Muitos tutores cometem erros na hora de alimentar o cachorro e nem se dão conta disso. Por isso, preparamos este conteúdo com uma lista completa sobre os principais equívocos que muitas pessoas cometem na hora de oferecer ração ou outro tipo de alimento para os cães.

Acompanhe este conteúdo completo do Portal do Dog e avalie até que ponto você tem cometido algum desses erros. Assim, torna-se possível mudar tais comportamentos para oferecer o que há de melhor ao seu pet. Vamos lá!

Conheça os principais erros na hora de alimentar o cachorro

Antes de qualquer coisa, preparamos uma lista geral sobre os principais erros na hora de alimentar o cachorro. Veja se você comete algum deles analisando a listinha abaixo:

  1. Não se informar sobre a alimentação para a raça do seu cachorro;
  2. Oferecer restos de comida e alimentação humana;
  3. Oferecer alimentos passados da validade;
  4. Disponibilizar um grande excesso de petiscos;
  5. Ignorar orientações do veterinário;
  6. Fazer mudanças abruptas na dieta;
  7. Optar por alimentos de qualidade inferior;
  8. Não ajustar o alimento com base na rotina do pet;
  9. Oferecer mais alimento úmido do que seco;
  10. Não lavar os recipientes de comida;
  11. Deixar muita comida disponível o tempo todo.

Será que você já cometeu algum deles? Agora, vamos entender por quais motivos essas situações podem ser vistas como erros na hora de dar alimentos ao pet. Assim, você poderá entender mais a fundo o assunto, compreendendo o que pode implementar de mudança positiva na rotina do seu cachorro. Vamos lá!

erros na hora de alimentar o cachorro

Não se informar sobre a alimentação adequada para a raça do seu cachorro pode ser prejudicial. Foto: Canva.

1. Erros na hora de alimentar o cachorro:  Não se informar sobre a alimentação para a raça do seu cachorro

Você sabia que cada raça de cachorro e cada porte pode ter necessidades específicas de alimentação? Alguns podem precisar de mais nutrientes específicos, outros podem ter a necessidade de um controle maior da ingestão calórica, e assim por diante.

Por isso, um dos erros na hora de alimentar o cachorro é simplesmente oferecer qualquer ração e em qualquer quantidade, sem prestar atenção se aquilo realmente está fazendo sentido para o seu cão.

Conversar com um veterinário, nessas horas, é uma boa forma de conseguir detectar o que pode ser interessante para o seu pet. Por meio de uma avaliação profissional, torna-se possível elaborar um cardápio mais bem adaptado.

Veja também: Alimentação natural para cães – o que levar em consideração?

2. Oferecer restos de comida e alimentação humana

Apesar de que jogar comida fora pode ser algo realmente ruim, isso não quer dizer que devemos dar esses alimentos aos nossos cães. É melhor fazer uma boa administração do preparo dos alimentos, do que sair oferecendo “tudo” ao seu cachorro.

Isso porque as comidas humanas contém diferentes tipos de temperos e condimentos, que podem sobrecarregar o organismo do animal e causar problemas renais. Além disso, alguns alimentos e ingredientes podem, inclusive, levar o pet a óbito, por conta da toxicidade que possuem.

É o caso do alho e da cebola, por exemplo. Ambos fazem muito mal à saúde do animal, mas muitos tutores oferecem alimentos com esses ingredientes sem saberem que isso é um erro grave.

3. Erros na hora de alimentar o cachorro: Oferecer alimentos passados da validade

Um dos erros na hora de alimentar o cachorro que podem causar a intoxicação alimentar nos pets é oferecer alimentos fora da validade. Por mais que o cheiro e a textura da ração possam ser normais, se ela está vencida, é melhor não arriscar.

Esse tipo de hábito pode fazer com que o pet acabe ingerindo bactérias nocivas para o organismo dele, resultando em efeitos colaterais que podem ser bem perigosos.

Por isso, sempre verifique a validade do alimento que você está oferecendo ao seu cachorro, para não expô-lo a situações de risco sem necessidade.

Veja também: Cachorro pode comer pepino? Dicas para alimentação canina saudável

erros na hora de alimentar o cachorro

Não esqueça de lavar regularmente os recipientes de comida do seu cachorro para evitar problemas de saúde. Foto: Canva.

4. Disponibilizar um grande excesso de petiscos

Nós sabemos que oferecer petiscos aos cães é algo que muitos tutores amam fazer. Afinal, ver o nosso amigo de quatro patas super contente ganhando um petisco é algo gratificante, não é mesmo?

No entanto, esse comportamento, especialmente quando feito sem limites, pode ser bem perigoso. Devemos nos lembrar que os petiscos dificilmente têm uma composição nutritiva, e muitas vezes servem apenas como um mimo em momentos especiais.

Além disso, o excesso também pode aumentar consideravelmente a ingestão de calorias do animal, o que pode fazê-lo aumentar o peso corporal e sofrer efeitos colaterais por conta disso.

Nessas situações, partir da premissa de que tudo o que é demais pode fazer mal é um bom caminho para equilibrar as coisas. E nunca se esqueça de ler as instruções do fabricante do petisco e de considerar as orientações do veterinário.

5. Erros na hora de alimentar o cachorro: Ignorar orientações do veterinário

E por falar em orientações do veterinário com relação aos petiscos, não podemos nos esquecer de que um dos principais erros na hora de alimentar o cachorro é ignorar não só essa indicação, como outras dos profissionais.

Muitas pessoas ainda preferem acreditar em mitos e crenças, ao invés de dar atenção ao que o especialista tem a dizer sobre o assunto. Sendo assim, procure sempre dar a devida atenção às recomendações do veterinário do seu cachorro.

É ele quem faz o acompanhamento de saúde do pet e poderá oferecer mais qualidade de vida a ele por meio de indicações que, acima de tudo, são personalizadas. Pense nisso!

Veja mais: Frequência das consultas ao veterinário – Quando levar o cachorro?

erros na hora de alimentar o cachorro

Não esqueça de lavar regularmente os recipientes de comida do seu cachorro para evitar problemas de saúde. Foto: Canva.

6. Fazer mudanças abruptas na dieta

Nunca podemos nos esquecer de que os animais não podem mudar suas dietas da noite para o dia. O corpinho deles precisa de adaptações gradativas, que respeitem não somente o paladar, como também o próprio funcionamento digestivo.

Alterar a dieta de uma hora para outra pode ser perigoso porque:

  • Pode causar problemas digestivos, como desregular o intestino, causar sensação de estufamento, e assim por diante;
  • Você pode não saber que o seu pet tem algum tipo de alergia;
  • Seu animal pode ficar muito estressado, irritado e até mesmo perder o apetite por conta da mudança abrupta;
  • O cachorro pode acabar negando a comida, o que faz com que ele acabe não se alimentando direito.

7. Erros na hora de alimentar o cachorro: Optar por alimentos de qualidade inferior

Nós sabemos que nem sempre é fácil comprar o tipo de ração mais cara. Muitas pessoas não têm condições financeiras de adquirir os alimentos super premium, e acabam optando por outros mais baratos.

No entanto, se existe a possibilidade de você optar por alimentos um pouco mais bem preparados e que tenham uma procedência de mais qualidade, faça isso. Querer economizar, sem uma real necessidade, pode fazer com que você acabe tendo que gastar, mais tarde, com remédios e consultas com o veterinário.

Portanto, fazer um esforço, nesse sentido, pode ser um divisor de águas no cuidado com a alimentação do seu cachorro.

Veja também: Alimento super premium para cães – Vale a pena? Quais são os benefícios?

8. Não ajustar o alimento com base na rotina do pet

Outro ponto que deve ser considerado para evitar erros na hora de alimentar o cachorro é com relação à rotina do animal. Se o seu cachorro faz poucos exercícios, seja qual for o motivo, é fundamental não exagerar na quantidade de alimento que vai ser oferecido a ele. Caso contrário, a realidade de cães acima do peso podem fazer parte da sua rotina e do dia a dia dos seus pets.

Em contrapartida, cães que têm rotinas muito ativas, por exemplo, que têm um grande quintal para correr e brincar o dia todo, podem precisar de uma quantidade maior de alimentos para manter a saúde e o bem-estar.

Fique atento a esses aspectos, e lembre-se de conversar com o veterinário para que ele possa te orientar e te ajudar na hora de compor uma dieta balanceada e adequada para o estilo de vida do animal.

Inclusive, considere, dentro desse aspecto, a idade do pet. Afinal, cães idosos e filhotes podem ter uma diferença gigantesca na quantidade de comida que deve ser ingerida todos os dias. Pense nisso!

erros na hora de alimentar o cachorro

Fazer mudanças abruptas na dieta do seu cão pode ser prejudicial à sua saúde digestiva. Foto: Canva.

9. Oferecer mais alimento úmido do que seco

Muitos cães amam comer os sachês de comida úmida, e isso é inegável. A textura, o cheiro, a composição… Tudo isso desperta muito interesse nos nossos amigos.

Embora esse tipo de alimento, quando adquirido com atenção, pode conter muitos nutrientes, vitaminas e minerais, é importante estarmos atento a um aspecto relevante: a quantidade que será oferecida.

Trocar a ração seca por uma maior quantidade de úmida não é uma boa ideia em todos os casos. A única situação na qual isso deve acontecer é quando o veterinário sugere esse tipo de mudança.

Inclusive, essa troca pode ser prejudicial para a saúde do animal, pois ele precisa mastigar e usar os dentes para manter a saúde bucal e até mesmo poder melhorar a sua digestão.

Sem o hábito de mastigar alimentos duros, problemas de saúde poderão aparecer.

Veja mais: Guloseimas para cachorro: Faça você mesmo!

10. Erros na hora de alimentar o cachorro: Não lavar os recipientes de comida

Esse é um dos principais erros na hora de alimentar o cachorro que são cometidos de forma silenciosa no dia a dia, pois quase ninguém se dá conta dessa necessidade.

Embora possa parecer que o pote de ração e de água estejam limpos, é muito importante lavá-los com frequência. Afinal, é bem provável que haja uma proliferação de bactérias no pote, que podem ser ingeridas durante a alimentação.

As consequências podem ser diversas. Às vezes, o pet pode apenas apresentar algum desconforto digestivo, mas nada grave. Em outras situações, pode acontecer intoxicações mais severas e, por isso, manter a higiene dos potes sempre em dia é extremamente importante.

erros na hora de alimentar o cachorro

Ignorar as orientações do veterinário é um erro na hora de alimentar seu cachorro que deve ser evitado. Foto: Canva.

11. Deixar muita comida disponível o tempo todo

Por fim, outro erro que é cometido sem que as pessoas se deem conta é o de deixar muita ração disponível para o cachorro o tempo todo. Apesar de alguns pets não terem limitação calórica, esse tipo de forma de disponibilizar alimentos pode acabar fazendo com que ele coma mais do que o necessário.

Se todas as vezes que o pote esvaziar, independentemente da quantidade de vezes por dia, você encher com bastante ração, há grandes chances de o cachorro comer cada vez mais.

Com o passar do tempo, isso pode levar ao sobrepeso e, dependendo do tipo de ração, a algumas sobrecargas no organismo. O problema se torna infinitamente maior se você disponibilizar petiscos dessa maneira, exagerando na quantidade e permitindo que o pet coma sempre que “der na telha”.

Lembre-se, o equilíbrio é uma das principais premissas para evitar os erros na hora de alimentar o cachorro. Cuide da saúde do seu cachorro seguindo essas dicas e não se esqueça de conversar com o veterinário para saber o que pode ser mais interessante para o seu pet.

Veja mais: O calor faz mal para cachorro? Com a chegada do verão, veja dicas e ideias para proteger seu dog!