As 8 raças de cachorros mais enrugados

Quem resiste a um cão cheio de dobrinhas?

por Karina Sakita — publicado 7 jan 2014 - 7:48

Para os humanos, as rugas são um sinal de envelhecimento. As pessoas farão praticamente qualquer coisa para evitá-las. Mas com certeza nos encantamos com as raças de cachorros mais enrugados. Pois um cachorro cheio de dobrinhas na pele deixa qualquer um apaixonado!

Você notará que muitas raças de cães enrugadas também são de face curta (braquicefálica). Alguns podem ostentar rugas como filhotes, enquanto outros adquirem as rugas enquanto amadurecem. Vamos conhecer 8 raças de cães enrugadas que possuem adoráveis ​​dobras.

1 – Shar-pei

Sem dúvida, o chinês Shar Pei ocupa o primeiro lugar em qualquer lista das raças de cachorros mais enrugados. Além de ter mais rugas, o que os torna ainda mais charmosos é o fato de que carregam suas rugas com o maior orgulho. O chinês Shar Pei é um urso pequeno em forma de cachorro.

Qualquer um que já tenha visto um filhote de Shar Pei deve ter percebido que os filhotes têm mais rugas do que os adultos. Se você já tem um ou está pensando em adicionar um à sua família peluda, o melhor presente que você pode dar a si mesmo é tirar quantas fotos quiser de um bebê Shar Pei. Eles também precisam de cuidados específicos, pois sua pele é extremamente delicada e propensa a bactérias. Isso ocorre porque a umidade tende a se acumular nas áreas entre suas rugas.

2 – Buldogue Francês

O Bulldogue Francês é um dos cachorros mais enrugados também. Ele é conhecido por sua aparência cativante, com rostos enrugados e orelhas de morcego. É importante ficar de olho no peso desses filhotes, pois eles têm a tendência de acumular o excesso de quilos.

O Bulldog Francês tem desfrutado de uma constante crescente popularidade nos últimos anos. Isso é por causa do crescente número de celebridades proprietárias de buldogues franceses.

Com suas pernas pequenas, rostos gorduchos adoráveis ​​e olhos grandes, não é surpresa que esses pequenos cachorros sejam animais de estimação muito populares. Sujeira pode se acumular entre suas rugas se você não cuidar. As bactérias podem crescer também neste ponto quando a umidade excessiva fica presa ali.

3 – Pug

pug

Os Pugs têm divertidas testas e rostos que os fazem parecer cachorros minúsculos e muito preocupados. Mas, por tudo o que você sabe, esses cães enrugados de aparência engraçada podem estar apenas rindo com a cabeça inclinada para você.

Pugs são opções populares para pessoas que vivem em apartamentos, uma vez que não podem fazer muito exercício devido à sua forma de faces planas. Semelhante aos buldogues ingleses e franceses, os Pugs são cachorros braquicefálicos.

4 – Dogue de Bordeaux

cachorros mais enrugados

A maioria das pessoas assistiu a um filme chamado Uma dupla quase perfeita, estrelado por Tom Hanks, que se apaixonou por um cão massivo e enrugado e baboso. Cheio de rugas, o Dogue de Bordeaux é uma das raças de cachorros mais enrugados que tem muita personalidade. Esses cães são bonitos, mas também podem ser obstinados. Isso significa que o Dogue de Bordeaux precisa de uma mão gentil e firme durante sua socialização e treinamento.

O Dogue de Bordeaux tem a maior cabeça do reino dos caninos. Seu corpo fica perto do chão e encorpado. No entanto, o Dogue de Bordeaux pode se mover como os leões.

5 – Mastife

cachorros que mais babam

Devido as testas enrugadas do magnífico Mastife, alguns pensariam que é agressivo. Mas a verdade é que o Mastife é um dos cachorros mais enrugados e um gigante gentil. Esses cães são conhecidos por suas babas, mas também são personalidades muito amorosas e leais que conquistariam seu coração instantaneamente. No entanto, estes são cães poderosos e eles devem ser bem treinados, bem como socializados em tenra idade, se você quiser torná-los um cão bem equilibrado. Em termos de peso, eles pesam mais que seus mestres depois de amadurecerem.

6 – Buldogue Inglês

cachorros mais enrugados

Você não pode resistir com Bulldogs. Suas mandíbulas inferiores e rugas fofas são apenas algumas das características encantadoras que sempre irão conquistar os humanos. Há algo agradável com estes cães. Essa é a razão pela qual estes são um dos cães de companhia favoritos para as famílias.

7 – Cão de Santo Humberto ou Bloodhound

cachorros mais enrugados

Bloodhounds são bem conhecidos por sua aparência muito marcante com a testa franzida, olhos fundos e as bochechas soltas e às vezes babadas. É definitivamente difícil não se apaixonar por eles. Embora possa haver outros caninos impressionantes por aí, você nunca encontrará algo mais suave ou mais cativante que os Bloodhounds.

8 – Mastim Napolitano

Neapolitan Mastiff

Com muitas rugas e dobras, esse gigante realmente sabe como causar uma boa impressão. Embora intimidante o suficiente para ser um cão de guarda, eles são realmente muito amorosos e anseiam por companheirismo. Então nunca deixe essa raça de fora o dia todo. Além disso, você pode precisar ter uma toalha na mão, uma vez que estes enormes cães produzem uma tonelada de baba.

Cachorros com rugas: Cuidados

Quando se trata de cães enrugados, como você pode evitar problemas de pele? A chave é garantir que suas rugas estejam secas e limpas. Pergunte ao seu veterinário sobre uma boa rotina de cuidados da pele para o seu animal de estimação, mas a maioria exigirá banho regular e limpeza diária.

Todos se encantam com esses cãezinhos, mas saiba que são raças que exigem muito cuidado, exatamente por causa de suas dobrinhas. A limpeza é fundamental para que os cachorros não tenham infecção na pele.

Então, se você quer ter ou já tem um cachorro cheio de dobrinhas, fique atento com sua higiene!

Problemas comuns devido as rugas

Neapolitan Mastiff

Umidade, detritos e sujeira podem facilmente se acumular em todas as fendas e recantos de cães enrugados que podem resultar em alguns problemas. Estes são alguns dos problemas comuns com rugas:

  • Coceira – Pele enrugada de cães enrugados pode ficar coçando muito, principalmente quando não estiver seca e limpa. Os cães podem tentar arranhar a coceira, mordendo ou mordendo sua pele e esfregando os rostos ao longo dos tapetes, o que poderia causar escoriações e cortes.
  • Irritação – A pele irritada que pode parecer inflamada, esburacada e vermelha pode acontecer uma vez que partículas de sujeira ou pedaços de comida fiquem presos nas rugas do cão. Também pode indicar que os cães têm uma infecção.
  • Odor – Se a comida ou sujeira não forem limpas, seu cão pode ficar fedido. Infecções bacterianas ou leveduras que tendem a crescer na pele enrugada podem cheirar mal.

Cães enrugados são muito adoráveis. No entanto, eles precisam de cuidados extras porque suas rugas e pregas precisam ser limpas regularmente com o uso de produtos delicados para evitar que detritos ou sujeira fiquem neles, além de causar irritação.

Artigos Relacionados

19 Raças de cães esportivos

por Handreza Hayran — publicado 16 out 2019 - 21:00

Collie

Existem vários cães esportivos que correspondem a cada personalidade, caráter e modo de vida de um dono. Existem cães esportivos e afetuosos, tranquilos, grandes e pequenos.

Antes de decidir adotar um cão esportivo, descubra 19 raças de cães esportivos, seu comportamento, suas características físicas, seus cuidados, seus problemas de saúde e etc.

Como você sabe, algumas raças de cães, pequenas, médias ou grandes, são mais atléticas que outras.

Se você procura um cão esportivo,

 » Read more about: 19 Raças de cães esportivos  »

Existe cachorro autista?

por Handreza Hayran — publicado 16 out 2019 - 9:45

cachorro com medo de chuva

Aqui está um assunto muito interessante e controverso. Ele gera muitos debates entre veterinários e criadores que têm problemas para diagnosticar. Infelizmente, o resultado nem sempre é claro para os tutores em dúvida. Neste artigo Cachorro autista, tentaremos esclarecer o máximo possível sobre o assunto.

Boa leitura!

Estudos científicos sobre autismo em cães

Há um grande debate sobre o autismo em cães, pois, no momento, nenhum resultado conclusivo tornou possível esclarecer a existência ou não dessa patologia em cães.

 » Read more about: Existe cachorro autista?  »

Qual é a diferença entre um rottweiler alemão e americano?

por Handreza Hayran — publicado 16 out 2019 - 9:45

O rottweiler é uma raça de origem alemã, mas sua origem pode ser rastreada até  até a época dos romanos. Se você está pensando em adotar um cão desta raça, é claro que você se deparará com a controvérsia das diferenças entre o rottweiler alemão e o americano.

Mas existem realmente diferentes tipos de rottweiler ou é um mito? Para descobrir qual é a diferença entre um rottweiler alemão e americano, leia este artigo na íntegra!

 » Read more about: Qual é a diferença entre um rottweiler alemão e americano?  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

19 Raças de cães esportivos

por Handreza Hayran — publicado 16 out 2019 - 21:00

Collie

Existem vários cães esportivos que correspondem a cada personalidade, caráter e modo de vida de um dono. Existem cães esportivos e afetuosos, tranquilos, grandes e pequenos.

Antes de decidir adotar um cão esportivo, descubra 19 raças de cães esportivos, seu comportamento, suas características físicas, seus cuidados, seus problemas de saúde e etc.

Como você sabe, algumas raças de cães, pequenas, médias ou grandes, são mais atléticas que outras.

Se você procura um cão esportivo, existem raças esportivas e afetuosas, esportivas e calmas, ou pelo contrário esportivas e sempre alertas: em resumo, existe raça para todos os gostos.

O Portal do Dog ajuda você a escolher o cão esportivo que melhor se adapta ao seu caráter e estilo de vida. Confira!

Cão esportivo: características

Um cão esportivo mantém uma rotina de treinamento físico muito mais intensa do que a grande maioria dos cães domésticos. Assim, tudo isso gera um gasto metabólico muito alto e um impacto mais intenso nos ossos e articulações.

Além de uma dieta muito energética, a raça de cães esportivos pode precisar complementar sua dieta com certas vitaminas, minerais e nutrientes essenciais.

Uma raça de cães esportivos é caracterizada por ter um corpo forte, musculoso e saudável. No entanto, é preciso entender que cachorro esportivo não significa cachorro grande.

As 19 raças de cães esportivos

1 – Border Collie

Fonte: https://www.portaldodog.com.br/cachorros/racas-cachorros/border-collie/

Esta raça de cães é considerada a mais inteligente do mundo. De acordo com Stanley Coren, é o cão ideal para todos os tipos de esporte. Graças à sua resistência e inteligência, Agility, Canicross e esportes com estímulo mental são perfeitos para o Border Collie.

2 – Pastor Australiano

pastor-australiano

Fonte: https://www.portaldodog.com.br/cachorros/racas-cachorros/pastor-australiano/

Se você está procurando um cão esportivo e afetuoso, o pastor Australiano é a raça ideal de cães. Mas este cão esportivo precisa de muito treino e, como o nome sugere, é um dos melhores cães pastores, sendo sempre muito fiel aos seus donos.

3 – Pastor Alemão

pastor alemão

Foto: Freepik

O pastor alemão é um cão policial que tem uma energia transbordante. Um ótimo cachorro para correr, o pastor alemão tem uma força incrível, conhecida graças ao personagem Rin Tin Tin.

4 – Labrador Retriever

Fonte: https://www.portaldodog.com.br/cachorros/racas-cachorros/labrador-retriever/

Se você está procurando uma raça de cachorro alegre e calma, o labrador pode ser o cão perfeito. De fato, ele precisa gastar muita energia, mas o Labrador é muito carinhoso em casa com seus donos.

5 – Golden Retriever

Fonte: https://www.portaldodog.com.br/cachorros/racas-cachorros/golden-retriever/

O Golden Retriever, primo do labrador retriever, também é um cão alegre e calmo. É um cão que corre, ideal para canicross ou para andar de bicicleta.

6 – Jack Russel Terrier

Fonte: https://www.portaldodog.com.br/cachorros/racas-cachorros/jack-russell-terrier/

Um cão desportivo ideal, por exemplo, para o canicross. O Jack Russel terrier é basicamente um cão de caça, que tende a latir muito.

7 – Spaniel Bretão

Este cão de caça popular da França precisa de muito trabalho. É um cão de porte médio, esportivo e afetuoso.

8 – Doberman

Fonte: https://www.portaldodog.com.br/cachorros/racas-cachorros/doberman/

O Doberman é um cão elegante, musculoso e poderoso. Segundo o PlanetAnimal, é um cão ideal para corrida e esporte em geral.

9 – Beagle

Fonte: https://www.portaldodog.com.br/cachorros/racas-cachorros/beagle/

O Beagle é um cão esportivo ideal para corrida e ciclismo. Esta raça de cães esportivos será perfeita para famílias com crianças.

10 – Dálmata

Fonte: https://www.portaldodog.com.br/cachorros/racas-cachorros/dalmata/

A atividade física do dálmata é muito alta. Este cão esportivo e afetuoso é, no entanto, reservado ou tímido com estranhos.

11 – Braco Alemão de pelo curto

braco alemão

Fonte: https://www.portaldodog.com.br/cachorros/voceamigo/caes-para-caminhada/

O Braco alemão de pelo curto é originalmente um cão de caça. Com muita energia, este grande cão esportivo será ideal para correr, pois ele gosta de gastar energia.

12 – Boiadeiro de Berna

cachorros mais peludos

Fonte: https://www.portaldodog.com.br/cachorros/noticias/cachorros-fofos-conheca-os-mais-famosos/

O Boiadeiro de Berna é uma raça de cachorro alegre e carinhosa. Este cão grande mede entre 64 e 70 cm com 50 quilos e, portanto, precisa de muito treino. É ideal para corrida, ciclismo ou mountain bike.

13 – Whippet

O Whippet é o cão mais rápido do mundo: este cão esportivo será ideal para correr, independentemente do tipo de esporte que você pratica: corrida, canicross etc.

14 – Pastor Belga

pastor belga

Foto: Freepik

O pastor belga é um cão que gosta de gastar muita energia e muito inteligente. Este cão esportivo e afetuoso será ideal para competições de agilidade e cães.

15 – Collie Barbudo

Fonte: https://www.portaldodog.com.br/cachorros/racas-cachorros/bearded-collie/

Este pequeno cão esportivo é muito inteligente e, portanto, será ideal como cão esportivo para o Agility. O Collie Barbudo é de origem inglesa e é usado especialmente como cão pastor.

16 – American Staffordshire Terrier

American Staffordshire Terrier

Fonte: https://www.portaldodog.com.br/cachorros/racas-cachorros/american-staffordshire-terrier/

Embora este cão seja considerado um cão perigoso, o American Staffordshire Terrier é esportivo e afetuoso é incrível, gosta de correr e brincar com seus donos.

17 – Akita americano

Akita

Fonte: Freepik

O Akita americano é uma “variante” do Akita inu, uma raça de cachorro japonês. Resistente e musculosa, esta raça de cães esportivos é muito resistente ao frio e ideal para caminhadas na neve.

18 – Husky Siberiano

husky

Foto: Pixabay

O Husky Siberiano é uma raça de cães esportivos amorosa e leal, ideal para caçar.

19 – Shiba Inu

Shiba inu

Foto: Freepik

É uma raça de cães esportivos geralmente muito carinhosa com tutores e muito adaptável a diferentes ambientes e famílias. Então, se você mora na cidade e gosta de praticar esportes, o Shiba Inu será ideal.

Cão desportivo: ração e suplementos alimentares

Muitas pessoas associam suplementos para cães esportivos a produtos industriais, mas o ideal é continuar oferecendo uma dieta natural para os cães, mesmo quando falamos em suplementar sua dieta com os nutrientes necessários para uma rotina intensa de exercícios.

Vários tipos de ração oferecem uma linha Premium dedicada exclusivamente a cães esportivos ou de alto desempenho. Assim, essas rações tendem a ter uma proporção maior de gordura e proteína, para obter uma fórmula de alta energia.

Mas essas rações são uma excelente opção prática para garantir que um cão esportivo receba as proporções corretas de nutrientes para compensar suas altas despesas metabólicas e permitir o fortalecimento de seus músculos, ossos e articulações.

Existe cachorro autista?

por Handreza Hayran — publicado 16 out 2019 - 9:45

cachorro com medo de chuva

Aqui está um assunto muito interessante e controverso. Ele gera muitos debates entre veterinários e criadores que têm problemas para diagnosticar. Infelizmente, o resultado nem sempre é claro para os tutores em dúvida. Neste artigo Cachorro autista, tentaremos esclarecer o máximo possível sobre o assunto.

Boa leitura!

Estudos científicos sobre autismo em cães

cachorro com medo de chuva

Fonte: https://www.portaldodog.com.br/cachorros/voceamigo/cachorro-com-medo-de-chuva/

Há um grande debate sobre o autismo em cães, pois, no momento, nenhum resultado conclusivo tornou possível esclarecer a existência ou não dessa patologia em cães.

Alguns estudos sugeriram que os neurônios presentes no cérebro de cães podem ser a causa dessa doença. Estes seriam neurônios afetados congenitamente, fazendo com que o cão pudesse nascer com esta doença, mas não adquiri-la durante a vida.

Sendo uma condição bastante incomum, muitos veterinários preferem chamá-lo de “comportamento disfuncional”.

Outros profissionais falam sobre doença idiopática de origem desconhecida, o que dificulta a detecção da origem do problema.

A última teoria, que nos mergulha ainda mais em problemas, alude a uma possível herança da doença de um parente do cão que teria sido exposto a muitas toxinas por um determinado período de tempo. Estas seriam vacinas desnecessárias ou em excesso. Essa teoria reforça a ideia de que a vacinação excessiva de cães não só prejudica sua saúde, mas também afeta seus descendentes por várias gerações.

Sinais de autismo

rabo cachorro

Fonte: Pixabay

Conseguir diagnosticar um cachorro autista é um desafio, principalmente porque muitos veterinários não estão convencidos da existência dessa doença em cães. No entanto, existem vários sinais comportamentais que podem estar relacionados a essa patologia. Esses são distúrbios comportamentais, como comportamentos obsessivos e/ou compulsivos.

Esses comportamentos estão associados aos do autismo humano, mas podem ser esclarecidos e diferenciados um pouco mais.

O distúrbio obsessivo-compulsivo canino é muito presente em raças, tais como o Pastor Alemão ou Doberman.

Eles têm comportamentos repetitivos de atitudes estereotipadas, como morder o rabo, virar-se, morder-se ou lamber certas partes do corpo de maneira obsessiva e repetitiva. Essas atitudes se tornarão mais intensas ao longo do tempo e assim, não terão descanso.

Os responsáveis ​​pelo cão devem prestar atenção à evolução desses distúrbios, se aumentam ao longo dos anos ou acabam causando lesões como a mutilação da cauda, ​​por exemplo.

É possível que um cão com um distúrbio possa ter dificuldade em interagir com outros cães (sendo muito desajeitado ou incapaz de se aproximar) ou até mesmo não interagir com eles.

Fonte: https://www.portaldodog.com.br/cachorros/noticias/cachorro-tem-pesadelo/

Ele pode adotar esse comportamento com cães, com outros animais e até com seus donos.

Essa característica não significa necessariamente que ele é autista; no entanto, é uma atitude preocupante e irritante, tanto para o animal quanto para os humanos que compartilham sua vida.

Nos casos mais extremos, o animal pode ficar preso em um local sem nenhum sinal de emoção. Esse sintoma é mais fácil de detectar em raças naturalmente ativas. Esses cães podem ficar de pé por muito tempo, com os olhos perdidos e fixos.

O que posso fazer para ajudar o cachorro autista?

Como explicamos no início deste artigo, ainda não podemos determinar se o autismo como o conhecemos realmente existe em cães, portanto não há tratamento oficial.

No entanto, os donos que percebem um comportamento incomum do cão devem visitar um veterinário ou etólogo para entender a fonte dessa atitude divergente.

Existem vários tipos de terapias, exercícios e jogos que você pode praticar com seu cão para retardar o processo.

Eles são animais que têm dificuldade em expressar o que sentem. Então precisarão de toda a compaixão e amor que você puder oferecer nessa situação. Por isso, será necessário ter paciência e entender bem que o processo será longo.

Outra dica: tente manter uma rotina rígida de caminhada, assim como nas refeições e nas brincadeiras. As mudanças devem ser raras, já que esses cães dificilmente se ajustam.

Uma rotina fixa lhe dará confiança e ele se sentirá mais seguro conhecendo seu ambiente. Manter a rotina é muito importante.

Obviamente, eles não devem ser punidos porque o castigo inibe a atitude natural, que só piora a situação. Ele não se sentirá livre, seja em casa ou fora, e deve estar livre para cheirar, explorar e se comunicar com os outros, se desejar, sem nunca forçar sua interação.

melhores brinquedos para cachorro

Foto: Freepik

Para melhorar sua atitude ao ar livre, você poderá realizar exercícios como busca, oferecendo brinquedos estimulantes (sonoros ou com comida).

Acima de tudo, lembre-se de que, para resolver o problema do seu cão, você precisará procurar um especialista, pois sem terapia, o comportamento dele não melhorará.

Fontes: Dr. Nicholas Dodman para a Conferência “Associação Internacional de Consultores de Comportamento Animal”, 2011.