Como ajudar as crianças a lidarem com a morte de um pet

Como muitas vezes essa pode ser a primeira experiência de perda de um ser amado, paciência e cuidado são necessários para auxiliá-la a lidar com o luto.

por Samantha Kelly — publicado 3 jun 2015 - 18:39

A morte de um pet já é um evento traumático para tutores de qualquer idade, e no caso das crianças, muitas vezes essa é a primeira experiência que elas têm de perda de um ser amado.

Mamães, papais, titios e avós precisam estar cientes de que a criança pode apresentar uma série de sentimentos e reações, e para isso, é preciso estar preparado para oferecer o suporte necessário para que elas consigam seguir em frente da melhor maneira possível.

Abaixo algumas dicas de atividades que podem auxiliar a criança a melhor lidar com a perda do pet.

 

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

– A maneira que a criança irá reagir à morte do pet depende e cada uma pode apresentar reações distintas. Tristeza, raiva, vazio e culpa são todas emoções válidas. Algumas podem querer fazer várias perguntas, e outras podem internalizar e silenciar. Deixe claro que você estará ali e disponível para responder todas essas questões quando ela estiver pronta é importante para que se sinta amparada;

– Seja honesto com a criança, mesmo que o assunto seja tão delicado quanto a morte. É crítico que você demonstre bom senso quanto a idade da criança e o quanto/como irá falar sobre o assunto;

– Cuidado ao utilizar eufemismos como “Ele foi colocado para dormir”, já que há uma grande possibilidade da criança interpretar de forma literal e passar a ter medo de ir dormir;

– Como uma maneira de dizer adeus, rituais de passagem, como um funeral ou uma cerimônia simbólica, podem auxiliar e trazer um tipo de fechamento;

– Se você tiver um quintal na sua casa, plantar uma árvore em honra à vida do pet pode tornar o momento mais solene;

– Guardar uma lembrança como uma coleira ou brinquedo que o pet particularmente gostava;

– Sentar com a família e/ou com um grupo de amigos para falar dos momentos alegres do pet pode fazer a criança se sentir saudosa, mas também fará com que ela compreenda que todos estão passando por aquela situação e dor juntos;

– Outra maneira de lembrar é através da construção de um álbum de fotografias para que juntos, durante o processo, possam conversar e relembrar dos momentos felizes;

– Como algumas crianças podem internalizar o sentimento e ter dificuldade de se expressar, pedir para que desenhem ou que escrevam uma carta como uma forma de colocar para fora é uma boa alternativa;

– Pedir para que a criança complete sentenças como “Falar sobre a morte do meu pet faz com que eu me sinta…” é uma forma de fazê-los falar sobre seus sentimentos;

– Há muitos livros voltados para o público infantil que tratam sobre a perda de um pet de maneira didática e sensível;

– Se a criança continuar apresentando um comportamento diferente de seu normal, com dificuldade de se abrir ou lidar com o ocorrido mesmo depois de um tempo após o falecimento do pet, buscar o auxílio de uma profissional que seja especializada em crianças pode ser uma boa maneira de lidar com o luto;

– Só por que o sentimento mais agudo de saudade já passou, não quer dizer que o processo de cura de uma perda seja rápido. A criança pode continuar a fazer perguntas, falar sobre lembranças ou fazer observações sobre o assunto por dias, semanas ou até meses;

– Compartilhe o seu próprio sentimento com a criança, até para que ela saiba que é aceitável sentir tristeza, mas cuidado para não sobrecarregá-la. Para um maior auxílio, procure outros adultos melhor preparados.

 

Fontes de pesquisa: Vet Street, ASPCA e care2

 

Leitura complementar: Entrevista com a psicóloga Maíra Simeão sobre o luto e a perda de um cachorro

A verdade sobre a língua preta azulada do Chow Chow

por Handreza Hayran — publicado 25 maio 2019 - 9:45

chow-chow

Tudo sobre o Chow Chow captura a imaginação, desde a sua magnífica aparência de leão à sua história longa e célebre, mas nada chama a atenção como a sua língua. A língua azul do Chow Chow o diferencia de quase todas as outras raças de cães. Mas por que os Chows têm línguas azuis?
Características do Chow Chow

Apesar de sua singularidade, a língua azul de Chow Chow pode não ser a primeira coisa que você reconhece sobre esse cão.

 » Read more about: A verdade sobre a língua preta azulada do Chow Chow  »

Como funciona a idade dos cachorros?

por Handreza Hayran — publicado 24 maio 2019 - 9:45

idade dos cachorros

Dizer que um ano de cachorro é igual a sete anos humanos é uma maneira muito simplificada de comparar a idade de um cão com a de um humano. Você sabe como funciona a idade dos cachorros?

Esse cálculo de sete anos para humanos para um ano de idade dos cachorros é para ajudar as pessoas a entenderem que os cães envelhecem com uma taxa muito mais rápida do que os humanos. Compreendendo aproximadamente quantos anos um cão tem comparado a um humano,

 » Read more about: Como funciona a idade dos cachorros?  »

Perfil da Raça do Cão Saluki: A Raça Mais Antiga do Mundo

por Handreza Hayran — publicado 24 maio 2019 - 9:45

saluki

Saluki é uma das raças de cães mais antigas do mundo. Por milhares de anos, essa raça esguia e robusta serviu como cão de caça para os reis. Hoje eles continuam sendo velocistas ágeis e rápidos que adoram uma boa caçada e se divertem ao ar livre, enquanto ao mesmo tempo são animais de estimação gentis e leais com olhos calorosos e fiéis e uma devoção imortal a suas famílias.
Visão geral da raça

GRUPO: cães

PESO: 18 a 27 Kilos

 » Read more about: Perfil da Raça do Cão Saluki: A Raça Mais Antiga do Mundo  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

A verdade sobre a língua preta azulada do Chow Chow

por Handreza Hayran — publicado 25 maio 2019 - 9:45

chow-chow

Tudo sobre o Chow Chow captura a imaginação, desde a sua magnífica aparência de leão à sua história longa e célebre, mas nada chama a atenção como a sua língua. A língua azul do Chow Chow o diferencia de quase todas as outras raças de cães. Mas por que os Chows têm línguas azuis?

Características do Chow Chow

Apesar de sua singularidade, a língua azul de Chow Chow pode não ser a primeira coisa que você reconhece sobre esse cão. Na primeira vez você pode ser atraído pela sua linda juba que envolve seu rosto.

Eles são resistentes com uma grande cabeça quadrada. Eles geralmente têm algumas variações de cor como douradas vermelhas, mas não é incomum ver um Chow Chow marrom escuro ou de cor creme. Seus olhos são profundamente fixos e têm uma cauda encaracolada de comprimento médio que geralmente se ajusta para cima.

Apesar de robusto, o Chow Chow é bastante ágil. Eles eram conhecidos como “cães de guerra”. Isso pode parecer incongruente devido a aparência de seu ursinho de pelúcia que possuem. Mas eles podem ser cães muito pacíficos e gentis. Talvez devido à sua criação antiga, eles também são muito leais. Isso significa que eles podem ser cautelosos com estranhos e às vezes super protetores de seus donos se perceberem uma ameaça.

chow-chow

Eles são a base de algumas esculturas de pedra e estátuas que podem ser vistas em diferentes templos budistas, bem como fora da Cidade Proibida. Essas estátuas são conhecidas como leões guardiões imperiais ou simplesmente cães Foo.

Eles também podem ser difíceis de treinar devido à sua natureza teimosa, o que significa que eles precisam se socializar cedo. Quanto mais se acostumarem a estar com outros animais e pessoas, maior a probabilidade de se tornarem cães adultos mais sociáveis. Como todos os cães, eles precisam de exercícios apropriados, mas eles têm uma energia relativamente baixa. Isso os torna um bom animal de estimação para um dono cuidadoso.

De onde surgiu a língua azul do chow chow?

Chow Chows, também conhecido como Chows, é uma das raças de cães mais antigas do mundo. Eles aparecem em mais de 206 aC, e outras evidências sugerem que essa raça remonta muito mais longe.

Não há “documentação de porque os Chow Chows tem uma língua azul-negra”, mas existem explicações fictícias.

Lendas do cão de língua azul

chow-chow

Há duas lendas principais de como o Chow Chow conseguiu sua língua distintamente colorida.

A primeira lenda está relacionada aos laços estreitos do cão com a comunidade budista na Ásia. Em um dia muito frio, há muito tempo, um monge budista ficou muito doente. Ele estava tão doente que ficou incapacitado e não podia sair para se aquecer. Os Chow Chows saíram para o frio para encontrar madeira para o monge, mas infelizmente tudo o que conseguiram encontrar eram troncos carbonizados. Quando os trouxeram de volta em suas bocas, a chamuscada fez com que suas línguas ficassem na cor azul escura.

A segunda lenda da língua azul diz respeito ao próprio Buda. Enquanto o Buda pintava o céu com sua distinta cor azul, ele pousou os pincéis no chão. O inquisitivo Chow Chow aproximou-se dos pincéis e deu-lhes uma lambida curiosa. Isso resultou na cor da língua permanente do cão.

Apesar de sua qualidade mítica agradável, não podemos deixar de questionar a veracidade dessas histórias. Mas isso não importa, o Chow Chow tem histórico suficiente para mais do que compensar isso.

Há histórias interessantes sobre Chow Chows, que geralmente estão ligadas aos seus famosos donos. Os nomes históricos que foram donos de Chow Chow incluem o jogador de futebol Mario Balotelli, a cantora Janet Jackson, o ícone cultural Elvis Presley e o ex-presidente dos EUA Calvin Coolidge.

Os pontos azuis na língua de um cão significam que o cão é parte chow?

Você pode ter ouvido alguém apontar para uma mancha azul na língua de um cachorro e dizer: “Isso significa que o cão é parte Chow”. Não é tão simples assim.

Enquanto uma língua azul-negra pode significar que um cão tem Chow Chow em suas linhagens, esse fato também é encontrado periodicamente em muitas raças puras, incluindo Terra-nova e Labradores Retrievers.

A diferença entre esses pontos e a língua de Chow Chow é que esses pontos não são considerados hereditários e podem ser simplesmente células cutâneas pigmentadas aleatoriamente, enquanto a língua azul de Chow Chow é uma de suas características identificadoras.

A língua do chow chow pode ser de outra cor?

chow chow

Chow Chows não nascem com línguas azuis. Na verdade, os filhotes de Chow Chow têm línguas rosa, assim como outras raças. A cor azul-escura se desenvolve quando os olhos se abrem. “Às vezes, a mudança de pigmento é mais lenta, mas o pigmento da língua deve estar sempre completo quando o filhote tiver cerca de seis meses”. Se a língua não muda de cor e permanece rosa, diz-se que não é uma raça pura.

Que outras raças têm línguas azuis?

Como o Chow Chow, o padrão da raça Shar-Pei possui pigmentação preto-azulada na boca e língua.

Chow Chows e Shar-Pei provavelmente compartilham ancestrais distantes, o que explica a semelhança entre os dois. Eles também compartilham suas línguas na cor azul, como ursos polares e várias raças de gado.

Como funciona a idade dos cachorros?

por Handreza Hayran — publicado 24 maio 2019 - 9:45

idade dos cachorros

Dizer que um ano de cachorro é igual a sete anos humanos é uma maneira muito simplificada de comparar a idade de um cão com a de um humano. Você sabe como funciona a idade dos cachorros?

Esse cálculo de sete anos para humanos para um ano de idade dos cachorros é para ajudar as pessoas a entenderem que os cães envelhecem com uma taxa muito mais rápida do que os humanos. Compreendendo aproximadamente quantos anos um cão tem comparado a um humano, os donos de cães podem oferecer o melhor cuidado possível aos seus cães.

Este cálculo desatualizado, mas popular, existe desde meados do século XX. Mas infelizmente, converter anos de cachorro para anos humanos não é tão simples assim.

Idade dos cachorros e tamanho

Diferentes tamanhos de cães envelhecerão em taxas diferentes. E a taxa de envelhecimento aumentará se um cão for maior e mais velho.

Cães de raças pequenas, como os chihuahuas, normalmente envelhecem mais lentamente. Já os cães de raças gigantes, como os grandes dinamarqueses, envelhecem mais rapidamente quando comparados a cães de outros tamanhos. Isso basicamente significa que quanto maior o seu cão estiver quando estiver adulto, mais rápido o seu corpo envelhece.

Cães de raça grande geralmente não vivem tanto quanto cães de tamanho menor a médio, mas sempre há exceções.

idade dos cachorros
Filhotes: do nascimento a seis meses

idade dos cachorros

O desenvolvimento de um cão de qualquer tamanho durante os primeiros seis meses de vida é o mesmo.

Olhos e ouvidos se abrirão, dentes do bebê entrarão em erupção, e seu cão será desmamado de sua mãe para comer comida sólida para filhotes.

As placas de crescimento nos ossos ainda estarão abertas, o que significa que o seu cão ainda está crescendo durante este período da sua vida.

Filhotes se tornam adultos: de seis meses a três anos

idade dos cachorros

Entre seis meses e três anos de idade dos cachorros, seu cão atingirá seu tamanho adulto. As placas de crescimento nos ossos se fecharão. Os dentes de leite cairão e os dentes adultos entrarão em erupção. Ainda poderão ocorrer trocas de pelo e o seu cachorro se tornará um cão adulto.

Geralmente, o alimento para filhotes é transferido para a alimentação de adultos quando o cão termina de crescer, ou entre seis meses e um ano de idade.

O primeiro ano de vida de um cão é equivalente a entre 14 e 18 anos para uma pessoa, então ocorrem grandes mudanças.

Cães adultos: de três a seis anos de idade

idade dos cachorros

Aos três anos de idade dos cachorros, o processo de envelhecimento realmente começa a variar entre os tamanhos dos cachorros.

Os cães estão no auge por esses poucos anos, envelhecendo para ser o equivalente a um adulto de vinte e tantos anos ou trinta e poucos anos.

Os níveis de energia podem ter se estabilizado quando comparados a um filhotes. Mas os ferimentos são mais comuns nessa idade dos cachorros, pois eles são tipicamente mais ativos do que um cão mais velho.

A maioria dos cães é bastante saudável durante esses anos. Mas cães de tamanho gigante podem começar a agir mais como um idoso e ter alguns problemas de saúde à medida que se aproximam de cinco a seis anos de idade.

Cães idosos

idade dos cachorros

As faixas etárias de um cão idoso varia de acordo com o tamanho do cão. Mas os cães idosos geralmente são considerados àqueles com mais de sete anos de idade. Cães gigantes podem ser considerados idosos até os cinco anos de idade.

Os cães idosos requerem um acompanhamento mais regular da saúde quando comparados com os cães mais jovens. Assim, quaisquer sinais de doença poderão ser detectados precocemente. Check-ups com o seu veterinário podem ser recomendados a cada seis meses, em vez de anualmente, devido à rapidez com que os cães envelhecem.

O que esperar quando seu cão começa a ficar velho

idade dos cachorros

Quando um cão chega a dois dígitos, pode ser classificado como geriátrico. Mas os cães menores podem não atingir essa classificação até atingirem os 14 anos de idade. Pois tendem a viver mais do que as raças maiores.

Não é tão comum ter um cão de tamanho gigante que vive nos dois dígitos, pois é um cão pequeno.

Cães geriátricos de qualquer tamanho são propensos a desenvolver muitas doenças e problemas relacionados à idade. Assim como nas pessoas, dificuldade para caminhar e pular pode ser o resultado de artrite e diferentes órgãos podem não funcionar bem sem a ajuda de medicamentos.

No mínimo, check-ups com o seu veterinário devem ser feitos a cada seis meses, mas mais frequentemente é preferível ainda.