Cuidados com os filhotes e vacinação.

Descubra os cuidados necessários para vacinar o seu filhote

por ricardojuca — publicado 7 out 2012 - 2:18

Vacinando seu filhote. Foto: Reprodução

Vacinando seu filhote. Foto: Reprodução

Olá leitores do blog! Muito prazer, meu nome é Ricardo Jucá, sou formado em Medicina Veterinária pela Faculdade de Veterinária do Ceará, FAVET da UECE. Neste pequeno blog irei dar dicas sobre cães e gatos (pequenos animais), tentarei ser bem direto e simples nas minhas palavras.

Bom, no meu primeiro “post” irei falar sobre cuidados dos filhotes e vacinações. Geralmente, recebo muitos clientes que tem muitas dúvidas, e sempre começo assim, “pense no seu filhote como um filho”, ele precisa de uma ótima alimentação, uma boa vermifugação e fazer todas as vacinas necessárias. Quando eu falo em alimentação, estou me referindo a uma ração de boa qualidade, saiba que um produto bom não precisa fazer propaganda em programas de culinárias matinais e nem patrocinar filmes de um cachorro bonito baseado em um livro (entenderam a indireta? quando for para falar mal de tal coisa não vou falar o nome direto), as melhores rações no mercado brasileiro são: Hill´s, Royal Canin e Proplan. Existe outras que você pode encontrar conversando com seu veterinário (balconista tem mania de comparar rações ruins com a Royal Canin, então acredite no seu veterinário, ele não ganha comissão por venda). Essas rações tem pouco corante e conservante (o excesso pode causar, por exemplo, problemas de pele), tem alto valor de digestibilidade (ou seja, o que ele come, quase 100% é absorvido pelo organismo) e produzem fezes pequenas e menos fedorenta. Vermifugação é o ato de dar remédio de verme, em filhotes pode ser dado a partir dos 20 dias de nascido, e ficar repetindo uma vez por mês até 7 meses de idade, e então dar reforço da dose a cada quatro meses. Por que todo mês até 7 meses de idade? Volto a falar, pense nele como uma criança, criança e filhote tem mania de tudo que ver na frente morder, levar para boca, o filhote quando está crescendo gosta de “investigar” o ambiente, então vai morder sandálias, gramas, sujeiras e brincar (como brincam) com baratas e formigas. Tudo isso pode causar ingestão de ovos de vermes, então 7 meses é o período, que em média, o filhote sai de filhote para jovem.

Agora, vacinação. Vou logo falando, o ato de vacinar é de responsabilidade do Médico Veterinário, exija isso! Estou cansado de ver balconistas fazendo vacinas não-éticas… O que são vacinas não-éticas? Irei falar agora, pense assim: Se existe mercado, com certeza vai ter alguém fabricando para tentar suprir aquele mercado com produtos de má qualidade, porém de baixo valor financeiro. Esse é o lance das vacinas não-eticas ( que podem ser até importadas), o público tem mania de dizer que vacina importada é a boa, não é exatamente assim. Essas vacinas não-éticas, são vacinas que o fabricante faz sem os pré-requisitos de biossegurança e de boas práticas de fabricação (BPF), não exigem conservação e vendem para qualquer pessoa, são vacinas que um bom Médico Veterinário não assina nem morto, são as famosas vacinas de R$10 ou R$ 15 que são feitas por balconistas e que não tem carimbo do Médico Veterinário. Vacinas éticas são vacinas que seguem todo um protocolo de produção, o fabricante exige uma boa conservação, vendem somente para Médicos Veterinários, tem um valor bem mais alto, em média R$ 50,00 da virose. Em filhotes pode começar a vacinação depois da vermifugação, existe vacinas que se pode começar com 30 dias de nascido, porém o protocolo mais famoso é para começar com 45 dias.

Irei falar mais sobre alimentação, vacinação e vermifugação nos próximos encontros, tentei ser bem direto e tentei resumir um pouco de tudo. Não fique triste, toda semana estarei aqui para falar um pouco de tudo. Podem enviar comentários, dúvidas ( consultas não se pode fazer por nenhum meio de telecomunicação, é proibido por lei).

Só mais uma coisa, só para resumir: Procure sempre um Médico Veterinário, não vá atrás de um prático, o barato sai muito mais caro, o seu animal é um ser vivo e merece ser tratado com dignidade. Obrigado por ler o meu post, acho que ler e aprender não é perda de tempo. Até a próxima.

 

Texto escrito por Dr. Ricardo Jucá

Olhos dos Filhotes de Cachorro: Em Que Estágio de Desenvolvimento Eles Abrem?

por Handreza Hayran — publicado 19 abr 2019 - 9:45

olhos dos filhotes

Conforme o filhote cresce, sua curiosidade faz dele observador atento. Os cães gostam de satisfazer a sua curiosidade, absorvendo o ambiente e observando o que se desenrola ao seu redor. Mas eles não nascem com essa habilidade. Os olhos dos filhotes ficam fechados e, até os olhos se abrirem, ficam cegos para o ambiente.

Por que os filhotes nascem com os olhos fechados? Que finalidade serve? E em que estágio de seu desenvolvimento os olhos dos filhotes se abrem para que possam absorver o ambiente e vivenciar o mundo ao seu redor?

 » Read more about: Olhos dos Filhotes de Cachorro: Em Que Estágio de Desenvolvimento Eles Abrem?  »

Como Fazer o Cachorro Parar de Morder?

por Camila Da Silva — publicado 18 abr 2019 - 9:45

Como fazer o cachorro parar de morder

Neste artigo, você irá aprender como fazer o cachorro parar de morder. Pois sabemos que por mais que muitas vezes possa ser de brincadeira, as mordidas podem podem sim incomodar. Porém, é importante saber que este processo pode ser um pouco lento, e precisará de paciência e dedicação para que realmente funcione. Acompanhe o texto para entender.

Como fazer o cachorro parar de morderComo fazer o cachorro parar de morder
Como fazer o cachorro parar de morder?

Antes de mais nada, podemos adiantar: o ato do cachorro morder,

 » Read more about: Como Fazer o Cachorro Parar de Morder?  »

Como Acostumar Dois Cachorros a Conviverem Juntos?

por Camila Da Silva — publicado 17 abr 2019 - 9:45

Como Acostumar Dois Cachorros a Conviverem Juntos

Uma dúvida que causa muita insegurança, é como acostumar dois cachorros a conviverem juntos. E é muito comum que as pessoas tenham este receio, visto que cães são muito territoriais e defensores de seus donos. No entanto, saiba que este processo pode não ser tão complicado quanto parece. Seguindo alguns passos, você conseguirá ter sucesso. Acompanhe para entender.

Como Acostumar Dois Cachorros a Conviverem JuntosComo Acostumar Dois Cachorros a Conviverem Juntos
Como acostumar dois cachorros a conviverem juntos?

A primeira coisa para entender como acostumar dois cachorros a conviverem juntos,

 » Read more about: Como Acostumar Dois Cachorros a Conviverem Juntos?  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Olhos dos Filhotes de Cachorro: Em Que Estágio de Desenvolvimento Eles Abrem?

por Handreza Hayran — publicado 19 abr 2019 - 9:45

olhos dos filhotes

Conforme o filhote cresce, sua curiosidade faz dele observador atento. Os cães gostam de satisfazer a sua curiosidade, absorvendo o ambiente e observando o que se desenrola ao seu redor. Mas eles não nascem com essa habilidade. Os olhos dos filhotes ficam fechados e, até os olhos se abrirem, ficam cegos para o ambiente.

Por que os filhotes nascem com os olhos fechados? Que finalidade serve? E em que estágio de seu desenvolvimento os olhos dos filhotes se abrem para que possam absorver o ambiente e vivenciar o mundo ao seu redor?

Por que os olhos dos filhotes permanecem fechados?

olhos dos filhotes

Biologicamente falando, bebês humanos nascem desenvolvidos e prontos para enfrentar o mundo. Mas esse não é o caso dos filhotes de cachorro.

No nascimento, o sistema nervoso central de um filhote ainda está em desenvolvimento, incluindo seus nervos ópticos. Como seus nervos ópticos não estão totalmente desenvolvidos, eles são delicados demais para a luz brilhante, e é por isso que os olhos permanecem fechados até que os nervos acabem de se desenvolver.

Não só os nervos precisam de mais tempo para se desenvolver, mas o próprio olho não está completamente formado quando um filhote nasce. Manter os olhos fechados permite que o olho se desenvolva com segurança, sem o risco de objetos estranhos (como sujeira ou poeira) entrarem no olho e causar uma infecção ou outros problemas de desenvolvimento.

Quando os olhos dos filhotes se abrem?

olhos dos filhotes

A maioria dos filhotes começa a abrir os olhos entre uma e duas semanas após o nascimento. Nesse ponto, o sistema nervoso central do seu filhote, os nervos ópticos e os olhos estão totalmente desenvolvidos.

Uma coisa a ter em mente:-o filhote deve abrir os olhos por conta própria. Você pode ser tentado a ajudá-los, mas deve deixar o processo acontecer naturalmente. As pálpebras do seu filhote se abrirão quando os nervos e os olhos estiverem prontos. Sendo assim, forçá-los a abrir mais cedo colocará o filhote em risco.

Quando falar com veterinário

veterinário

O processo de abrir os olhos virá fácil e naturalmente para a maioria dos filhotes. Mas você ainda deve ficar de olho nas coisas para ter certeza de que o processo está indo bem com o filhote.

Algumas bandeiras vermelhas que algo pode estar errado com o desenvolvimento do olho do seu filhote de cachorro incluem:

  • Inchaço sob a pálpebra. Se você perceber que há algum inchaço sob as pálpebras do seu filhote antes que ele se abra, pode ser um sinal de infecção.
  • Pus na área dos olhos. Se houver qualquer pus, corrimento ou sujeira nos olhos ou ao redor da área da pálpebra, também pode ser um sinal de infecção.
  • As pálpebras do seu cachorro não abrem por duas semanas de idade. Algumas raças levam mais tempo para abrir suas pálpebras do que outras. Mas se após duas semanas não abrir os olhos, isso pode ser um sinal de um problema de desenvolvimento.

Se você notar algum destes sintomas, marque uma consulta com veterinário. Ele será capaz de diagnosticar qualquer infecção ou problemas de desenvolvimento do olho e prescrever o melhor tratamento para o seu cachorro.

Como Fazer o Cachorro Parar de Morder?

por Camila Da Silva — publicado 18 abr 2019 - 9:45

Como fazer o cachorro parar de morder

Neste artigo, você irá aprender como fazer o cachorro parar de morder. Pois sabemos que por mais que muitas vezes possa ser de brincadeira, as mordidas podem podem sim incomodar. Porém, é importante saber que este processo pode ser um pouco lento, e precisará de paciência e dedicação para que realmente funcione. Acompanhe o texto para entender.

Como fazer o cachorro parar de morder

Como fazer o cachorro parar de morder?

Antes de mais nada, podemos adiantar: o ato do cachorro morder, é normal. Muitas vezes a mordida é uma diversão garantida para ele. Porém, não para o dono. Inclusive, pode se tornar insuportável com o tempo, pois caso seu cão acostume-se a morder você por qualquer motivo, pode ter certeza: ele vai adorar.

Isso geralmente acontece mais com cães filhotes, pois o que mais eles querem fazer, é brincar com você. E as mordidas são um jeito não muito carinhoso de eles fazerem isso. Há quem diga também, que eles gostam de morder pois os dentes estão em fase de crescimento, o que torna ainda mais prazerosa a brincadeira.

5 atitudes para você tomar que evitarão as mordidas

Agora que você já entendeu um pouco da motivação por parte dos cachorros em morder, podemos testar algumas técnicas e métodos que poderão ajudar a fazê-los parar de morder. Afinal, aprender como fazer o cachorro parar de morder pode ser demorado. Assim sendo, não espere resultados imediatos. Dar tempo ao tempo é fundamental.

  1. Mostre que você sente dores com as mordidas

Isso mesmo. Este é um dos pontos mais importantes para acostumar o seu cão de que determinadas ações machucam você. E acredite, eles não vão gostar de saber que você está se machucando. Cachorros são muito apegados aos seus donos e demonstram interesse pelos seus sentimentos. Logo, mostrar que as mordidas estão doendo ajudará no processo de fazê-lo parar com o tempo.

  1. Pare de brincar quando seu cachorro morder

Quando o seu cachorro estiver em estado de êxtase pura, ou seja, brincando, é o momento que ele mais se sentirá feliz. E isso poderá ser cortado pela raiz quando ele morder você. Experimente parar de brincar assim que ele morder. Com o tempo, ele assimilará que a diversão acaba quando ele pratica determinados atos. E isso poderá ajudar.

Como fazer o cachorro parar de morder

  1. Brigue com ele de maneira firme, mas não xingue

Assim como os cães ficam felizes quando seus donos brincam, eles também assimilam quando eles brigam. Ou seja, um método muito educativo, é falar com a voz firme para o cachorro parar de morder. Nunca xingue, apenas diga para ele parar de maneira dura. Estas ativações farão com que ele evite de morder você em longo prazo.

  1. Elogie e parabenize tudo aquilo que não envolve mordida

Assim como é importante você ser firme com ele quando precisar, também é importante elogiar e falar com uma voz em tom mais ameno quando ele fizer o correto. Da mesma forma que ele assimilará uma briga, ele assimilará algo positivo. E assim, seu comportamento é construído de maneira educada.

  1. Saia do ambiente em que o cão está quando ele morder

Quando você estiver brincando com o seu cão e ele estiver lhe mordendo, experimente deixá-lo sozinho brincando por um tempo. Apenas afaste-se e não demonstre mais vontade de brincar com ele. Se você fizer isso imediatamente após as mordidas, o cachorro entenderá que sempre que ele morder, você sairá. E acredite, tudo que eles mais gostam é da sua presença. E não a tendo, fará com que eles assimilem o que você quer.

Como fazer o cachorro parar de morder

Seu cachorro não é uma marionete

Estas sugestões podem funcionar muito bem no longo prazo. Entretanto, é muito importante que você entenda que seu cachorro não é uma marionete. Entender como fazer o cachorro parar de morder é muito mais complexo do que simplesmente uma receita pronta.

Envolve educação, muito treinamento e disciplina. E, claro, você terá de ter paciência com ele. Ainda mais se ele for filhote. Nunca exija muito em pouco tempo. Afinal, eles continuam sendo cães e tudo que eles mais querem, é aproveitar os momentos perto do dono, brincar até cansar e fazer companhia.

No entanto, o jeito deles representarem isso tudo, muitas vezes pode ser de um jeito que você não gostaria. O que é absolutamente normal. Entretanto, é importante respeitar o tempo do seu cão e educá-lo aos poucos.