Correr com o cachorro: dicas para a atividade

Veja uma série de recomendações para começar a correr com seu cachorro.

por Camila Da Silva — publicado 21 jun 2019 - 9:45

Correr com o cachorro é uma atividade que gera muita satisfação para os donos. Esta é a forma de deixar o cão ainda mais presente no dia a dia de quem pratica atividades físicas. Entretanto, quem já corre com o cachorro sabe que alguns critérios devem ser adotados. Caso contrário, o cachorro pode sofrer e você nem perceber. Por isso, acompanhe o texto e veja mais detalhes sobre o assunto.

Correr com o cachorro

A prática de exercícios físicos é extremamente importante. Tanto para os seres humanos, quanto para os cães. Desta forma, correr com o cachorro é uma forma extremamente prática de unir o útil ao agradável. Ou seja, enquanto você pratica o seu exercício, o seu melhor amigo está junto de você, também se exercitando e saindo do ócio.

No entanto, é fundamental que você atente-se em algumas etapas do processo. Principalmente se você estiver começando agora a tornar este hábito uma rotina na sua vida e na vida do cão. Neste texto, separamos alguns pontos extremamente importantes e relevantes que podem tornar a atividade mais saudável para o animal. E, desta forma, buscar o equilíbrio. Continue lendo.

correr com cachorro

Saindo do sedentarismo

O sedentarismo está presente na vida de um ser humano, bem como na vida de um animal. Esta condição é extremamente maléfica para o desenvolvimento saudável do cachorro. Afinal, um cachorro que é sedentário está muito mais propício a contrair problemas e doenças graves com o passar do tempo. Assim sendo, correr com o cachorro pode ser uma das melhores escolhas a se fazer para ter um cão mais saudável.

Entretanto, é preciso muito cuidado e atenção ao tirar o seu cachorro desta condição. Todos os extremos podem ser maléficos. Ou seja, forçar a corrida em um animal que nunca se movimentou com mais intensidade, pode ser tão prejudicial quanto o sedentarismo. Buscar o equilíbrio no início da atividade é fundamental.

Comece de forma leve e faça o cachorro gastar energia com outras brincadeiras. Inclusive, caminhadas. Este será o seu principal termômetro para medir a resistência do animal. Se você já corre com mais frequência, manter a calma é fundamental, pois muitas pessoas querem que o cachorro já acompanhe o dono no primeiro dia. E isto pode não acontecer. E nem deve! Afinal de contas, a saúde deve sempre ser respeitada.

correr com cachorro

Faça uma consulta de rotina no veterinário

Para correr com o cachorro, você precisa fazer uma consulta de rotina com o veterinário. Esta etapa é muito semelhante a uma consulta medicinal humana, antes do início de uma atividade física. Lembre-se que, se o seu cão é sedentário, ele não está acostumado a este ambiente. E nem terá condicionamento adequado. Por isso, antes de qualquer atitude, lembre-se de fazer uma consulta regular no seu veterinário de confiança.

Neste consulta o profissional poderá indicar as melhores formas de adaptar o seu cachorro a prática de exercícios mais intensa. Além do mais, possíveis exames serão feitos, o que dará ainda mais confiança para o veterinário e para o dono. Assim, os procedimentos serão guiados da melhor forma possível. Ou seja, se o cão estiver doente, o melhor tratamento pode ser encontrado e, assim, deixar seu cão saudável para as corridas.

Além do mais, o veterinário poderá indicar as melhores formas de alimentar o animal. Pois a prática pesada de exercícios irá requerer um consumo também mais alto de energia. E, se isto não for feito da forma adequada, muitos problemas poderão surgir no futuro. Desde a falta de vitaminas, minerais e nutrientes, até o excesso de peso, caso a alimentação não seja balanceada.

Algumas características limitantes para a atividade

Correr com o cachorro é uma atividade de alto impacto para o animal. Se ele não tiver acostumado a isto, poderá sofrer muito, principalmente no começo. Por isso, existem algumas características básicas que limitam as corridas e exercícios mais intensos. Desse modo, se o seu cachorro se enquadrar em alguma destas condições, recomendamos que não saia para correr com ele. Assim, você evitará maiores problemas. Veja a seguir.

correr com cachorro

Atente-se ao tamanho do cachorro

Sim, o tamanho do cachorro é um ponto fundamental para este tipo de exercício. O porte físico do cachorro é um fator limitante para as corridas, visto que, quanto menor o cão, maior o esforço que ele precisa fazer. Desta forma, podemos entender que as passadas de um cachorro com porte físico pequeno, são muito mais curtas. E isto é um fator chave para o gasto energético.

Se você vai correr com o cachorro, lembre-se sempre de não levá-lo ao extremo. No caso de um cão com porte físico pequeno, fazer paradas para o descanso dele é fundamental. Afinal, enquanto você estiver no seu ritmo dando os seus passos largos, o cachorro poderá estar sofrendo com a necessidade de dar centenas de passos a mais. E acredite, ele não irá querer lhe abandonar!

O focinho pode ser um problema

Assim como o tamanho do cachorro pode ser um problema, o focinho de algumas raças também. Há cães que possuem o nariz constituído de uma forma nada estratégica para a prática de exercícios extremos. Ou seja, a dificuldade respiratória nestes casos pode ser um impeditivo.

Desta forma, a busca por um profissional veterinário de confiança é mais do que importante. Pois somente ele poderá fornecer informações mais detalhadas sobre o sistema respiratório do cachorro. Afinal, um cachorro que possui dificuldades para respirar durante a prática de exercícios, é um cão sem qualidade de vida. E isto não é nada legal. Portanto, muita atenção neste ponto.

correr com o cachorro

Cães obesos

A obesidade em cachorros não traz nenhum benefício. Muitos donos acham este porte físico fofo e bonito. Entretanto, nunca deixe seu cachorro chegar a este ponto somente pelo seu ego. Ainda mais se o seu objetivo é correr com o cachorro. Como falamos anteriormente, sair do sedentarismo é importante. Mas se isso for feito de forma exagerada e extrema, pode ser tão prejudicial quanto a obesidade.

Um cachorro obeso certamente terá dificuldades motoras para acompanhar as suas passadas durante a corrida. Por isso, nunca cobre dele algo que ele não pode entregar. Se for o caso do seu animal de estimação ser acima do peso, antes mesmo de correr com ele, faça uma série de exames e, posteriormente, exercícios mais leves, para que ele entre em forma. Uma dieta balanceada também será fundamental, tanto para acompanhar o ritmo da corrida, quanto para perder peso.

Cachorras grávidas

Outro fator limitante para correr com cachorro, é se, no caso, for uma cachorra grávida. A gravidez, assim como no ser humano, exige uma série de cuidados e descansos. Por isso, a prática exagerada de exercícios poderá levar a cadela a passar mal. Além de refletir diretamente na saúde dos filhotes que estão por vir.

Assim sendo, se a sua cadela estiver grávida, não leve-a para correr. A não ser que seja uma recomendação específica de algum veterinário. Mas esta é a exceção. Ou seja, pode ou não acontecer. O acompanhamento profissional adequado é mais do que necessário nestes casos. Afinal, garantir bem-estar do cão é indispensável.

correr com cachorro

Hidratação é importante

Se você cansa e se desidrata durante suas corridas, obviamente que o seu cão também. Portanto, se você for correr com cachorro, lembre-se deste detalhe extremamente importante: hidratação. Levar uma garrafa com água para o seu animal fará com que ele se hidrate nos momentos certos e tenha um equilíbrio saudável para continuar a praticar os exercícios com você.

Esta hidratação pode ser feita, inclusive, no parque. Se você estiver em um local pet friendly para corridas, poderá encontrar bicas ou torneiras de água que sejam específicas para os cachorros. E, assim, deixar com que eles se hidratem. Se for um dia muito quente, poderá até deixar que eles se molhem. Muitas cachorros amam banhos de mangueira e, desta forma, as práticas de exercício serão ainda mais prazerosas para o animal.

Protetor solar para cães

Como falamos anteriormente, se estiver muito quente, o cão irá sentir. E isto se reflete na sede e na pele. Por isso, procure por protetor solar para cães. Você poderá encontrar em lojas especializadas.

Esta é uma forma de garantir a saúde da pele do animal, principalmente onde há menos pelos, como o focinho. Acredite: o sol pode queimar (e muito) estas partes. Por isso, todo cuidado é pouco.

Entretanto, encontrar o modelo ideal de protetor solar é fundamental. Tome muito cuidado com estes tipos de produtos aplicados diretamente na pele do cão. Pois, se for de má qualidade, efeitos colaterais ainda piores que as queimaduras de sol, poderão ocorrer. E você não quer isto, não é mesmo? Por isso, busque ajuda especializada neste assunto e não compre o primeiro que aparecer na sua frente.

correr com o cachorro

Raças mais indicadas para corridas

Além de todos estes critérios, saiba que algumas raças de cães são muito mais receptivas para corridas. Ou seja, se o seu objetivo é praticar este tipo de exercício ao lado de um cachorro e ainda não tem um melhor amigo, opte por raças que tenham porte e desenvoltura e tamanho para isso. Assim você terá muito mais qualidade durante os treinos e, automaticamente, o cachorro terá mais qualidade de vida, sem forçar o corpo.

As raças mais comuns para correr com cachorro, são Labrador, Golden Retriever, Dálmata e Pastor Alemão. É claro que estas não são as únicas, entretanto, são as mais conhecidas. Se você preferir, poderá solicitar ajuda a um profissional veterinário ou adestrador e, desta forma, ter ainda mais informações sobre a raça ideal para você.

Agora que você já entendeu que alguns critérios e cuidados devem ser assegurados para correr com cachorro, boa sorte nas suas atividades.

Filhotes de Pastor Alemão: Tudo o que você precisa saber

por Handreza Hayran — publicado 19 jul 2019 - 9:45

filhote de cachorro

Não é de surpreender que os pastores alemães sejam uma das raças mais populares. Com sua resistência física e mental, esse célebre animal é apreciado por muitos. Os filhotes de pastor alemão, querem brincar o dia todo, todos os dias. Assim, esses adoráveis ​​animais adoram aprender e se relacionar intimamente com seus humanos.

Sendo uma raça relativamente nova, eles não entraram em cena até o final do século XIX. Quando um oficial da cavalaria alemã,

 » Read more about: Filhotes de Pastor Alemão: Tudo o que você precisa saber  »

Traços de personalidade do shitzu: O que esperar dessa raça?

por Handreza Hayran — publicado 17 jul 2019 - 9:45

shih tzu

Os Shih tzus podem ser pequenos em tamanho, mas são grandes em personalidade. Querendo nada mais do que ser seu melhor amigo, este cãozinho é um companheiro afetuoso, alegre e de temperamento doce. Este artigo vai detalhar a personalidade do shitzu e o temperamento que você deve esperar dessa raça.

A maioria dos criadores concorda que o shih tzu é originário da China antiga, onde, por mais de mil anos, a realeza considerava esses cães como animais de estimação queridos.

 » Read more about: Traços de personalidade do shitzu: O que esperar dessa raça?  »

130 Nomes de cachorro: Grandes ideias para nomear seu filhote

por Handreza Hayran — publicado 17 jul 2019 - 9:45

Você trouxe para casa o filhote perfeito e agora você precisa escolher o nome perfeito. Alguns proprietários gostam de nomes específicos para o país de origem da raça. Outros são inspirados pela aparência ou personalidade do novo filhote. Confira nossa lista com 130 nomes de cachorro!

Comida, bebida e cultura popular são temas favoritos. Mas existem tantas opções! E é uma decisão importante; Afinal, um bom nome pode melhorar a capacidade de resposta do seu cão e melhorar a comunicação entre vocês.

 » Read more about: 130 Nomes de cachorro: Grandes ideias para nomear seu filhote  »

deixe seu comentário:
Siga o Portal do Dog
Últimas notícias

Filhotes de Pastor Alemão: Tudo o que você precisa saber

por Handreza Hayran — publicado 19 jul 2019 - 9:45

filhote de cachorro

Não é de surpreender que os pastores alemães sejam uma das raças mais populares. Com sua resistência física e mental, esse célebre animal é apreciado por muitos. Os filhotes de pastor alemão, querem brincar o dia todo, todos os dias. Assim, esses adoráveis ​​animais adoram aprender e se relacionar intimamente com seus humanos.

Sendo uma raça relativamente nova, eles não entraram em cena até o final do século XIX. Quando um oficial da cavalaria alemã, capitão Max von Stephanitz, começou a promover essa raça porque adorava a versatilidade e a inteligência que eles tinham.

Fatos dos filhotes de pastor alemão

Os filhotes de pastor alemão são muito curiosos. Sendo assim, devido à sua natureza curiosa, eles adoram ser treinados para muitas tarefas e truques diferentes. Além disso, eles são uma raça altamente inteligente que adora se exibir quando tem a chance. Portanto, aqui estão alguns fatos interessantes antes de levar para casa seu novo cachorro.

1. Um pastor alemão não é um Golden Retriever

filhotes de pastor alemão

Às vezes eu sinto que muitas pessoas assumem que um golden retriever é apenas a “personalidade do cão”. Seu pastor não pensa que toda pessoa que conhece é sua melhor amiga, e isso faz parte de sua herança. Os pastores são um pouco desconfiados de estranhos. Além disso, esteja preparado para o seu pastor escolher alguém para ser sua pessoa favorita em sua família.

2. Cuidado com os tubarões terrestres

filhotes de pastor alemão

Filhotes de pastor alemão ganharam o apelido de “tubarão da terra” por causa de sua boca. Essa raça pode ser uma raça tentadora com crianças pequenas, que muitas vezes se tornam alvos involuntários para mordidas brincalhonas. Sendo assim, comece a ensinar os filhotes de pastor alemão que morder seres humanos é um comportamento inadequado e canalize esse apetite para brinquedos mastigáveis ​​e jogos que não envolvam mãos humanas.

3. Fique atento a sinais de timidez

filhotes de pastor alemão

Muitos filhotes de pastor alemão, especialmente cães de linha americana criados para se mostrarem, tendem a ter timidez e ansiedade. Se não for tratada, essa timidez pode se transformar em agressão baseada no medo. Por esta razão, socialize os filhotes de pastor alemão a partir do minuto que ele chega em casa com você, e não pare por toda a sua vida.

4. Espere um cão que quer saber sobre o que você faz o tempo todo

pastor alemão

Se você não gosta de ter um cachorro seguindo você em todos os lugares, até mesmo no banheiro, talvez reconsidere receber um pastor alemão. Esses cães são intrometidos e querem saber onde você está e o que está fazendo em todos os momentos, no caso de suas ações comprometerem a segurança da casa e da família. Saiba que eles estão apenas fazendo o trabalho deles.

5. Você verá pelo de cachorro em todos os lugares

Há uma razão pela qual as pessoas os chamam de “shedders alemães”. Os filhotes de pastor alemão têm pelo duplo, o que equivale ao dobro de pelos em todo o chão, no sofá, nas roupas, etc.

6. Filhotes de pastor alemão gostam de brincar

filhotes de pastor alemão

Os pastores têm uma tendência a brigar com as pessoas e outros cães. Eles são animais intensos! Eles não têm as “bocas moles” dos retrievers ou a delicadeza brincalhona das raças menores. Mesmo na brincadeira, os filhotes de pastor alemão gostam de ir para a garganta. Supervisione suas interações com outros cães e ajude seu pastor a fazer várias pausas e intervalos para que a brincadeira não seja muito complicada.

7. Prepare-se para percepções públicas negativas

Graças à mídia, à história, à cultura popular e, certamente, a muitos cães maltratados, os filhotes de pastor alemão não possuem exatamente a melhor imagem pública. Se dói seus sentimentos que algumas pessoas automaticamente tenham medo de seu cão, um pastor alemão pode não ser certo para você. Se você tem um pastor alemão, deixe que isso o motive a fazer do seu cão um grande embaixador da raça e ajude a mudar os estereótipos negativos.

8. Esteja preparado para um cachorro vocal

cachorro

Os filhotes de pastor alemão tendem a ser vocais. Latir pode ser um comportamento muito difícil de refrear, especialmente se for tecido na linhagem de um cachorro, como tem sido feito com pastores. Esteja ciente desse problema e esteja preparado para começar a treinar seu cão a quando e como ficar quieto.

9. Considere um grande número de problemas de saúde

Os filhotes de pastor alemão e os adultos, são famosos por sua série de problemas de saúde. Em um intervalo de mais benigno (alergias) a risco de vida (osteossarcoma, hemangioma), os pastores parecem ter todos eles. A raça ainda tem predisposição para doenças que parecem ocorrer exclusivamente dentro da linhagem pura (por exemplo, mielopatia degenerativa , que já foi chamada de “neuropatia do pastor alemão”).

É de partir o coração, mas é uma realidade se você quiser um pastor. Encontre um bom veterinário (de preferência um com experiência em pastor) e comece a tomar medidas para manter seu pastor em bom estado e saudável.

10. Mantenha o cérebro do seu cachorro envolvido

pastor alemão

Caso contrário, você vai ter um pouco de terror em suas mãos. Os filhotes de pastor alemão são cães grandes, ativos, atléticos e altamente inteligentes. O que isto significa é que, se eles ficarem entediados, você vai se arrepender seriamente de trazer esse cachorro para sua casa.

Um cão esperto sem trabalho para fazer é igual a um tornado de travessuras. Tente dar aulas de obediência, agilidade, pastoreio, etc. Os pastores podem se destacar em muitos esportes e atividades caninas! Comece agora a pensar sobre como manter o cérebro de seu filhote de pastor alemão envolvido.

11. Os filhotes de pastor alemão são cães de família

pastor-alemão

Os pastores alemães adoram fazer parte de uma família de alta energia ou de alguém que leva uma vida ativa. Um estilo de vida sedentário não funciona para essa raça de pastoreio, pois eles adoram aprender, brincar e fazer parte de seu bando humano! Filhotes de pastor alemão podem se distrair facilmente. Mesmo que eles amem as crianças e a vida familiar, enquanto treinam, é melhor que eles se concentrem apenas na tarefa que estão aprendendo, de modo a evitar a sobrecarga sensorial.

Os pastores alemães são um cão da família experimentado e verdadeiro. Eles adoram nadar (mesmo com seus humanos!). Eles são cães altamente sociáveis ​​e amigáveis, então uma casa ocupada funciona bem para eles. Eles também precisam de muito carinho e aconchego.

Traços de personalidade do shitzu: O que esperar dessa raça?

por Handreza Hayran — publicado 17 jul 2019 - 9:45

shih tzu

Os Shih tzus podem ser pequenos em tamanho, mas são grandes em personalidade. Querendo nada mais do que ser seu melhor amigo, este cãozinho é um companheiro afetuoso, alegre e de temperamento doce. Este artigo vai detalhar a personalidade do shitzu e o temperamento que você deve esperar dessa raça.

A maioria dos criadores concorda que o shih tzu é originário da China antiga, onde, por mais de mil anos, a realeza considerava esses cães como animais de estimação queridos.

Hoje, o shih tzu é consistentemente um dos cães mais populares. Mas o shih tzu é certo para você? Leia para saber mais sobre as características adoráveis e às vezes não tão adoráveis dessa raça.

Primeiro, no entanto, é necessário conhecer um pouco sobre sua história para poder entender sua natureza.

História do Shih Tzu

shih tzu

Shih Tzus é uma das 15 raças de cães mais antigas existentes. Apesar de não sabermos a época exata, o que se sabe é que Shih Tzus acabou por se integrar ao estilo de vida da realeza chinesa. Durante séculos e séculos, estes pequenos cães, semelhantes a leões eram bens valorizados entre a nobreza.

Embora ShihTzus seja uma raça orgulhosa, real e digna, de maneira alguma são arrogantes ou pomposos. Quando as pessoas descrevem Shih Tzus como indiferentes, sarcásticos ou agressivos, eles estão fazendo referência a um cão que não foi criado corretamente, foi um produto de criação irresponsável, ou ambos.

Na realidade, o temperamento e a personalidade do shitzu estão longe do que você esperaria de um cachorro que pudesse ser considerado “elegante” ou “mimado”. Sua história tem um grande papel na construção de sua reputação atual, mas deve-se saber que uma representação mais próxima das características da raça é leal, amorosa e atenciosa.

Personalidade do shitzu

personalidade do shih tzu

A personalidade do shitzu é uma mistura dinâmica do cachorro de colo atencioso e afetuoso e do companheiro digno. Dentro de casa, esses bichinhos só querem fazer parte da família. Embora a confiança deles possa ser bastante proeminente, isso não quer dizer que eles sejam arrogantes.

Com isso dito, esses pequenos caninos são encantadores. A personalidade do shitzu é grandemente influenciada por sua inteligência, pois eles processam o mundo ao seu redor em um ritmo mais rápido do que a maioria dos cães, e eles adoram aprender.

Este é um cão que passa pela vida com a confiança de um leão. É cauteloso, mas entusiasmado com estranhos e ambientes desconhecidos, e expressa o amor por toda a casa.

Enquanto o Shih Tzu não é necessariamente tão brincalhão, eles estão sempre prontos para um rápido passeio pela vizinhança ou algumas rajadas de energia dentro de casa. Uma das coisas que fazem do Shih Tzu um animal tão cobiçado é a sua adaptabilidade.

Eles podem viver em praticamente qualquer ambiente e com a maioria das famílias. Eles podem ser um cão de uma pessoa, ou o companheiro da família amável. Eles são naturalmente confiantes, dignos e afetuosos. Para uma raça de brinquedo, o Shih Tzu expressa uma das personalidades mais completas.

A vida é um jogo. E o shih tzu adora brincar com você!

shih tzu

Se a atividade do diaé brincar de esconde-esconde, o shihtzu está pronto pra isso!

Não deixe que seu tamanho pequeno e sua boa aparência enganem você, achando que são apenas aquecedores de colo e cães de show. Esses pequenos leões gostam de fazer caminhadas e, gostam de passar o tempo correndo na casa.

Não importa qual jogo você escolheu jogar, contanto que você goste, seu shih tzu provavelmente vai gostar também.

Ao treinar seu shih tzu, a consistência e a paciência são fundamentais

shih tzu

A única desvantagem de um Shih Tzu é que eles podem ser cães teimosos. Criada para ser a  companhia perfeita, quando se trata de treinar essas características, pode tornar o processo um pouco mais difícil.

Quando se trata de aprender comandos básicos, como sentar, ficar e descer, o shih tzu não é rápido em aprender. Os entusiastas da raça culpam a tendência independente do cão. Mas no livro do autor Stanley Coren “The Intelligence of Dogs”, mais de 200 juízes de obediência profissional classificaram as raças com base em sua treinabilidade como um indicador de QI, e o shih tzu não se saiu tão bem.

De acordo com os juízes, o shih tzu e várias outras raças precisavam de 80 a 100 repetições de um comando antes de finalmente obedecerem apenas 25% do tempo. O border collie, por outro lado, dominava novos comandos rapidamente, em menos de cinco repetições e os obedecia pelo menos 95% do tempo.

Portanto, ao treinar seu shih tzu, a consistência e a paciência são fundamentais. E esteja preparado para levar mais tempo do que o esperado.

O Shih Tzu não é barulhento

shih tzu

O shih tzu não foi criado para ser um cão de guarda, então ele não tagarela, embora ele possa latir para avisar que o carteiro está na porta da frente. Além disso, você não ouvirá muito barulho dele.

Alguns shih tzus podem ser um pouco mais barulhentos do que outros. Mas muitos latidos? Bem, essa é uma história diferente, e geralmente decorre de cães não serem socializados adequadamente.

O Shih Tzu pensa que seus visitantes são visitantes deles

Quando amigos e familiares chegam à sua porta, o shih tzu pensa que o visitam, não você. Ser extrovertido e amigável está em seus genes, é claro, e ele não vê mal em espalhar o amor por aí. Dê-lhe um presente, esfregue sua barriga ou jogue-lhe um brinquedo estridente e você terá um novo melhor amigo.

Agora conhecendo a personalidade do shitzu, ele pode ser um cão ideal para você adotar. Contanto que você mostre a ele amor, ele o devolverá.

O Shih Tzu é muito companheiro

O shihtzu foi originalmente criado para ser um companheiro, e é aí que ele se destaca. Quando você chegar em casa do trabalho, ele abanará o rabo descontroladamente e seguirá você pela casa com devoção. E quando você se acalma para assistir televisão, ele vai se enroscar alegremente no seu colo.

Ele pode exaltar uma arrogância natural, com a cabeça minúscula erguida e curvada delicadamente sobre as costas, mas quem pode culpá-lo? Se seus antepassados ​​viveram dentro do palácio imperial, descansando em travesseiros de seda bordados o dia inteiro, ele pensaria que você é muito especial também.

Mas não se preocupe. É apenas um ato. O shih tzu realmente pensa que você é o rei ou a rainha em seu mundo.

Verdade seja dita, apesar de quão digno o Shih Tzu pode ser, quão belo na aparência, ou tenha seu lugar na história (tendo sido criado para a realeza chinesa), esses cães são pequenas bolas que só querem amar e ser amadas em troca.