Uma das coisas mais importantes a se aprender como um bom tutor, é como estimular o faro do cachorro. O faro está para os cães, assim como a visão e o tato está para nós, humanos.

Afinal, é através do olfato que os cães identificam uma série de mensagens no ambiente e, justamente por isso, é preciso que esta habilidade esteja em dia.

Tá, mas para estar em dia, é preciso treinar? Na prática, não.

Afinal, o cão pode facilmente se desenvolver durante as fases da vida dele. No entanto, é muito importante que a gente ofereça bons estímulos para que esta habilidade seja usada todos os dias.

Ou seja, precisamos aprender como estimular o faro do cachorro para que ele possa, assim, usar muito bem o seu olfato. Neste artigo, vamos aprender tudo sobre o assunto.

Continue lendo e saiba mais agora mesmo!

Como estimular o faro do cachorro?

cachorro farejando

Cachorro farejando – Foto: Freepik

Para estimular o faro do cachorro, nós precisamos considerar diversos aspectos relacionados ao ambiente em si.

Ou seja, precisamos fazer com que o cão se sinta “em casa”, mesmo fora dela, deixando que ele fareje os espaços e, assim, consiga entender onde está.

Quando você sai para passear com o animal ou mesmo quando leva ele para fazer xixi do lado de fora, é fundamental deixá-lo cheirar o espaço. Ele é um cachorro e esta é uma de suas funções mais importantes para sobreviver e se sentir seguro e confortável.

Não tente impedir farejos, ok? A menos que eles apresentem algum risco para o cão.

Só que além disso, é bem legal que você aprenda algumas técnicas de como estimular o faro do cachorro para que ele realize estas “atividades”, inclusive, dentro de casa. Veja algumas ideias:

  • Esconda petiscos pela casa e faça-o procurar;
  • Use brinquedos inteligentes para o cão capturar a ração;
  • Esconda outros brinquedos pela casa ou quintal;
  • Cubra os olhos do cão ao esconder petiscos e brinquedos;
  • Sempre recompense o cão ao encontrar algo escondido;

Abaixo, vamos entender um pouco mais sobre cada um dos itens da lista acima. Portanto, continue lendo e aprofunde-se. Depois, leia também: Olfato Canino: Descubra os 5 fatos incríveis.

Estimular o faro do cachorro – Esconda petiscos pela casa e faça-o procurar

Uma das maneiras mais legais de estimular o faro do cachorro, é através de brincadeiras com petiscos. E aqui, o tutor pode unir o útil ao agradável, que é: brincar com o cão e oferecer um petisco que ele tanto adora.

Ou seja, tem vários estímulos envolvidos neste processo.

Comece brincando de maneira fácil e simples, só para o cão entender. Pegue um petisco e coloque na frente dele para ele entender do que se trata.

Depois, esconda o petisco em um lugar bem simples, tipo embaixo do tapete e de forma que fique meio visível. E por fim, vá criando dificuldades maiores para o cão e faça-o farejar até encontrar o que procura.

É claro que estas dificuldades precisam ser viáveis. Não adianta colocar o petisco em um lugar totalmente inacessível ou fora de contexto. Use móveis da casa, a cortina, tapetes, objetos, etc. Evite locais que possam trazer algum perigo para o cão.

Use brinquedos inteligentes para o cão capturar a ração

Como estimular o faro do cachorro

Cachorro cheirando a bolinha – Foto: Freepik

Se tem uma coisa que os cães gostam, é de desafios. Neste caso, usar brinquedos inteligentes para estimular o faro do cachorro pode ser uma excelente ideia, uma vez que os cães ficarão muito entretidos na brincadeira, até conseguirem o que procuram.

Os brinquedos inteligentes são feitos para que o cão tenha alguns níveis extras de “dificuldade” para conseguir o que procuram. Por exemplo, há brinquedos que escondem a ração e deixam somente o cheiro. Você pode esconder o brinquedo e fazer o cão farejá-lo.

Além disso, alguns brinquedos ajudam o cão a buscar o cheiro lá dentro, de forma que ele não saiba que tem ração ali, mas vá atrás só pelo faro. Estes brinquedos são encontrados nas melhores lojas para pets.

Cuidado para não comprar brinquedos que soltem peças ou que sejam pequenos demais.

Veja alguns ótimos brinquedos para cachorro.

Esconda outros brinquedos pela casa ou quintal

Todo cachorro tem um brinquedo preferido. E uma das maneiras de estimular o faro do cachorro, é fazer com que ele procure este brinquedo escondido pela casa ou quintal.

Ou seja, pegue o brinquedo preferido do seu cão e coloque ele em algum lugar escondido, de modo que o animal tenha que desvendar o mistério e brincar de caça ao tesouro.

Esta brincadeira é bem parecida com a brincadeira da ração e petisco, só que você vai fazer o cão procurar um brinquedo que tenha o cheiro dele.

Para dar certo, é importante que você comece escondendo o brinquedo em lugares fáceis e depois vá subindo o nível da dificuldade. Caso contrário, o cão poderá não entender.

Cubra os olhos do cão ao esconder petiscos e brinquedos

cachorro farejando

Cachorro farejando – Foto: Freepik

Uma das coisas mais importantes na hora de estimular o faro do cachorro, é fazer com que ele não veja onde você está escondendo o brinquedo ou o petisco. Por isso, uma coisa bem legal que você pode fazer é cobrir os olhos do bichinho. Peça para alguém cobrir, enquanto você vai esconder.

Mas cuidado: cobrir os olhos dele e esconder o brinquedo ou petisco em lugares muito complexos ou longe de onde ele está, pode não dar certo. Inclusive, pode deixar o cão confuso e sem saber o que está acontecendo.

Procure locais sempre por perto do cão ou, pelo menos, não muito longe. O objetivo é fazê-lo farejar, e não caçar, ok?

Sempre recompense o cão ao encontrar algo escondido

Se você está escondendo brinquedos, é importante sempre recompensar o cachorro com um petisco. Este tipo de atitude gera o que chamamos de reforço positivo, algo fundamental no processo de ajudar o cão a entender um comando ou repetir alguma ação.

Muitas vezes, a própria recompensa vai ser a ração que está no brinquedo inteligente. Neste caso, o cão vai atrás desta recompensa e o reforço positivo também acontece.

Qual é a importância de estimular o faro do cachorro?

Como estimular o faro do cachorro

Cachorro cheirando o ambiente – Foto: Freepik

Aqui no blog, a gente já escreveu diversos artigos sobre o faro e o olfato do cachorro. As milhões de células olfativas que os cães têm, não estão lá a toa. Elas estão lá para ajudar o cão a sobreviver, do ponto de vista da evolução canina.

Através das células olfativas, o cão pode notar perigos, predadores, situações de risco e pode encontrar alimento. É claro que, hoje em dia, os cães não precisam mais disso. Só que algumas necessidades ainda existem e os instintos continuam presentes.

Por isso, é importante estimular o faro do cachorro para que ele possa ser um cão mais feliz, saudável e menos estressado. Veja alguns benefícios do olfato canino para a vida deles:

  • É através das células olfativas que o cão interpreta o ambiente;
  • O olfato faz o cão gastar energia (física e mental);
  • O olfato ajuda o tutor a interpretar as reações do cão;
  • Farejar traz calma e alívio de estresse para os cães;

Continue lendo para entender mais sobre cada item acima.

É através das células olfativas que o cão interpreta o ambiente

Conforme entendemos no início deste artigo, os cães interpretam o ambiente em que vivem, através das células olfativas. Por mais que a visão dos pets seja importante, é no olfato que está a maioria das interpretações e análises precisas sobre o ambiente em que estão naquele momento.

Por isso, estimular o cão a isso é muito importante, também, para que ele possa se sentir confiante e seguro. Seja em um passeio na rua ou seja em uma saída até o condomínio, sentir os cheiros é importante para a saúde física e mental do animal.

O olfato faz o cão gastar energia (física e mental)

Como estimular o faro do cachorro

Tutora com seu cão – Foto: Freepik

Se tem uma coisa que é importante para os cães, é o gasto de energia. Isto ajuda eles não só a não terem sobrepeso. Mas também, ajudam eles a não terem doenças, como diabetes e outras coisas.

No entanto, o gasto de energia está totalmente condicionado, também, a saúde mental dos pets. Sim, cachorros também têm saúde mental e ela precisa de tanta atenção quanto a saúde física. E o fato de farejar e buscar odores pelo ambiente, faz o cão ter um gasto energético importante do ponto de vista mental.

Ele se sentem menos ansiosos, menos estressados e mais tranquilos.

Estimular o faro do cachorro – O olfato ajuda a interpretar reações do cão

O olfato é importante não só para o cão – mas também, para o tutor. Ou seja, estimular o faro do cachorro faz com que o tutor possa ter mais percepções sobre o dia a dia do animal e identificar potenciais problemas que o cão esteja enfrentando.

Afinal, a forma com que o cão fareja o ambiente, diz muito sobre o que ele está sentindo naquele momento: medo, angústia, ansiedade, tranquilidade, curiosidade, etc. O tutor obtém muitas informações sobre o comportamento do pet através do cão farejando o ambiente.

Farejar traz calma e alívio de estresse para os cães

Conforme já entendemos anteriormente, o ato de farejar faz com que o cão tenha mais qualidade de vida do ponto de vista de saúde mental. Deixar ele conhecer o ambiente através dos cheiros, faz o cão ficar menos estressado, mais confiante e menos ansioso.

Isto se aplica aos passeios no parque, saídas para ir ao banheiro e outros ambientes desconhecidos para o pet. Deixá-lo farejar alivia tensões e ele fica mais tranquilo em vários outros aspectos da vida.

Cuide do seu dog e deixe-o farejar!