolam para fora.

Dieta e Nutrição

Um adulto Cane Corso vai precisar de 4 a 5 xícaras de ração por dia. É melhor dividi-lo em duas refeições para ajudar a reduzir o risco de inchaço e torção do estômago. Certifique-se de avaliar se o seu cão está com sobrepeso. Se você notar aumento de peso, pergunte ao seu veterinário se você precisa mudar o horário de alimentação, quantidade, tipo de comida e rotina de exercícios.

Adotando um cane corso

cane-corso

Se você acha que o Cane Corso pode ser o ideal para você, tente localizar criadores e proprietários em sua área para que você possa passar algum tempo com a raça em primeiro lugar. Certifique-se de compreender o que é necessário para cuidar adequadamente desta raça antes de trazer um para sua vida.

Características interessantes:

  • Ele é um cão de guarda confiável. Ele pode até proteger outros animais de estimação.
  • O Cane Corso prefere evitar estranhos, mas vai tolerá-los.
  • O Cane Corso é criado para ser um cão de trabalho e requer exercício diário.

Se você tiver dúvidas ou preocupações, você deve sempre visitar ou ligar para o veterinário.  Ele é o seu melhor recurso para garantir a saúde e bem-estar de seus animais de estimação.

Higiene do cão: como fazer da forma certa?

por Camila Da Silva — publicado 15 jul 2019 - 9:45

higiene em cães

A higiene do cão é algo extremamente fundamental para manter uma condição saudável junto do seu melhor amigo. Entretanto, muita gente acaba deixando de lado alguns aspectos fundamentais relacionados ao assunto. Desta forma, acompanhe o texto e veja como você pode construir uma cultura de higiene ao redor de seu cão.

Higiene do cão

Preservar a saúde do cão é uma das formas mais eficazes de evitar a contração de doenças. Aquele ditado é sempre válido: prevenir é melhor do que remediar. E neste caso, uma das formas mais práticas de prevenir doenças no seu melhor amigo, é fazendo uma higiene completa. Ao seja, alguns cuidados básicos podem e devem ser tomados para que bactérias não entrem em ação de forma negativa no organismo do cachorro.

Há uma série de benefícios em manter higienizada toda a rotina e o dia a dia do seu cão. São ações simples, básicas e que no longo prazo fazem muita diferença, tanto para você quanto para ele. Acompanhe o texto e saiba mais.

higiene do cão

A higiene faz parte da saúde

Como citado anteriormente, a prevenção é sempre a melhor saída para ter um cão saudável. E a higiene do cão faz parte deste processo. É através dela que você evita o contato direto com doenças. Inclusive é muito mais benéfico para o ser humano evitar o contato direto com a sujeira animal. Assim sendo, de nada adianta você buscar remédios ou tratamentos veterinários para curar um problema grave que poderia ser evitado. Muitas vezes pode ser tarde demais por uma simples negligência.

A saúde canina é motivo de preocupação. Um cachorro que não é saudável, tende a apresentar uma série de complicações com o passar dos anos. A qualidade de vida do animal acaba sendo reduzida a quase nulo. Portanto, cuide do seu pet. A começar pela limpeza constante da casinha, roupas e brinquedos.

Como manter uma boa higiene canina?

Não há segredo. Para manter uma boa higiene do cão, você precisará tomar atitudes diárias, semanais e mensais. Elas são simples e podem facilmente tornar-se hábito, desde que você execute a repetição. Afinal, sabemos que o corpo humano adapta-se a repetições constantes. E se você está adotando um cachorro pela primeira vez, talvez algumas ações sejam difíceis de fazer sempre. No entanto, são necessárias. Veja a seguir o que fazer.

Dê banho todas as semanas

O banho é a forma mais básica de manter o cão higienizado. E não só o cão, nós humanos também, obviamente. Por isso, recomenda-se um banho por semana para que o pêlo e as regiões íntimas do cão sejam limpas e não tornem-se ambientes para proliferação de bactérias.

É claro que vai variar de raça para raça. Há sempre aquelas que necessitam até de dois banhos por semana, dependendo da pelagem e do habitat e dia a dia. No entanto, o mais importante é sempre a regularidade. Ou seja, dar banho sempre, não apenas esporadicamente.

higiene em cães

Tenha tapetes higiênicos pela casa

Diferentemente dos gatos, os cães não costumam ser muito higiênicos na hora de fazer suas necessidades. Ainda mais dentro de casa. Por isso, tenha sempre tapetes especiais para receber fezes e xixi. Eles terão uma capacidade de absorção que irá reter líquido e assim construir um ambiente mais limpo.

Esta é uma forma de você sempre estar renovando o banheiro do animal. Lembre-se que facilitar a limpeza é uma das formas mais inteligentes de manter sua casa limpa. Com os tapetes certos, bastará o recolhimento e a troca. Assim você poupará tempo e esforços.

Adestramento para fazer xixi no lugar certo

Por mais que você tenha os tapetes higiênicos, vamos combinar que de nada adianta se o cão não for adestrado para fazer xixi no lugar certo, não é mesmo? Desta forma, é de suma importância que você ensine o cachorro onde ele pode e deve fazer as necessidades dele. Por mais que no início possa parecer complicado, acredite, o cão acabará criando o condicionamento de entender onde fazer as necessidades.

E este simples ato fará com que o trabalho de higiene do cão seja muito mais otimizado. Você terá apenas um local para limpar e, consequentemente, será apenas um local para proliferar possíveis bactérias. O que é ótimo, pois não dá chance para elas crescerem em locais inacessíveis.

higiene em cães

Brinquedos higienizados

Os cães vivem colocando os brinquedos na boca e brincando de formas inimagináveis. Desta forma, manter a higiene deles também é muito importante. É somente desta forma que a contaminação não ocorrerá. Portanto, lave com frequência todos os objetos que o cão carrega na boca e, desta forma, garanta a saúde dele e a sua.

Faça a tosa higiênica

Há diversos tipos de tosa em cães. Entretanto, a tosa higiênica é sempre a mais importante, pois é ela quem garantirá o longo prazo da saúde do cachorro. Afinal, as regiões íntimas do cão são muito sucetíveis a bactérias. Principalmente cães peludos, onde os pêlos podem facilmente entrar em contato com a urina ou fezes e, no longo prazo, criar situações complicadas.

higiene em cães

Não deixe de fazer visitas veterinárias regulares

A higiene do cão passa muito pelos processos de prevenção. Por isso, leve o animal com regularidade ao veterinário para que ele possa fazer um acompanhamento e elaborar prontuários detalhados. Além do mais, esta é a chance de limpar locais ainda mais inacessíveis (como orelhas) e ouvir recomendações para uma higiene do cão ainda mais completa. Nunca descarte os serviços profissionais. Cuide bem do seu cachorro e boa sorte.