Você sabe como ajudar os animais e oferecer a eles mais qualidade de vida e tranquilidade no dia a dia?

Neste artigo, o Portal do Dog vai te ajudar a entender um pouco mais sobre isso. Afinal de contas, não são raras as oportunidades que temos de cuidar de um animal que precisa de algum suporte.

Mas nem sempre o fazemos, seja por falta de confiança ou seja por desconhecimento do quanto isso poderia ser útil.

E quando o assunto é ajudar um animal, saiba que você não precisa necessariamente sair adotando todos os cães de rua por aí. Na verdade, muitas vezes, a ajuda é mais simples do que você imagina.

A seguir, veja várias ideias e dicas.

cão e gato

Cão e gato – Foto: Freepik

Como ajudar os animais? Veja 8 dicas e ideias

Para aprender como ajudar os animais, seja de rua, de ONGs ou de casas de adoção, você não precisa de muito.

Afinal de contas, todas as ajudas são bem-vindas e muitas vezes um pequeno gesto que está ao seu alcance é mais do que suficiente para que você faça um cãozinho ou um gatinho mais feliz.

Quer ver um exemplo rápido?

Se você é um artista ou tem alguma habilidade artesanal, que tal preparar artigos que possam ajudar os pets? Caminhas, roupinhas, cobertas, casinhas, brinquedos DIY e por aí vai.

São inúmeras as possibilidades – principalmente quando você usa a sua criatividade.

Para te dar algumas boas ideias, separamos algumas dicas bem legais para ajudar os animais. Veja:

  1. Opte por adotar um cão de abrigo.
  2. Não cruze a sua cadela.
  3. Não financie canis ou criadores clandestinos.
  4. Contribua com ONGs de alguma maneira.
  5. Ofereça um lar temporário para cães de rua.
  6. Tenha um vira-lata.
  7. Compartilhe informações importantes.
  8. Seja um dog walker.
  9. Denuncie maus tratos.

A seguir, entenda mais sobre cada uma das ideias acima.

Opte por adotar um cão de abrigo

Se você é tutor de primeira viagem ou mesmo vai adotar um novo melhor amigo para sua casa, fazer isso de maneira ponderada é fundamental. Ou seja, você precisa escolher bem a raça, o porte do animal, o consumo desse doguinho e por aí vai.

No entanto, uma das coisas mais legais que você pode fazer para ajudar os animais, é adotar um cãozinho em um abrigo canino. Ou seja, adotar um cãozinho que já está a espera de um tutor carinhoso como você será quando tiver um cachorro.

Os abrigos caninos são lugares de conforto e tranquilidade para cães que precisam de ajuda.

Só que mesmo assim, é fundamental que esses cães sejam adotados e ganhem um lar definitivo e adequado. Quem está pensando em adotar um cãozinho, nesse caso, pode considerar essa possibilidade.

E o mais legal de tudo é que, quando você adota um cãozinho do abrigo, você não ajuda só o cão adotado. Você ajuda todo o ciclo. Afinal, o abrigo libera uma “vaga” e assim pode ajudar outros cãezinhos que estejam em situação de rua ou abandono.

A sua ação gera um movimento positivo muito importante.

como ajudar os animais

Cão vindo correndo – Foto: Freepik

Não cruze a sua cadela

Outra forma saudável e fundamental de ajudar os animais, é justamente não usando eles como “objeto”. Por exemplo, se você tem uma cadela, castre ela o quanto antes para que ela não tenha filhotes.

Afinal de contas, esses filhotes vão precisar de um lar confortável com amor e carinho. E se você não tem condições de oferecer isso, seria muita irresponsabilidade deixar a cadela cruzar.

Mas além das cruzas naturais, há ainda as cruzas planejadas. Essas devem acontecer somente em ambientes controlados e preparados.

Jamais cruze a sua cadela somente para que você possa vender os filhotes depois. Esse tipo de ação é bastante prejudicial para a cadela, pois ela estará sendo usada apenas como máquina de procriação. Não faça isso!

A castração é muito saudável para os cães – tanto machos como fêmeas. Ela permite uma vida mais tranquila e menos agitada. Leia mais sobre o assunto: Castração de cachorro: Principais dúvidas.

Não financie canis ou criadores clandestinos

Se você quer adotar um cachorro, é muito importante que esse passo seja dado de maneira orquestrada e planejada. Preparar a casa e também os ambientes que o cão vai ficar antes mesmo de ele chegar, é fundamental.

No entanto, antes mesmo de adotar o seu melhor amigo, é preciso buscar lugares apropriados para isso. Ou seja, você não deve adotar cães em qualquer lugar – como criadores clandestinos ou canis de “fundo de quintal”.

Todas as vezes que você compra um cachorro de um ambiente irregular como um canil clandestino ou criador de “fundo de quintal”, você contribui para o sofrimento dos cães. Afinal, se não houver controle das cruzas, as cadelinhas podem sofrer muito.

Além de que, quando você opta por um canil clandestino e não um lar de adoção, cães de rua sofrem e ficam mais longe de ter uma vida feliz ao lado de um tutor.

Isso não quer dizer que você não possa comprar um cãozinho de uma raça que você queira. Você pode. Mas adotar um cão que precisa de ajuda e evitar canis clandestinos é o melhor que você pode fazer para ajudar os animais.

como ajudar os animais

Cachorro sorrindo – Foto: Freepik

Contribua com ONGs de alguma maneira

As ONGs de cães são lugares incríveis. Eles trabalham para que os cães de rua e cães abandonados possam ter um lar adequado, com amor, carinho e alimentação saudável. E você pode ajudar as ONGs de inúmeras formas diferentes.

Ao ajudar uma ONG de cães ou animais em geral, você pode:

  • Doar dinheiro;
  • Comprar ração;
  • Comprar caminhas/roupas;
  • Doar remédios;
  • Doar brinquedos;
  • Etc.

Todas essas contribuições certamente vão ajudar muito de alguma maneira e você pode fazer isso constantemente e sempre que puder.

Outra maneira de ajudar uma ONG é doando algum tipo de voluntariado. Ou seja, você pode ajudar em algum mutirão que vai acontecer no local. Ou, ainda, se você é veterinário, poderá contribuir com consultas ou castrações grátis.

As maneiras de contribuir com uma ONG animal são inúmeras. Qualquer ação que esteja no seu poder, certamente vai ajudar de alguma maneira. Mesmo que ela seja muito simples.

Ofereça um lar temporário para cães de rua

Se você tem um quintal grande ou mesmo um ambiente confortável para receber um cãozinho ou um animal de rua, faça isso.

Essa é uma forma de ajudar os animais que está no seu controle e que ajuda demais no processo de conforto de um bichinho que precisa de ajuda.

Os lares temporários (LTs) são excelentes formas de construir um habitat tranquilo e saudável para os animais que precisam de ajuda.

Ou seja, se você encontrar um cão na rua, leve ele com você. Mesmo que você não possa ficar com ele, busque alguém para adotá-lo definitivamente.

Inclusive, aqui no site temos um artigo que fala sobre isso: Cachorro de Rua: Como ajudá-los mesmo que você não possa adotar?

tutora com seu cachorro

Tutora e seu cachorro – Foto: Freepik

Tenha um vira-lata

Infelizmente, há muito preconceito com os vira-latas. Afinal, muitas vezes a palavra “vira-lata” é pejorativa e serve como uma maneira de criticar.

O que é muito triste, pois os cães vira-lata são extremamente dóceis, carinhosos e inteligentes. Além de que possuem uma saúde bastante forte, visto que muitas vezes são criados na rua.

Se você está pensando em adotar um cachorro, não hesite: pesquise sobre o vira-lata. Você vai ver que eles são cães extremamente queridos. Não há motivos para não ter um vira-lata depois que você conhece a personalidade deles.

Além de que, pelo fato de haver muito preconceito com relação aos vira-latas, eles acabam sendo deixados de lado. São cães muito abandonados e esquecidos em canis ou lares de adoção. Por isso, se você adotar um deles, vai ser incrível!

Como ajudar os animais – Compartilhe informações importantes

Outra maneira de como ajudar os animais, é compartilhando informações importantes sobre determinados eventos ou situações.

Por exemplo, se alguém perdeu o cachorro e compartilhou isso nas redes sociais, busque compartilhar com seus amigos também. Afinal, essa é uma maneira de ajudar. Pois quanto mais pessoas souberem do desaparecimento do bichinho, antes ele será encontrado.

Além disso, você pode compartilhar informações de perfis com autoridade em redes sociais, como canis, veterinários, lares de adoção e por aí vai.

Cuidado: não compartilhe notícias ou coisas que pareçam mentira. Antes de compartilhar qualquer informação, busque saber se aquilo é realmente verdade. Pesquisa em vários lugares diferentes e entenda mais sobre o assunto.

Não dissemine informações falsas!

Como ajudar os animais – Seja um dog walker

Você já parou para pensar que, para ajudar os animais, você sequer precisa ter um?

Ou seja, você pode contribuir de inúmeras outras maneiras – além da adoção em si. Já demos algumas dicas nos tópicos anteriores de coisas que você pode fazer para contribuir.

E algo bastante interessante, é ser um dog walker. Ou seja, um passeador profissional de cachorros. Além de ajudar tutores que não conseguem gastar a energia de seus cães, você ajuda os cães a terem uma vida mais saudável.

Afinal, caminhadas são fundamentais para eles.

Ser um dog walker é uma ótima maneira, inclusive, de ter uma renda extra. Afinal, você poderá rentabilizar os passeios e ganhar dinheiro por isso.

Como ajudar os animais – Denuncie maus tratos

E por fim, mais uma excelente maneira de como ajudar os animais, é justamente fazendo algo que ajuda a coibir violência ou ações ruins para os pets: denunciar.

Sim, você pode (e deve) denunciar maus tratos. Assim você contribui para uma fiscalização pontual e certeira.

Maltratar animais não é apenas bater no bichinho. Mas também, oferecer um lar inadequado, sujo, sem alimentação correta, sem segurança adequada e por aí vai.

São muitas as formas de ajudar os animais e você pode fazer a sua parte de muitas formas diferentes.