PdD entrevista os responsáveis pelo Projeto Mundo Cão

O projeto tem como intuito viajar do Brasil ao Alasca conscientizando sobre a causa animal

por Samantha Kelly — publicado 19 ago 2014 - 12:22

Sempre é um alívio muito grande quando encontramos pessoas que verdadeiramente se doam e escolhem o caminho mais difícil de fazer a diferença ao seu redor.

Projeto Mundo Cão. Foto: Divulgação

Projeto Mundo Cão. Foto: Divulgação

Abrem mão do conforto, da convivência com pessoas queridas, de seu tempo e  recursos financeiros para tornar o mundo um lugar mais humano e justo.

E com cada ação, seja doando um sorriso, esperança, alimento ou água, nos permitem acreditar que temos um impacto na vida do outro.

O trabalho do casal Eleni e Sergio, fundadores do Projeto Mundo Cão, se encaixa perfeitamente na descrição acima. Eles planejam viajar do Brasil ao Alasca, ao todo uma viagem que percorrerá mais de 60 mil quilômetros, espalhando ideias de conscientização animal e no percurso distribuindo ração e água.

Eles já tiveram uma primeira experiência indo até a Patagônia, que você pode seguir no Diário de Bordo da dupla, e os frutos realmente foram incríveis.

Projetos assim nos dão vontade de levantar e fazer algo, e precisamos desesperadamente de mais exemplos como esse.

Confira a entrevista muito bacana que a Eleni e o Sergio concederam ao Portal do Dog e embarquem com o Projeto Mundo Cão nessa aventura de amor e dedicação aos animais.

 

Projeto Mundo Cão. Foto: Divulgação

Projeto Mundo Cão. Foto: Divulgação

PdD) Quando vocês despertaram para a causa animal e o que os fez embarcar nessa aventura?

Sempre amamos e respeitamos os animais, os enxergamos como criaturas que vieram a terra para nos ensinar os valores mais puros que existem, como o amor gratuito, a gratidão e a fidelidade, sentimentos que nós seres humanos conhecemos muito bem, mas infelizmente muitas vezes não colocamos em prática. Quando perdemos nosso cãozinho que convivemos durante 16 anos, achamos que seria a hora certa de tirar nossos sonhos do papel e transformamos a dor da perda de um grande companheiro num projeto voltado aos animais que vivem á própria sorte pelas ruas.

 

Projeto Mundo Cão. Foto: Divulgação

Projeto Mundo Cão. Foto: Divulgação

 

Projeto Mundo Cão. Foto: Divulgação

Projeto Mundo Cão. Foto: Divulgação

PdD) Conte-nos sobre o trabalho de assistência voluntária que realizavam com os moradores de rua e seus companheiros pets.

Desde 2007, e ainda hoje, trabalhamos voluntariamente com moradores de rua, levando lanches, cobertores e roupas, a maioria deles tem seu fiel amigo, um cachorro, as vezes dois ou até mais, começamos levar ração para eles também, todos os domingos de manhã pelos bairros do ABC Paulista, onde moramos. Trabalho esse que contamos com muita colaboração de duas pessoas, o José Luis e a Cleuza, pai e tia do Sérgio. Ele que todos os domingos está no trabalho de rua junto com a gente e ela que colabora mensalmente com dinheiro para que o trabalho realmente possa acontecer. Fora isso, sempre fazemos campanhas de arrecadação com amigos e conhecidos que sempre estão dando uma força.

 

projeto-mundo-cao-entrevista-viagem-alasca (2)

Projeto Mundo Cão. Foto: Divulgação

 

PdD) Como surgiu o Projeto Mundo Cão e quem faz parte dele.

Juntos a quase vinte anos, somos um casal que sempre gostou muito de viajar e a ideia de uma Road Trip já existia desde muito tempo, viajar de carro sempre nos fascinou,  começamos a planejar uma longa viagem pelo mundo, agregando um trabalho social. Já tínhamos o trabalho e sabíamos a causa que gostaríamos de abraçar, então foi só ajustar detalhes e  começar a correr atrás para as coisas começarem a acontecer.

 

Projeto Mundo Cão. Foto: Divulgação

Projeto Mundo Cão. Foto: Divulgação

 

PdD) Como foi essa primeira experiência até a Patagônia.

A primeira fase que foram 30 dias , percorrendo 15.000 quilômetros pela Patagônia. Vivemos uma experiência transformadora, retratamos tudo no  nosso site www.projetomundocao.com.br,  tínhamos  certeza que viajar e agregar um projeto seria maravilhoso, mas não tínhamos consciência do quanto isso iria nos transformar como pessoas, mudando  nossos valores , nossa maneira de ver a vida e que somos capazes sim de ver nossos sonhos se tornando realidade.

 

projeto-mundo-cao-entrevista-viagem-alasca (4)

Projeto Mundo Cão. Foto: Divulgação

 

Mamãe e seus filhotes. Foto: Divulgação

Mamãe e seus filhotes. Foto: Divulgação

PdD) Alguma história marcante nessa primeira etapa da viagem que possa ser compartilhada com nossos leitores.

Virar as costas  e ir embora foi a pior parte sempre, não chorar era quase impossível, histórias que nos marcaram tiveram muitas, mas a noite de ano novo nos reservou a maior surpresa que podíamos esperar…   Diana, a mamãe heroína …a história completa   está aqui  http://projetomundocao.com.br/site/trewua-as-amigas-protetoras-dos-animais/ talvez por ser ano novo, por ser uma história do amor mais puro que existe, o de mãe… Concluimos que anjos realmente existem  e não saem por ai somente nas noites de natal, saem nas de ano novo também..

 

PdD) Porque ir até o Alasca. O percurso tem algum significado simbólico.

Para a primeira fase já concluída, e  a segunda fase que está por vir, queremos percorrer o nosso Continente do extremo sul ao extremo norte, passando pelas três Américas, completando esse mapeamento,  já planejando  para depois do nosso retorno do Alasca em 2016, uma expedição pelo Brasil todo, divulgando toda nossa experiência e fechando esse ciclo das Américas. Lógico que a pretensão e dar continuidade ao Projeto e completar uma fascinante volta ao mundo.

 

Projeto Mundo Cão. Foto: Divulgação

Projeto Mundo Cão. Foto: Divulgação

 

PdD) Como tem sido a preparação para a viagem ao Alasca.

A primeira fase teve uma condição mais tranquila, viajamos de férias,  e aproveitamos a viagem como tal. Porém, tivemos que fazer escolhas e seguir com o projeto nos forçou a tomar algumas decisões,  dentre elas largar nossos empregos, família, amigos, uma casa confortável e uma vida completamente estável para viver dentro de um  carro ,  durante um ano,  saindo totalmente da nossa zona de conforto e aprendendo a viver com muito menos e de maneira muito simples.

 

Projeto Mundo Cão. Foto: Divulgação

Projeto Mundo Cão. Foto: Divulgação

 

PdD) Explique para os nossos leitores o que é o Mundrunga e como foi a adaptação do veículo para as necessidades à vista.

A preparação para ficar um ano fora de casa , vivendo como nômades dentro de um carro, não é tão simples como parece, vacinas, seguro saúde, vistos, documentações,   nossas e do carro, manutenção e preparação da nossa Defender que apelidamos de Mundrunga , que como consta num dicionário informal significa, mulher feia, com aparência fora dos padrões de beleza da sociedade, e ainda uma espécie de feiticeira… pronto é a cara dela,  e de verdade, ela nos enfeitiçou! Para viver um ano dentro dela,  estamos fazendo varias adaptações como, barraca de teto, armários, bateria auxiliar, geladeira, fogão, entre outras coisas…para conseguirmos viver com  o mínimo de segurança e conforto que esse tipo de viagem exige. Esta que uma das partes mais difíceis, pois fazemos tudo com recursos próprios.

 

Projeto Mundo Cão. Foto: Divulgação

Projeto Mundo Cão. Foto: Divulgação

 

Projeto Mundo Cão. Foto: Divulgação

Projeto Mundo Cão. Foto: Divulgação

PdD) Como vocês pretendem ajudar aos que encontrarem nesse longo caminho.

Nosso trajeto será de mais ou menos  60.000 quilômetros de ida e volta até o Alasca, passaremos por 15 países. Distribuiremos ração, água e um momento de carinho para essas pobres criaturas abandonadas à própria sorte. Sabemos que um pote de ração, não mudará a realidade de um animal abandonado, mas o foco principal do nosso projeto é provar que com gestos simples e singelos podemos legitimar a ação de enxergar o outro, seja ele uma pessoa ou um animal.  Criar uma rede social real e sustentável, onde as pessoas saiam do lugar comum e comecem a se conscientizar que fazemos parte de um todo, que  só é possível uma transformação se mudarmos nossa mentalidade, cada um fazendo sua parte.

 

Projeto Mundo Cão. Foto: Divulgação

Projeto Mundo Cão. Foto: Divulgação

 

PdD) O diário de bordo de vocês é maravilhoso. Podemos esperar atualiações também na viagem ao Alasca?

Seguiremos atualizando nosso  diário de bordo, com conteúdo simples, de leitura fácil e divertida,  para que todos que acompanharem sintam exatamente o que sentimos, vejam através dos nossos olhos  e acompanhem essa viagem que é  muito importante para nós. Retrataremos o conteúdo em fotos , vídeos  e nas  redes sociais, com um olhar de pessoas comuns que somos e com fatores reais de um mundo como ele realmente é e não como imaginamos.

 

Projeto Mundo Cão. Foto: Divulgação

Projeto Mundo Cão. Foto: Divulgação

 

Projeto Mundo Cão. Foto: Divulgação

Projeto Mundo Cão. Foto: Divulgação

PdD) Como as pessoas podem ajudar o projeto e o trabalho que vocês fazem

Vocês estão ricos? Vão ficar um ano sem trabalhar? Isso é o que mais escutamos… e a resposta é não! Iremos viver esse ano com o aluguel do nosso apartamento e de uma pequena poupança que estamos fazendo, vendemos alguns produtos para reverter fundos para o projeto e ainda buscamos parcerias e patrocínios de empresas . Estamos trabalhando muito, fazendo coisas que jamais acreditamos sermos capazes, pesquisando,  planejando, executando, estudando. Resolvemos dar outro sentido as nossas vidas , viver uma mudança pessoal, exercitar o desprendimento, viver experiências transformadoras e realizar nossos maiores desejos, mesmo sabendo que poderemos pagar um preço por isso, mas temos certeza que voltaremos pessoas muito melhores e muito mais humanas.

 

Cães sentem saudade? Veja aqui

por Camila Da Silva — publicado 21 jul 2019 - 9:45

cães sentem saudade

Cães sentem saudade? Bom, esta é uma pergunta que muitos tutores de primeira viagem se fazem. Quem já teve algum cachorro sabe e esta resposta é até óbvia: sim, os cães sentem saudade. E muita! Uma das formas de notar este problema é na sua chegada em casa. Se você reparar uma euforia descontrolada do animal quando você abrir a porta, saiba que ele estava te esperando há muito tempo. No entanto, será que há como amenizar este problema?

 » Read more about: Cães sentem saudade? Veja aqui  »

Sarna em cachorros: Quais os sintomas e como tratá-la?

por Handreza Hayran — publicado 20 jul 2019 - 9:45

sarna em cachorros

A sarna em cachorros também é conhecida como sarna sarcóptica. É causada pelo pequeno ácaro, sarcoptes sarna eu canis. Altamente contagioso, os ácaros trabalham lá na pele e causam coceira intensa (prurido). Então, se não for tratada, a condição pode se tornar grave, levando ao espessamento da pele e a feridas.

Cachorros em qualquer lugar do mundo podem ser infectados com o parasita contagioso, sarna sarcóptica. Sendo assim, como as infecções secundárias podem facilmente florescer,

 » Read more about: Sarna em cachorros: Quais os sintomas e como tratá-la?  »

Filhotes de Pastor Alemão: Tudo o que você precisa saber

por Handreza Hayran — publicado 19 jul 2019 - 9:45

filhote de cachorro

Não é de surpreender que os pastores alemães sejam uma das raças mais populares. Com sua resistência física e mental, esse célebre animal é apreciado por muitos. Os filhotes de pastor alemão, querem brincar o dia todo, todos os dias. Assim, esses adoráveis ​​animais adoram aprender e se relacionar intimamente com seus humanos.

Sendo uma raça relativamente nova, eles não entraram em cena até o final do século XIX. Quando um oficial da cavalaria alemã,

 » Read more about: Filhotes de Pastor Alemão: Tudo o que você precisa saber  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Cães sentem saudade? Veja aqui

por Camila Da Silva — publicado 21 jul 2019 - 9:45

cães sentem saudade

Cães sentem saudade? Bom, esta é uma pergunta que muitos tutores de primeira viagem se fazem. Quem já teve algum cachorro sabe e esta resposta é até óbvia: sim, os cães sentem saudade. E muita! Uma das formas de notar este problema é na sua chegada em casa. Se você reparar uma euforia descontrolada do animal quando você abrir a porta, saiba que ele estava te esperando há muito tempo. No entanto, será que há como amenizar este problema? E qual o motivo de eles sentirem saudades? Acompanhe para entender.

Cães sentem saudades?

Um dos fatores mais aproximados com os seres humanos, é o fator dos cães sentirem saudades. Sabemos que eles são animais extremamente carentes e movidos a sentimentos e amor. Por isso, entender o dia a dia deles e levar a sério o que eles estão sentindo é uma forma de manter seu relacionamento próximo e muito saudável.  Mas, como saber se o cão está sentindo saudades?

Alguns testes já foram feitos em animais para estudar a real condição deles ao se depararem com algo que gostam muito depois de um tempo longe. A constatação principal do pesquisador Gregory Berns, foi o aumento significativo da ocitocina no corpo do animal ao ver algo que ele fosse gostar. Ou a voz do dono, ou a presença do dono, etc. Esta substância é conhecida por liberar o amor e sentimentos positivos pelo corpo. Ou seja, há saudade envolvida em um cão que está longe do que ele gosta.

cães sentem saudade

E isto pode ser notado no exemplo que demos ao início do texto ou até mesmo em situações do dia a dia em que o cão está cabisbaixo. Por exemplo, ele quer sair para brincar e você não pode levá-lo. No primeiro momento, haverá uma grande euforia. No segundo momento, ele ficará mais calmo e com aparência de triste. E depois, caso você leve-o, ele demonstrará muita positividade e animação.

O que faz um cão sentir-se sozinho?

Agora que já entendemos que cães sentem saudade é hora de entender um pouco melhor as reais condições deste fato. Como mencionado nos tópicos anteriores, um dos principais motivos deste sentimento invadir o cão é o afastamento do tutor ou de elementos e situações que o cão goste. É claro que ele não conseguirá descrever o que está sentindo, mas os sintomas são muito visíveis ao longo do dia.

Ansiedade

A ansiedade é um dos fatores mais básicos que pode causar saudade nos cães. Quando o tutor sai para trabalhar, por exemplo, o dia do cão pode ser extremamente negativo, pensativo e até mesmo depressivo. Ele não sabe exatamente o que está acontecendo, principalmente nos primeiros dias do novo lar. E desta forma, uma ansiedade muito grande vai se desenvolvendo no decorrer das horas.

Esta ansiedade pode facilmente se converter em outros malefícios, como má alimentação e até mesmo obesidade canina. Ou seja, é um assunto que precisa de atenção. Desta forma, é importante conseguir manter equilíbrio neste sentido.

Afinal, o cão não sabe que está sentindo-se ansioso, ele apenas está. E isto pode ocorrer devido a saídas repentinas suas, sensações de abandono, falta de comida quando ele está com fome, enjoo dos brinquedos de sempre, etc. É uma série de situações que causam ansiedade nos animais e, posteriormente, convertido em saudade.

cães sentem saudade

Falta de carinho e atividades

Não precisamos nem falar que uma das formas mais clássicas de fazer um cão sentir saudades é deixando-o sem carinho ou sem atividades. Esta certamente é uma das principais fontes deste sentimento que os invade. Por isso, nunca deixe de proporcionar muito amor e carinho para o seu cão. Quanto mais ele perceber que o tutor dele se importa e está presente, menos ele ficará ansioso e, posteriormente, sentir-se com saudades.

Levar o cão para passeios regulares é outra forma de entretê-los, fazê-los gastar energia e assim sentirem-se mais amados e menos excluídos. Entenda que eles querem participar da sua vida. Seja de uma forma ou de outra, é importante fazer com que eles sintam-se parte da família. E uma das formas de fazer isso é justamente levando-os para passear com você.

Afastamentos prolongados dos donos

Quando você sair para trabalhar, lembre-se: há um ser esperando a sua volta. Antes mesmo de você sair, eles já sabem que você está indo para algum lugar. Pode reparar no comportamento deles, sempre com uma sensação de que estão querendo perguntar: “onde você vai?! Vai me abandonar?!” Sim, isto acontece. Os cães sentem saudade dos tutores de muitas formas diferentes.

Por isso, é importante que você não fique ausente de formas muito prolongadas. Eles realmente irão sentir que foram abandonados! Entretanto, há como amenizar o problema, desde que você faça um processo de adestramento de cachorro adequado. Um adestramento poderá ensinar o cão e fazê-lo entender que você sempre voltará em determinado horário. O que é ótimo, pois ele passará o dia entretido e saberá que não foi abandonado.

cães sentem saudade

Como amenizar a saudade

Agora que já entendemos como um cão sente saudade e quais os principais motivos de ele sentir sua falta, é hora de entender como podemos amenizar o problema ao menos um pouco. Veja abaixo.

Deixe uma peça de roupa sua próxima da caminha dele

Como mencionamos anteriormente, um cão se apega ao tutor. Seja pelo cheiro, pela presença ou pelo contato físico. E uma das formas de fazê-los sentir menos saudade de você, é justamente deixar uma peça de roupa sua próxima da caminha dele. O seu cheiro estará nesta peça e eles sentirão a sua presença. Isto é ótimo pois, dentro do instinto canino, eles notarão que o ambiente ainda é amigável e não hostil.

Os brinquedos são fundamentais

Quando você sair por muito tempo e tiver que deixar o animal sozinho, um fator importante e adequado para a ocasião é deixar brinquedos espalhados pela casa. Deixe-os em locais aleatórios e, se possível, renove-os com o tempo. Isto fará com que o cão fique entretido por mais tempo e assim nem veja o tempo passar a tempo de sentir saudades. Esta é uma ótima técnica para deixá-los a vontade em casa, brincando do jeito que eles gostam e o mais importante: felizes.

Música ou áudio ambiente

Assim como o seu cheiro (mencionado no primeiro tópico), uma música ou áudio ambiente também podem ser fatores que deixem o cão muito a vontade. É claro que a sua presença sempre será a melhor forma de mantê-lo feliz. Entretanto, buscar alternativas pode ajudar. Deixar uma música ligada no rádio, por exemplo, pode ser um alento de conforto para os cães.

Demonstre amor ao seu cão

Não importa a técnica que você for utilizar para deixar seu cão mais confortável. O fato é que cães sentem saudade e isto precisa ficar entendido para que você possa proporcionar muito amor ao seu melhor amigo. Lembre-se que ele ama você de uma forma incondicional. E isto muitas vezes pode ser prejudicial, pois se não houver um treinamento adequado, ele poderá ficar deprimido com sua ausência.

Cuide do seu cão de forma madura e faça-o sentir-se bem. Uma sugestão é alternar entre as técnicas citadas acima. Assim você poderá criar ambientes diferentes e ele se manterá ocupado e entretido por muito mais tempo, o que é ótimo para a saúde mental do animal.

Sarna em cachorros: Quais os sintomas e como tratá-la?

por Handreza Hayran — publicado 20 jul 2019 - 9:45

sarna em cachorros

A sarna em cachorros também é conhecida como sarna sarcóptica. É causada pelo pequeno ácaro, sarcoptes sarna eu canis. Altamente contagioso, os ácaros trabalham lá na pele e causam coceira intensa (prurido). Então, se não for tratada, a condição pode se tornar grave, levando ao espessamento da pele e a feridas.

Cachorros em qualquer lugar do mundo podem ser infectados com o parasita contagioso, sarna sarcóptica. Sendo assim, como as infecções secundárias podem facilmente florescer, tratar a infestação do ácaro sem demora é fundamental para a saúde do seu animal de estimação.

 Sintomas da sarna em cachorros

sarna

Os sintomas da sarna em cachorros geralmente começam com prurido súbito e intenso (prurido). Assim, se você perceber que seu animal de estimação está passando por episódios de prurido agudo e grave, você deve levá-lo ao veterinário imediatamente.

A sarna sarcóptica pode ser passada para outros animais e humanos da família. Embora a sarna canina não consiga completar um ciclo de vida em humanos, elas causam coceira intensa por cerca de 5 dias até que elas morram.

Esses são os principais sintomas:

  • Risco incontrolável, provavelmente relacionado à sensibilidade à matéria fecal e saliva dos ácaros
  • Pele vermelha ou erupção cutânea
  • Inflamação da pele
  • Perda de cabelo (alopecia) que pode ser notada pela primeira vez nas pernas e no estômago
  • Automutilação
  • Sangramento
  • Feridas
  • Pode haver um odor desagradável devido às feridas
  • As feridas serão encontradas principalmente no abdômen, pernas, orelhas, tórax e cotovelos
  • Espessamento da pele devido a danos
  • Feridas secundárias bacterianas ou leveduras podem se desenvolver
  • Se não tratada, a sarna vai se espalhar para todo o corpo
  • Casos graves podem produzir perda de visão e audição
  • Cachorros infectados podem perder o apetite e começar a perder peso

Ciclo de vida da sarna em cachorros

sarna

O ácaro da sarna sarcóptica tem um ciclo de vida que é gasto inteiramente no cão e não dura mais de 21 dias.

  • Fêmeas adultas se enterram na pele para fazer um túnel, colocando alguns ovos por dia por até 3 semanas
  • Ovos eclodem dentro de 5 dias
  • Larvas passam por um ciclo de muda
  • Ninfas amadurecem para adultos
  • Os adultos acasalam na pele e a fêmea começa a pôr ovos

Causas da sarna

sarna em cachorro

A sarna em cachorros é transmitida através do contato com cães infectados, e também raposas selvagens, que são considerados hospedeiros reservatórios. Mas tenha em mente os seguintes pontos em relação à infestação de sarna sarcóptica do seu cão.

  • Cães com problemas de saúde terão uma reação mais intensa
  • A reação também dependerá de quantos ácaros foram transmitidos
  • Os ácaros podem ser espalhados através de ferramentas de higiene se o uso de um cão para outro estiver dentro de um tempo relativamente curto

Diagnóstico de sarna em cachorros

diagnóstico de sarna

Quando você faz a consulta e decide trazer seu companheiro canino para a clínica, é imperativo informar o veterinário de suas suspeitas imediatamente. Você já deve saber que seu cão tem sarna, porque talvez você tenha um amigo com um cachorro que o tenha alertado para um possível contágio.

Se confirmado ou não, avise a equipe veterinária sobre as possibilidades para que eles possam isolar o cão de outros visitantes caninos, até que a equipe esteja pronta para o exame.

O veterinário pode querer obter uma amostra de fezes para testes, ou realizar exames de sangue para descartar, talvez, condições como alergias ou infecção bacteriana da pele. Tanto o exame de sangue como a amostra fecal são importantes ferramentas de diagnóstico para determinar a causa da coceira na pele do seu cão.

Tratamento da sarna em cachorros

Você pode ter outros membros da família canina em sua casa, eles também devem ser tratados, mesmo que os ácaros ainda não tenham aparecido ou causado sintomas. A sarna sarcóptica é muito contagiosa entre os cães.

Como os ácaros podem ser difíceis de erradicar, várias aplicações semanais do tratamento podem ser necessárias. Sendo assim, medicamentos orais e tratamento por injeção são possíveis também.

Na maioria das vezes, uma combinação de produtos é necessária para combater a infecção. Como o tratamento será feito em casa (a menos que a infecção seja grave e tenha causado complicações secundárias ameaçadoras que exijam a permanência do seu cão por algum tempo), você deve entrar em contato com o veterinário se não observar melhora no estado de saúde do seu animal de estimação.

Prevenção de sarna em cães

cachorro

Como dizem, é melhor prevenir do que remediar. A maneira mais eficaz de combater a sarna é preveni-la, embora também saibamos que esta doença de pele pode ser curada com tratamento e cuidados adequados.

Como medidas de prevenção, basta seguir as seguintes diretrizes:

  • Mantenha uma boa higiene diária do fiel amigo, proporcione banhos mensais com xampu adequado e escovação diária
  • Mantenha a limpeza do ambiente deles
  • Evite o contato com animais que podem ser infectados por sarna. Além disso, se você suspeitar que seu animal de estimação sofre com isso, também evite contato com outras pessoas.
  • Respeite o cronograma de exames veterinários, desparasitação e vacinação. Isso dará uma detecção precoce do problema e evitará infestações e doenças que podem enfraquecer o cachorro e torná-lo mais propenso a sarna.
  • Forneça alimentos adequados e saudáveis ​​ao cão, para que eles sejam fortes e seu sistema imunológico também.

Recuperação do cachorro

sarna em cachorro

A resolução completa da infestação de ácaros do seu amado animal de estimação pode levar até 6 semanas de tratamento. Mantenha o veterinário informado do progresso. Não hesite em contatar, por telefone ou e-mail, a clínica com quaisquer dúvidas ou preocupações sobre o tratamento, especialmente se você sentir que há efeitos colaterais.

Há uma chance de que você pode contrair a sarna do seu cão. A reação humana à sarna sarcóptica será prurido intenso e possível vermelhidão ou lesões. Porque o ciclo de vida dos ácaros não pode ser concluído em humanos, os ácaros morrerão em menos de uma semana.

Você pode querer ver o seu médico para ter alívio da coceira. Descarte ou, pelo menos, lave a cama do seu animal de estimação com água quente contendo alvejante.

Não permita que seu cão tenha a liberdade de subir em camas ou móveis até que a situação do ácaro seja resolvida.