Dicas para um aniversário de cachorro criativo e acessível

As festas de aniversário dos dogs estão cada vez mais populares. Porém, não precisa desembolsar tanto para fazer sucesso.

por Maluh Bastos — publicado 15 fev 2019 - 20:10

Todo mundo ama uma festinha de aniversário e, com os dogs, parece que não está sendo diferente. Apesar de não saberem dos preparativos e de quando será a tão esperada data, no dia, é visível a alegria dos pets em uma festa em que tudo foi pensado exclusivamente para a diversão e, por que não, para o apetite deles. A indústria para aniversário de cachorro só cresce no Brasil todo e o segmento anda movimentando desde o buffet especializado nos dogs até as decorações e animações voltadas para os cães.

Cachorros de raças diversas com chapéus de aniversário

Aniversário de cachorro é uma tendência que veio para ficar.

Segundo dados da Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (ABINPET), o Brasil é o 3º país do mundo com maior faturamento em produtos pet e o 4º país do mundo em população total de animais de estimação. Essa estatística somada ao já famosos amor e carinho brasileiros traduzem o porquê de tanto aniversário de cachorro estar se proliferando pelos bairros e cidades do país.

A indústria, é claro, vai crescer junto. Para se ter uma noção, uma festinha para cão pode custar dos singelos R$50 a R$150 (por um bolo comestível para cães) aos não tão singelos R$20 mil (se você quiser salão de festas, decorações, balões, fotografia, animadores, etc.).

Pastor alemão com balões azuis

Dos mais simples aos mais chiques, os aniversários estão bombando.

Aliás, o preço máximo não tem limites – a extravagância é do tamanho que se permitir e se puder, claro. Porém, nos pacotes e kits de aniversariantes dos buffets caninos, a faixa de preço pode permanecer entre os R$80 aos R$200.

Dicas para o aniversário de cachorro

Existem algumas dicas para que você faça uma festa ainda mais criativa e linda para o seu cãozinho. Claro que se você quiser a festa pode ser caríssima. Seu dog merece, aliás. Porém, você verá que com pouco dinheiro, você também pode fazer uma festinha de arromba para o público humano e canino.

01 ) Use a criatividade na decoração e no tema!

Nem sempre estamos com aquela reserva na poupança para o aniversário do Luke, da Maya, do Spot, da Laika… por isso, é preciso usar a cabeça para ter ideias legais na decoração da festa.

Uma delas é se utilizar de elementos relativos a cachorros para decorar. Por exemplo: recortes em formatos de ossinhos e patinhas. Pegar um balão e colar orelhinhas de cartolina e um focinho de papel com uma língua e dois olhinhos também é uma ideia. Para a mesa, abuse dos ossos e das patinhas, potinhos pequenos para simular cumbucas de comida e de água.

Decoração de mesa de aniversário para cachorro

Abuse de elementos como patinhas e ossinhos. Pode utilizar elementos infantis também que combinem com o tema dos dogs.

Caso isso seja muito trabalhoso para você, segue outra ideia: utilize temas de filmes ou histórias que tenham cachorros ou animais como personagens principais, por exemplo: 101 dálmatas, Scooby-doo, Snoopy, Madagascar, Os Sem Floresta, etc.

Em última hipótese – ou até em primeira – pode utilizar utensílios de festa normais. Chapéuzinhos de cone, balões, bandeirinhas… tudo fica mais fofo com nossos dogs.

02 ) Para o bolo, use receitas caseiras

Existem empresas especializadas em fazer bolo para cachorro e as receitas são bastante variadas. Porém, para quem não se programou para isso, segue a dica: faça um bolinho com base de ração!

É muito simples. Baste umedecer a ração para que ela se torne uma massa molhadinha. Coloque-a numa forma e depois leve-a ao forno por aproximadamente 10 minutos.

Bolo caseiro para cachorro

Bolo caseiro é sempre uma boa pedida para economizar e fazer bonito (Img: Joanna Meyer)

Você pode fazer mais de uma massa para criar duas ou três bases. Como recheio e cobertura, é possível utilizar comida de lata ou sachê. Para o toque final, para fazer o efeito dos confetes, use ração de filhote que costumam ser bolinhas pequenas e coloridas. Espalhe por cima do bolo e terá um efeito bem bacana.

03 ) Os aperitivos

Você pode seguir a mesma receita do bolo para fazer ‘cupcakes’ caninos ou até mesmo ‘brigadeiros gourmet’ caninos de sabores variados. O recheio vai mudando de acordo como sabor do sachê ou comida enlatada que você escolher.

Porém, você pode usar os próprios petiscos para cachorro como aperitivos da festinha. Ossinhos, bifinhos, enfim… o petisco é liberado!

Bolo temático com prato de petiscos

Os petiscos podem ser adquiridos em lojas e colocados em pratos decorativos

Porém, atenção: cuidado na hora de servir os petiscos.

De preferência, distribua para os donos primeiramente e peça para que todos deem na mesma hora em locais separados. A disputa por comida é um dos cuidados mais importantes numa festinha para cachorros. Não queremos que a festa se transforme numa briga generalizada.

04 ) Sociabilização saudável

Como já foi dito acima, você deve prestar atenção para que sua festa seja um sucesso. Para que isso aconteça, não basta a decoração e a comida estarem no ponto. O clima da festa deve ser agradável e confortável para os convidados, não é?

Por isso, na hora de fazer a lista de convidados, observe bem o perfil de cada um deles. Se o seu pet tiver um amigo mais “brigão”, converse com dono deste amigo e talvez leve uma lembrancinha para ele em outra ocasião – o aniversário de cachorro não é um ambiente para ele.

Como terão muitos animais presentes, certifique-se que os convidados sejam dóceis e bem sociabilizados. A harmonia do ambiente, no fim das contas, também será de sua responsabilidade.

Cavalier King Charles e Bulldog Francês deitados em aniversário

A sociabilização é fundamental para que todos fiquem tranquilos e a festa transcorra com harmonia.

Além disso, evite brincadeiras muito ‘acaloradas’ (disputas por comidas, corridas, torcidas, música alta, etc.) para que os animais não se agitem muito. A excitação em excesso pode levar ao estresse e à agressão.

No mais, é alegria na certa! Curta o niver do seu dog com os amigos humanos e de quatro patas.

Técnico apóia campanha “vai ter cachorro na praia em Santos”

por Cristina Possamai — publicado 21 maio 2019 - 9:45

vai ter cachorro na praia em Santos

O treinador do Santos, o argentino Jorge Sampaoli surpreendeu ao colocar uma camisa diferente a frente do seu microfone em entrevista coletiva. O técnico aproveitou a presença de rádios, jornais, canais de televisão e portais de notícias para apoiar uma causa nobre. A camisa fazia referência ao movimento Vai ter cachorro na praia em Santos.

O apoio a causa dos cães na Baixada Santista ocorreu depois de uma vitória pelo Campeonato Brasileiro. A ação foi apresentada por dois integrantes do movimento ao treinador na praia de Santos.

 » Read more about: Técnico apóia campanha “vai ter cachorro na praia em Santos”  »

9 em cada 10 profissionais deseja cachorro no local de trabalho

por Cristina Possamai — publicado 20 maio 2019 - 9:45

cachorro no local de trabalho

O que falta para lhe deixar ainda mais motivado no espaço dedicado ao seu serviço? Ficar pertinho de um animal de estimação é o desejo de muita gente nos dias de hoje. De acordo com uma pesquisa realizada pela DogHero, 90% dos profissionais adoraria ter um cachorro no local de trabalho.

O estudo apontou que um espaço amigável aos bichinhos ou que permita a presença do  pet seria o melhor dos mundos.

 » Read more about: 9 em cada 10 profissionais deseja cachorro no local de trabalho  »

8 raças ideais de cães companheiros de corridas

por Cristina Possamai — publicado 19 maio 2019 - 9:45

cães companheiros de corridas

Manter a forma é indispensável para uma vida saudável e plena. Mas, você já parou para pensar que pode ter um ótimo parceiro para fazer exercício físico? Isso porque há cães companheiros de corridas. Afinal, o seu amigo de quatro patas jamais vai negar uma voltinha ao ar livre e tampouco se queixar do horário.

Todavia, é preciso reconhecer que há raças com características mais apropriadas para embarcar nessa rotina.

 » Read more about: 8 raças ideais de cães companheiros de corridas  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Técnico apóia campanha “vai ter cachorro na praia em Santos”

por Cristina Possamai — publicado 21 maio 2019 - 9:45

vai ter cachorro na praia em Santos

O treinador do Santos, o argentino Jorge Sampaoli surpreendeu ao colocar uma camisa diferente a frente do seu microfone em entrevista coletiva. O técnico aproveitou a presença de rádios, jornais, canais de televisão e portais de notícias para apoiar uma causa nobre. A camisa fazia referência ao movimento Vai ter cachorro na praia em Santos.

O apoio a causa dos cães na Baixada Santista ocorreu depois de uma vitória pelo Campeonato Brasileiro. A ação foi apresentada por dois integrantes do movimento ao treinador na praia de Santos. E o argentino afirmou que ajudaria a anunciar a campanha para todo o Brasil.

Na entrevista, Sampaoli declarou que este foi um pedido da torcida que fala sobre os cachorros  a fim de permitir que eles possam pisar na areia de Santos. Além disso, o comandante do Peixe revelou que possui quatro companheiros de quatro patas e adoraria ter essa oportunidade.

Para fechar o seu discurso a favor do movimento Vai ter cachorro na praia em Santos, Sampaoli reforçou que os pets também devem ser liberados para desfrutar da praia.

Vale salientar que o treinador argentino tem feito sucesso dentro e fora de campo desde a sua chegada ao Santos no começo do ano. Isso porque Sampaoli tem se mostrado cada vez mais adaptado ao dia a dia da cidade.

Além do suporte a campanha pela liberação de cachorro na praia em Santos, o treinador também costuma liberar a entrada de crianças nos treinos do Peixe, se locomover preferencialmente de bicicleta e jogar muito futevôlei na praia. O próprio contato de Sampaoli com a campanha ocorreu em função de suas visitas constantes à beira-mar.

As companheiras de quatro patas de Sampaoli

O treinador possui quatro border collies, animais de porte médio. Todas são fêmeas, sendo que a mais jovem tem cinco anos e a mais velha possui sete anos.  

vai ter cachorro na praia em Santos

A raça conta com pelos brancos e manchas de tonalidades variadas. Lola tem pelagem cinza, Satia de pelagem preta, Nala com pelagem marrom e Bucha se destaca pela cor caramelo.

Jorge Sampaoli no Santos

Com um estilo de jogo bastante ágil e ofensivo, Jorge Sampaoli tem conquistado cada vez mais admiradores no Brasil. Ele levou a equipe até a semifinal do Campeonato Paulista e segue naCopa do Brasil, Campeonato Brasileiro e Copa Sul-Americana.

9 em cada 10 profissionais deseja cachorro no local de trabalho

por Cristina Possamai — publicado 20 maio 2019 - 9:45

cachorro no local de trabalho

O que falta para lhe deixar ainda mais motivado no espaço dedicado ao seu serviço? Ficar pertinho de um animal de estimação é o desejo de muita gente nos dias de hoje. De acordo com uma pesquisa realizada pela DogHero, 90% dos profissionais adoraria ter um cachorro no local de trabalho.

O estudo apontou que um espaço amigável aos bichinhos ou que permita a presença do  pet seria o melhor dos mundos. O estudo contou com a participação de mais de 700 trabalhadores.

Essa pesquisa indicou que até mesmo aqueles que não possuem um bichinho em casa aprovam a possibilidade de lidar com um cãozinho durante o expediente. Além disso, quase 70% deste grupo acha que trabalhar em empreendimentos nos quais cachorros são bem-vindos serviriam ainda para incentivar a adoção.

Vantagens de contar com cachorro no local de trabalho

Vale salientar que esse convívio com um cachorro no local de trabalho pode gerar inúmeras vantagens. Um estudo revelou que sete em cada dez pessoas avaliam que os animais no ambiente profissional provocam uma modificação bastante positiva. As informações pertencem ao trabalho elaborado pelo Hospital Veterinário de Banfield, da Mars Petcare, nos Estados Unidos.

cachorro no local de trabalho

cachorro no local de trabalho

Os trabalhadores apontaram que a presença dos bichinhos resulta em ânimo extra. Motivação para concluir as tarefas, diminui a tensão e a sensação de remorso pode deixá-lo em casa. Os números da Dog Hero ressaltaram que 85% se sentiram chateados e 65% aflitos ao não poder ir trabalhar com o amiguinho de quatro patas.

No território nacional, alguns empreendimentos já criaram o Pet Day. Ou seja, uma data para que os colaboradores possam contar com gato, pássaro ou cachorro no local de trabalho. Todavia, conforme o levantamento, cerca de 80% dos participantes confirmaram que não podem estar com seus filhotes durante o horário de serviço.

Para o DogHero. o estudo apenas comprovou o que já se notava no dia a dia do brasileiro. A população, de modo geral, adora seus pets e amaria estar sempre próximos deles em todos os momentos do dia. Até mesmo no momento de afazeres profissionais.

cachorro no local de trabalho

Segundo a DogHEro, é possível útil transformar a atmosfera corporativa em um lugar agradável aos animais de estimação. Isso porque a presença dos animais se torna tão benéfica para as pessoas quanto para os próximos bichinhos. Talvez, a tendência se espalhe pelo Brasil e a sua empresa abrace ideia de cachorro no local de trabalho.