Como acostumar cachorro com a coleira? Eis a dúvida que muitos tutores têm, isso porque, muitas vezes o cãozinho nem sai do lugar quando é colocado a guia errada. Existem também aqueles que adoram passear, onde ao ver a coleira na mão do dono já ficam eufóricos e entendem o que vai acontecer.

Mas para aquele cãozinho que nunca foi ensinado quando filhote a andar com coleira, é totalmente compreensível quando, na fase adulta, ele recusar. Outro motivo para quando o cachorro se recusa a andar de coleira, é que ele possa ter passado por um momento difícil, como uma situação traumática no passado.

Contudo, não se preocupe, pois com muita paciência, amor e dedicação é possível acostumar cachorro com a coleira, mesmo na fase adulta. Vamos entender a seguir!

Como acostumar cachorro com a coleira

Cão mordendo a coleira – Foto: Freepik

Como acostumar cachorro com a coleira?

Saiba que independente do motivo, ensinar o cachorro a usar a coleira pode ser desafiador. Mas com preparo adequado você e seu amiguinho poderão passear juntos e com segurança. Assim sendo, para te ajudar nessa jornada de ensinar o seu cão, trouxemos algumas dicas para tornar o momento mais agradável. Acompanhe!

Apresente o acessório ao cão

Primeiramente, escolha uma boa coleira para o seu cão, aquelas que vêm com uma guia que prende ao peitoral. Essas são as mais confortáveis. Depois deixe que o cachorro cheire o acessório na sua mão, de modo que ele possa se familiarizar e investigar o que é novo para ele.

Mostre que colocar a coleira não fará mal

Objetos e cheiros diferentes fazem o cachorro ficar na defensiva. E isso é totalmente natural. Por isso, é bem comum eles correrem de um objeto diferente.

Portanto, se o cão já está familiarizado com a coleira, é hora de tentar colocá-la, e preferencialmente em um local tranquilo e sem barulhos. Dessa forma, o cachorro não ficará assustado, e pode começar a querer usar a coleira e posteriormente a guia de passeio.

Após colocar o acessório, permita que o cachorro fique livre para correr. E quando ele se acalmar, é hora de anexar a guia, fazendo com que ele acostume a usá-la.

Veja aqui uma guia completo de tipos de coleira.

Como acostumar cachorro com a coleira

Coleira de cachorro – Foto: Freepik

Use reforços positivos para incentivar o uso da coleira

A técnica do reforço positivo canina é pensada em respeito a aprendizagem animal, sem apresentar incentivos punitivos ou atitudes que geram tristeza. Por isso, use esses mesmos reforços na hora de ensinar o cão a usar a coleira, transformando a experiência em um momento feliz.

Os petiscos como os bifinhos são estímulos saborosos para os cães, e podem ser usados como incentivos da seguinte forma:

  1. Antes de colocar o acessório, ofereça os petiscos e vá colocando devagar a coleira no seu cão;
  2. E para movimentá-lo e incentivá-lo a caminhar, organize um caminho com os bifinhos de cachorro.

Assim sendo, agora é só repetir os reforços positivos até que as fases de associação do prazer em usar a coleira, estejam concluídas no tempo do seu cão.

Deixe o cão se acostumar com a coleira

Para fazer o cão se acostumar com a coleira é preciso incentivar os comportamentos gradualmente, começando pelos passeios dentro de casa. Essa é uma forma respeitosa de ensinar o seu pet, permitindo que ele se sinta seguro, começando pelos cômodos da casa e depois o quintal.

No primeiro dia, permita que o cachorro ande de coleira. Depois acrescente a guia para cachorro e passeie com ele pelo espaço. Se tudo ocorrer bem, recompense com um petisco, assim ele entenderá que a coleira não faz mal algum.

Como acostumar cachorro com a coleira

Cão caminhando na coleira – Foto: Freepik

Encoraje o cão a realizar passeios na rua

Bom, quando chegar a hora de encorajá-lo aos passeios na rua, escolha realizar em ruas menos movimentadas e tranquilas. Não se esqueça de levar o petisco para ajudar a reforçar os comportamentos positivos. Não force o animal a andar mais rápido caso se sinta incomodado, ok?

Torne o momento do passeio mais agradável possível

Para cães que sofreram algum trauma, passear de coleira pode ser bem torturante. Porém, com dedicação e paciência esse poderá ser um momento alegre. Aproveite o passeio com coleira para conversar com seu cão, de modo que ele se sinta menos ansioso ou assustado.

E, com o tempo, talvez os petiscos caninos nem sejam mais necessários. Afinal, os cães são animais que aprendem através da repetição e recompensa.

Aproveite a situação para ensinar o cão a andar junto

Uma dica para quando o cachorro já estiver acostumado com a coleira, é ensinar algo novo, como o comando de andar junto ao tutor. Pois é normal o cachorro cheirar os locais durante o passeio, sendo uma maneira de conhecer e se familiarizar com o ambiente.

Mas para fazê-lo andar junto de você, ensine-o através de um comando de fala, como a palavra “junto”. Mostre um petisco e o deixe caminhar ao seu lado. Ofereça os petiscos de adestramento assim que ele andar uns dois metros do trajeto ao seu lado, e repita o reforço até que ele e fique condicionado.

pastor alemão caminhando na rua

Cão caminhando na coleira – Foto: Freepik

O que NÃO fazer quando o cão se recusa a andar de coleira?

Para ajudar a proporcionar uma experiência adorável para o cachorro, o tutor precisa tomar alguns cuidados. Principalmente quando o cachorro se recusa a usar a coleira.

Assim sendo, aqui vão algumas dicas do que não fazer nessas horas:

  • Nunca insista colocando a coleira com agressão ou forçando o cachorro a usar;
  • Não utilize coleiras com enforcamento para ensinar o cão andar ao seu lado. Ao invés disso, use as técnicas que ensinamos acima;
  • Evite levá-lo no colo durante o passeio, assim você não estará incentivando ao condicionamento de andar com a coleira e a guia;
  • Para acostumar o cão com os passeios na rua, prefira caminhos mais curtos, sem cachorros por perto ou estímulos que possam prejudicar;
  • É importante que o animal explore o ambiente, por isso, ele vai cheirar xixis de outros cachorros e ficar curioso ao passear em frente aos portões das casas.

Observando isso, é hora de incentivar o passeio por caminhos mais longos, em contato com estímulos e outros cachorros para a socialização canina. O passeio adequando é quando o cachorro se acostuma com a coleira e caminha com alegria. Além disso, ele pratica uma atividade física e ajuda e seus sentidos são estimulados!

Agora que você já entendeu algumas dicas de como acostumar o cachorro com a coleira, é hora de colocar em prática. Mas, vá com calma. Assim sendo, dê tempo ao seu cão e não force a situação. Cuide do seu pet!