Nunca é fácil lidar com a perda de alguém querido, mas será que os cachorros também ficam de luto? E o que eles entendem sobre a morte?

Os cães não falam, mas é possível entender o que eles estão sentindo através do comportamento.

 

Como os cães lidam com a morte de alguém querido? (Foto: Reprodução / BarkPost)

Como os cães lidam com a morte de alguém querido? (Foto: Reprodução / BarkPost)

 

Em um estudo realizado pela ASPCA (American Society for the Prevention of Cruelty to Animals), foi descoberto que os cachorros apresentam características de luto parecidas com a dos humanos.

Após a morte de um companheiro canino ou humano, os cães comem menos, perdem interesse por suas atividades favoritas e dormem mais.

Entretanto, os cachorros não entendem a morte da mesma maneira que nós. Eles não sabem que o falecimento é algo irreversível e ficam esperando a volta do ente querido.

Para ajudar seu amigo canino a superar essa perda, o incentive a brincar e lhe dê muito carinho. É importante manter o pet ocupado para que ele aprenda a ter uma nova rotina.

 

Os cães costumam ficar triste com a ausência de seus companheiros. (Foto: Reprodução / BarkPost)

Os cães costumam ficar triste com a ausência de seus companheiros. (Foto: Reprodução / BarkPost)

Os cachorros também ficam de luto? Como saber se meu cachorro está de luto?

O luto geralmente ocorre em fases: do inicial “Não pode ser” (fase de protesto) até uma retirada depressiva (fase de desespero). Normalmente, isso é seguido pela reentrada na vida normal, pouco a pouco. No entanto, algumas pessoas – ou animais – permanecem em reclusão e precisam de ajuda.

Os seguintes comportamentos podem ocorrer e – em combinação com a morte ou partida de um ente querido ou da mesma espécie – indicam luto:

  • O cão come hesitante ou não come.
  • O animal parece inquieto, vagando. Eles geralmente se retiram e dormem mais.
  • O instinto de jogo e as expressões gerais de alegria, como o abanar do rabo, diminuem.
  • Seu amigo de quatro patas está cada vez mais procurando por você, quer muito carinho, ou simplesmente não sai do seu lado. Ele não tolera ficar sozinho muito bem.
  • Outros comportamentos ou hábitos podem mudar repentinamente.