Nós nunca vamos deixar de nos impressionar com a capacidade dos cães de recomeçarem suas vidas mesmo após os mais horríveis abusos.

Peanut, que antes se chamava Petunia, foi resgatada pelo abrigo animal Delta em abril de 2016 com duas pernas e costelas quebradas e a barriga cheia de carpete.

Ela, que um dia foi tão abusada, se tornou uma heroína local em Michigan ao salvar uma garotinha de 3 anos. Sua tutora atual descreve o momento em uma carta endereçada ao abrigo:

Por volta de 11h da manhã, Peanut ficou louca pela casa, correndo para cima e para baixo na escada, latindo e chorando. Ela então foi no meu marido, que estava na garagem trabalhando em um projeto, e o alertou que queria ir para o jardim. Quando ele deixou ela sair, Peanut correu pelo campo que fica atrás da nossa casa com toda a velocidade. Meu esposo a seguiu e, para sua surpresa, encontrou uma garota de 3 anos, nua e se tremendo, deitada em posição fetal. Ele então a envolveu em sua camisa e a trouxe para dentro de casa. Imediatamente nós ligamos para a emergência.

No meio tempo, enquanto a ambulância ainda não tinha chegado, a garotinha só conseguia falar uma palavra: ”cachorrinho”.

Segundo o oficial Steve Kositzky, a criança encontrada e sua irmã se encontram em um lar temporário. As investigações sobre o caso estão em andamento.

Para finalizar, a tutora expressa sua gratidão ao time do abrigo que por tê-la resgatado:

Ela tem sido uma bênção para todos nós. Palavras não podem descrever o quanto nós somos gratos que Peanut está em nossas vidas e o quão incrível ela é. Ela é parte de nossa família e graças as pessoas incríveis do abrigo, ela está viva. Sem eles, não só ela não estaria mais nesse mundo, mas a vida daquela garotinha também teria sido tirada.

Seu antigo tutor foi recentemente condenado por abuso animal.