Você sabe o que fazer para o cachorro parar de lamber? Esse é um comportamento considerado normal dos animais. Afinal, está ligado a higiene e limpeza.

No entanto, além de se autolimpar com lambidas, os cães também lambem outros animais, pessoas e até objetos no ambiente. Isso acontece porque o doguinho quer conhecer o muito a sua volta.

Assim sendo, os cães são ótimos farejadores e com espírito bastante curioso. Por isso é bem comum que eles deem lambidas por mera curiosidade de seu instinto canino.

No entanto, alguns casos podem indicar anormalidade a partir desse comportamento. Isto é, indicando a lambida em excesso como um sinal de dor, causa comportamental e até a presença de parasitas.

Assim sendo, veja neste artigo do Portal do Dog o que fazer para o cachorro parar de lamber.

Veja também dicas práticas para observar tal comportamento e soluções para problemas que decorrem desse sinal.

O que fazer para o cachorro parar de lamber – Dicas para o tutor

O que fazer para o cachorro parar de lamber

Cão com a língua de fora – Foto: Freepik

Os cães podem lamber tudo que veem pela frente. Seja o próprio tutor, objetos e até o seu corpo. Mas quando isso ocorre com mais frequência é preciso investigar o que está acontecendo.

Assim sendo, a primeira dica para saber o que fazer para o cachorro parar de lamber é observar a frequência deste ato. Afinal, ele pode estar indicando algo relacionado à saúde canina.

Desta forma, quando ocorre de forma normal, não se preocupe. Afinal, essa é uma forma do doguinho desbravar o mundo a sua volta.

A seguir, entenda mais sobre esse comportamento.

Por que os cães se lambem?

Assim como os seres humanos, os cachorros querem conhecer o mundo através dos seus sentidos, como olfato e o paladar. Isto é, querem sentir o cheio e a textura das coisas a sua volta.

Mas fazem isso através de lambidas e o faro.

Assim sendo, os órgãos são a melhor forma dos cães explorarem e compreenderem o mundo. Afinal, eles farejam algo de interessante e logo ficam compulsivos para descobrir o que é.

A lambida, por sua vez, é mera curiosidade.

Por esse motivo é bem comum ver o cachorro lambendo o chão, paredes e móveis dentro de casa. Afinal, esta é uma forma de descobrir o mundo através do paladar.

Mas saiba que dependendo da frequência que isso ocorre, as lambidas em excesso podem indicar problemas de saúde, comportamentais e desconfortos.

Por esses motivos, fique atento às lambidas em excesso do cachorro.

O que fazer para o cachorro parar de lamber

Cão lambendo a tutora – Foto: Freepik

O que fazer para o cachorro parar de lamber?

Se você observar que o cachorro está lambendo em excesso, o primeiro passo é investigar o que está acontecendo com o doguinho. Isto é, você deve classificar como algo natural acerca de seu comportamento ou alterações compulsivas comportamentais.

Assim sendo, ao observar que o cachorro está lambendo em excesso, não tente repreendê-lo com agressividade. Isto é, verificar o local onde ele está lambendo faz parte da investigação.

No caso do ambiente, preze pela segurança do cachorro. Assim sendo, retire todos os objetos e elementos que possam fazer mal para o doguinho. Como por exemplo, as plantas venenosas para cachorro.

No entanto, em alguns casos, as lambidas em excesso podem ser causadas por estresse e ansiedade. Além das alterações comportamentais atreladas à ausência do tutor, por exemplo.

Assim sendo, para resolver problemas relacionados à solidão canina, tente acostumar o doguinho à ausência do tutor. Isto é, faça uma adaptação de forma gradual.

Invista em brinquedos caninos para o cachorro passar o tempo. Aposte também em um tempo de qualidade com o seu amiguinho.

Desta forma, saiba que a observação dos comportamentos como lambidas em excesso são bem importantes para a saúde do pet. E se necessário, conte com ajuda de um veterinário de sua confiança.

O veterinário irá fazer uma investigação clínica.

Sintomas de lambidas em excesso

Os sintomas de lambidas em excesso de cachorros podem indicar diversas coisas, como as alterações emocionais.

Se o cachorro está se lambendo muito, este é um sinal de que algo não vai bem com o bichinho. Portanto, é preciso saber o que fazer para o cachorro parar de lamber.

Afinal, se ele continuar, pode abrir uma ferida na pele!

cão se lambendo

Cão se lambendo – Foto: Freepik

Indicam higiene do animal

Um dos sintomas das lambidas em excesso no próprio corpo do cachorro pode indicar a higiene do próprio animal. Isto é, assim como os gatos, os cães podem se lamber a fim de se limpar.

Portanto, ao identificar sujeira no pelo do animal, tente dar um banho para ver se as lambidas em excesso param.

Sinais de desconforto e dor

Mais um sinal das lambidas em excesso pode indicar que o cachorrinho está sentindo desconforto e dor. Principalmente quando ele está lambendo a pata com frequência.

Mas em outros casos, as lambidas com frequência na pelagem dos cães podem estar relacionadas à presença de parasitas. Como por exemplo, as pulgas e carrapatos.

Isso pode acontecer em todo o corpinho do animal. Isto é, pode causar coceira nas regiões da barriga e também nas orelhas, onde os carrapatos adoram se alojar.

Diante disso, é importante que o tutor identifique o local onde está a coceira e observe o que possa estar causando o comportamento compulsivo.

Para fazer o cão parar de se lamber nesse caso, é importante procurar um veterinário para ele medicar o doguinho.

Alterações emocionais em cães

Mais uma observação que se deve fazer ao perceber que o cachorro não para de se lamber, é verificar se isso não está relacionado às alterações emocionais.

Afinal, a lambida em excesso pode estar indicando estresse e ansiedade. Isto é, o cachorro lambe sem parar a própria pata para demonstrar a sua insatisfação.

Assim sendo, com a pata úmida é bem comum desenvolver outros problemas. Como por exemplo, as dermatites na região. Além da pododermatite, que causa bastante coceira e desconforto.

cachorro lambendo a pata

Cão lambendo a pata – Foto: Freepik

Problemas de pele nos cães

Saiba que as lambidas compulsivas podem estar indicando problemas de pele em cães. Isto é, sarna e dermatite por lambedura.

Nesses dois casos, o cachorro se lambe com frequência e acaba produzindo um aspecto de pele irritada. Isto é, ele cria pequenas lesões que podem causar desconfortos.

Por isso, sempre que perceber um comportamento desse tipo, verifique o local da lambedura para identificar sua possível causa.

Cachorro com fome ou sede

No caso de lambeduras em objetos como potes de ração, água e chão, esse comportamento também pode estar indicando que o cachorro está com fome ou sede.

Parece bem óbvio. Mas quando o assunto é lambidas compulsivas, é preciso investigar suas causas. Principalmente para descrever para o veterinário durante a consulta do pet.

Assim sendo, ele poderá ajudar a entender o que fazer para o cachorro parar de lamber.

O que fazer para o cachorro parar de se lamber?

Além de entender o que fazer para o cachorro parar de lamber, saiba que existem situações para fazer o cachorro parar de se lamber.

A primeira delas é identificar a causa do problema. Isto é, saber de onde vem o ato de se lamber compulsivamente.

Em casos de estresse causado por solidão, faça pequenos testes para identificar o problema. Assim sendo, observe como ele se comporta quando o tutor não está em casa e se ele se lambe ou não.

A saúde do animal precisa ser preservada. Por isso, ao observar lambidas compulsivas, procure um veterinário. Esse pode ser um sintoma de dermatites e demais problemas na pelagem do doguinho.

Saiba que existem medicamentos para prevenir as lambidas em excesso. Além disso, você pode ensinar ao cãozinho que este ato compulsivo precisa ser cessado.

Outro ponto a se considerar é que o tutor evite fazer carinho no pet quando ele estiver se lambendo. Afinal, esse comportamento pode estar relacionado a chamada de atenção, que se reforça através desse comportamento.