Encontre uma lista com mitos e verdades sobre Border Collie, uma raça de cachorro muito fofa e com excelentes características de um cãopanheiro.

Existem diversas raças de cães espalhadas pelo mundo. Por isso, com essa variedade da raças, vários mitos e verdades surgem com o tempo.

Para quem vai adotar ou comprar um filhote, reconhecer as características das raças, temperamento e comportamento dos cães é muito importante.

Pensando nisso, separamos uma lista com 20 mitos e verdades sobre Border Collie, um cão esperto e bastante queridinho no mundo todo.

Veja aqui no Portal do Dog o que separamos para você que é fã da raça Border Collie.

Mitos e verdades sobre Border Collie

Cachorro brincando no parque – Foto: Freepik

Mitos e verdades sobre Border Collie

Conhecer os mitos e verdades sobre Border Collie vai influenciar você a querer um filhote da raça. Afinal, essa é uma das mais fofas e cheias de qualidades incríveis.

Para adiantar, saiba que o Border Collie é um ótimo cão de guarda, amigo das crianças e outros animais.

Porém, não gosta de ficar sozinho em casa ou não ter atividades para fazer, podendo ficar entediado facilmente.

Conheça quais são os 20 mitos e verdades sobre Border Collie e tire todas as suas dúvidas sobre esse doguinho.

Mitos e verdades sobre border collie: 1- É o cachorro mais inteligente do mundo

Verdade. O Border Collie é a raça de cachorro mais inteligente do mundo, ocupando o 1º lugar no ranking de cães inteligentes, segundo o Psicólogo Canino, Stanley Coren.

Esse tipo de ciência leva em consideração a inteligência adaptativa do cachorro, ou seja, como ele responde às ordens, seus instintos, faz descobertas e entre outros fatores relevantes.

Uma curiosidade sobre o Border Collie é que a raça consegue controlar o rebanho de ovelhas apenas com o olhar. Servindo como um bom hipnotizador canino.

2- Raça de cachorro que fica entediada facilmente

Verdade. Como dissemos no início, essa é uma raça de cachorro que fica entediada facilmente. Por isso, exige uma maior atenção dos tutores.

O Border Collie gosta de brincadeiras e jogos desafiadores. Tédio não é com ele não, visto que ele pode apresentar problemas inapropriados de comportamento.

Mitos e verdades sobre border collie: 3- Cachorro de raça com baixa expectativa de vida

Mito. O ponto positivo é que o cachorro da raça Border Collie possui uma alta expectativa de vida comparado ao seu porte e outras raças de cães.

Saiba que o Border Collie pode viver até 15 anos, pois também não desenvolve facilmente doenças com outros cães com baixa imunidade e propenso a doenças caninas.

Mitos e verdades sobre Border Collie

Cão correndo no parque – Foto: Freepik

4- Era o cachorro xodó da Rainha Vitória no Reino Unido

Verdade. Para se ter uma ideia da popularidade da raça, o Border era o cachorro xodó da Rainha Vitória no Reino Unido no século XIX.

Um dos exemplares da raça criados pela monarca se chamava Sharp, que faleceu aos 15 anos em 1979. Hoje, na cidade de Windsor, existe um memorial criado para prestar homenagens ao doguinho da rainha.

Mitos e verdades sobre border collie: 5- Raça de cachorro originária da Grã-Bretanha

Verdade. O Border Collie é uma raça de cachorro originária da Grã-Bretanha, era bastante usado como cão pastor devido às suas habilidades.

É considerado até hoje um cachorro ágil, resistente e fácil de adestrar. Por isso, era usado para agrupar ovelhas em um rebanho por fazendeiros da época.

6- Mitos e verdades sobre Border Collie: Muita energia

Verdade. Entre os mitos e verdades sobre Border Collie, o que mais se destaca é a raça ter muita energia.

É um cachorro para estimular a mente e o corpo diariamente, criando jogos de agilidade e brincadeiras educativas para passar o tempo.

As crianças podem querer brincar com o cãozinho e saiba que essa raça adora, desde que respeitem seus limites.

7- Podem ser estimulados a brincar desde filhotes

Verdade. Assim como a maioria dos cães, os Borders Collies podem ser estimulados a brincar desde filhotes.

A partir dos dois meses, o filhote já pode aprender comandos comuns e iniciar os processos de adestramentos bastante importantes para seu convívio social.

8- Ótimo cachorro para se criar em apartamentos e locais pequenos

Mito. Os cães dessa raça não são recomendados para se criar dentro de apartamentos ou em locais pequenos.

A dica é criar o Border Collie em um ambiente aberto com brinquedos, jogos e espaço para ele se exercitar.

Mas se mesmo assim você quiser criar a raça em espaços pequenos, saiba que precisará de uma rotina frequente de exercícios físicos.

cão brincando

Cão brincando – Foto: Freepik

9- Nem sempre o Border Collie teve esse nome

Verdade. Nem sempre o Border Collie teve esse nome, já que ele apenas recebeu esse nome definitivo em 1975.

Antes disso, os Borders Collies eram chamados de sheepdog devido aos trabalhos de pastoreio nas regiões da Inglaterra e Escócia.

10- Não existem cães da raça Border Collie com pelos curtos

Mito. A verdade é que existe sim, uma versão de cães da raça Border Collie com os pelos curtos.

Em todo caso, seja pelo longo ou curto, um dos aspectos das pelagens dessa raça é o subpelo macio e a textura densa.

Além dos pelos com variações, os cães dessa raça também possuem cores na sua pelagem bastante diferentes, como o preto e branco, azul, chocolate, vermelho e nas versões de Border Collie Merle.

11- Border Collies são cachorros de uma raça agressiva

Mito. Os cães da raça Border Collie não são cachorros agressivos, salvo quando existem condições para que ele haja de tal forma. Como por exemplo, quando estimulados a atacar.

Dessa maneira, o mais natural e instintivo do Border Collie é agir com gentileza e obediência, que são dois traços importantes da sua personalidade.

12- A raça de cachorro Border Collie late bastante

Depende. A raça de cachorro Border Collie Late bastante somente às vezes. Afinal, ele precisa ser adestrado desde filhote para evitar certos comportamentos indesejáveis como o latido em excesso.

Contudo, os cães nunca latem sem motivo. Eles sempre querem indicar algo. E com o Border Collie não seria diferente. Talvez ele esteja entediado ou fazendo a guarda da casa e avisando de um intruso.

13- Os cães da raça Border Collie podem ter heterocromia

Verdade. Mais um fato entre os mitos e verdades sobre Border Collie é que os cães da raça Border Collie podem ter heterocromia.

Essa alteração na íris do cachorro resulta em uma coloração diferente em cada olho, ou seja, mais de uma cor na íris de um único olho. O efeito acomete os cães da raça Border Collie e também outras raças de cachorro, como o Dálmata.

14- Border Collie é uma raça de cachorro que solta muito pelo

Mito. Uma das crenças que mais trazem dúvidas é que os cães de pelos longos soltam mais pelos. No caso do Border Collie, é uma raça de cachorro que não solta muito pelo.

Saiba que um cão da raça Pastor Alemão pode soltar bem mais pelos que o Border Collie. Mas isso não quer dizer que possa existir períodos onde os Collies soltam mais pelos no ano.

lindo cão

Cão com a língua de fora – Foto: Freepik

15- Cães dessa raça podem tomar banho a cada quatro meses

Verdade. Os cães dessa raça podem tomar banho a cada quatro meses, desde que não estejam muito sujos antes disso.

Os Border Collies podem ser escovados diariamente para remover os pelos mortos e sujeiras da pelagem do animal.

16- Uma raça de cachorro bastante resistente a doenças

Verdade. Essa é uma raça de cachorro bastante resistente à doenças, mas isso não quer dizer que ele não precise de acompanhamento veterinário.

Saiba que os Borders Collies têm uma imunidade bastante alta. Desta forma, estão sempre ativos e saudáveis se houver uma boa qualidade de vida.

Mitos e verdades sobre border collie: 17- Fêmeas da raça podem criar 12 filhotes

Verdade. Um fato curioso é que as fêmeas da raça Border Collie podem criar até 12 filhotes em uma única ninhada.

Sendo assim, quando o Border Collie é fêmea, os cuidados devem ser redobrados se não quiser cuidar de uma quantidade grande de filhotes. A castração é uma das soluções para prevenir ninhadas indesejadas.

Mitos e verdades sobre border collie: 18- Pode chegar a 4 mil reais

Verdade. Se você tem interesse em criar um filhote da raça, saiba que o Border Collie pode chegar a 4 mil reais.

Os valores mínimos de um filhote Border Collie gira em torno de 1.500 reais, um valor alto para um cão tão popular.

19- Cruzamento de cães Border Collie duplo merle é proibido

Verdade. Por incrível que pareça, o cruzamento de cães Border Collie duplo Merle é proibido devido às complicações do gene do cachorro.

Ou seja, a mãe e o pai do filhote não podem ser da versão de Border Collie Merle, o gene duplo da pelagem do cão pode fazer com que o filhote nasça com surdez, microftalmia e cegueira.

20- Raça de cão que precisa de tosa, principalmente no pelo longo

Mito. Não é porque o Border Collie pode ter pelo longo que ele precisa de tosa. Aliás, em todos os casos ela não se faz necessária.

A não ser que você queira diminuir a pelagem perto das orelhas e nas regiões íntimas. Um dos principais destaques na aparência do Border Collie é a pelagem sedosa e bonita.

Esses foram os mitos e verdades sobre Border Collie. Você já conhecia algum deles? Deixe aqui nos comentários, pois queremos saber.